RESULTADOS 1º TRIMESTRE                                             DE 2009 EM LEGISLAÇÃO                                 ...
RESULTADOS 1º TRIMESTRE         DE 2009 EM LEGISLAÇÃO         SOCIETÁRIAAs despesas operacionais somaram R$ 346,8 milhões ...
RESULTADOS 1º TRIMESTRE                                         DE 2009 EM LEGISLAÇÃO                                     ...
RESULTADOS 1º TRIMESTRE                                            DE 2009 EM LEGISLAÇÃO                                  ...
RESULTADOS 1º TRIMESTRE                                      DE 2009 EM LEGISLAÇÃO                                      SO...
RESULTADOS 1º TRIMESTRE                                        DE 2009 EM LEGISLAÇÃO                                      ...
RESULTADOS 1º TRIMESTRE                                         DE 2009 EM LEGISLAÇÃO                                     ...
RESULTADOS 1º TRIMESTRE                                          DE 2009 EM LEGISLAÇÃO                                    ...
RESULTADOS 1º TRIMESTRE                                        DE 2009 EM LEGISLAÇÃO                                      ...
RESULTADOS 1º TRIMESTRE                                             DE 2009 EM LEGISLAÇÃO                                 ...
RESULTADOS 1º TRIMESTRE                                        DE 2009 EM LEGISLAÇÃO                                      ...
RESULTADOS 1º TRIMESTRE                                 DE 2009 EM LEGISLAÇÃO                                 SOCIETÁRIA  ...
RESULTADOS 1º TRIMESTRE                                                      DE 2009 EM LEGISLAÇÃO                        ...
RESULTADOS 1º TRIMESTRE                                                      DE 2009 EM LEGISLAÇÃO                        ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

1 t2009

329 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
329
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
75
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

1 t2009

  1. 1. RESULTADOS 1º TRIMESTRE DE 2009 EM LEGISLAÇÃO SOCIETÁRIA EMBRAER DIVULGA OS RESULTADOS DO 1O TRIMESTRE DE 2009 Informações operacionais e financeiras da Empresa, exceto quando de outra forma indicadas, são apresentadas com base em números consolidados e em Reais, de acordo com as práticas contábeis adotadas no BrasilBOVESPA: EMBR3 São José dos Campos, 29 de abril de 2009 – A Embraer (BOVESPA: EMBR3, NYSE:NYSE: ERJ ERJ), empresa líder na fabricação de jatos comerciais com até 120 assentos, apresentou no primeiro trimestre de 2009 (1T09) receita líquida de R$ 2.667,4 milhões ewww.embraer.com.br lucro líquido de R$ 38,3 milhões, correspondente a um lucro por ação de R$ 0,05286.Relações com Investidores O 1T09 foi marcado por pedidos de cancelamento de aeronaves no segmento deCarlos Eduardo Camargo Aviação Executiva e adiamento de entregas no segmento de Aviação Comercial, porCaio PinezJuliana Villarinho conta da forte desaceleração econômica mundial. Com isso, a carteira de pedidosPaulo Ferreira firmes da Embraer atingiu ao final do 1T09 o nível de US$ 19,7 bilhões, com a família EMBRAER 170/190 acumulando um total de 875 pedidos firmes e 792 opções deTel: +55 (12) 3927 4404 compra.investor.relations@embraer.com.br No 1T09, a Embraer entregou 40 jatos para os segmentos de Aviação Comercial e Executiva, mostrando redução de 11,1% na comparação com o primeiro trimestre de 2008 (1T08), quando o total de entregas foi de 45 aeronaves. Devido à acentuada desaceleração econômica no 1T09, a Embraer revisou a estimativa de entregas de jatos de 270 para 242 aeronaves, subdivididas em 115 entregas para o segmento de Aviação Comercial e 17 jatos Legacy 600 e Lineage 1000 para o segmento de Aviação Executiva, além de 110 jatos Phenom para este mesmo segmento. A estimativa de receita da Embraer para 2009 também foi revista de US$ 6,3 bilhões para US$ 5,5 bilhões, onde US$ 3,3 bilhões correspondem ao segmento de Aviação Comercial, US$ 0,8 bilhão ao segmento de Aviação Executiva, US$ 0,6 bilhão ao segmento de Defesa e Governo e US$ 0,8 bilhão correspondem às receitas de serviços aeronáuticos e outras atividades. Para se adequar ao novo nível estimado de receita para 2009, a Embraer iniciou um severo programa de corte de custos focado em despesas gerais, com fornecedores e financeiras, incluindo a redução de 20% no quadro de empregados