Your SlideShare is downloading. ×
0
O MÉTODO


KANBAN
  André Faria
Referências
                    David Anderson
            http://www.agilemanagement.net/




           Henrik Kniberg
 ...
?
   Mais
    uma
Metodologia
Evolução
   de um
 Processo
já Existente
Todo
Processo é
Diferente, por
  isso suas
 restrições
também são!
A evolução
   deve ser
contextualizada
  como é na
   natureza!
Ver o efeito
das Mudanças
Mudar por
mudar não faz
  sentido.
  Tenha um
 objetivo em
    vista!
kanban=cartão sinalizador
TO DO    DESENVOLVIMENTO    TESTE   DEPLOY   LIVE


         DOING        DONE


   4             3           2        4

...
TO DO   DESENVOLVIMENTO   TESTE   DEPLOY   LIVE




Sem sinal para puxar mais trabalho
 e WIP é somente um card wall.
PARA
TO DO   DESENVOLVIMENTO            TESTANDO   LIVE
                          TESTAR




Kanban evidencia Problemas!
<-- Prescritivo


   RUP     XP     Scrum    Kanban   Whatever
   (120)   (13)    (9)      (3/5)     (0)

                ...
São apenas Ferramentas
Qualquer ferramenta pode ser
  utilizada incorretamente
Não Define as
Etapas nem o
 ciclo de vida
do Processo
Cada time de Kanban tem um
   processo diferente
O MÉTODO KANBAN

1. Visualizar o Fluxo de Trabalho

2. Limitar o trabalho em Progresso (WIP)

3. Medir e Gerenciar o Fluxo...
Visibilidade
Mapeando a
Cadeia de Valor
Quais os Tipos de Itens?
Hierarquias
     de
   Itens
Variabilidade
de Tamanho
TO DO         DEV                  TEST             DEPLOY   DONE

              DOING         DONE   DOING         DONE

...
#7653              19/08/2010




Erro ao Incluir Produto
      no Pedido


                Well Marion   André Faria
    ...
Sticky Buddy
A Lei de Little
Estabelecendo Limites
PRONTO PARA
TO DO   DESENVOLVIMENTO    TESTE   HOMOLOGAR     HOMOLOGADO

         DOING      DONE
  [4]         [2]       ...
Foco em manter a Fluidez
Cadências
Cadência de Entrada
Backlog Grooming
Entregas
Frequentes
 aumentam
a Confiança
Reuniões Diárias em frente ao
         Card wall
Lead Time
Classes de Serviço
Kanban Fomenta
a Cultura Kaizen
Métricas
WIP
12                                             To Do
                                               Dev
 9            ...
LEAD TIME
             Lead Lead Time       Tarefa    Classe Lead Time
Classe
           Time Ideal Realizado   #1233     ...
THROUGHPUT
12


 9


 6


 3


 0
           Feveiro    Março   Abril   Maio   Junho




            Taxa de Entrega ao lo...
ITENS IMPEDIDOS
9


7


5


2


0




    Itens Bloqueados ao longo do Tempo
LEAD TIME X TOUCH TIME
                               touch           lead
600



450



300



150



 0
 Janeiro   Fever...
FEATURES X DEFEITOS
                                    defeitos     features
15



11



 8



 4



 0
      Janeiro   F...
METAS DE DAVID
1. Otimizar o Processo Existente (Meta Primária)
2. Entregar com Alta Qualidade
3. Melhorar a previsibilida...
MODELOS PARA
                   MELHORIA
•   TOC

•   Seis Sigma

•   Lean e 3ms (Muda Mura Muri)

•   Teoria das Filas

•...
IMAGE CREDITS
•   http://www.flickr.com/photos/andresthor
•   http://www.flickr.com/photos/28481088@N00            •   htt...
OBRIGADO!
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Kanban

8,856

Published on

Nesta apresentação André Faria, explica o método Kanban aplicado ao desenvolvimento de software com base no trabalho do pioneiro David Anderson. Veja o vídeo em http://www.vimeo.com/14870187

Published in: Business
4 Comments
18 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
8,856
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
427
Comments
4
Likes
18
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Kanban"

