Lisboa: Economia, Inovaçâo e Empreendedorismo / Lisbon: Economy, Innovation and Entrepreneurship
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Lisboa: Economia, Inovaçâo e Empreendedorismo / Lisbon: Economy, Innovation and Entrepreneurship

on

  • 2,813 views

Estratégia de Lisboa para as áreas da atracção e retenção de investimento e empresas; Empreendedorismo; conhecimento e Inovação; Clusters estratégicos; e Promoção Económica ...

Estratégia de Lisboa para as áreas da atracção e retenção de investimento e empresas; Empreendedorismo; conhecimento e Inovação; Clusters estratégicos; e Promoção Económica Internacional.
Lisbon strategy for Investment, Business, Entrepreneurship, Knowledge and innovation, Strategic Clusters., and international economic promotion

Statistics

Views

Total Views
2,813
Slideshare-icon Views on SlideShare
2,696
Embed Views
117

Actions

Likes
9
Downloads
61
Comments
1

19 Embeds 117

http://adoromoraremcascais.blogspot.pt 45
http://www.adoromoraremcascais.blogspot.pt 28
http://www.linkedin.com 12
https://www.facebook.com 6
https://www.linkedin.com 5
http://pinterest.com 3
http://adoromoraremcascais.blogspot.com.br 3
https://twitter.com 2
http://adoromoraremcascais.blogspot.com 2
http://t.co 2
http://www.pinterest.com 1
https://m.facebook.com&_=1375025364458 HTTP 1
https://m.facebook.com&_=1375013012666 HTTP 1
https://m.facebook.com&_=1375007963126 HTTP 1
https://m.facebook.com&_=1375003706965 HTTP 1
https://m.facebook.com&_=1374998836943 HTTP 1
https://m.facebook.com&_=1374998684629 HTTP 1
http://adoromoraremcascais.blogspot.co.uk 1
https://m.facebook.com&_=1374968218949 HTTP 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

11 of 1

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Caro Paulo Carvalho,
    desde uma reunião que tivemos uando iniciou as suas funções na CML e no âmbito do Plano de desenvolvimento dos Bairros de Chelas, que tenho assistido ao seu trabalho magnifico. parabens! para mim, é um caso de estudo e gostaria muito em breve de poder reunir novamente com o Paulo.
    Cumprimentos
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Lisboa: Economia, Inovaçâo e Empreendedorismo / Lisbon: Economy, Innovation and Entrepreneurship Lisboa: Economia, Inovaçâo e Empreendedorismo / Lisbon: Economy, Innovation and Entrepreneurship Presentation Transcript

    • LISBOAECONOMIA, INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMOMaio. 2013 www.cm-lisboa.pt/investir
    • LISBOA1. A INVEST LISBOA tem vindo a posicionar Lisboa como um “AtlanticBusiness Hub”. Apoiou mais de 629 projetos de investimento nos últimos4 anos.2. Sete reuniões executivas “LISBON BUSINESS CONNECTIONS” realizadasnos último 12 meses envolvendo a participação activa de 130 EmpresasMultinacionais.3. Instalação do Balcão INICIATIVA LISBOA no Espaço Empresa no edifíciocentral da CML no Campo Grande. Oferece um serviço simples e rápido,num único local de atendimento, através de um único formulário,concentrando todos os pedidos num único processo.4. Criação das incubadoras STARTUP LISBOA TECH (em parceria com oMontepio Geral e o IAPMEI) e STARTUP LISBOA COMMERCE (em parceriacom a UACS, o IAPMEI e a SAGE). Nas duas incubadoras estão alojadasmais de 60 startups e mais de 180 postos de trabalho.5. Criação da REDE DE INCUBADORAS DE LISBOA, integrando 7 incubadoras,150 startups e 650 postos de trabalho. (www.incubadoraslisboa.pt)6. O PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO JOVEM DE LISBOA, numaparceria com a JAP Portugal, envolve este ano 3.155 alunos em 36escolas da cidade.7. O Programa LISBOA EMPREENDE lançado em fevereiro de 2013 contoucom mais de 340 participantes nos primeiros 4 Workshops, 145inscrições, 75 atendimentos e 40 projectos em desenvolvimento.8. A 2ª SEMANA DO EMPREENDEDORISMO DE LISBOA (6 a 10 Maio 2013)concentrou mais de 20 iniciativas, dinamizadas por mais de 40 parceiros.9. Apoio a eventos e programas internacionais de empreendedorismo.:ISCTE-MIT Portugal, SWITCH Conference, Silicon Valley comes to Lisbon,Startup Pirates Lisboa, Bootcamp TiE Lisboa, Lisbon Challenge.10. “LISPOLIS: Innovation Hub de Lisboa”. Uma nova ambição estratégicapara o parque empresarial e tecnológico de Lisboa.
