Relacionamento com Investidores • Ano VII • nº 24 • Setembro 2007




        Petrobras em Ações
     Petrobras em Ações
D...
LUCRATIVIDADE


                                Resultados do segundo trimestre de 2007

                                 ...
NOVAS FRONTEIRAS




                                                                                                     ...
SUSTENTABILIDADE
Energia no Pan
A Petrobras foi uma das patrocinadoras
oficiais dos XV Jogos Pan-Americanos,
realizados no...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Edição 24 - Petrobras em Ações - n° 03/2007

527 views

Published on

Published in: Technology, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
527
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Edição 24 - Petrobras em Ações - n° 03/2007

  1. 1. Relacionamento com Investidores • Ano VII • nº 24 • Setembro 2007 Petrobras em Ações Petrobras em Ações DESTAQUES Produção cresce 2,5% ■ Em agosto, a produção de petróleo da Petrobras foi de 1.807.074 barris diários (bpd), com um aumento de 2,5% do volume extraído, em comparação com agosto de 2006 (1.763.832 bpd). Até o final de 2007, a Companhia colocará em operação mais quatro plataformas. A produção diária total de petróleo (no Brasil e no exterior) chegou a 1.931.941 barris/dia, indicando um aumento de 27.744 barris/dia (1,4%) se comparado ao mês de agosto de 2006. Já o volume de gás natural produzido no Brasil e no exterior foi de 63 milhões de m3/dia, mantendo o nível referente a agosto de 2006. No Brasil e no exterior, a produção total da Companhia (petróleo e gás natural) foi de 2.319.961 barris equivalentes por dia. Classificação de risco ■ A agência Moody’s anunciou, em agosto, a elevação do rating da dívida em moeda estrangeira Plano de Negócios da Petrobras e PiFCo de Baa2 para Baa1, com perspectiva estável. Essa classificação reflete a melhoria da avaliação do Brasil, passando a 2008-2012 N considerar moderado risco. O título em moeda o dia 14 de agosto, o presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli estrangeira da Petrobras Energia S.A. – Pesa de Azevedo, apresentou, na sede da Companhia, no Rio de (US$ 300 milhões), na Argentina, de séries S, também sofreu elevação de Baa2 para Ba1. Janeiro, o Plano de Negócios para o período 2008-2012, que Entretanto, a classificação global, em moeda local investimentos totais de U$ 112,4 bilhões no Brasil e prevê (A2) e em escala nacional (Aaa), não foi alterada. no exterior. Estiveram presentes diretores, gerentes executivos e gerais da Petrobras e os presidentes e diretores das subsidiárias. Base de acionistas e Ibovespa Gabrielli explicou que o Plano mantém as metas agressivas de ■ Após dois anos do desdobramento das ações da Petrobras nos negócios na Bolsa de Valores de crescimento da Companhia e reforça os desafios nos mercados de gás São Paulo – Bovespa, o número de novos natural e biocombustíveis. Do total de investimentos previstos, 87% acionistas da Companhia já soma mais de 50 mil serão aplicados em projetos no país e 13% no exterior. A produção total investidores. Na carteira do terceiro quadrimestre de petróleo e gás natural (Brasil e exterior) em barris equivalentes por dia de 2007 do Ibovespa, que compreende o período será de 3.494.000 em 2012 e 4.153.000 em 2015. de setembro a dezembro de 2007, a Petrobras O Planejamento Estratégico 2020, que estabelece a missão, a visão, as continua sendo a empresa com maior peso nesse índice: 16,15%. estratégias e objetivos corporativos da Companhia, ampliou a visão da Petrobras de uma empresa líder na América Latina para uma Juros sobre