Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
DUPLA TRIBUTAÇÃO ECONÓMICA A eliminação internacional desta dupla tributação
A dupla tributação dos lucros distribuídos <ul><li>O art. 46 do IRC – identidade de situação,10% de participação ou 20.000...
A directiva 90/435/CEE <ul><li>O caso EPSON - o imposto sucessório sobre por avença </li></ul><ul><li>A fraude pública à l...
A directiva 90/435/CEE <ul><li>O caso Denkavit como leading-case nesta matéria </li></ul><ul><li>O tempo de detenção da pa...
A directiva 90/435/CEE <ul><li>Caso Océ van der Grinten  </li></ul><ul><li>Comissão “a qualificação de um imposto como sen...
Grupos de sociedades O art. 63º e ss.do Código do IRC  <ul><li>Sociedade dominante </li></ul><ul><li>Grupo de sociedades: ...
O princípio da liberdade de estabelecimento  <ul><li>O art. 43 do Tratado CE </li></ul><ul><li>A liberdade de estabelecime...
A dedução das perdas   <ul><li>As perdas dentro da mesma sociedade  </li></ul><ul><li>As perdas num grupo de sociedades (o...
O caso ICI <ul><li>Um consórcio ICI/ Wellcome Foundation </li></ul><ul><li>Uma Holding: acções em vários países </li></ul>...
O caso Bosal A fundamentação acrescida  <ul><li>Liberdade de estabelecimento e  </li></ul><ul><li>O art. 48 CE As sociedad...
O regime em causa no caso BOSAL <ul><li>O princípio da territorialidade </li></ul><ul><li>Lucros tributáveis na Holanda </...
O caso Marks and Spencer <ul><li>? </li></ul>
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Dupla Tributação Económica - A eliminação internacional da dupla tributação

3,701 views

Published on

Published in: Business
  • Be the first to comment

Dupla Tributação Económica - A eliminação internacional da dupla tributação

  1. 1. DUPLA TRIBUTAÇÃO ECONÓMICA A eliminação internacional desta dupla tributação
  2. 2. A dupla tributação dos lucros distribuídos <ul><li>O art. 46 do IRC – identidade de situação,10% de participação ou 20.000.000 de euros, detenção durante uma ano </li></ul><ul><li>O art. 89 do IRC: as mesmas condições com pequenas adaptações de procedimento </li></ul>
  3. 3. A directiva 90/435/CEE <ul><li>O caso EPSON - o imposto sucessório sobre por avença </li></ul><ul><li>A fraude pública à lei fiscal </li></ul><ul><li>O prolongamento da derrogação provisória obtida por Portugal </li></ul>
  4. 4. A directiva 90/435/CEE <ul><li>O caso Denkavit como leading-case nesta matéria </li></ul><ul><li>O tempo de detenção da participação </li></ul><ul><li>O anterior regime português de desigualdade entre as participações comunitárias e portuguesas </li></ul>
  5. 5. A directiva 90/435/CEE <ul><li>Caso Océ van der Grinten </li></ul><ul><li>Comissão “a qualificação de um imposto como sendo retenção na fonte depende dos seus efeitos e não dos termos para o definir no direito nacional </li></ul>
  6. 6. Grupos de sociedades O art. 63º e ss.do Código do IRC <ul><li>Sociedade dominante </li></ul><ul><li>Grupo de sociedades: controlo de mais de 90% pela sociedade dominante </li></ul><ul><li>O regime das perdas: mais de três anos com resultados negativos (excepto s os 90% forem detidos há mais de dois anos) </li></ul>
  7. 7. O princípio da liberdade de estabelecimento <ul><li>O art. 43 do Tratado CE </li></ul><ul><li>A liberdade de estabelecimento como direito fundamental para a actividade económica </li></ul><ul><li>Liberdade de estabelecimento, neutralidade fiscal e princípio da não-discriminação </li></ul>
  8. 8. A dedução das perdas <ul><li>As perdas dentro da mesma sociedade </li></ul><ul><li>As perdas num grupo de sociedades (organschaft, consolidação) tax relief) </li></ul><ul><li>A impossibilidade de deduzir as perdas </li></ul>
  9. 9. O caso ICI <ul><li>Um consórcio ICI/ Wellcome Foundation </li></ul><ul><li>Uma Holding: acções em vários países </li></ul><ul><li>Não existe holding se são detidas acções de sociedades com sede em outros países </li></ul><ul><li>A decisão: o regime fiscal britânico era contrário à liberdade de estabelecimento </li></ul>
  10. 10. O caso Bosal A fundamentação acrescida <ul><li>Liberdade de estabelecimento e </li></ul><ul><li>O art. 48 CE As sociedades constituídas em conformidade com a legislação de um Estado-Membro [...] são, para efeitos do disposto no presente capítulo, equiparadas às pessoas singulares, nacionais dos Estados-Membros. </li></ul><ul><li>Os considerandos das directiva-mães fihas </li></ul>
  11. 11. O regime em causa no caso BOSAL <ul><li>O princípio da territorialidade </li></ul><ul><li>Lucros tributáveis na Holanda </li></ul><ul><li>Perdas tributáveis na Holanda </li></ul><ul><li>As sociedades - mães e as sociedade filhas são entidades jurídicas distintas (nº 32) da decisão - forma em vez de substância </li></ul>
  12. 12. O caso Marks and Spencer <ul><li>? </li></ul>

×