  1. 1. O MÉTODO KANBAN André Faria
  2. 2. Referências David Anderson http://www.agilemanagement.net/ Henrik Kniberg http://blog.crisp.se/henrikkniberg/
  3. 3. ? Mais uma Metodologia
  4. 4. Evolução de um Processo já Existente
  5. 5. Todo Processo é Diferente, por isso suas restrições também são!
  6. 6. A evolução deve ser contextualizada como é na natureza!
  7. 7. Ver o efeito das Mudanças
  8. 8. Mudar por mudar não faz sentido. Tenha um objetivo em vista!
  9. 9. kanban=cartão sinalizador
  10. 10. TO DO DESENVOLVIMENTO TESTE DEPLOY LIVE DOING DONE 4 3 2 4 O WIP mostra quando se deve puxar +trabalho
  11. 11. TO DO DESENVOLVIMENTO TESTE DEPLOY LIVE Sem sinal para puxar mais trabalho e WIP é somente um card wall.
  12. 12. PARA TO DO DESENVOLVIMENTO TESTANDO LIVE TESTAR Kanban evidencia Problemas!
  13. 13. <-- Prescritivo RUP XP Scrum Kanban Whatever (120) (13) (9) (3/5) (0) Adaptativo -->
  14. 14. São apenas Ferramentas
  15. 15. Qualquer ferramenta pode ser utilizada incorretamente
  16. 16. Não Define as Etapas nem o ciclo de vida do Processo
  17. 17. Cada time de Kanban tem um processo diferente
  18. 18. O MÉTODO KANBAN 1. Visualizar o Fluxo de Trabalho 2. Limitar o trabalho em Progresso (WIP) 3. Medir e Gerenciar o Fluxo 4. Tornar as políticas do Processo Explícitas 5. Usar modelos para reconhecer oportunidades de melhoria. (toc, sytems thinking, 3ms)
  19. 19. Visibilidade
  20. 20. Mapeando a Cadeia de Valor
  21. 21. Quais os Tipos de Itens?
  22. 22. Hierarquias de Itens
  23. 23. Variabilidade de Tamanho
  24. 24. TO DO DEV TEST DEPLOY DONE DOING DONE DOING DONE [3] [2] [2] [2] B U G S [5] [4] [3] F E A T U R E S Raias
  25. 25. #7653 19/08/2010 Erro ao Incluir Produto no Pedido Well Marion André Faria #2345 16/06/2010 Consultar Extrato Bancário André Faria Card
  26. 26. Sticky Buddy
  27. 27. A Lei de Little
  28. 28. Estabelecendo Limites
  29. 29. PRONTO PARA TO DO DESENVOLVIMENTO TESTE HOMOLOGAR HOMOLOGADO DOING DONE [4] [2] [2] [4] Fila Buffer Filas e Buffers
  30. 30. Foco em manter a Fluidez
  31. 31. Cadências
  32. 32. Cadência de Entrada
  33. 33. Backlog Grooming
  34. 34. Entregas Frequentes aumentam a Confiança
  35. 35. Reuniões Diárias em frente ao Card wall
  36. 36. Lead Time
  37. 37. Classes de Serviço
  38. 38. Kanban Fomenta a Cultura Kaizen
  39. 39. Métricas
  40. 40. WIP 12 To Do Dev 9 To Test Testing Deploy 6 3 0 Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Para cada etapa do processo ao longo tempo - verificar se limites são respeitados.
  41. 41. LEAD TIME Lead Lead Time Tarefa Classe Lead Time Classe Time Ideal Realizado #1233 Básica 8 dias Básica 5 dias 8 dias #1234 Prime 2 dias #1235 Básica 7 dias Especial 2 dias 2 dias #1237 Básica 5 dias #1238 Especial 2 dias Prime 1 dia 2 dias #1239 Básica 3 dias Para cada item dentro de cada classe de serviço - verificar se está conforme a meta.
  42. 42. THROUGHPUT 12 9 6 3 0 Feveiro Março Abril Maio Junho Taxa de Entrega ao longo do Tempo Story Points
  43. 43. ITENS IMPEDIDOS 9 7 5 2 0 Itens Bloqueados ao longo do Tempo
  44. 44. LEAD TIME X TOUCH TIME touch lead 600 450 300 150 0 Janeiro Fevereiro Março Abril Maio
  45. 45. FEATURES X DEFEITOS defeitos features 15 11 8 4 0 Janeiro Fevereiro Março Abril Maio
  46. 46. METAS DE DAVID 1. Otimizar o Processo Existente (Meta Primária) 2. Entregar com Alta Qualidade 3. Melhorar a previsibilidade do Lead Time 4. Melhorar a satisfação das pessoas 5. Oferecer tempo livre para Melhorias 6. Simplificar a Priorização 7. Oferecer transparência no design do sistema e na operação 8. Criar um processo que permita que alta-maturidade
  47. 47. MODELOS PARA MELHORIA • TOC • Seis Sigma • Lean e 3ms (Muda Mura Muri) • Teoria das Filas • Corrente Crítica • Root Cause Analysis
  48. 48. IMAGE CREDITS • http://www.flickr.com/photos/andresthor • http://www.flickr.com/photos/28481088@N00 • http://www.flickr.com/photos/aheram • http://www.flickr.com/photos/victornuno • http://www.flickr.com/photos/aurelianoaugusto' • http://www.flickr.com/photos/bestrated1/170151875/ • http://www.flickr.com/photos/tambako • http://www.flickr.com/photos/paulsynnott • http://www.flickr.com/photos/bestrated1 • http://www.flickr.com/photos/nilson/255662963/ • http://www.flickr.com/photos/d-kav • http://www.flickr.com/photos/aussiegall • http://www.flickr.com/photos/houseofsims • http://www.flickr.com/photos/richardmoross/ • http://www.flickr.com/photos/euart • http://www.flickr.com/photos/sss-showcase • http://www.flickr.com/photos/vlastula/ • http://www.flickr.com/photos/mbg_photos/ • http://www.flickr.com/photos/kevinomara • http://www.flickr.com/photos/rakka/398066964/ • http://www.flickr.com/photos/ari • http://www.flickr.com/photos/sevenmorris/ • http://www.flickr.com/photos/bossone • http://www.flickr.com/photos/eole/ • http://www.flickr.com/photos/chema-67 • http://www.flickr.com/photos/stuckincustoms • http://www.flickr.com/photos/jmpznz
  49. 49. OBRIGADO!
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×