capital próprio das cinco maiores empresas integradas de energia do ■ O Conselho de Administração da Petrobras mundo e a preferida de seus públicos de interesse. O Plano mantém a aprovou duas antecipações de remuneração aos estratégia de expandir a atuação nos mercados de petróleo, derivados, acionistas sob a forma de juros sobre capital próprio, no valor bruto de R$ 0,50 cada uma, petroquímica, gás, energia, biocombustíveis e distribuição com rentabi- perfazendo um total de R$ 1,00 por ação (tanto lidade, responsabilidade socioambiental e crescimento integrado. ordinária como preferencial). O primeiro valor será pago até 31/01/2008 e o segundo valor até 31/03/2008. Esses valores estão sujeitos à incidência de 15% de Imposto de Renda na Fonte, Aquisição Leilões na Petroleum exceto para os acionistas que se enquadram da Colômbia e no Economist como imunes ou isentos. Suzano Golfo do México Award 2007 PÁG. 3 PÁG. 3 PÁG. 4
  2. 2. LUCRATIVIDADE Resultados do segundo trimestre de 2007 O s resultados positivos no pri- conjugada à maior apreciação do real superávit das exportações frente às meiro semestre foram alcança- no primeiro semestre de 2007, com- importações, motivado pela maior dos graças ao incremento da pensado em parte pelo melhor resulta- produção de petróleo, conjugada à produção de petróleo e derivados, pro- do em participações relevantes e pelo menor utilização do petróleo nacional porcionado pela diminuição no tempo efeito do benefício fiscal dos juros sobre na carga processada nas refinarias. das paradas programadas nas refinarias o capital próprio pagos no semestre. Os investimentos, incluindo projetos no país e pela escalada de produção de A produção de petróleo nacional estruturados e sociedades de propósi- algumas plataformas. Como contra- e LGN aumentou 2% em relação ao to específico, atingiram o montante ponto, o resultado foi impactado pela primeiro semestre de 2006 devido à de R$ 19,8 bilhões no primeiro queda nos preços de petróleo e pelo entrada em produção de novas plata- semestre, 45% superior ao primeiro incremento de custos, devido ao aque- formas. A produção internacional de semestre de 2006. cimento da indústria petrolífera. óleo sofreu queda de 19% devido à O endividamento total da Compa- As vendas de derivados e álcool perda de participação em operações nhia apresentou redução de 10% em no país aumentaram 3% em função na Venezuela. função de amortização de dívida não do desempenho econômico. Entretan- A produção total de derivados renovada. Entretanto, houve diminui- to, o lucro operacional no semestre foi aumentou 7%, influenciada pela eleva- ção nas disponibilidades, reflexo do impactado pelos preços de realização ção significativa da carga processada no pagamento de dividendos de R$ 7.472 verificados no primeiro trimestre e exterior, que cresceu 144% devido à milhões realizado no semestre e desem- apresentou queda de 14%. Essa queda operação da Refinaria de Pasadena (EUA). bolsos relativos a investimentos. O efeito refletiu, também, o aumento do custo O volume de vendas no mercado interno final foi de 8% a menos no endivida- dos produtos vendidos. Houve, ainda, foi superior em 3% ao apurado no mes- mento líquido. A alavancagem financei- desembolso relativo à repactuação do mo período do ano passado. No merca- ra da Companhia caiu, no trimestre, de Plano de Pensão Petros (R$ 1.050 do externo, as exportações cresceram, 19% para 17%, refletindo a queda no milhão) no primeiro trimestre e aumen- em volume, 12%. Esse aumento está endividamento líquido. to dos custos exploratórios. relacionado ao incremento da produção As ações da