da Empresa, incluindo mão-de-obra operacional, administrativa e lideranças, bem como a eliminação de um nível hierárquico da estrutura gerencial. No 1T09, a receita líquida da Embraer totalizou R$ 2.667,4 milhões, comparada a R$ 2.321,7 milhões registrada no 1T08, representando um crescimento de 14,9%, por conta principalmente da alta de 33,0% da taxa média de câmbio na comparação entre os períodos. A margem bruta de 17,1% no 1T09 registrou queda quando comparada aos 18,5% do 1T08. Tal redução deve-se ao custo de mão-de-obra direta, ainda não ajustada para o nível de receita apresentado e pelas entregas reduzidas, uma vez que o corte de pessoal foi implementado no final de fevereiro, além da combinação de aeronaves entregues, já que os primeiros jatos Phenom ainda apresentam margem bruta comparativamente baixa aos demais produtos da Empresa por conta dos efeitos da curva de aprendizado de fabricação. Página 1 de 14
  2. 2. RESULTADOS 1º TRIMESTRE DE 2009 EM LEGISLAÇÃO SOCIETÁRIAAs despesas operacionais somaram R$ 346,8 milhões no 1T09, representando umcrescimento de 17,7% em relação aos R$ 294,7 milhões apurados no 1T08,principalmente por conta de despesas extraordinárias relativas às dispensas de pessoalrealizadas no período. Vale destacar que devido aos ajustes iniciados em 2008, tantonas estruturas de pessoal de todas as áreas bem como no controle de gastos dasmesmas, as despesas operacionais apresentaram redução de 12,6% na comparaçãoentre o 1T09 e o quarto trimestre de 2008 (4T08). A margem operacional ficou em 4,1%no 1T09, apresentando queda em relação aos 5,8% do 1T08, reflexo da redução damargem bruta. Importante ressaltar o impacto negativo de R$ 76,0 milhões no resultadooperacional, referente a despesas não-recorrentes em função das demissões efetuadasno final de fevereiro, somadas a receitas extraordinárias provenientes de multascontratuais que, se somados ao resultado apresentado, representaria uma margemoperacional de 6,7% no 1T09.As despesas comerciais apresentaram queda de 6,2%, passando de R$ 162,1 milhõesno 1T08 para R$ 152,1 milhões no 1T09, e as despesas administrativas tambémdiminuíram (6,8%), de R$ 91,7 milhões no 1T08 para R$ 85,5 milhões no 1T09. Aredução no nível das despesas comerciais e administrativas esta diretamenterelacionada a ganhos de produtividade e controle de despesas no período.O resultado líquido do 1T09 foi de R$ 38,3 milhões, 74,8% menor que os R$ 152,0milhões do 1T08, e a margem líquida de 1,4% apresentou queda em comparação aos6,5% do 1T08. Página 2 de 14
  3. 3. RESULTADOS 1º TRIMESTRE DE 2009 EM LEGISLAÇÃO SOCIETÁRIADESTAQUES DO 1T09JATO LINEAGE 1000 DA EMBRAER RECEBEU CERTIFICAÇÃO DA FAANo início de janeiro de 2009, a Embraer recebeu o Certificado de Tipo (Type Certificate – TC, em inglês) e o Certificadode Tipo Suplementar (Supplemental Type Certificate – STC) da Federal Aviation Administration (FAA), autoridade deaviação civil dos Estados Unidos, para o jato executivo Lineage 1000, da categoria ultra-large. A aeronave já haviarecebido em dezembro de 2008, o Certificado de Tipo da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), e da EuropeanAviation Safety Agency (EASA), autoridades de aviação civil do Brasil e da União Européia.EMBRAER VENDEU TERCEIRO JATO ERJ 135 PARA O GOVERNO DA TAILÂNDIATambém em janeiro de 2009, a Embraer assinou contrato com o Royal Thai Army (Exército Tailandês) para a venda deum segundo jato ERJ 135. Este terceiro avião para o Governo da Tailândia será utilizado para transportar autoridadescivis e militares e a entrega está programada para 2009.EMBRAER VENDEU OITO AVIÕES SUPER TUCANO PARA A REPÚBLICA DOMINICANAA Embraer confirmou em janeiro de 2009 a venda de oito aeronaves Super Tucano para o governo da RepúblicaDominicana, com efetivação do contrato no final de 2008. Os aviões serão operados pela Força Aérea do país emmissões de segurança interna e patrulhamento de fronteiras, em um cenário de operações de combate ao narcotráfico.ECC LEASING VENDEU JATO ERJ 145 PARA A POLÍCIA FEDERALA ECC Leasing Company Limited, subsidiária integral da Embraer, concretizou em fevereiro a venda de um segundo jatoERJ 145 usado para o Departamento de Polícia Federal (DPF) do Brasil. A aeronave, cuja entrega está programada para oprimeiro semestre de 2009, se somará a outro ERJ 145 entregue em julho de 2006 e operado com sucesso pelo DPF.EMBRAER CONFIRMOU A VENDA DE 24 AVIÕES SUPER TUCANO PARA O EQUADOREm março, a Embraer confirmou a assinatura de um acordo com a Força Aérea Equatoriana (FAE) para a vendade 24 aeronaves Super Tucano, com efetivação do contrato em 2008. Os aviões serão utilizados em missões devigilância de fronteiras e treinamento de pilotos. Página 3 de 14