    • 11. Desenvolvimentoda plataforma de informação MAPA DOCONHECIMENTO DE LISBOA (http://mapadoconhecimento.cm-lisboa.pt).12. Desenvolvimentode projectos (ACADEMIA LX, NAFSA 2103, “STUDY INLISBON”) que permitem posicionar de Lisboa como uma CidadeERASMUS.13. O FABLAB LISBOA (novo laboratório de prototipagem rápida instaladono mercado do Forno do Tijolo) irá abril em Junho 2013.14. No Palácio Sinel de Cordes instalou-se a TRIENAL DE ARQUIRTECTURA,dando o mote para a reconversão do espaço num Pólo Criativo deLisboa.15. Criação da LISBOA FILM COMISSION para a promoção da cidade comodestino internacional de filmagens.16. Lançamento do “BLUEPRINT DA ECONOMIA CRIATIVA DE LISBOA” no“Festival IN: Inovação & Criatividade”17. Lançamento do projeto “LISBON SHOPPING DESTINATION” visandoafirmar Lisboa como destino turístico de compras.18. Lançamento do projecto “ACADEMIA DE COMÉRCIO DE LISBOA” o qualintegra um conjunto de intervenções de capacitação e requalificação docomércio de rua de Lisboa.19. Participação activa de Lisboa em redes internacionais de economia einovação, como a WCCP ou a EUROCITIES20. Números de Lisboa: disponibilizaçãoonline de duas novas publicações:“RETRATO DE LISBOA PORDATA” e “ECONOMIA DE LISBOA EMNÚMEROS”.LISBOA
    • VISÃOLisboa como uma das cidades maiscompetitivas, inovadoras e criativasda Europa
    • ProjetosEMPREENDEDORISMOJOVEM DELISBOA...FAB LABFORNOTIJOLOLBCLISPOLISPÓLO SANTACLARATrienalArquitecturaCROSSINNOVATIONDESTERRO
    • Promover a internacionalização e a capacidade competitiva da economia dacidade de Lisboa à escala regional e global;Criar, atrair e reter…talentos, empresas, investimentos e atividades e clustersestratégicos;Potenciar a inovação, a criatividade e o espírito empreendedor na cidade deLisboa;Tornar Lisboa num espaço de abertura e exploração de novas motivações,experiências e conceitos;Posicionar Lisboa nas principais redes e cadeias globais de produção e criação devalor;Inserir Lisboa nos principais projetos e redes internacionais de cidades.Estratégia
    • GlobalizaçãoInternacionalizaçãoParticipaçãoCo-criaçãoPensar Global + LocalTop Down + Bottom Up
    • EMNsGrandes EmpresasEmpresas em ExpansãoStartupsEmpresas Early stageAutoempregoLBCTrabalhar osdois extremosda Atração eRetenção deEmpresas
    • UniversidadesConhecimentoTalentosSector Público3º SectorECONOMIADO MARSECTORFINANCEIROSAÚDE&BEM-ESTARECONOMIACRIATIVAENERGIASUSTENTÁVELTICsWEBMOBILETURISMOCOMÉRCIOEMNsGrandes EmpresasEmpresas em ExpansãoStartupsEmpresas Early stageAutoempregoTrabalhar em Redee em Parceria
    • ATLANTICBUSINESSHUBEIXOS ESTRATÉGICOSLISBOA:START UPCITYCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONÓMICAINTERNACIONALNÚMEROSDELISBOAEstratégiaCONHECIMENTOEINOVAÇÃO
    • ATLANTIC BUSINESS HUBATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYLisboa é uma plataforma privilegiada de acesso a500 milhões de consumidores europeus,disponibilizando transportes e infraestruturaslogísticas modernas, como portos, ferrovias erodovias de elevada qualidade, oferecendo boasoportunidades de investimento.Lisboa também tem uma relação económica ecultural profunda com os países de línguaportuguesa que incluem economias emergentescomo Angola, Brasil e Moçambique e constituemum mercado com 250 milhões de consumidores.Foram estabelecidos acordos de dupla tributação econexões de transporte com estes mercados, etodas as grandes empresas portuguesas já estãonestes países. Portanto, Lisboa é o local ideal paraas empresas que têm como alvo os mercados dospaíses de língua portuguesa.Lisboa está no mesmo fuso horário de Londres, comum aeroporto internacional próximo do centro dacidade e serviços de internet de qualidade e tudoisso aos custos mais competitivos na Europa.CONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • LISBOA – MOTOR DE UMA REGIÃO METROPOLITANAATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYA cidade tem um compromisso especial em apoiar eatrair talentos, empresas e investimentos. Trabalhamostodos os dias para fazer de Lisboa um lugar ideal paranegócios, com muitas oportunidades para osinvestidores.Porque as empresas são feitas de pessoas, Lisboa temuma qualidade inigualável de vida que a torna muitoatraente para os talentos e gestores de topo e as suasfamílias: escolas internacionais, um clima ameno, umaluminosidade ímpar, povo hospitaleiro, a paisagemdiversificada, e uma gastronomia original com umsabor mediterrâneo.Lisboa é a capital europeia com o maior número decampos de golfe e praias, apenas a 15 minutos docentro da cidade. É provavelmente, a única capitaleuropeia onde as pessoas podem ir surfar na hora doalmoço. Além de uma qualidade de vida muito boa,acrescenta-se um segundo fator importante para atrairempresas: a posição geográfica muito especial naeconomia global.CONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • UMA NOVA VISÃO PARA A CIDADEO NOVO PDMDE LISBOAATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYAlguns importantes pilaresdo novo Plano Diretor Municipal:mais amigo do investidor e diversosincentivos fiscais e de edificação paraprojetos de reabilitaçãoCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • ÁREAS DE LISBOA EM EXPANSÃOATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYAs cidades modernas são as que melhorrespondem às necessidades e aspirações doscidadãos. São as cidades onde as pessoas têmuma boa qualidade de vida e todas asinfraestruturas necessárias para estudar, trabalhar,investir e aproveitar o tempo livre. A cidademoderna é aquela em que as pessoas se inspirampara criar coisas novas, inovar, implementar novosprojetos e ter acesso a um mundo de experiênciasnum ambiente vibrante e diversificado.Lisboa já tem todas as infraestruturas básicas que,juntamente com os seus preços competitivos,tornam muito fácil, eficaz e confiável criar umaempresa global com sede em Lisboa.A cidade está em constante transformação, amelhorara qualidade das suas infraestruturas,epreparada para enfrentar novos desafios,sendocada vez mais competitiva em termos globais.Neste momento, o nosso principal objetivoé ocrescimento económico. A Câmara Municipal deLisboa está a melhorar muitos espaços públicos,revitalizando áreas importantes para as atividadescomerciais e económicas e dando especialatenção à relação entre a cidade e a frenteribeirinha.CONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • LISBOACidade Atrativa paraEmpresas MultinacionaisATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYAlgumas empresas internacionais têm instalado em Lisboanovos escritórios.As principais