Petrobras apresenta- Adicionalmente, houve no semestre e redução da participação do petróleo ram alta no primeiro semestre de 2007. um aumento nas despesas financeiras nacional na carga total processada. Seu valor de mercado atingiu a marca líquidas devido à maior exposição cam- O saldo comercial favorável de de R$ 244,7 bilhões, valor 21% supe- bial credora em moeda estrangeira, US$ 286 milhões foi decorrente do rior ao do primeiro semestre de 2006. Variação Nominal das Ações Dados Econômico-Financeiros RESULTADOS & RETROSPECTIVA 1º Semestre 530 482,69% (Ibovespa) 480 Em R$ Milhões 2007 2006 Variação (%) 445,30% (Petrobras ON) Vendas brutas 103.760 96.401 8 430 445,17% (Petrobras PN) Vendas líquidas 80.692 73.834 9 380 Lucro bruto 32.511 32.766 (1) 330 Lucro operacional* 20.117 23.277 (14) 280 Lucro líquido 10.931 13.634 (20) Lucro líquido por ação (R$) 2,49 3,11 (20) 230 Geração de caixa operacional 21.043 20.675 2 180 Ebitda 25.183 27.727 (9) 130 Valor de mercado (controladora) 244.659 202.635 21 80 Total de investimentos 19.795 13.644 45 Dez-02 Jan-02 Fev-03 Mar-03 Abr-03 Mai-03 Jun-03 Jul-03 Ag0-03 Set-03 Out-03 Nov-03 Dez-03 Jan-04 Fev-04 Mar-04 Abr-04 Mai-04 Jun-04 Jul-04 Ag0-04 Set-04 Out-04 Nov-04 Dez-04 Jan-05 Fev-05 Mar-05 Abr-05 Mai-05 Jun-05 Jul-05 Ag0-05 Set-05 Out-05 Nov-05 Dez-05 Jan-06 Fev-06 Mar-06 Abr-06 Mai-06 Jun-06 Jul-06 Ag0-06 Set-06 Out-06 Nov-06 Dez-06 Jan-07 Fev-07 Mar-07 Mai-07 Jun-07 Endividamento líquido 221.966 20.808 6% Estrutura de capital – líquido Errata Petrobras em Ações nº 23: Na tabela Dados Econômico-Financeiros, na segunda e terceira (capital de terceiros/passivo total) 45% 45% 0 pp colunas, onde se lê 2006 e 2005, leia-se 2007 e 2006, como na tabela seguinte (Resultados Operacionais). * Antes das receitas e despesas financeiras e da equivalência patrimonial. * Variação Real Acumulada Resultados Operacionais 1º Semestre 500% ■ Ibovespa ■ Petrobras PN Em mil barris de óleo equivalente/dia 2007 2006 Variação (%) 400% 328,0% ■ Petrobras ON Produção de petróleo, LGN e gás natural 2.066 2.030 2 300% Produção de derivados 2.045 1.908 7 212,4% Exportação (Importação) líquida de petróleo 188,3% 200% 169,2% 183,1% e derivados 105 89 18 Capacidade de utilização das refinarias 100% 75,5% 42,8% – no Brasil 89% 91% -2 pp 15,5% 16,5% 0 Capacidade de utilização das refinarias – no exterior 85% 81% 4 pp -100% 10 Anos 5 Anos 1 Ano Participação do óleo nacional na carga processada 78% 80% -2 pp * Como deflator foi utilizado o IGP-DI
  3. 3. NOVAS FRONTEIRAS PETROQUÍMICA Novas descobertas na Bacia de Santos A Petrobras descobriu mais petróleo e gás na Bacia de Santos, numa área situada em águas profundas (2.140 m) e a 273 km de distância da costa, explorada em consórcio com a British Gas e a Repsol YPF Brasil. Os testes indicam produção de 2.900 bar- ris de óleo e 57 mil m3 de gás por dia, mas ainda é preciso verificar se os reservatórios possuem boas condições de produtividade e volumes economicamente viáveis. Para isso, Aquisição da Suzano um plano de avaliação da área será encami- A nhado à Agência Nacional do Petróleo, Gás Petrobras assinou, em agosto, contrato para a aquisição da totali- Natural e Biocombustíveis (ANP). dade das ações da Suzano Petroquímica S.A. (SZPQ), pelo preço A partir deste novo resultado positivo con- total de R$ 2,1 bilhões. A Companhia também passará a controlar firma-se, mais uma vez, o momento histórico participações na Rio Polímeros S.A., na Petroquímica União da exploração de petróleo no Brasil e, particu- S.A. e na Petroflex S.A. larmente, nessa área de águas profundas da De acordo com seu Plano