  4. 4. RESULTADOS 1º TRIMESTRE DE 2009 EM LEGISLAÇÃO SOCIETÁRIADEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOSA tabela abaixo apresenta uma análise comparativa dos principais indicadores da demonstração de resultadosconsolidados da Embraer, referentes ao 4T08, 1T08 e 1T09. (2) Demonstração de Resultado 4º Trimestre 1º Trimestre em milhões de R$ exceto %,quantidade de ações e lucro por ação 2008 2008 2009 Receita líquida 4.139,6 2.321,7 2.667,4 Lucro bruto 832,4 428,5 456,0 Margem bruta 20,1% 18,5% 17,1% Despesas Administrativas e Comerciais (362,9) (253,9) (237,6) Outras Despesas Operacionais (33,7) (40,8) (109,3) Lucro operacional antes das receitas(despesas) financeiras 435,8 133,7 109,2 Margem operacional 10,5% 5,8% 4,1% Depreciação e amortização 128,6 93,9 100,4 EBITDA 564,4 227,7 209,6 Margem EBITDA 13,6% 9,8% 7,9% Receitas (despesas) financeiras líquidas (58,2) 7,7 (11,3) Variações monetárias e cambiais líquidas (179,3) 17,4 5,4 Lucro antes dos impostos 198,3 158,8 103,3 Imposto de renda e contribuição social (227,5) (4,8) (64,8) Participação dos minoritários (11,3) (2,0) (0,2) Lucro (Prejuízo) líquido (40,6) 152,1 38,3 Margem líquida -1,0% 6,5% 1,4% Quantidade de ações em circulação ao final do período 723.665.044 723.665.044 723.665.044 Lucro (Prejuízo) por ação (0,05607) 0,21011 0,05286 (2) Extraído das Demonstrações Financeiras revisadasO EBITDA, de acordo com o Oficio Circular CVM nº1/2005 representa o lucro líquido adicionado de receitas (despesas)financeiras líquidas, imposto de renda e contribuição social, depreciação e amortização, participações minoritárias eequivalência patrimonial.ENTREGAS, RECEITA LÍQUIDA E MARGEM BRUTANo 1T09 foram entregues 40 jatos, 11,1% a menos que os 45 entregues no 1T08. O faturamento líquido do 1T09 foi R$2.667,4 milhões, 14,9% maior em relação aos R$ 2.321,7 milhões apurados no 1T08, justificado principalmente peladesvalorização de 33,0% do Real médio perante o dólar médio. Entregas por Segmento 4T08 1T08 1T09 Aviação Comercial 44 38 32 ERJ 145 - 3 1 EMBRAER 170 5 - 5 EMBRAER 175 14 15 3 EMBRAER 190 20 17(1) 17 EMBRAER 195 5 3 6 Defesa e Governo 4 - - EMB 135 2 - - Legacy 600 2 - - Aviação Executiva 11 7 8 Phenom 100 2 - 6 Legacy 600 8 7 2 Embraer 175 1 - - Total 59 45 40 Entregas identificadas em parênteses representam leasing operacional. Página 4 de 14
  5. 5. RESULTADOS 1º TRIMESTRE DE 2009 EM LEGISLAÇÃO SOCIETÁRIAA receita líquida do segmento de Aviação Comercial representou 75,4% do total das receitas da Embraer no 1T09,enquanto os outros segmentos da Empresa representaram 24,6% da receita total, comparados a uma participação de30,4% em igual período de 2008. Receita Líquida (2) por Segmento 4T08 1T08 1T09 (milhões) R$ % R$ % R$ % Aviação Comercial 2.701,7 65,3 1.615,3 69,6 2.011,7 75,4 Defesa e Governo 401,7 9,7 154,2 6,6 156,8 5,9 Aviação Executiva 568,4 13,7 301,7 13,0 162,3 6,1 Serviços Aeronáuticos 385,8 9,3 219,6 9,5 296,2 11,1 Outros 82,0 2,0 30,9 1,3 40,4 1,5 Total 4.139,6 100,0 2.321,7 100,0 2.667,4 100,0 (2) Extraído das Demonstrações Financeiras revisadasA receita do segmento de Defesa e Governo manteve-se praticamente estável quando comparamos a receita de R$156,8 milhões no 1T09 com os R$ 154,2 milhões do 1T08. Apenas a participação relativa desse segmento na receitatotal da Empresa apresentou redução, caindo de 6,6% no 1T08 para 5,9% no 1T09.Com a entrega de dois jatos Legacy 600 e seis Phenom 100 no 1T09, comparados a sete entregas de Legacy 600 nomesmo período do ano anterior, a receita do segmento de Aviação Executiva atingiu R$ 162,3 milhões, representandouma redução de 46,2% na comparação com os R$ 301,7 milhões apurados no 1T08.O segmento de Serviços Aeronáuticos registrou faturamento de R$ 296,2 milhões no 1T09, 34,9% acima dos R$ 219,6milhões registrados no 1T08, explicado principalmente pela oscilação cambial verificada na comparação entre osperíodos.A margem bruta de vendas no 1T09 foi de 17,1%, menor que os 18,5% obtidos em igual período do ano anterior. Aqueda