Your SlideShare is downloading. ×
Relatorio redes dinamica
Relatorio redes dinamica
Relatorio redes dinamica
Relatorio redes dinamica
Relatorio redes dinamica
Relatorio redes dinamica
Relatorio redes dinamica
Relatorio redes dinamica
Relatorio redes dinamica
Relatorio redes dinamica
Relatorio redes dinamica
Relatorio redes dinamica
Relatorio redes dinamica
Relatorio redes dinamica
Relatorio redes dinamica
Relatorio redes dinamica
Relatorio redes dinamica
Relatorio redes dinamica
Relatorio redes dinamica
Relatorio redes dinamica
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Relatorio redes dinamica

2,138

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,138
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6
Actions
Shares
0
Downloads
49
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Relatório de Redes IIRotas dinâmicas CEFET – UnED Maria da Graça Aluno: Luiz Filippi Graf Figueiredo Professor: Félix do Rego Barro Turma: 4A-ATMI
  • 2. Rotas dinâmicas Página 2
  • 3. Sumário1. Introdução .........................................................................................Página 42. Organizando a rede ......................................................................... Página 5 2.1. Demonstração individual de cada PC ................................... Página 63. Configurações básicas dos roteadores..............................................Página 9 3.1. Adicionar portas seriais...........................................................Página 9 3.2. Nomear os roteadores...........................................................Página 10 3.3. Configurar FastEthernet0/0...................................................Página 12 3.4. Configurar serial0/3/0............................................................Página 14 3.5. Configurar serial0/3/1............................................................Página 14 4. Configuração das rotas dinâmicas ................................................Página 16 4.1. Salvando configurações........................................................Página 18 5. Comandos adicionais.....................................................................Página 19 6. Conclusão .................................................................................... Página 20Rotas dinâmicas Página 3
  • 4. IntroduçãoObjetivo: Montar e configurar a rede da Imagem 1, definindo os IPs paraserem usados em um roteamento dinâmico, e por fim, transferir dados entretodos os PCs usados. Imagem 1Onde:Nome (PC) Endereço de IP Máscara Endereço de Gateway Serguei 180.4.1.1 255.255.0.0 180.4.1.100 Tonya 180.4.1.14 255.255.0.0 180.4.1.100 Grigory 8.7.6.5 255.0.0.0 8.7.6.100 Melissa 8.7.6.6 255.0.0.0 8.7.6.100 Anna 180.4.3.10 255.255.0.0 180.4.3.100 Ivan 180.4.3.3 255.255.0.0 180.4.3.100 Nome (Router) Endereço Serial 0/3/0 Serial 0/3/1 Barnaul 180.4.1.100 120.4.2.4 130.1.2.3 Nova 180.4.3.100 130.1.2.4 150.3.2.3 Gorno 8.7.6.100 120.4.2.3 150.3.2.4Rotas dinâmicas Página 4
  • 5. Organizando a rede Para a montagem dessa rede foi necessário os seguintes materiais:  6 Computadores (PC-PT);  3 Switches (switch-PT);  3 Roteadores (2811);  Cabo direto (Straight-Through);  Cabo Serial DCE. Primeiramente foi organizada a posição de cada componente usado na rede. Confira na Imagem 2: Imagem 2 Antes de conectar todos os componentes, foi configurado os IPs de cada PC usados nas redes criadas. Confira abaixo os endereços de IP, Máscara e gateway de cada PC individualmente: Rotas dinâmicas Página 5
