JORNALISMO
COLABORATIVO

FAMECOS / PUCRS - 2009/1
O que é?

•   Jornalismo é uma prática comunitária feita
    Jornalismo é uma prática comunitária feita
    para as pessoa...
Meus leitores
sabem mais
 do que eu
Jornalismo deixa de
ser PALESTRA e
torna-se CONVERSA
com os leitores
Muitas pessoas corrigem
mais rápido o problema
que apenas poucas pessoas
podem corrigir
Cultura colaborativa

Abertura de códigos...
                         MOVIMENTOS FEMINISTAS,
... comportamentais      ÉTNI...
Modelos de produção




Vertical
                                    Horizontal
Hierárquico
                              ...
“In an emerging era of multidirectional, digital
 communications, the audience can be an integral
part of the process - an...
Mudança no sistema
clássico da comunicação
Imprensa Tradicional:
    Gatekeeping

   Novas Mídias:
   Gatewatching
   Gatewatching
   Gatewatching
   Gatewatching
GateWATCHING
Conceito criado por Axel Bruns, quando o
público subverte a tradição e fiscaliza o que
a mídia publica
Correções
http://vimeo.com/2841907



                        Janis Krums
Primeira foto tirada do pouso de emergência do US Airways
...
OhmyNews
Fundado em 02/02/2000
Redação em Seul, com 55 jornalistas
Cerca de 90 mil cidadãos repórteres em mais de 100 país...
OhmyNews International
Jornalismo colaborativo no mundo
BBC: Have Your Say
Newsweek: My Turn
Guardian: NewsTalk
CBS: Eye Mobile
The Washington Time: Citizen Journalism
ShoZu: colaboração
      mobile
YoPeriodista: El País
Le Post: Le Monde
QuickTimeª and a
       decompressor
are needed to see this picture.
QuickTimeª and a
       decompressor
are needed to see this picture.
QuickTimeª and a
       decompressor
are needed to see this picture.
... e no Brasil
“Representantes do Estado, Folha de S. Paulo, Abril,
Terra, G1, iG, BBC e CNN faziam coro ao defender que se
estabeleça ma...
42% dos brasileiros acima de 16
anos conectados publica conteúdo
próprio

61% (16-24 anos)
11% (45-59 anos)

            D...
Como NÃO se faz...
Como NÃO se faz!!!
Principais problemas dos noticiários
       colaborativos brasileiros
Baixíssima atualização

Sem área para gerenciamento ...
Então, como se faz?
Feedback SEMPRE
Feedback SEMPRE
Contato constante entre jornalistas e colaboradores
ORIENTAÇÃO de jorn...
Cultura
Big Brother
Cuidado


Estes tipos de participação não são iguais aos
observados nos jornais e TVs com o simples mande a
sua foto (TV+s...
CREDIBILIDADE

•   Síndrome da janela
    quebrada


    EFEITO MULTIDÃO
CREDIBILIDADE
Identificação do colaborador

Checagem, edição, negociação

Rankeamento

Canal de comentários

Report de abu...
VARIAÇÕES POSSÍVEIS
Tipos

•   Público faz conteúdo - blog, Twitter, páginas
    pessoais
•   Público participa - vcRepórter, VCnoG1
•   Todos...
Qual a função do jornalista?
    MEDIADOR

   ENCORAJADOR      EDITOR
   VERIFICADOR
6 pontos de atenção na hora
        da EDIÇÃO:

  Cheque a IDENTIDADE do colaborador
  Cheque a autenticidade do conteúdo
...
As dicas do Orato
* textos entre 250 e
600 palavras

* uso de links

* uso de verbos em 3ª
pessoa (exceções a
relatos de t...
As dicas do Orato

* informações concretas

* interesse global (sim, a internet é global!)

* pesquisa de contexto

* paut...
Pase, Ana, o
que eu estou
fazendo aqui
   então?
•   Escolas de jornalismo não perdem papel, pois
    capacitam e aprimoram o profissional.
    A pessoa sem diploma pode t...
“O jornalismo cidadão não irá
substituir os principais meios de
comunicação, mas atribuirá a simples
leitores a condição d...
Webjornalismo
participativo
•   A função do webjornalismo participativo é cobrir as
    lacunas deixadas pela mídia tradic...
Bibliografia
•   BRAMBILLA, Ana Maria. A reconfiguração do jornalismo através do
    modelo open source. Sessões do Imagin...
Keynote Jornalismo Colaborativo Aula Famecos
Keynote Jornalismo Colaborativo Aula Famecos
Keynote Jornalismo Colaborativo Aula Famecos
Keynote Jornalismo Colaborativo Aula Famecos
Keynote Jornalismo Colaborativo Aula Famecos
Keynote Jornalismo Colaborativo Aula Famecos
Keynote Jornalismo Colaborativo Aula Famecos
Keynote Jornalismo Colaborativo Aula Famecos
Keynote Jornalismo Colaborativo Aula Famecos
Keynote Jornalismo Colaborativo Aula Famecos
Keynote Jornalismo Colaborativo Aula Famecos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Keynote Jornalismo Colaborativo Aula Famecos