da margem bruta da Empresa pode ser explicada em parte pelo custo de mão-de-obra direta, uma vez que aEmpresa re-programou as entregas para o ano de 2009 e o ajuste no quadro de funcionários foi feito no final defevereiro. Além disso, os seis jatos Phenom 100 entregues apresentaram margens comparativamente mais baixas porconta dos efeitos da curva de aprendizado na sua fabricação.DESPESAS OPERACIONAIS E LUCRO OPERACIONALAs despesas operacionais totalizaram R$ 346,8 milhões no 1T09, 17,7% acima dos R$ 294,7 milhões apurados no1T08, basicamente por conta de gastos extraordinários relativos à dispensa de aproximadamente 4.000 empregadosrealizada no 1T09.As despesas administrativas somaram R$ 85,5 milhões no 1T09 representado uma queda de 6,8% quando comparadasaos R$ 91,7 milhões apurados no 1T08 explicado em parte pelo programa de otimização de processos adotado pelaEmpresa em 2007 denominado P3E (Programa de Excelência Empresarial Embraer), e também pelo controle dosgastos com pessoal e custos.As despesas comerciais totalizaram R$ 152,1 milhões no 1T09, representando uma redução de 6,2% em relação aosR$ 162,1 milhões do 1T08, também por conta de ganhos de produtividade advindos da otimização dos processos e docontrole de gastos com pessoal e custos, além do menor número de aeronaves entregues no período.A rubrica Outras (Despesas) Receitas Operacionais Líquidas apresentou no 1T09 despesa de R$ 109,3 milhõescomparada a uma despesa de R$ 40,8 milhões no 1T08, resultante de gastos adicionais com a dispensa de 20% dosempregados da Embraer, que totalizou aproximadamente 4.000 demissões. Página 5 de 14
  6. 6. RESULTADOS 1º TRIMESTRE DE 2009 EM LEGISLAÇÃO SOCIETÁRIAO lucro operacional da Embraer antes das receitas e despesas financeiras foi de R$ 109,2 milhões no 1T09, ante R$133,7 milhões apurados no 1T08. A margem operacional atingiu 4,1% no 1T09, abaixo dos 5,8% apurados no 1T08. Amargem operacional do 1T09 foi negativamente afetada por R$ 76,0 milhões contabilizados em outras (despesas)receitas operacionais líquidas, resultantes da soma entre o montante relativo às despesas não recorrentes dasdemissões efetuadas no final de fevereiro, e às receitas extraordinárias provindas de multas contratuais que, quandoadicionadas ao resultado operacional apresentado, representaria uma margem operacional de 6,9% no 1T09.A VARIAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDONo 1T09 a Embraer apresentou uma despesa financeira líquida de R$ 11,3 milhões, abaixo da receita de R$ 7,7milhões apurados no 1T08, principalmente por conta da queda da taxa de juros no período, que reduziu o montante dereceitas financeiras no trimestre.A Embraer registrou no 1T09 uma receita com variações monetárias e cambiais de R$ 5,4 milhões, ante uma receita deR$ 17,4 milhões apresentada em igual período do ano passado. Tal oscilação é explicada pelo impacto das variaçõescambiais sobre ativos e passivas denominados em quaisquer moedas à exceção do dólar.No 1T09, a Embraer contabilizou uma despesa de Imposto de Renda e Contribuição Social de R$ 64,8 milhões,comparada com uma despesa de R$ 4,8 milhões no 1T08. O crescimento da despesa com impostos se deu por contado impacto dos tributos diferidos em função das diferenças temporárias entre a base fiscal e contábil.O lucro líquido apresentado pela Embraer no 1T09 foi de R$ 38,3 milhões, apresentando uma redução na comparaçãocom o mesmo trimestre do ano anterior quando o lucro líquido foi R$ 152,1 milhões. A margem líquida apurada no 1T09foi de 1,4%, apresentando queda em comparação aos 6,5% apurados no 1T08. Tanto o lucro líquido quanto a margemlíquida do 1T09 apresentaram melhora em relação ao prejuízo de R$ 40,6 milhões e margem negativa de 1,0%apresentados no 4T08.GESTÃO FINANCEIRAEm 31 de março de 2009 a posição de caixa da Embraer, incluindo aplicações financeiras e títulos e valores mobiliários,totalizava R$ 3.894,5 milhões. Na mesma data, o endividamento total era de R$ 3.646,4 milhões. Assim, no final do1T09, a Empresa apresentava uma posição de caixa líquido de R$ 248,1 milhões. Dados de Balanço (1) (2) (2) (R$ milhões) 2008 1T08 1T09 Disponibilidades (*) 5.144,9 3.929,6 3.894,5 Contas a receber-total 1.038,0 648,0 996,5 Financiamentos a clientes 284,7 122,3 247,5 Estoques 7.101,1 4.826,9 7.578,9 Ativo permanente 3.910,7 2.625,2 4.060,8 Fornecedores 2.520,2 1.943,4 2.785,9 Endividamento bancário 4.299,7 2.813,7 3.646,4 Patrimônio líquido 5.970,5 4.355,2 5.946,2 Caixa (endividamento) líquido 845,2 1.115,9 248,1 * Inclui Caixa/Aplicações financeiras, Titulos e Valores Mobiliários e Investimentos Temporários de Caixa (1) Extraído das Demonstrações Financeiras auditadas (2) Extraído das Demonstrações Financeiras revisadas Página 6 de 14