vantagens apresentadas abrangem:qualidade superior e recursos humanos competitivos, boasinfraestruturas, excelentes conexões para os mercados domundo em crescimento mais rápido e uma culturaempresarial europeia, enquanto desfruta de mais de 220dias de sol por ano.Lisboa garante também recursos humanos com:disponibilidade, qualificação, flexibilidade, criatividade ecapacidade para falar em vários idiomas.CONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • - Potencial do Nearshoring- Serviços Partilhados (de elevado valoracrescentado)- Sedes Europeias e Regionais de EMNs- Centro de competências e de I&D e expansão deoperações internacionais-Fortes Laços com Brasil e Angola- Ligações com outras Economias Emergentes: Chinae Índia- TICs, Software & Media, Saúde e Bem Estar, Banca eSeguros- Turísmo/Hotelaria (Business Events; Short Breaks)- Propriedade da Autarquia para a regeneraçãoUrbana da cidade consolidada: esforços deconsolidação e oportunidade de investimento.TENDÊNCIAS RECENTES E OPORTUNIDADESATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • Para empresas já estabelecidas e que pretendem investirem Lisboa, acidade oferece um serviço de apoio através da agência “InvestLisboa”. O apoio processa-se de forma simples e inclui serviços como:identificação de oportunidades de negócio, parceiros e locais parainstalação; apoio aos investidores ao longo do processo de tomada dedecisão, através da prestação de informações e estabelecimento decontactos com instituições locais e nacionais; assegurar a simplificaçãode procedimentos administrativos; mobilizar parceiros no desenho,desenvolvimento e implementação de projetos que sejam bonsinvestimentos para Lisboa; oferecendo um serviço que é personalizado,confidencial e sem custos.Foram apoiados 629 projetos de investimento (desde 2009),70 dos quais estão implantados ou já viram terminar aintervenção da investLisboa e estão em vias deimplementação.Em 2012 foram realizados 12 workshops gratuitos.Foi implementada uma Bolsa de Permutas paraEmpreendedores, ainda em fase experimental(www.inestlisboa.com)A investLisboa está a trabalhar no sentido de contribuir paraa criação de um Fundo de Capital Semente especifico paraStartups a implementarem em LisboaAcções promocionais no exterior em 2012:. MIPIM (Cannes);. FILDA (Feira Internacional de Luanda);. S. Petersburgo;. Salão Imobiliário de ParisOs Lisbon Business Connections inserem-se no programaestratégico e sistemático da Câmara Municipal de Lisboaque visa reforçar o diálogo e o trabalho conjunto entre omunicípio e os atores empresariais considerados relevantespara a economia da cidade de Lisboa...O projeto iniciou-se com um conjuntode reuniõesexecutiva com empresas multinacionais que permitiram darinício a um processo de conversação e planeamentoestratégico entre a cidade de Lisboa e um conjuntodiversificado de atores empresariais, potenciando ainternacionalização e a capacidade competitiva daeconomiada cidade de Lisboa, a uma escala regional eglobal.Foram realizadas até ao momento 6 Lisbon BusinessConnections, envolvendo cerca de 100 empresasmultinacionais.Lisbon executive meetings with TopManagers of Global Companies.Building Network-Powered Growth Enginefor LisbonATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYLBCCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOAwww.investlisboa.pt
    • ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYNo balcão Iniciativa Lisboa estão concentrados todos os serviçosnecessários à abertura e funcionamento de um negócio. Oobjetivo é agilizar e simplificar para que se possa rentabilizar aomáximo o tempo.No local poderá constituir a sua empresa na hora. Com ainiciativa nacional «Empresa na Hora», é possível criar umaempresa num único dia (36 minutos) e com um custo de cerca de360 euros. Portugal tornou-se reconhecido (pelo EuropeanInnovation Scoreboard) como um país da Europa onde a criaçãode uma empresa é rápida, menos burocrática e um dos maisbaratos. Entre julho de 2005 e setembro de 2010, mais de 97 milempresas foram criadas através deste processo.O Iniciativa Lisboa oferece um serviço simples e rápido, num únicolocal de atendimento, através de um único formulário,concentrando todos os pedidos num único processo. Aqui podetratar:• Filmagens e sessões fotográficas• Horários de funcionamento de estabelecimentos• Licença de construção• Licença de publicidade e ocupação do espaço público• Licença de recinto improvisado e itinerante• Licença de utilização• Licença para eventos e divertimentos públicos• Ocupação de via públicaCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • LISBOA: ATLANTIC START UP CITYATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYQueremos que Lisboa seja uma cidade de “start ups”. A cidade oferece vários espaços em incubadoras para os empreendedores quequeiram lançar e desenvolver as suas ideias inovadoras.A cidade, em parceria com um vasto conjunto de atores públicos e privados, está a investirnuma sólida rede de espaços de incubação ede aceleração de empresas em Lisboa.CONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • PARCERIASATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITY• 33 Start Ups• 130 postos de trabalho• 600 candidaturasrecebidas em 4 meses• +20 parceiros• 30 eventos em 6 mesesCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • TECNOLOGIA E COMÉRCIOATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITY• 21 Start Ups• 41 postos de trabalho• +20 parceirosCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • START UP LISBOA LOANS – FINICIA LISBOAATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYFundo Municipal FINICIA.,destinado a:• Empresas já existentes,com 3 ou mais exercícioseconómicos completos(financiamento até 100%do investimento)• Novas empresas ouempresas existentes mascom menos de 3 exercícioseconómicos completos(financiamento até 85% doinvestimento).O Fundo de Apoio às Micro e PequenasEmpresas no Município de Lisboa visa estimulare orientar investimentos a realizar por Micro ePequenas Empresas no Município de Lisboapara a melhoria dos produtos e/ou serviçosprestados, para a modernização de empresasou para modificações decorrentes deimposições legais e regulamentares.O Fundo aplica-se à área geográfica doMunicípio de Lisboa e a projetos nos setoresconsiderados estratégicos para odesenvolvimento económico da cidade:novas tecnologias, ambiente, turismo,indústrias criativas, reabilitação urbana,centros de investigação e economia do mar.O Protocolo Financeiro e de Cooperação doPrograma Finicia foi assinado pelo Municípiode