Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Informativo espaço mc2 pdf

501 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Informativo espaço mc2 pdf

  1. 1. Edição 1 - NOV 2012 Informativo ESPAÇO MC2 Banda e igreja, um negócio que dá certo pág. 4 e 5 O que é? Descobrimos Um culto que é Retiro MC2 Coluna Explosão Para que serve? que, na prática, feito de formaFoto: Jadson Fernandes da Luz Quem vai? relutamos ao novo. diferente. Conheça. pág. 3 pág. 7 pág. 8
  2. 2. Editorial O Ministério Crescer em Cristo, o MC2, está localizado em três cidades de Santa Catarina, sendo elas Criciúma, Florianópolis e Nova Veneza. Com o intuito de trazer Sumário eventos, entretenimento e fé às pessoas ele é dividido em duas formas. Uma delas é para a igreja cristã MC2 e outra são os eventos organizados pelo próprio Ministério, ganhando o nome de Espaço MC2, já que abrange para pessoas que não são membros da igreja. As propostas que o Ministério tem com o Espaço é aproximar os jovens uns dos outros, trazendo cultura, entretenimento e proximidade 2 - Editorial com Deus. A consequência disso é o afastamento das drogas e outros transtornos causados nessa fase da vida. O Espaço MC2 serve para apresentações musicais e eventos culturais. Bandas de todos os gêneros têm a chance de mostrar 3 - Retiros e suas notas e melodias no palco. Ar�stas da região têm a Fotos oportunidade de levar a sua arte como na Virada Cultural, um projeto novo do Espaço MC2, mas que já alcançou até a mídia nacional, como o site de no�cias G1. Através desse jornal, um pouco do que o MC2 é e os atra�vos que ele traz 4 e 5 - Especial serão apresentados. O obje�vo desse jornal se resume em um convite concreto bandas para aquele que ler desejar conhecer o MC2. Jadson Fernandes da Luz - Acadêmico 4ª fase 6 - Projetos 7 - Depoimentos e Coluna 8 - Endereço Fotos: Jadson Fernandes da Luz Expediente Projeto Experimental de Mídia Impressa do acadêmico Jadson Fernandes da Luz, apresentado em cumprimento à exigência do Curso de Jornalismo da Faculdade Satc, sob a orientação da professora Jaqueline Marcos Garcia de Godoi. Textos, fotos, edição e planejamento gráfico são de responsabilidade do acadêmico. Culto em que todo o MC2 (Criciúma, Florianópolis e Nova Veneza) estava junto. Palavra ministrada pelo pastor Eduardo Kormives.2
  3. 3. Aproveitando os feriados de Tudo junto uma maneira diferente Famílias que deixam o descanso em segundo lugar para viver experiências marcantes nos retiros Pular carnaval e aproveitar experiências que se tem nele vencem o cansaço. “Quando está perto de vir os longos feriados do ano é o que todos querem festar e descansar embora, mesmo já cansada, por não O que tem no retiro? aguardam o ano todo. Entretanto, estar em casa sem muito conforto, muitos preferem fugir da bagunça entendo que poderíamos ter ficado e do descanso para ter um contato mais tempo. Receber as bênçãos de > Grupos de estudo maior com Deus, por isso buscam Deus é algo que não se explica se aos re�ros. Eles nada mais são que sente”. > Reuniões especiais Ká�a que vai aos re�ros há 10 anos, “ Receber as bênçãos revela uma experiência > Efeito Sonoro de Deus é algo que não marcante. “Foram três > Show dias de muito frio e se explica, se sente ” chuva em pleno verão. Minha filha, Clara, �nha > Teatro apenas quatro meses. um grupo de pessoas que se reúnem Tinha levado poucas roupas de frio, > Gincana em um local e ficam de três a quatro precisamos dormir agarradinhas, dias aprendendo a Palavra de Deus e porque era muito frio. Ela ficou doente > Culto Kids para criando vínculo com as pessoas. eu e meu marido fomos até uma crianças A jornalista Ká�a Farias de Souza, cidade próxima comprar remédios, que congrega no Ministério Crescer já que o re�ro acontecia num parque > Muitas piadas e bom em Cristo (MC2), conta que raramente aquá�co. Isso tudo no primeiro dia. humor falta a um re�ro organizado pela igreja. Mesmo um pouco cansada ela nem Ela destaca que a alegria quando se importou com toda a situação. todos estão reunidos é contagiante. Precisamos de uma atenção maior > Comida boa “Temos momentos únicos com Deus, com ela, mas não viemos embora. não precisamos nos preocupar com Deus fez grandes coisas naqueles tempo, horário e tarefas diárias”. dias. Sen� a presença e o cuidado Imagem do Re�ro de Carnaval Ficar três dias no re�ro pode cansar dele em todos os momentos. Nunca edição 2011. Todo re�ro há um quem não está acostumado, mas as vou esquecer deste re�ro”. tema especial.Foto: Divulgação 3