  7. 7. RESULTADOS 1º TRIMESTRE DE 2009 EM LEGISLAÇÃO SOCIETÁRIADISPONIBILIDADESO caixa da Embraer apresentou redução de R$ 1.250,4 milhões no 1T09, totalizando ao final do período R$ 3.894,5milhões, em função do pagamento de linhas de crédito que venceram no período e não foram renovadas por decisão daEmpresa, além de despesas extraordinárias com as demissões já mencionadas.Do total do caixa, que inclui aplicações financeiras de curto prazo e títulos e valores mobiliários, 43,0% são aplicaçõesdenominadas em Reais e os demais 57,0% em outras moedas, principalmente em dólar. A estratégia de investimentodo caixa da Embraer está baseada no equilíbrio entre ativos e passivos quanto à exposição cambial e na perspectivados investimentos futuros que são em sua maioria realizados em Reais.CONTAS A RECEBER E ESTOQUESAs rubricas contas a receber e financiamento a clientes apresentaram redução de R$ 78,7 milhões, ou 6,0% em relaçãoao trimestre anterior, passando de R$ 1.322,7 milhões no 4T08, para R$ 1.244,0 milhões no 1T09.Os estoques apresentaram crescimento de R$ 477,8 milhões, ou 6,7%, na comparação entre o 1T09 e o 4T08,totalizando R$ 7.578,9 milhões em 31 de março de 2009. A Embraer está atualmente negociando com os seusfornecedores para adequar o recebimento de matérias à nova cadencia de produção e ao novo calendário de entregas.No entanto, tais ajustes se darão no decorrer do ano, quando a Empresa espera equilibrar melhor as receitas com ascompras de materiais.ENDIVIDAMENTODurante o 1T09, o endividamento da Embraer diminuiu R$ 653,3 milhões, encerrando o período em R$ 3.646,4 milhões.O endividamento de curto prazo representou 26,9% do total das linhas de crédito da Empresa no 1T09 enquanto no4T08 correspondia a 29,3%. A queda do endividamento da Empresa diz respeito também à política de administração decaixa que liquidou algumas linhas de crédito que venceram no período.No 1T09, 40,8% do endividamento total estava denominado em Reais, a um custo médio ponderado de 8,06% ao ano,enquanto os restantes 59,2% estavam denominados em outras moedas, basicamente em dólares, estando sujeitos ajuros médios ponderados de Libor + 3.08% ao ano, acrescidos da variação cambial.INVESTIMENTOS EM P&D E PRODUTIVIDADEPESQUISA E DESENVOLVIMENTO (P&D)No 1T09 foram investidos R$ 82,0 milhões no desenvolvimento de novos e atuais projetos de diversas áreas daEmpresa e, em especial, os lançados pelo segmento de Aviação Executiva. A Embraer busca constantemente oaperfeiçoamento de seus produtos para a geração de valor aos operadores e usuários das suas aeronaves, fonte degeração de resultados e criação de valor para os acionistas.PRODUTIVIDADE E CAPACITAÇÃO INDUSTRIALOs investimentos realizados em capacitação industrial da Empresa, incluindo melhorias e modernização dos processosindustriais e de engenharia, máquinas e equipamentos totalizaram R$ 73,4 milhões no 1T09, principalmente por contados investimentos na produção dos jatos executivos e na implementação da rede de suporte pós-venda para essesprodutos.INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES EM US GAAPA Embraer, nessa mesma data, divulgou os resultados do 1T09, não auditados, de acordo com os princípios contábeisgeralmente aceitos nos Estados Unidos (US GAAP). A seguir, são apresentados alguns dos resultados consolidados emUS GAAP, em dólares. Página 7 de 14