Lisboa, Montepio Geral, LISGARANTE, NovaIncubadora de Lisboa e IAPMEI.CONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • O Município de Lisboa tem vindo a desenvolver um trabalho junto detodas as incubadoras de empresas da cidade de Lisboa, criando umverdadeiro ecossistema empreendedor.Lisboa tem todas as condições para se tornar uma cidade atrativapara a criação e atração de start ups, atendendo ao seu quadropolítico e social, acesso estratégico aos mercados internacionais,força de trabalho competitiva, qualificada e flexível, excelentequalidade de vida, modernas infraestruturas e espaços disponíveis.O contributo das incubadoras, dos aceleradores, das start ups, e dacomunidade nacional e internacional de investidores seráfundamental para o reforço da competitividade da cidade de Lisboana captação, atração e criação de empresas e talentos.A Câmara Municipal de Lisboa criou o portal Incubadoras de Lsiboa –www.incubadoraslisboa.pt - atuando como federadora edinamizadora destas iniciativas, partilhando melhores práticas eparceiros estratégicos, promovendo e tornando visível esta rede ouecossistema a uma escala nacional e internacional.Esta rede é atualmente constituída por 7 incubadoras existentes nacidade (em breve serão incluídas mais três incubadoras), agregandomais de 150 start ups e 650 postos de trabalho.REDE DE INCUBADORAS DE LISBOAATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • REDE DE INCUBADORAS DE LISBOA www.incubadoraslisboa.ptATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITY7 incubadoras+ 150 startups+ 650 postos de trabalhoInvestidores e Instrumentos de financiamentoAceleradores de startupsClubes de EmpreendedorismoEspaços de CoworkingMapa Conhecimento e Inovaçãode LisboaCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • PROGRAMA EMPREENDEDORISMO JOVEMDE LISBOAATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYO objetivo deste programa é inspirar e preparar crianças ejovens da cidade de Lisboa para conseguirem vencer e tersucesso numa economia global através de educação econsciencialização nas áreas da cidadania e ética,desenvolvimento de carreiras, empreendedorismo e literaciafinanceira.Parceria formalizada em 2011 entre a CML e a Junior AchievementPortugal permitiu no ano lectivo de 2011/2012 dinamizar doisprogramas de empreendedorismo, jovem:» Economia para osucesso» e « A Empresa».No ano lectivo de 2012/2013 estão ser implmentados 5 programas em36 escolas da cidade de Lisboa, envolvendo 3155 alunos.Ano letivo de 2012/2013:• 36 escolas da cidade de Lisboa• 3155 alunos• 5 programasCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • O projeto Lisboa Empreende - Microempreendedorismo, lançado publicamente no dia19 fevereiro 2013, insere-se na estratégia de empreendedorismo da Câmara Municipalde Lisboa e tem como objetivo responder às necessidades dos empreendedores quepretendem desenvolver pequenos negócios na cidade de Lisboa e que têmdificuldades no acesso ao financiamento.Este projeto direciona-se, prioritariamente, para a dinamização de negócios na área docomércio e serviços cuja localização seja na cidade de Lisboa, e pretende constituir-secomo resposta ao mercado de trabalho tradicional através do auto-emprego.LISBOA EMPREENDE - MICROEMPREENDEDORISMOATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOAResultados:> 343 participantes nos workshops “Ser empreendedor é umaalternativa à minha situação atual?”(303) e “Sou Mais” (40)> Atendimentos:+ Inscrições através do site da CML: 145+ Atendimentos agendados para 1º reunião: 91+ Atendimentos realizados: 75> Follow up dos atendimentos realizados:+ 20 encaminhamentos para outras soluções+ 5 sem viabilidade+ 40 em desenvolvimento+ 10 passaram para triagem (4 em fase de avaliaçãotriagem, 3 em acompanhamento do desenvolvimentodo Plano de Negócio, 3 em fase de apresentação deprocesso junto do banco)Parceiros:O Projeto Lisboa Empreende -Microempreendedorismo é um projeto deproximidade que tem um conjunto de entidadesparceiras que apoiam os promotores naestruturação da ideia, no desenvolvimento doPlano de Negócios, na obtenção definanciamento e na implementação do projeto.> CASES> AUDAX> Montepio Geral> Cooperativa João Sem Medo
    • ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYProsseguindo o objetivo de tornar Lisboa umacidade aberta à exploração de novasmotivações, experiências, conceitos einovações, a Câmara Municipal de Lisboatem vindo a apoiar diferentes tipos deeventos e iniciativas no domínio doempreendedorismo e inovação.• Startup Pirates @ Lisboa• ISCTE-IUL MIT-Portugal• SWITCH Conference• Lisbon Challenge• Bootcamp TiE Lisboa• Silicon Valley comes to Lisbon• TEDx Lisboa• Sandbox Global SummitEVENTOS DE EMPREENDEDORISMONA CIDADE DE LISBOACONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYComo já fizemos no ano passado, a CML realizou de 6 a10 de Maio a 2ª semana do Empreendedorismo deLisboa.Uma semana de celebração, reflexão, discussão epromoção do Empreendedorismo na cidade de Lisboa.Desafiámos todos os parceiros que têm vindo a partilharconnosco esta aventura de transformarLisboa numaStartup City a apresentarem uma proposta deiniciativa/evento a realizar nesta semana.Foram realizadas mais de 20 eventos envolvendo maisde 40 parceiros do ecossistema empreendedor deLisboa.SEMANA DO EMPREENDEDORISMO DE LISBOACONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYNo Mercado do Forno de Tijolo será implementadoum FABLAB, disponibilizando um novo laboratóriode prototipagem rápida ao serviço das empresasde Lisboa, passando a dotar a cidade de maisuma importante ferramenta ao serviço dainovação. O projecto, foi apresentadopublicamente em Março de 2012, tendo estadopresentes os responsáveis máximos das entidadesparceiras, respectivamente, a CML, a Iberomolde,o CENTIMFE e a AIP-CCI. Recentemente oprojecto recebeu mais um parceiro estratégico: aCorticeira Amorim.O FabLab de Lisboa é pensado para funcionarcomo um “think-tank” onde designers, criadores,estudantes e outras pessoas se reúnem paradesenvolver projetos para a comunidade local.FAB LAB FORNO TIJOLOCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOACoWORK FORNO TIJOLOA cidade de Lisboa passará a dispor de um novoESPAÇO DE COWORKING de iniciativa do município.A CML lançou um concurso público de concessãode parte delimitada da Nave Central do MercadoMunicipal do Forno do Tijolo o qual permitirá aconstrição de um novo espaço de coworking. Orespectivo período de inscrições de interessadosterminou no final do mês de Março de 2012, tendosido escolhida a proposta liderada pela AIP-CCI.