Estratégico, a Bacia de Santos. Petrobras tem investido seletivamente no setor petroquímico brasileiro e do Cone Sul, em projetos que agregam valor ao EXPLORAÇÃO E PRODUÇÃO petróleo, ao gás natural e às correntes Petrobras de refino, atuando de forma integrada. A aquisição contribui para a consolidação arremata do Pólo Petroquímico do Sudeste. A SZPQ atua há 30 anos no mercado, é líder latino-americana na pro- 34 blocos no dução de resinas de polipropileno e ocupa a segunda posição no ranking nacional em resinas termoplásticas. Para mais informações, acesse o comu- Golfo do México nicado “Aquisição da Suzano Petroquímica” e comunicados subseqüentes no site www.petrobras.com.br/ri, na seção “Comunicados”. A Petrobras arrematou, em agosto, nos EXPLORAÇÃO E PRODUÇÃO Estados Unidos, 34 dos 40 blocos ofere- cidos em leilão (Lease Sale 204) no Golfo do México, pelo valor total de US$ 29,3 milhões. Quatro blocos obtidos Assim, a Companhia assegurou 100% na participação e a condição de operadora em em leilão na Colômbia 20 blocos. Nos demais 14 blocos arremata- A dos, a participação será de 50% e em par- Petrobras arrematou quatro blocos dos 13 oferecidos no leilão ceria com a Devon Energy, que será a ope- Ronda Caribe 2007, no litoral colombiano, em setembro. A radora destes. Companhia será operadora nos blocos RC-06 e RC-07, com parti- Todos os blocos arrematados encontram- cipação de 40% no consórcio formado também pelas empresas se nas áreas-foco de atuação da Petrobras na Ecopetrol (30%) e Hess Corporation (30%). Além destes, irá participar região e serão incorporados à carteira de pro- como sócia não-operadora nos blocos RC-04 (com 30% de participação) jetos exploratórios, totalizando 313 blocos, e RC-08 (20%). dos quais 177 operados pela Companhia. A avaliação das propostas pela Agência Nacional de Hidrocarburos O arremate de blocos no Golfo do Méxi- (ANH) da Colômbia baseou-se no nível percentual de participação na co norte-americano atende ao Plano Estraté- produção, considerando haver descobertas comerciais pelas empresas. gico da Petrobras, que prevê como priori- Assim, as empresas vencedoras do leilão se comprometeram a desenvol- tários os investimentos nessa região, além de ver um programa exploratório mínimo, de cerca de US$ 5 milhões em outras atividades desenvolvidas no exterior. cada bloco em um período de três anos. Deste modo, a Companhia amplia considera- As áreas adquiridas são próximas ao bloco Tayrona, que já é operado velmente seu portfólio de atividades de pela Petrobras. Os quatro blocos totalizam uma área de cerca de 12 mil exploração e produção em águas profundas quilômetros quadrados em águas rasas e profundas (lâmina d’água de e ultraprofundas naquela região. até 2 mil metros).
  4. 4. SUSTENTABILIDADE Energia no Pan A Petrobras foi uma das patrocinadoras oficiais dos XV Jogos Pan-Americanos, realizados no Rio de Janeiro, em julho. O conceito da campanha institucional realizada permitiu associar o esporte à energia e valorizou a marca da Companhia. As ações – apresentações Companhia culturais, musicais e de filmes brasileiros, entre outras – foram desenvolvidas no aeroporto, renova nas praias, na Vila Pan-Americana e até no céu. Também foram comemoradas as medalhas de integração no ouro das equipes brasileiras masculina e feminina de handebol, patrocinadas desde os jogos de Índice Dow Jones 2003 e que se sagraram bicampeãs. A Petrobras conquistou o direito de renovar sua integração no seleto grupo das 20 empresas do Ferramenta Site WAP é lançada setor de petróleo e gás no mundo no Índice Mundial Dow Jones A Petrobras lançou em agosto seu