  8. 8. RESULTADOS 1º TRIMESTRE DE 2009 EM LEGISLAÇÃO SOCIETÁRIA A receita líquida no 1T09 foi de US$ 1.154,1 milhões; O lucro bruto apurado no 1T09 foi de US$ 209,6 milhões correspondendo a uma margem bruta de 18,2%; O lucro operacional no 1T09 foi de US$ 27,2 milhões, com uma margem operacional de 2,4%, e o lucro líquido no 1T09 foi negativo em US$ 23,4 milhões, com uma margem líquida negativa de 2,0%.PEDIDOS EM CARTEIRA E PREVISÃO DE ENTREGASA Embraer entregou 40 aeronaves no 1T09, cinco aeronaves a menos que o 1T08. A Embraer revisou a estimativa deentregas de jatos em 2009 de 270 para 242 aeronaves, subdivididas em 115 entregas para o segmento de AviaçãoComercial, 17 jatos Legacy 600 e Lineage 1000, além de 110 jatos Phenom para o segmento de Aviação Executiva.Em 31 de março de 2009, a Embraer apresentava o seguinte quadro de pedidos em carteira: Pedidos em Aeronave Pedidos Firmes Opções Entregas Carteira ERJ 135 108 - 108 - ERJ 140 74 - 74 - ERJ 145 733 50 694 39 EMBRAER 170 193 84 153 40 EMBRAER 175 135 173 117 18 EMBRAER 190 436 459 218 218 EMBRAER 195 111 76 33 78 TOTAL 1.790 842 1.397 393A carteira total de pedidos firmes da Embraer encerrou o 1T09 totalizando US$ 19,7 bilhões. Na figura abaixoapresentamos a evolução dos pedidos em carteira da Embraer nos últimos trimestres: Pedidos Firmes em Carteira (US$ Bilhões) 21,6 20,7 20,9 20,3 19,7 1T08 2T08 3T08 4T08 1T09 Página 8 de 14
  9. 9. RESULTADOS 1º TRIMESTRE DE 2009 EM LEGISLAÇÃO SOCIETÁRIARELAÇÕES COM INVESTIDORESNo mercado doméstico as ações ordinárias da Embraer negociadas no Novo Mercado da Bolsa de Valores de SãoPaulo (BOVESPA) encerraram o primeiro trimestre cotadas a R$ 7,77, com desvalorização de 11,8% em relação aofechamento de R$ 8,81 em 30 de dezembro de 2008. O índice Bovespa valorizou-se em 9,0 % no mesmo período deapuração, registrando fechamento a 40.926 pontos em 31 de março de 2009, contra o fechamento de 37.550 pontos em30 de dezembro de 2008.Já as ADS (American Depositary Shares) da Empresa, representadas por quatro ações ordinárias e negociadas naBolsa de Valores de Nova York (NYSE), atingiram a cotação de US$ 13,27 no último pregão do primeiro trimestre de2009, apresentando desvalorização de 18,1% em relação ao fechamento de US$ 16,21 em dezembro de 2008.O volume médio diário das ações ordinárias (ON) da Embraer no primeiro trimestre de 2009 foi de 1,4 milhões de títulosnegociados, representando um volume financeiro médio diário de R$ 10,8 milhões, identico ao volume médio diário de1,4 milhão de títulos, e maior em relação ao volume médio financeiro diário de R$ 13,4 milhões registrados no quartotrimestre em 2008.O volume médio diário das ADS’s foi de 1.089 mil títulos negociados, equivalentes a uma média financeira diária de US$15,1 milhões durante o primeiro trimestre de 2009, com diminuição frente ao volume médio diário negociado de 1.200mil títulos, e o volume médio financeiro diário de US$ 21,1 milhões negociados durante o quarto trimestre de 2008. Página 9 de 14
  10. 10. RESULTADOS 1º TRIMESTRE DE 2009 EM LEGISLAÇÃO SOCIETÁRIAAPRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T09Data: Quinta-feira, 30 de abril de 2009. Português (BR GAAP) Inglês (US GAAP) 8h30 (SP) 08:30 AM (NY) 7h30 (NY) 09:30 AM (SP) Telefone: Telefones: +55 11 4688 6301 +1 800 860 2442 (America do Norte) +1 412 858 4600 (Internacional) +55 11 4688 6301(Brasil) Código: Embraer Código: Embraer Número para Replay Número para Replay +55 11 4688 6312 +55 11 4688 6312 Código: 315 Código: 702A apresentação será transmitida ao vivo pela Internet no endereço www.embraer.com.brPara informações adicionais, favor contatar:Relações com InvestidoresTel: +55 12 3927 4404E-mail: investor.relations@embraer.com.brINFORMAÇÕES SOBRE A EMBRAERA Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica S.A. - NYSE: ERJ; Bovespa: EMBR3) é uma Empresa líder nafabricação de jatos comerciais de até 120 assentos e uma das maiores exportadoras brasileiras. Com sede em SãoJosé dos Campos, no Estado de São Paulo, a Empresa mantém escritórios, instalações industriais e oficinas deserviços ao cliente no Brasil, Estados Unidos, França, Portugal, China e Cingapura. Fundada em 1969, a Embraerprojeta, desenvolve, fabrica e vende aeronaves para os segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, e Defesae Governo. A Empresa também fornece suporte e serviços de pós-vendas a clientes em todo o mundo. Em 31 de marçode 2009, a Embraer contava com 17.375 empregados – número que não inclui empregados de suas subsidiárias não-integrais OGMA e HEAI – e possuía uma carteira de pedidos firmes a entregar de US$ 19,7 bilhões.Este documento pode conter projeções, declarações e estimativas a respeito de circunstâncias ou eventos ainda não ocorridos. Estasprojeções e estimativas têm embasamento, em grande parte, nas atuais expectativas, projeções sobre eventos futuros e tendênciasfinanceiras que afetam os negócios da Embraer. Essas estimativas estão sujeitas a riscos, incertezas e