    • CONHECIMENTO E INOVAÇÃOATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYLisboa já é uma cidade do conhecimento e dainovação, uma capital europeia extremamenterecetiva às inovações tecnológicas, um localprivilegiado para a implementação de centros deinvestigação e desenvolvimento e serviçospartilhados para as multinacionais.A cidade é o maior centro de universidades ecentros de investigação do país, com um conjuntomuito amplo e diversificado de universidades euma grande capacidade para atrairestudantes estrangeiros (4000 estudantesinternacionais em 2010/2011).A região de Lisboa tem 140.000 estudantesuniversitários, 30.000 graduados em cada ano e umconjunto de elevada qualidade de estudantes deengenharia (Portugal é terceiro país da OCDE commais investigadores nas áreas das ciências eengenharia por 1000 habitantes, segundo o GlobalBenchmark Report 2012).CONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • MAPA DO CONHECIMENTO DE LISBOA http://mapadoconhecimento.cm-lisboa.ptATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYA Câmara Municipal de Lisboa apresentou uma agendaestratégica para o Lispolis – “Lispolis: uma nova ambiçãoestratégica” – que inclui cinco eixos estratégicos:internacionalização, investimento, empreendedorismo,conhecimento e redes. A estes cinco eixos junta-se uma novaestratégia de comunicação e imagem visando desde jáaumentar a visibilidade do Lispolis a uma escala nacional einternacional. Esta agenda estratégica foi aprovada pelaAssembleia Geral e pelo Conselho Científico do Lispolis nopassado mês de dezembro de 2012.Pretende-se criar um “Innovation Hub”, baseado emmovimentos estruturais, atores âncora, programas integradores,projetos complementares e projetos estratégicos que permitirãotornar o Lispolis num espaço de referência.O Lispolis tem todas as condições para tornar-se num território deexcelência que potencie a sinergia e o crescimento deempresas, organizações e entidades de caráter científico etecnológico, favorecendo, através do reforço das suascapacidades diferenciadoras, o desenvolvimento económico eas vantagens competitivas de Lisboa.LISPOLIS – POLO TECNOLÓGICO DE LISBOACONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • LISPOLIS – “INNOVATION HUB” DE LISBOAATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • As cidades enfrentam atualmente o desafio de colocaros cidadãos das prioridades dos atores com atividadesde investigação, sejam eles universidades, centros deInvestigação ou outros centros de conhecimento einovação.Neste contexto, foi criado o prémio Academia LX, como objetivo de apoiar o melhor projeto de investigaçãocientifica orientado para a obtenção de respostasinovadoras para problemas e oportunidadescolocadas pela cidade de Lisboa.ACADEMIA LXLISBOA CIDADE ERASMUSNos últimos quatro anos aumento o número deestudantes estrangeiros que escolhem Lisboa paraestudar ao abrigo do programa Erasmus (umainiciativa da União Europeia que visa o intercâmbiode estudantes universitários entre diversasuniversidades europeias).São já cerca de 4000 estudantes estrangeiros queestão em Lisboa ao abrigo deste programa,tornando a cidade uma das mais escolhidas entretodas as cidades universitárias europeias.ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • CLUSTERS ESTRATÉGICOSATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYÉ importante colaborar com as empresas na cidade,especialmente nos setores de maior competitividade.A lógica de articulação dos “clusters“ é um instrumentoeficiente para a concentração de recursos e definanciamento. Queremos que os setores estratégicospara a cidade se consolidem e renovemcontinuamente, garantindo adisseminação/transferência deconhecimento e “know-how”.O ponto de partida para a abordagem dos setoresestratégicos em Lisboa é baseado numa metodologiacomum, que inclui indicadores e o mapeamento deseus principais atores. Os parceiros estratégicosparticipam ativamente no desenvolvimento, validaçãoe discussão dos programas e iniciativas para cada setor.CONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • CLUSTERS ESTRATÉGICOSECONOMIADO MARSAÚDE &BEM ESTARTICsWEBMOBILEATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYUma cidade das TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO,SOFTWARE E INTERNETLisboa - cidade e área metropolitana - tem-se revelado muito atrativa para a instalaçãode empresas dossectores das TIC, aos quais podemos juntar as indústrias do Software e todas empresas na área da Internet,bem como empresas nas áreas dos Media e Audiovisual.Sendo este um setor onde Lisboa tem um peso muito significativoem termos nacionais, surgem oportunidadesimportantes, não só pela sua ligação a atividades de elevada intensidade tecnológica, mas também pelasua ligaçãoàs indústrias culturais e criativas.Uma cidade para a SAÚDE E O BEM ESTARLisboa assume, a nível nacional, um papel de relevo enquanto espaço de concentração de funções de topoe de investigação e desenvolvimento, reforçada por tendências recentes, como a instalação em Lisboa daFundação Champalimaud,por exemplo ou com a instalação na cidade nos últimos 12 meses de váriasempresas farmacêuticas,destacando-se os casos da Leopharma, da PPD, e ainda a instalação da Bial e daHovione.Também o facto de Lisboa estar a passar por um processo de transformação profundo ao nível do seuparque hospitalar, com o encerramentode hospitais antigos situados em zonas centrais da cidade e aabertura de um grande hospital central, será uma âncora importante para que a cidade possa atrair umconjunto diversificado de atores empresariais e de investigação em diferentes áreas das ciências da saúde(empresas farmacêuticas, biotecnológicas, farmacogenómica,equipamento e instrumentação médica,clínicas médicas,entre outros).Uma cidade da ECONOMIA DO MARA economia marítima de Lisboa pode ser potencializada com base nas competências e estruturas jáexistentes localmente e em projetos que dinamizem esta economia.Deste modo, Lisboa assume-se como uma cidade inovadora,criativa, indutora