727

Published on

Published in: News & Politics, Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
727
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
19
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Keynote Jornalismo Colaborativo Aula Famecos

  1. 1. JORNALISMO COLABORATIVO FAMECOS / PUCRS - 2009/1
  2. 2. O que é? • Jornalismo é uma prática comunitária feita Jornalismo é uma prática comunitária feita para as pessoas e pelas pessoas; de que os para as pessoas e pelas pessoas; de que os povos, organizados em comunidades são os povos, organizados em comunidades são os dispositivos ideais para coleta e difusão de dispositivos ideais para coleta e difusão de informações que dizem respeito aos seus informações que dizem respeito aos seus entornos, aos seus contextos culturais, aos entornos, aos seus contextos culturais, aos seus cotidianos, às suas realidades seus cotidianos, às suas realidades particulares. particulares.
  3. 3. Meus leitores sabem mais do que eu
  4. 4. Jornalismo deixa de ser PALESTRA e torna-se CONVERSA com os leitores
  5. 5. Muitas pessoas corrigem mais rápido o problema que apenas poucas pessoas podem corrigir
  6. 6. Cultura colaborativa Abertura de códigos... MOVIMENTOS FEMINISTAS, ... comportamentais ÉTNICOS, HOMOSSEXUAL... ... fonte (software) CREATIVE COMMONS, COPYLEFT ... direitos de autor LINUX, SOFTWARE LIVRE
  7. 7. Modelos de produção Vertical Horizontal Hierárquico Rizomático Institucionalizado Aberto à participaçao do público Fechado à contribuição do público
  8. 8. “In an emerging era of multidirectional, digital communications, the audience can be an integral part of the process - and it´s becoming clear that they must be.” Dan Gillmor
  9. 9. Mudança no sistema clássico da comunicação
  10. 10. Imprensa Tradicional: Gatekeeping Novas Mídias: Gatewatching Gatewatching Gatewatching Gatewatching
  11. 11. GateWATCHING Conceito criado por Axel Bruns, quando o público subverte a tradição e fiscaliza o que a mídia publica
  12. 12. Correções
  13. 13. http://vimeo.com/2841907 Janis Krums Primeira foto tirada do pouso de emergência do US Airways 1549, em 16/01/2009, no Twitter 20 min depois do acidente, a MSNBC entrevistou Krums
  14. 14. OhmyNews Fundado em 02/02/2000 Redação em Seul, com 55 jornalistas Cerca de 90 mil cidadãos repórteres em mais de 100 países
  15. 15. OhmyNews International
  16. 16. Jornalismo colaborativo no mundo
  17. 17. BBC: Have Your Say
  18. 18. Newsweek: My Turn
  19. 19. Guardian: NewsTalk
  20. 20. CBS: Eye Mobile
  21. 21. The Washington Time: Citizen Journalism
  22. 22. ShoZu: colaboração mobile
  23. 23. YoPeriodista: El País
  24. 24. Le Post: Le Monde
  25. 25. QuickTimeª and a decompressor are needed to see this picture.
  26. 26. QuickTimeª and a decompressor are needed to see this picture.
  27. 27. QuickTimeª and a decompressor are needed to see this picture.
  28. 28. ... e no Brasil
  29. 29. “Representantes do Estado, Folha de S. Paulo, Abril, Terra, G1, iG, BBC e CNN faziam coro ao defender que se estabeleça mais canais virtuais para o leitor comentar, relatar fatos, protestar, enfim, utilizar a internet para interagir ao invés de apenas consumir conteúdo.” (Caderno Link, Estadão – cobertura Media On, 15/09/08)
  30. 30. 42% dos brasileiros acima de 16 anos conectados publica conteúdo próprio 61% (16-24 anos) 11% (45-59 anos) Datafolha, julho/2007
  31. 31. Como NÃO se faz...
  32. 32. Como NÃO se faz!!!
  33. 33. Principais problemas dos noticiários colaborativos brasileiros Baixíssima atualização Sem área para gerenciamento (envio por e-mail) Direitos do autor são cedidos, mas responsabilidade, não! Não há remuneração Conteúdo requentado São coadjuvantes nos noticiários