suposições que incluem, entreoutras: condições gerais econômicas, políticas e comerciais no Brasil e nos mercados onde a Embraer atua; expectativas detendências para o setor; os planos de investimento da Empresa; sua capacidade de desenvolver e entregar produtos nas dataspreviamente acordadas, e regulamentações governamentais existentes e futuras. Palavras como “acredita”, “pode”, “poderá”, “estima”,“continua”, “antecipa”, “pretende”, “espera” e termos similares têm por objetivo identificar expectativas. A Embraer não se senteobrigada a publicar atualizações nem a revisar quaisquer estimativas em decorrência de novas informações, eventos futuros ouquaisquer outros acontecimentos. Em vista dos riscos e incertezas inerentes, tais estimativas, eventos e previsões sobre o futuropodem não ocorrer. Portanto os resultados reais podem diferir substancialmente daqueles publicados anteriormente como expectativasda Embraer. Página 10 de 14
  11. 11. RESULTADOS 1º TRIMESTRE DE 2009 EM LEGISLAÇÃO SOCIETÁRIA EMBRAER - EMPRESA BRASILEIRA DE AERONAUTICA S.A BALANÇO PATRIMONIAL CONSOLIDADO Em Milhares de Reais - Legislação Societária ATIVO 31 de Dezembro 31 de Março 2008 2009 (1) (2)CIRCULANTE Disponível 3.341.888 1.402.150 Investimentos Temporários de Caixa 1.780.196 2.465.714 Titulos e valores mobiliários 22.786 26.611 Contas a receber 1.107.044 1.065.565 Provisão para créditos de líquidação duvidosa (82.782) (81.867) Financiamento a clientes 20.123 32.560 Contas a receber vinculadas 26.886 26.713 Impostos a recuperar 246.101 218.345 Imposto de renda e contribuição social diferidos 404.508 319.337 Outros créditos 316.089 295.075 Estoques 6.906.358 7.363.899 Despesas pagas antecipadamente 76.351 36.858Total Circulante 14.165.548 13.170.960NÃO CIRCULANTE Realizável a Longo Prazo Titulos e valores mobiliários 159.633 142.971 Contas a receber 13.689 12.778 Financiamento a clientes 264.538 214.984 Contas a receber vinculadas 1.091.720 1.083.364 Impostos a recuperar 76.472 85.883 Depósitos em garantia 1.152.636 1.147.801 Estoques 194.745 215.022 Outros créditos 28.137 29.096 Imposto de renda e contribuição social diferidos 424.559 323.678 Despesas pagas antecipadamente 16.786 15.085 Total Realizável Longo Prazo 3.422.915 3.270.662 Investimentos 10 12 Imobilizado 2.300.207 2.421.532 Intangível 1.610.490 1.639.302Total do não circulante 7.333.622 7.331.508TOTAL DO ATIVO 21.499.170 20.502.468 (1) Extraído das Demonstrações Financeiras auditadas (2) Extraído das Demonstrações Financeiras revisadas Página 11 de 14
  12. 12. RESULTADOS 1º TRIMESTRE DE 2009 EM LEGISLAÇÃO SOCIETÁRIA PASSIVO 31 de Dezembro 31 de Março 2008 2009 (1) (2)CIRCULANTE: Financiamentos 1.259.809 981.930 Dívidas com e sem direito de regresso 321.753 317.529 Fornecedores 2.520.208 2.785.851 Contas a pagar 163.503 146.469 Contribuição de parceiros 5.823 4.110 Adiantamento de clientes 2.691.041 2.741.208 Receitas a Realizar 264.259 271.433 Impostos e encargos sociais a recolher 148.009 113.108 Provisões diversas 891.737 536.156 Contingências 22.137 25.010 Dividendos 2.002 1.989 Imposto de renda e contribuição social diferidos 84.737 115.241Total do Circulante 8.375.018 8.040.034NÃO CIRCULANTE Exigível a Longo Prazo Financiamentos 3.039.870 2.664.476 Dívidas com e sem direito de regresso 857.391 848.825 Contas a pagar 41.218 43.401 Provisões Diversas 235.902 238.263 Contribuição de parceiros 103.453 193.611 Adiantamento de clientes 1.049.800 890.264 Impostos parcelados de longo prazo 547.027 556.162 Contingências 80.114 63.719 Imposto de renda e contribuição social diferidos 921.430 748.303 Receitas a Realizar 7.949 7.770 Receitas diferidas 105.973 103.342 Total do Exigível a Longo Prazo 6.990.127 6.358.136PARTICIPAÇÃO DOS MINORITÁRIOS 163.494 158.143PATRIMONIO LÍQUIDO Capital social 4.789.617 4.789.617 Ações em tesouraria (320.250) (320.250) Reserva de lucro 1.487.677 1.525.933 Ajustes acumulados de conversão 13.487 (49.145)Total do Patrimônio Líquido 5.970.531 5.946.155Total do não circulante 13.124.152 12.462.434TOTAL DO PASSIVO 21.499.170 20.502.468(1) Extraído das Demonstrações Financeiras auditadas(2) Extraído das Demonstrações Financeiras revisadas Página 12 de 14