de um novo futuro, de acordocom a sua identidade marítimae vocação para a economia do mar.CONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • LISBOA ECONOMIA CRIATIVAATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYUm dos setores emergentes na cidade de Lisboaé sem dúvida a Economia Criativa, entendidaaqui como um sector económico fundamentalpara a cidade, cruzando as diferentesdimensões económica, sociocultural etecnológica e que está a ser desenvolvido porvários atores em constante diálogo etransformação.Estão a ser desenvolvidos processos interativosentre a iniciativa privada e pública que podemresultar em situações “win-win” desejando aCâmara Municipal de Lisboa tornar mais visívela dinâmica da economia criativa e continuar aser um facilitador para a interação entre as suaspróprias atividades com instituições privadas eoutras entidades públicas.Palácio Sinelde Cortes/Trienal deArquiteturaEUROBESTCROSSINNOVATIONBLUEPRINTECONOMIACRIATIVACONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOAHOSPITALDESTERROFAB LABLISBOASTARTUPLISBOACREATIVE (*)
    • ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYA missão da Trienal é promover a pesquisa em arquitetura,especialmente produzida por portugueses, dirigida a públicosespecializados e não especializados. O programa da Trienal englobaatividades permanentes e produção de eventos periódicos,como aorganização de concursos, conferências, exposições e produçõesmultimédia.O Cluster arquitetura criativa do Palácio Sinel de Cordes é um exemplode um espaço de colaboração transversal na cidade de Lisboa,incluindo o estabelecimento de uma comunidade multifuncional dearquitetura, com base em unidades complementares de projeto deestudo e pesquisa. Isto será conseguido através da implementação devárias unidades funcionais, tais como:> Espaço Co-working:espaços para uso temporário, por umaarquitetura criativa, sob um sistema rotativo;> Start Up Jovem: escritórios para jovens arquitetos, com um período depermanência limitado em ciclos de três anos. O trabalho desenvolvidoserá apresentado em exposições temporárias, abertas a todos osinteressados;> Dois sócios residentes: para escolher entre o setor de fotografia ou umgabinete de modelagem digital, uma oficinade maquete ou umprojeto de comunicação de escritório;> Espaços adicionais estarão disponíveis para os moradores e públicoem geral: centro de documentação e arquivo, espaços para eventos,restaurante (Oficinas de design de alimentos) e livraria.TRIENAL DE ARQUITETURACONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYA realização do Eurobest em Lisboa permite fomentar aatividade económica na cidade através da organização de umfestival internacional e de excelência na área da publicidade ecriatividade, recebendo um elevado número de profissionais detodo o mundo.Entre os benefícios tangíveis deste evento sublinham-se osseguintes: impacto económico significativo no setor do turismo;reconhecimento internacional do país e da cidade como umpolo de indústrias criativas; destaca a capacidade deafirmação do país enquanto destino para a organização deeventos de projeção internacional, o reforço da atratividade nossegmentos do turismo de negócios e short-breaks e o aumentoda exposição internacional da cidade e do país.As atividades realizadas durante as edições do festival incluem,entre outras, a realização de seminários, workshops e entrega deprémios.O Eurobest tem diversos parceiros e patrocinadores, portuguesese internacionais, incluindo o Instituto de Turismo de Portugal.EUROBESTCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYA CML criou a Lisboa Film Commission,para a promoção da cidade,como destinoprivilegiado de filmagens e sessões fotográficas,incluindoum trabalho intenso de reorganização de atividades, processos eprocedimentos para dinamizar o apoio às filmagens e produçõesaudiovisuais na cidade.Cerca de quatro meses passados desde a entrada em funcionamentoda Lisboa Film Commission e dos procedimentos internos desimplificação e agilizaçãopara filmagens e sessões fotográficas,importa ter presente alguns dos dados estatísticos que demonstramdesde já o sucesso desta iniciativa (comparação dos períodos Set. aDez. de 2011 e Set. a Dez. de 2012):Nº. Produções: ↑ 29%Dias de rodagem Lisboa: ↑ 109%Tempo médio das produções: ↑ 48%Receitas de taxas licenciamento (000 €): ↑ 6%LISBOA FILM COMMISSIONCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYO projeto Cross-Innovation iniciou-se em 2012 e decorrerá atéDezembro 2014. Entende-se como Cross-Innovation a criação denovos produtos e/ou serviços inovadores, resultantes da partilhade experiências e conhecimento intersetoriais, com uma basecultural e/ou criativa (INTERREG IV Learning by sharing). Oobjetivo do projeto resulta da identificação e partilha de boaspráticas europeias em “Cross-Innovation”, de entre as 11cidades parceiras.O programa aborda os seguintes quatro temas chave:> Incentivos Inteligentes - Tipos de financiamento inovador quepromovam a colaboração intersetorial;> Inovação baseada em processos culturais – Esquemas quealavanquem a inovação nas empresas privadas e no sectorpúblico, através da introdução de práticas criativas e artísticas;> Mediação – Serviços que constroem pontes intersectoriaisconectando facilitadores de Cross-Innovation e beneficiários;> Colaboração Espacial – Serviços prestados a empresas atrabalhar em espaços Co-Working, incubadoras, FabLabs,parques de ciência e clusters locais.As cidades envolvidas são: Birmingham, Amesterdão, Berlim,Estocolmo, Linz, Pilzen, Vilnius, Varsóvia, Roma, Talin e Lisboa.CROSS INNOVATIONCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • COMÉRCIO DE LISBOAATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYA atividade comercial tem hoje lugar numa realidade muito complexa eexigente, devido a fatores como a concorrência, centros comerciais locais, “outlets”, a procura dosconsumidores e mudanças de ritmos, estilos e modos de vida. Todos os fatores constituem um desafiopara o