  • 6. Serguei - PC IP 180.4.1.1 Máscara 255.255.0.0 Gateway 180.4.1.100 Tonya - PC IP 180.4.1.14 Máscara 255.255.0.0 Gateway 180.4.1.100 Grigory - PC IP 8.7.6.5 Máscara 255.0.0.0 Gateway 8.7.6.100Rotas dinâmicas Página 6
  • 7. Melissa – PCIP8.7.6.6Máscara255.0.0.0Gateway8.7.6.100 Anna – PC IP 180.4.3.10 Máscara 255.255.0.0 Gateway 180.4.3.100Ivan – PCIP180.4.3.3Máscara255.255.0.0Gateway180.4.3.100Rotas dinâmicas Página 7
  • 8. Agora que os PCs estão devidamente configurados, a ligação dos cabosfoi feita. O cabo direto para ligar os PCs aos switches e os switches aoroteador. E para interligar os roteadores, foi usado o cabo serial. Confira na Imagem 3 a situação da rede já cabeada: Imagem 3Rotas dinâmicas Página 8
  • 9. Configurando os roteadoresAdicionando as portas seriais: Primeiramente devemos comprar as portas para a comunicação, no casofoi usado o serial WIC-2T (em vermelho na imagem 4). Para colocá-lo noroteador foi necessário desliga a chave (em verde na imagem 4) e ligar emseguida. Imagem 4Rotas dinâmicas Página 9
  • 10. Nomeando o roteador: Para nomear o roteador pelo simulador Cisco Packet Tracer énecessário ir a Settings (em azul na Imagem 5), e digitar o nome desejado nacaixa de texto chamada Hostname (em vermelho na Imagem 5). Imagem 5Segue o código para fazer a aplicação anterior em cada roteador:Roteador ‘Gorno’: Router>enable Router#configure terminal Router(config)#hostname Gorno Gorno(config)#exit Gorno#exitRoteador ‘Nova’: Router>enable Router#configure terminal Router(config)#hostname NovaRotas dinâmicas Página 10
  • 11. Nova(config)#exit Nova#exitRoteador ‘Barnaul’: Router>enable Router#configure terminal Router(config)#hostname Barnaul Barnaul(config)#exit Barnaul#exitRotas dinâmicas Página 11
  • 12. Configuração FastEthernet0/0: Para fazermos a comunicação entre os roteadores e os switches énecessário configurar o meio de comunicação, no caso o FastEthernet0/0. Na imagem 6 encontra-se a forma de configuração por intermédio dosimulador Cisco Packet Tracer. Em vermelho o botão para acioná-lo, em azulestá o endereço do gateway e sua máscara, em verde o botão para ativar omeio. Imagem 6Agora os códigos usados para fazer essas aplicações em todos os roteadores:Roteador ‘Gorno’: Gorno>enable Gorno#configure terminal Gorno(config)#interface FastEthernet0/0 Gorno(config-ip)#ip address 8.7.6.100 255.0.0.0 Gorno(config-ip)#no shutdown Gorno(config-ip)#exit Gorno(config)#exitRotas dinâmicas Página 12
  • 13. Gorno#exitRoteador ‘Nova’: Nova>enable Nova#configure terminal Nova(config)#interface FastEthernet0/0 Nova(config-ip)#ip address 180.4.3.100 255.255.0.0 Nova(config-ip)#no shutdown Nova(config-ip)#exit Nova(config)#exit Nova#exitRoteador ‘Barnaul’: Barnaul>enable Barnaul#configure terminal Barnaul(config)#interface FastEthernet0/0 Barnaul(config-ip)#ip address 180.4.1.100 255.255.0.0 Barnaul(config-ip)#no shutdown Barnaul(config-ip)#exit Barnaul(config)#exit Barnaul#exitRotas dinâmicas Página 13
  • 14. Configuração Serial0/3/0 e Serial0/3/1: Para fazer a comunicação entre dois roteadores foi usado o serial0/3/0 eserial0/3/1. Segue na Imagem 7 a forma de configuração por intermédio dosimulador Cisco Packet Tracer do serial0/3/0. Em vermelho o botão paraacionar o serial0/3/0, em azul o endereço do caminho S0 e sua respectivamáscara, em preto o botão que determina o tempo de comunicação (clockrate) e em verde o botão liga/desliga do meio. O exemplo abaixo foi usado para o serial0/3/0 (o serial0/3/1 éconfigurado da mesma maneira): Imagem 7Segue os códigos usados em cada roteador:Roteador ‘Gorno’: Gorno>enable Gorno#configure terminal Gorno(config)#interface Serial0/3/0 Gorno(config-ip)#ip address 120.4.2.3 255.0.0.0 Gorno(config-ip)#no shutdown Gorno(config-ip)clock rate 9600Rotas dinâmicas Página 14