site oficial via de Sustentabilidade (DJSI). Este é o celular. De conteúdo objetivo e carregamento fácil, mais importante índice mundial esta ferramenta permite o acesso a informações de sustentabilidade, usado como via telefone móvel (celular, smartphone e parâmetro para fins de análise por palmtop) por meio de “pílulas de informações”. investidores que aplicam recursos Assim, a Companhia se alinha às novas tendências de meios interativos para se em empresas que tenham compro- relacionar com seus públicos de misso com a responsabilidade so- interesse, considerando que o Brasil possui cial e ambiental. mais de 100 milhões de usuários de Na avaliação feita, a Petrobras celulares e, destes, 10 milhões já usam a se destacou por seus processos de web móvel. transparência, gestão da marca, desempenho ambiental, cidadania corporativa e desenvolvimento de Petroleum Economist Award 2007 recursos humanos. São abordadas questões relativas a sustentabilida- A 2007, Petrobras foi vencedora do Petroleum Economist Award na categoria Investor tas e investidores. Além da área de Investidores, outras duas áreas da Companhia (a Universidade Petrobras de, governança corporativa, gestão da marca e de risco, ações de ges- tão relativas à mudança climática, Communications Team of Year, com o e Segurança, Meio Ambiente e Saúde projeto International Relations Team. – SMS) concorreram, ficando entre os assim como a exigência de práticas Esta é uma premiação anual da revista finalistas em suas categorias. de fornecedores e gestão de proje- britânica que contempla os melhores Para a escolha, a publicação con- tos sociais. trabalhos das maiores organizações da siderou não só os programas usuais A entrada da Petrobras no Índi- indústria global de energia. A Compa- com investidores, mas também ações ce Dow Jones é um reconhecimento nhia concorreu com as empresas Sasol de fortalecimento no relacionamento a todo o processo de gestão da Chevron, Nigeria LNG, Rosneft e com grupos específicos de investidores, Companhia. Esta renovação influ- Pemex. A cerimônia de premiação investidores socialmente responsáveis, enciará as decisões nos investimen- aconteceu em setembro, em Londres. investidores individuais e exploração de tos de gestores de ativos, uma vez A Petrobras concorreu pelo segun- novos canais de interação junto aos fun- que este mercado em empresas do ano consecutivo na categoria em dos de investimentos estrangeiros e social e ambientalmente responsá- que foi premiada. A seleção é relativa a nacionais. A Petrobras desenvolveu ini- projetos conduzidos em 2006 e desta- ciativas dedicadas a cada público-alvo, veis gira mais de US$ 4 trilhões, ca as empresas do setor de petróleo e e alguns resultados desse trabalho conforme dados da ONU, e mais de gás que desenvolveram ações que foram crescimentos de 20% na base de US$ 5,6 bilhões de investimentos aumentaram o interesse ou geraram acionistas em 2006 e 76% no número embasados em empresas que sejam desdobramentos positivos para acionis- de acessos mensais ao site da área. integrantes do DJSI. Informativo publicado pela Gerência de Relacionamento com Investidores da Petrobras • Gerente executivo: Theodore Helms • Editor e jornalista responsável: Cláudio Paula (RJ-21059-JP) • Redação: Fábio Xavier e Orlando Gonçalves Jr. • Contato: Suporte ao Acionista Tels.: (21) 3224-1540/4914 e 0800 282 1540 • Fax: (21) 2262-3678 • Endereço: Av. República do Chile, 65 / Sala 2202-B • Centro – Rio de Janeiro – RJ – 20031-912 • E-mail: acionistas@petrobras.com.br • Projeto gráfico e diagramação: Estúdio Matiz Visite nosso site www.petrobras.com.br/ri

×