  13. 13. RESULTADOS 1º TRIMESTRE DE 2009 EM LEGISLAÇÃO SOCIETÁRIA EMBRAER - EMPRESA BRASILEIRA DE AERONÁUTICA S.A. DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS - CONSOLIDADO Em Milhares de Reais - Legislação Societária (2) (2) Três meses encerrados Três meses encerrados em 31 de Dezembro de em 31 de Março de 2008 2008 2009VENDAS BRUTASVendas brutas 4.154.589 2.408.913 2.696.622Impostos/Dedução sobre Vendas (14.950) (87.230) (29.233)RECEITA LÍQUIDA DE VENDAS 4.139.639 2.321.683 2.667.389Custo dos Produtos Vendidos (3.307.255) (1.893.224) (2.211.352)LUCRO BRUTO 832.384 428.459 456.037Administrativas (137.103) (91.748) (85.462)Comerciais (225.820) (162.143) (152.090)Outras Receitas (Despesas) Operacionais Líquidas (33.132) (41.101) (109.294)Equivalência Patrimonial (557) 271 -LUCRO OPERACIONAL ANTES DAS (DESPESAS) e RECEITAS FINANCEIRAS 435.772 133.738 109.191Despesas Financeiras (67.725) (65.688) (85.751)Receitas Financeiras 9.501 73.355 74.414Variações Monetárias e Cambiais Líquidas (179.275) 17.441 5.447LUCRO ANTES DOS IMPOSTOS 198.273 158.846 103.301IMPOSTO DE RENDA E CONTRIBUIÇÃO SOCIAL (227.506) (4.804) (64.799)LUCRO (PREJUÍZO) APÓS OS IMPOSTOS (29.233) 154.042 38.502PARTICIPAÇÃO DOS MINORITÁRIOS (11.340) (1.991) (246)LUCRO (PREJUÍZO) LÍQUIDO DO PERIODO (40.573) 152.051 38.256QTDE AÇÕES AO FINAL DO PERIODO 723.665.044 723.665.044 723.665.044LUCRO (PREJUÍZO) POR AÇÃO NO FINAL DO PERÍODO (em R$) (0,05607) 0,21011 0,05286(2) Extraído das Demonstrações Financeiras revisadas Página 13 de 14
  14. 14. RESULTADOS 1º TRIMESTRE DE 2009 EM LEGISLAÇÃO SOCIETÁRIA EMBRAER - EMPRESA BRASILEIRA DE AERONÁUTICA S.A. FLUXO DE CAIXA - CONSOLIDADO Em milhares de Reais - Legislação Societária Três meses encerrados em 31/12/08 31/03/08 31/03/09 (2) (2) (2)ATIVIDADES OPERACIONAIS:Lucro líquido para o período (40.573) 152.051 38.256Depreciações e amortizações 128.580 93.928 100.384Provisão para créditos de liquidação duvidosa (2.377) (1.032) 973Provisão para obsolescencia (73.176) (8.943) 22.565Perdas (ganhos)na alienação de ativo permanente (553) 1.180 2.295Provisão para perdas (4.102) (636) (32)Imposto de renda e contribuição social diferidos 221.221 (22.634) 49.217Juros sobre parcelamentos de impostos e empréstimos 8.835 (5.671) (33.118)Variação monetária e cambial, líquidas (62.569) 47.961 (3.053)Equivalência patrimonial 557 (271) -Participação dos Minoritários 11.340 1.992 246Baixa do intangível 20.023 - -Outros 552 (289) 376MUDANÇAS NOS ATIVOS E PASSIVOS:Contas a receber (85.695) 41.628 31.882Contas a receber financiamento a clientes (124.104) 3.307 34.404Contas a receber vinculadas 708 (3.869) (1.902)Estoques 69.541 (232.707) (564.470)Despesas pagas antecipadamente (676) 11.594 40.256Impostos a recuperar 60.915 (53.524) 15.310Outros créditos 181.483 (204.756) 20.917Depósitos em garantia (10.985) (13.609) (5.908)Fornecedores (155.951) 344.410 288.664Dívida com direito de regresso (4.214) 7.259 (1.789)Imposto de Renda e CSSL a recolher (6.067) 26.181 15.289Provisões 49.454 69.751 (342.124)Receitas a Realizar 5.691 (15.149) 9.520Contribuição de parceiros 50.146 (16.354) 78.297Adiantamentos de clientes 45.523 237.872 (74.347)Receitas diferidas 571 (1.243) (1.641)Investimentos Temporários 192.536 360.983 (689.821)Participação dos Minoritários 3.725 4.889 (4.066)Contingências 3.643 (21.727) (12.546)Impostos a recolher (209.353) 25.504 (34.540)Contas a Pagar (6.313) (37.347) (14.575)CAIXA (USADO) GERADO PELAS ATIVIDADES OPERACIONAIS 268.336 790.729 (1.035.081) - -ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS:Venda de imobilizado 337 - 514Títulos e Valores Mobiliários - 1.119 -Adições ao imobilizado (178.063) (65.915) (195.200)Adições ao intangível (104.432) (104.613) (82.011)Caixa restrito para construção de ativos (15.117) (398) (4.103)CAIXA (USADO) NAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTO (297.275) (169.807) (280.800)ATIVIDADES DE FINANCIAMENTO:Financiamentos pagos (1.315.013) (590.750) (1.035.624)Novos financiamentos obtidos 2.276.824 298.828 446.164Dividendos e Juros s/Capital Próprio (98.107) (78.595) -Ações em Tesouraria - (317.963) -CAIXA (USADO) GERADO NAS ATIVIDADES FINANCEIRAS 863.704 (688.480) (589.460)Aumento (Redução) Líquido do disponível 834.765 (67.558) (1.905.341)Efeito de Conversão 471.614 (29.459) (34.397)Caixa e equivalentes de caixa no inicio do exercício 2.035.509 2.315.738 3.341.888Caixa e equivalentes de caixa no final do exercício 3.341.888 2.218.721 1.402.150(2) Extraído das Demonstrações Financeiras revisadas Página 14 de 14

×