  • 15. Gorno(config-ip)#exit Gorno(config)#interface Serial0/3/1 Gorno(config-ip)#ip address 150.3.2.4 255.255.0.0 Gorno(config-ip)#no shutdown Gorno(config-ip)#clock rate 9600 Gorno(config-ip)#exit Gorno(config)#exit Gorno#exitRoteador ‘Nova’: Nova>enable Nova#configure terminal Nova(config)#interface Serial0/3/0 Nova(config-ip)#ip address 130.1.2.4 255.255.0.0 Nova(config-ip)#no shutdown Nova(config-ip)clock rate 9600 Nova(config-ip)#exit Nova(config)#interface Serial0/3/1 Nova(config-ip)#ip address 150.3.2.3 255.255.0.0 Nova(config-ip)#no shutdown Nova(config-ip)#clock rate 9600 Nova(config-ip)#exit Nova(config)#exit Nova#exitRoteador ‘Barnaul’: Barnaul>enable Barnaul#configure terminal Barnaul(config)#interface Serial0/3/0 Barnaul(config-ip)#ip address 120.4.2.4 255.0.0.0 Barnaul(config-ip)#no shutdown Barnaul(config-ip)clock rate 9600 Barnaul(config-ip)#exit Barnaul(config)#interface Serial0/3/1 Barnaul(config-ip)#ip address 130.1.2.3 255.255.0.0 Barnaul(config-ip)#no shutdown Barnaul(config-ip)#clock rate 9600 Barnaul(config-ip)#exit Barnaul(config)#exit Barnaul#exitRotas dinâmicas Página 15
  • 16. Configurando os roteadores para rotas dinâmicas Para configurar o roteamento dinâmico pelo simulador Cisco PacketTracer, é necessário ir ao botão RIP (em vermelho na Imagem 8), colocar oendereço de rede de todos os IPs que tem contato com o roteador no campode texto (em azul na Imagem 8) e clicar no botão Add (também em azul). Pararemover algum endereço de rede já adicionado, é só clicar em Remove (emverde na Imagem 8). Imagem 8Segue os códigos usados em todos os roteadores:Roteador ‘Gorno’: Gorno>enable Gorno#configure terminal Gorno(config)#router rip Gorno(config-router)#network 8.0.0.0 Gorno(config-router)#network 120.0.0.0 Gorno(config-router)#network 150.3.0.0Rotas dinâmicas Página 16
  • 17. Gorno(config)#exit Gorno#exitRoteador ‘Nova’: Nova>enable Nova#configure terminal Nova(config)#router rip Nova(config-router)#network 180.4.0.0 Nova(config-router)#network 130.1.0.0 Nova(config-router)#network 150.3.0.0 Nova(config)#exit Nova#exitRoteador ‘Barnaul’: Barnaul>enable Barnaul#configure terminal Barnaul(config)#router rip Barnaul(config-router)#network 180.4.0.0 Barnaul(config-router)#network 120.0.0.0 Barnaul(config-router)#network 130.1.0.0 Barnaul(config)#exit Barnaul#exit Caso alguns desses endereços fossem apagados, o comando seria, porexemplo: Barnaul(config-router)#No network 8.0.0.0Rotas dinâmicas Página 17
  • 18. Salvando configurações: Ao terminar de cofigurar todos os IPs, gateways, máscaras, rotas,devemos salvar a configuração na memória do roteador para quando o mesmofor desligado, o administrador não perca todas as informações de configuração. Segue os comandos para fazer tal coisa: Gorno>enable Gorno#show running-config (Todas as configurações iram aparecer na tela) Gorno#copy running-config startup-config Gorno#exitRotas dinâmicas Página 18
  • 19. Comandos Adicionais Um comando muito utilizado é o clock set, que serve para alterar a horae a data do roteador.Exemplo: Gorno#Clock set 11:15:47 23 November 2012 Outro comando utilizado nos roteadores é para configurar a largura debanda.Exemplo: Gorno(config-ip)#Bandwidth 128Rotas dinâmicas Página 19
  • 20. Conclusão Após os computadores, roteadores, rotas e IPs configurados, os pacotesforam transferidos com sucesso! Confira na Imagem 9 o processo realizado com sucesso entre o Melissa-PC e Ivan-PC: Imagem 9Rotas dinâmicas Página 20

×