comércio económico tradicional.O comércio é uma atividade económica importante para a cidade de Lisboa. A Câmara Municipal deLisboa tem reunido com os principais atores e associações representativas e está atualmente envolvidaem vários projetos que pretendem capacitar e melhorar os resultados obtidos com o recenseamentocomercial (“retail”, alimentos e bebidas e serviços), agora feito de uma forma eficiente, inteligente einterativa.CONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOALISBON SHOPPING DESTINATIONA Academia de Comércio de Lisboa é um programa de intervenção com vista aapoiar e capacitar os empresários e empreendedores do comércio apotenciarem os seus negócios ou ideias de negócio, através da partilha deferramentase metodologias inovadoras com enfoque no fazer, tendo em vista arevitalizaçãodo sector enfrentando os desafios que a realidade actual impõe.O comércio tradicionaltem vindo, nos últimos anos, a debater-se com desafiosque nem sempre tem conseguido dar resposta, perdendo competitividadeevisibilidadeno tecido empresarialportuguês. Com o objectivo de apoiar ecapacitaros empresários e empreendedores do comércio na resposta aosdesafios que a realidade actual impõe, a Câmara Municipalde Lisboa, a UACS, aSBI Consulting e a Associação Daring Project, aliaram-sena criação da Academiade Comércio de Lisboa.A Academia de Comércio de Lisboa pretende ser uma referênciana revitalizaçãodo comércio tradicional,ao estabelecer novas formas de actuação,posicionando-secomo exemplo de boas-práticas e potenciando odesenvolvimentodo sector e a reabilitaçãourbana das zonas comerciaisdacidade.Parceirosdo projeto:CML – Câmara Municipalde LisboaUACS – União das Associações de Comércio e ServiçosSBI ConsultingAssociação Daring Project
    • ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYLISBON SHOPPING DESTINATIONO Comércio é uma atividade económica fundamental para acidade de Lisboa. Estamos a desenvolver um projeto, que permitirádisponibilizar aos turistas que chegam a Lisboa, informação sobreitinerários comerciais e lojas de excelência - o Lisbon ShoppingDestination.Este projeto tem como objetivo central revitalizar, dinamizar epromover o comércio de Rua na Cidade de Lisboa, promover acidade de Lisboa como um “international shopping destination” eaproveitar a procura internacional quando o mercado interno temfortes restrições ao nível do consumo. O projeto irá explorar aligação entre o comércio e o turismo, em particular os milhõesturistas que chegam à cidade por avião e cruzeiros.Parceiros do projeto:UACS – União das Associações de Comércio e ServiçosAssociações de Comerciantes: Liberdade, Chiado, Baixa, PríncipeReal, Castilho, Bairro Alto, São Bento e Santos (Santos DesignDistrict)ATL – Associação de turismo de LisboaAPL – Administração do Porto de LisboaAtivismXEROXRevista Up (TAP)Vogue PortugalGlobal Blue (Tax Free)Lisboa ConvidaCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYLISBON SHOPPING DESTINATION www.lisbonshopping.ptCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • PROMOÇÃO ECONÓMICA INTERNACIONALATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYAs cidades em todo o mundo dinamizam cada vez mais soluções inovadoras paraos desafios que surgem no contexto do desenvolvimento económicointernacional.As redes regionais e globais de cidades oferecem oportunidades para a criaçãode parcerias que trazem benefícios a longo prazo em termos de crescimentoeconómico e emprego.A globalização económica abrange também o grau de conetividadeentrecidades. Através da cooperação económica em organizações e redesinternacionais,Lisboa quer tornar-se uma cidade cada vez mais global,melhorando a competitividade da sua economia, aumentando as oportunidadesde investimento e promovendo internacionalmente a identidade da cidade e assuas vantagens competitivas.A estratégia para a valorização económica da cidade e captação deinvestimento tem como visão tornar Lisboa numa das cidades mais competitivas,inovadoras e criativas da Europa e do mundo através, entre outros fatores, dainserção de Lisboa nos principais projetos e redes internacionais de cidades.A participação ativa da cidade de Lisboa em organizações e redes internacionaispossibilita o desenvolvimento de atividades de cooperação para a troca deinformação e conhecimento, experiências e melhores práticas, mas igualmentepara a participação em projetos inovadores e geradores de valor. No âmbito dasrelações económicas internacionais, pretende-se fortalecer a dimensãoeconómica das iniciativas de cooperação internacional, criando eincrementando parcerias com cidades, agentes económicos e universidades detodo o mundo, incluindo as redes de portugueses no estrangeiro.CONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • WORLD CLASS CITIES PARTNERSHIP (WCCP)ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYA WCCP é uma rede de parceiros corporativos, governamentais eacadémicos, com sede na Universidade Northeastern, em Boston,Massachusetts.Pretende interligar um quadro internacional defuncionários municipais, professores e estudantes universitários,líderes empresariais e políticos inovadores, com o objetivo deidentificar e partilhar as melhores práticas numa série de questõesurbanas. Através da análise da investigação existente, dadosdemográficos, indicadores sociais, entre outros, forneceinformações relevantes à definição de uma política dedesenvolvimento económico-social.No contexto das atividades da WCCP, a Câmara Municipal deLisboa participa regularmente nos “webinars” mensais, bem comonos “global courses”. No dia 9 de abril de 2013, a CâmaraMunicipal de Lisboa, através do Diretor Municipal de Economia eInovação,fez uma apresentação sobre “Co-creatinganentrepreneurial city in Lisbon”.WCCPWORLD CLASSCITIESPARTNERSHIPCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • URBAN LAND INSTITUTE (ULI)ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYFundado em Chicago em 1936, o ULI é uma organização sem finslucrativos, dedicadaao ensino e investigação