  34. 34. Então, como se faz? Feedback SEMPRE Feedback SEMPRE Contato constante entre jornalistas e colaboradores ORIENTAÇÃO de jornalistas a colaboradores Sistema de acompanhamento pelo colaborador Foco editorial Permitir relatos em PRIMEIRA PESSOA Gratificação simbólica Sistema de meritocracia Edição compartilhada com a comunidade (rankeamento)
  35. 35. Cultura Big Brother
  36. 36. Cuidado Estes tipos de participação não são iguais aos observados nos jornais e TVs com o simples mande a sua foto (TV+show ZH), ligue para nós (Secretária Eletrônica Ipanema), mas etapas iniciais das participações mais efetivas
  37. 37. CREDIBILIDADE • Síndrome da janela quebrada EFEITO MULTIDÃO
  38. 38. CREDIBILIDADE Identificação do colaborador Checagem, edição, negociação Rankeamento Canal de comentários Report de abuso PUBLICO, LOGO, Moderação FILTRO
  39. 39. VARIAÇÕES POSSÍVEIS
  40. 40. Tipos • Público faz conteúdo - blog, Twitter, páginas pessoais • Público participa - vcRepórter, VCnoG1 • Todos mexem em tudo - Wikimedia, Slashdot
  41. 41. Qual a função do jornalista? MEDIADOR ENCORAJADOR EDITOR VERIFICADOR
  42. 42. 6 pontos de atenção na hora da EDIÇÃO: Cheque a IDENTIDADE do colaborador Cheque a autenticidade do conteúdo Divida a análise com colegas Compartilhe o conteúdo com sua rede Contate - e CONVERSE - com o colaborador Jamais se aproprie do conteúdo!
  43. 43. As dicas do Orato * textos entre 250 e 600 palavras * uso de links * uso de verbos em 3ª pessoa (exceções a relatos de testemunho) * textos autênticos e com pauta nitidamente focada
  44. 44. As dicas do Orato * informações concretas * interesse global (sim, a internet é global!) * pesquisa de contexto * pautas que acrescentem algo à discussão pública (eles querem crítica!!) * citação de fontes solidamente verificáveis (eles não querem mais opiniões)
  45. 45. Pase, Ana, o que eu estou fazendo aqui então?
  46. 46. • Escolas de jornalismo não perdem papel, pois capacitam e aprimoram o profissional. A pessoa sem diploma pode ter um bom talento, mas o contexto demanda um preparo - Brasil não é EUA • Empresas jornalísticas continuam. Boas reportagem demandam tempo - e empresas que possam pagar para o jornalista escrever e apurar com tempo, além de sustentar processos Empresa precisa de informação de boa qualidade, mesmo que o padrão de qualidade seja discutível
  47. 47. “O jornalismo cidadão não irá substituir os principais meios de comunicação, mas atribuirá a simples leitores a condição de expandir sua compreensão de mundo.” Dan Gillmor, autor do livro “We, the media” e pesquisador do tema de renome global, durante a 12ª edição do encontro Highway Africa (11/09/08)
  48. 48. Webjornalismo participativo • A função do webjornalismo participativo é cobrir as lacunas deixadas pela mídia tradicional, não substituir o jornalismo como um todo. • O jornalista deixa de ser o do sujeito que vai atrás da informação e diz ao leitor como as coisas são, para ser o do sujeito que gerencia e harmoniza as informações que chegam até ele através dos próprios leitores.
  49. 49. Bibliografia • BRAMBILLA, Ana Maria. A reconfiguração do jornalismo através do modelo open source. Sessões do Imaginário, Porto Alegre, n.13, p.87-94, setembro de 2005. BRUNS, Axel. Gatewatching. Nova York: Peter Lang, 2005. • GANS, Herbert. Democracy and the news. Nova York: Oxford, 2003. • GILLMOR, Dan. We, the media: grassroots journalism by the people, for the people. Sebastopol: O'Reilly, 2004. http://wethemedia.oreilly.com PRIMO, Alex; TRÄSEL, Marcelo. Webjornalismo participativo e a escrita coletiva de notícias. Contracampo, Niterói, v.14, 1º semestre/2006.
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×