  4. 4. Bandas que encontram iEspecial De todos os gêneros elas encontram na igreja K ings of Leon, Katy Perry e até Ray Charles têm algo em comum além de serem conhecidos nos rádios e nas paradas musicais, �veram o primeiro contato com a música na igreja. evangélicas, católicas e outras usam a música para se expressar com divin- dade. O Ministério Crescer em Cristo (MC2), igreja evangélica, não foi dife- rente e acreditou nessa junção. Algu- mas bandas que foram incen�vadas Music e Paradoxie Vie. O fundador do MC2 o Pastor Val- ter Kormives, explica a relevância da música na igreja. “Quando pensamos em adoração, uma das funções da igreja em relação a Deus pensamos A igreja e a música têm uma par- pelo Ministério são Acesso, Onix8, imediatamente em música. Isso é ceria que dura gerações. As igrejas Choice, Route, Primuz, Colmeia Surf natural, o ser humano já nasce musi- cal e através da música expressamos nossos sen�mentos de uma maneira mais fácil”. Responsável por mostrar sen- �mentos, expor ideias e dar iden- �dade a música é universal. Todavia os jovens e adolescentes são os mais afetados por ela. Através da música, diz Kormives, os jovens mostram seus pensamentos, desejos, medos, obje�- vos. Seu gosto musical ligam pessoas com o mesmo gosto, formando um grupo que se relacionam, se es�mu- lam e se protegem. A música passa a ser o emblema dessa unidade e tem o poder de mostrar a personalidade do grupo. A úl�ma banda que se formou dentro do Ministério Crescer foi a Colmeia Surf Music. A banda que tem um es�lo Surf, o mesmo adotado por Jack Johnson, tem três componentes. Maurício(Chitão) no vocal e no violão, Marcus(Kbça) na bateria e Gustavo no contra-baixo. Chytão conta que a banda surgiu em 2011, quando gra- varam algumas músicas e com uma repercussão posi�va delas, decidiram montar a Colmeia. O vocalista da Colméia detalha que a igreja influenciou na decisão de criar a banda. “O MC2 nos deu todo apoio e a galera par�cipou muito também. Quando iniciamos a banda eu per- tencia a outro ministério, mas o Mar- cus Kbça e o Gustavo Savi já eram do MC2. Então quando fui para o MC2 a nossa amizade e o nosso convívio fechou e a banda andou. Ligamos as funções da banda com as a�vidades Bandas de vários gêneros, do Rock a da igreja, afinal tudo caminha junto e Surf Music, a música é constante no no mesmo sen�do”. Ministério. Não só o Surf Music o MC2 apóia, 4
  5. 5. incentivo dentro da igrejaa a razão para quem devem fazer sucesso bandas de todos os es�los são in- portar de maneira tal. O pastor Ko- cen�vadas pela igreja. Uma delas é rmives, avalia que nem todo mundo a banda New Metal, Paradoxie Vie, Bandas que foram tem maturidade cristã para conviver que surgiu em 2006, e após os com- ponentes da banda em determinados lugares e ambien- incen�vadas pelo conhecerem o MC2, Ministério: Acesso, ganharam o apoio “Nosso foco é fazer a Onix8, Choice, Route, da igreja. Hoje a Primuz, Colmeia Surf Paradoxie Vie é formada por Felipe vontade de Deus e levar Music, Paradoxie Vie. Macedo (bateria), Ricardo Silva (gui- a palavra dEle, se isso tarra), Kauana da Silva (vocal), Tharonnos levar a tocar para Merizio (guitarra) e Mauricio Mafra mil pessoas, amém” (contra-baixo). O guitarrista Ri- tes sem se deixarem influenciar nega- cardo revela a importância que o MC2 �vamente. “Acho que a mensagem teve na banda. “O MC2 foi fundamen- posi�va e até mesmo evangelís�ca da tal para que hoje eu �vesse em uma música cristã deve alcançar todas as banda, passei minha adolescência pessoas em todos os lugares, deve ir inteira querendo formar uma, mas de encontro as pessoas que precisam Foto: Divulgação meu sonho nunca saiu do papel. Eu de uma chance de mudar sua vida, conheci o MC2 através do Felipe Bar- mudar seu mundo através do con- reto, e ele me convidou para formar hecimento do evangelho. Portanto uma banda junto com o Fernando An- as pessoas para fazerem isso