e com mais de 30 milmembros em 95 países de todo o mundo. O seu objetivo é promover ouso responsável da terra, identificando e oferecendo soluções aosdesafios comuns às diversas cidades e regiões, reunindo especialistasdas áreas imobiliária e do uso da terra para tratar de questões deurbanização, regeneração rural e urbana, colaboração público-privada, desenvolvimentosustentável e alterações climáticas.No âmbito das atividades desta rede, a Vereadora Graça Fonsecaesteve presente na cidade de Turim, no dia 21 de novembro de 2012,como oradora no workshop “Business Friendly Cities”. Este evento juntoucerca de 50 representantes de várias cidades, líderes empresariais eespecialistas em desenvolvimento económico com vista a analisar quefuturas medidas podem os municípios tomar para promover uma“empatia empresarial” e como incluir estas sinergias em programasmais amplos de crescimento económico.Nos dias 7 e 8 de fevereiro de 2013, realizou-se um workshop sobre “CityBranding” que contou com a presença dos especialistas emcompetitividade urbana Greg Clark (Urban Land Institute), MateuHernandez (Barcelona Global), e Geerte Udo (Amsterdam Marketing)que vieram a Lisboa como oradores numa discussão em torno dacriação de uma "marca" para a cidade. O programa incluiu jantar-debate, conferência e reuniões de trabalho.CONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • TiE - THE INDUS ENTREPRENEURSATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYA TiE Global é uma organização fundada em 1992, em SilliconValley, por um grupo de empresários bem sucedidos,executivos eprofissionais seniores com raízes na região Indu, que tem comomissão fomentaro empreendedorismo. Dedicado ao ciclo virtuosoda criação de riqueza e da sua distribuição pela comunidade, o TiEGlobal gere e apoia uma nova geração de empreendedores. Osseus mais de 13 mil membros, que incluem 2500 sócios fundadores,estão presentes em 14 países com 57 delegações através das quaisacolhem projetos inovadores através do “mentoring”e partilha deideias e experiências. O grupo organiza regularmente uma grandevariedade de programas e eventos como, por exemplo, o TiEcon, amaior conferênciaprofissional de “networking”para empresários.Um grupo de cerca de 170 elementos da organizaçãointernacionalThe Indus Entrepreneurs esteve em Portugal pela primeira vez ereuniu no dia 18 de julho de 2012 com jovens empresários eresponsáveis de instituições públicas e privadas com o objetivo deidentificar oportunidades de negócios e criar redes deconhecimento. Neste mesmo dia foi apresentada a delegaçãoportuguesa desta organização.CONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • EUROCIDADESATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYTrata-se de uma rede de grandes cidades europeias,pretendendo promover o intercâmbio das melhores práticas erepresentar os interesses das grandes cidades junto dasinstituições comunitárias para uma melhor inclusão dasexigências urbanas nas políticas europeias. Foi fundada em1986 pelos Presidentes de Câmara de seis grandes cidades(Barcelona,Birmingham, Frankfurt, Lyon, Milãoe Roterdão),tendo-se alargado nos primeiros 5 anos a 42 cidades eintegrando atualmente140 cidades de mais de 30 países. Étambém um parceiro a consultar, com contribuiçõesimportantes e conhecimentos especializados, em políticasurbanas e na área do desenvolvimento e implementação depolíticas e programas europeusFoi publicado, na “newsletter” Flash, com distribuiçãoeletrónicajunto dos membros desta rede, um artigo sobre Lisboa com otítulo“Lisbon, a startup city”.CONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • NÚMEROS DE LISBOAATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYLisboa é o local privilegiado para sedes regionais eempresas multinacionais europeias, sendo umacidade muito competitiva para a instalação decentros de investigação e centros de competênciade multinacionais, assumindo um alto potencial paraa localização de “shared services” e “nearshore”.Num contexto de globalização, a procura deinformação estratégica torna-se uma necessidade,seja para as empresas como para os territórios. Aeficácia do desenvolvimento económico dependeda capacidade coletiva (empresas, universidades,Estado, etc.) para transformar informação emconhecimento, utilizando ferramentas que permitemantecipar oportunidades, riscos, desafios etendências emergentes.CONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOA
    • ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOANo âmbito do protocolo estabelecido entre a Câmara Municipalde Lisboa e a Fundação Francisco Manuel dos Santos (Pordata),foi elaborado o Retrato de Lisboa - Pordata - Indicadores 2011.Este retrato agrega um conjunto de indicadores, escolhidos, noâmbito desta parceria, pela Câmara Municipal de Lisboa, deentre o conjunto de dados disponíveis na Pordata Municípios,procurando abarcar o maior número de temas possível, para oano de 2011 ou último ano disponível. Cada indicador comparaLisboa com a Grande Lisboa e Portugal ou com o conjunto dos 5concelhos com valores mais elevados nesse indicador.
    • ATLANTICBUSINESSHUBLISBOA:START UPCITYCONHECIMENTOEINOVAÇÃOCLUSTERSESTRATÉGICOSLISBOAECONOMIACRIATIVACOMÉRCIODE LISBOAPROMOÇÃOECONOMIAINTERNACIONALNÚMEROSDE LISBOACom o intuito de sistematizar eaprofundar o conhecimentoda cidade de Lisboa e da suaregião, na perspetivaeconómica, elaborámos estapublicação, que designamospor “Economia de Lisboa emNúmeros”, na qual a cidadesurge lado a lado com a suaregião, que no caso concretode Lisboa coincide, grossomodo, com os limites da suaárea metropolitana.Esta publicação estádisponível em formato digital,no site do município de Lisboa.Esta publicação destina-se atodos os que pretendemconhecer os principaisindicadores económicos deLisboa, e principalmente aquem pretende investir nacidade, designadamentecriando novas empresas ourelocalizando empresasexistentes.
    • Câmara Municipal de LisboaEconomia e InovaçãoMaio 2013Fotos: Daniel Rodrigues.www.cm-lisboa.pt/investir