devem drade (Ferna), até então eu não fazia estar maduras espiritualmente e pre- a mínima ideia de quem ou que era paradas”, explica Kormives. o MC2. A maior influência para que as bandas dêem certo com certeza vem da igreja, temos total apoio dos pastores e dos membros. Sem o MC2 Foto: Divulgação eu ainda estaria sonhando com uma banda, e não fazendo parte de uma”. Como toda banda quer alcançar o reconhecimento mundial, nas bandas formadas na igreja o sucesso fica em segundo plano. “Nosso foco é fazer a vontade de Deus e levar a palavra dEle, se isso nos levar a tocar para mil pessoas, amém, se nos levar a to- car para meia dúzia, amém também, sabemos que os propósitos de Deus com nossas vidas é maior do que as Foto: Jadson Fernandes da Luz nossas expecta�vas e necessidade de reconhecimento humano”, diz Silva. Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação Lugares em que as bandas tocam As bandas formadas na igreja to- 5 5
  6. 6. Os atrativos que os gruposGrupos do MC2 oferecem Com enfoque no convívio social, os grupos têm dado resultadoFoto: Jadson Fernandes da Luz Os grupos acontecem nos três MC2. Criciúma, Florianópolis e Nova Veneza. T rabalhar a semana inteira no convívio social e consequente- de Nova Veneza, gosta de como eles e no fim de semana não mente no crescimento espiritual. ocorrem. “Os grupos são muito ba- achar nada de agradável De acordo com Sara, no início canas, são dinâmicos e os assuntos para fazer acaba tornando o fim de os grupos �nham um formato mais sobre Deus são bem atra�vos, pois semana um tédio. Pensando no mo- simples, entretanto em 2005 adota- são tratados de uma maneira leve”. O mento ocioso que as pessoas têm no ram o formato que perdura até hoje metalúrgico Deivid Albino, revela que final de semana, o Ministério Crescer (vídeo, discussão e entretenimento). os grupos são muito bons, porque em Cristo (MC2) acabou criando os Para o Ministério, os grupos servem sempre se conhece alguém novo, grupos de convívio. como exemplo do que as pessoas vão sendo assim, acaba criando novas De uma forma descontraída os encontrar na igreja. O obje�vo dos amizades. grupos conversam sobre os Ensina- grupos, diz Sara, é promover a mel- Os grupos acontecem em todos mentos de Jesus, além de preparar horia e ampliação das relações entre os MC2. Eles ocorrem na casa de um comida, verem filmes, entre outras, o os membros do MC2, por meio de membro do Ministério, ou qualquer que importa é estar junto. A pastora a�vidades sociais e espirituais. outra pessoa que ofereça o seu lar do MC2 Criciúma Sara Kormives, ex- A estudante Laís Regina Preis Dis- para o grupo ocorrer. Neles pessoas plica que a reunião semanal enfoca ner, que frequenta um grupo do MC2 de todas as idades par�cipam. 6
  7. 7. Coluna Aos 19 anos eu gostava de ir a todas as fes- Depoimentos tas da cidade e enxugar o caneco, mas sen- �a que aquela vida não fazia muito sen�do. Depois de uma noite de festa cheguei em casa e vi meu irmão orando de joelhos no quarto dele, aquilo me fez refle�r em como ROUPA NOVA minha vida era fú�l e sem sen�do. Fui para o meu quarto e comecei a chorar de deses- Estava assis�ndo, outro dia, a uma pero pedindo para Deus, aquele Deus que o “pegadinha” na televisão, onde o ator meu irmão estava orando fazer alguma coisa fazia papel de repórter num Shopping na minha vida. Na semana seguinte entrei Center . Ele abordou várias pessoas em um ônibus com des�no a uma festa da assim: “Qual sua opinião sobre a cidade. Então vi uma garota com uma bíblia moda atual. O que acha da maneirana mão e lembrei que ela �nha estudado na minha turma no ginásio.Era a Deise, que hoje serve o Senhor em uma igreja no Rio Grande do como as pessoas se vestem?” Todos,Sul. Ofereci lugar a ela e a própria me convidou para ir numa festa. Ela os entrevistados, sem exceção,disse: “Você esta indo para uma festa, mas eu te convido para ir em responderam que as pessoas sãooutra festa , é uma festa pra Jesus!” livres e devem se ves�r como gostamEntão eu me lembrei da oração feita na semana anterior. Fui naquela ou acham melhor.noite na reunião da igreja, haviam 4 ou 5 jovens. Aceitei Jesus naquela Ao lado estava uma atriz ves�danoite e nunca mais saí da comunhão da igreja. Hoje sou um homem com um traje minúsculo e o atorcompletamente sa�sfeito, tenho minha família na igreja e me alegro repórter apontava para a moça e per-em cumprir meu ministério de pastorado no MC2. guntava: “O que você acha daquela roupa?”Apesar do discurso, a reaçãoDeivid Virtuoso, pastor do MC2 Criciúma. foi semelhante entre os entrevista- dos – risos, repúdio e desprezo, entre outras. Foto: Divulgação Da mesma forma o discurso de dizer que Jesus é maravilhoso, que Ele faz obras fantás�cas, que Ele é “tudo de bom” é algo simplista diante do de- safio para o qual somos convidados. Antes de Jesus minha vida era focada no meu Eu: Uma vida nova, novo padrão, nova meus interesses, minhas vontades, meus planos. maneira de pensar, enfim novo es�lo Eu acreditava que tudo dependia de mim e do de vida. Descobrimos que, na prá�ca, meu esforço e isso era o suficiente. Era uma vida relutamos em aceitar o novo. Parece superficial, uma visão limitada das coisas, volta- que o an�go é melhor. Nesse momen- da para o sucesso que o mundo oferece. Devido a uma mudança de cidade, conheci amigos que to entram em cena nossos conceitos me convidaram para ir no MC2. Foi algo diferente e preconceitos e a zona de conflito se do que eu estava acostumada a vivenciar. Foi estabelece. como sair da teoria e vivenciar na prá�ca o que Nós só vamos realmente desfrutar é ter um relacionamento com Jesus. Porque an- o novo que Jesus tem a nos dar se tes era tudo muito formal e rígido (ritualizado), abandonarmos a nossa velha vida. mas vazio. E quando eu passei a frequentar esta igreja evangélica eu conheci esta outra face, de um Deus “Ninguém põe vinho novo em odres real e verdadeiro, que fala com as pessoas e que é capaz velhos. Se alguém fizer isso, os odres de agir poderosamente na sua vida. Acredito que quando você conhece Jesus de fato, sua vida se transforma e auto- rebentam, o vinho se perde, e os ma�camente seu modo de agir vai mudando, se moldando odres ficam estragados. Não. Vinho a esta nova criatura. As coisas que o mundo pode oferecer novo deve ser posto em odres novos. vão perdendo força porque elas não podem dar aquilo que E ninguém quer vinho novo depois de só Jesus pode dar que é a salvação. E também porque no beber vinho velho, pois diz: ‘O vinho seu coração você não conseguirá mais alegrar-se ou sen�r velho é melhor.’” prazer sabendo que a sua conduta desagrada a Deus. As coi- Lucas 5:35-37 sas que o mundo oferece são passageiras e enganosas, mas Jesus nos preenche com o seu próprio espírito. Neusa Milanez, membro do MC2 Nova Veneza Pra. Sara Kormives Foto: Divulgação 7
  8. 8. Contracapa Explosão e a intimidade com Deus Um culto que é feito de uma forma diferente e que obtém resultados espirituais O principal obje�vo de uma igreja evangélica é que as pessoas conheçam a Deus. poca, ou seja, o povo de Deus vem para o Explosão como milho e com a oração eles colocam seus sen�- Por consequência que elas tenham mentos para fora e se transfor- uma in�midade com Ele. As igre- mam”. O Explosão acontece uma jas usam diversos recursos para vez por mês no MC2, especifica- que a sociedade tenha um maior mente no úl�mo sábado do mês. conhecimento sobre a divindade. Nele todos os grupos de convívio Um dos u�lizados pelo Ministério do Ministério se reúnem. Segundo Foto: Jadson Fernandes da Luz Crescer em Cristo (MC2) é o Explo- Virtuoso, as pessoas são convida- são. das a adorar a Deus, ouvem teste- O pastor do MC2 Criciúma Dei- munhos e oram umas pelas outras. vid Virtuoso, explica que o Explo- Além de terem várias experiências são surgiu com o obje�vo de dar com o Espírito Santo. espaço ao Espírito Santo agir com Os resultados que o Explosão liberdade. “Eu lembro bem do Pr. traz são integração, comunhão e Eduardo usando o exemplo da pi- exercício dos dons espirituais. MC2 CRICIÚMA Nos Ache R. VISCONDE DE MAUÁ, 30 - AV. CENTENÁRIO - EM CIMA DA VITRAL www.facebook.com/mc2oficial Fone: (48) 3438-5851 MC2 FLORIANÓPOLIS R. FERNANDO MACHADO, 137 - CENTRO - PRÓX. AO CLUBE 12 www.facebook.com/mc2oficialFoto: Jadson da Luz Fone: (48) 3334-0427/8801-6646 MC2 NOVA VENEZA R. OLIVÉRIO NUERNBERG - BAIRRO BORTOLUZZI www.facebook.com/mc2oficial Fone: (48) 8801-4946 8

×