Um projeto web fatídico
por Frederick van Amstel (2004)
www.usabilidoido.com.br
@usabilidoido
Vida de designer é difícil,
principalmente quando o cliente não sabe
o que quer. Fica pior quando tem um
atendimento molen...
“Briefing” recebido do
atendimento: o cartão da
empresa e um CD-
Rom com fotos. Ordem de
trabalho: fazer um site.
— posso ser criativo?
— pode.
— ok.
Nota: a logo e o nome da empresa foram ocultados nas
imagens a seguir.
Proposta1: Layout arrojado, usando cores leves e foco em texto. A televisão ao lado seria
o elemento de alto-impacto do si...
Proposta 2: Mudada as cores, um layout mais pesado seguindo as seguintes
recomendações do diretor de marketing: "Aquele ve...
Proposta 3: A agência decidiu que a última versão ainda não
estava com as cores que o cliente ia gostar. Ok, melhoramos.
Proposta 4:"Eles querem algo mais arrojado. Disseram que a gente era tão
criativo e que agora estávamos falhando. O site p...
Proposta 5: "Porque o site não está ocupando todo o espaço na tela? Isso é desperdício",
disse o diretor de lá. Não gostar...
Proposta 6: "Eles querem vermelho! E mais destaque nos links centrais, só
texto é pouco". Adicionei uns rollovers e chutei...
Proposta 7: Bem, hoje estou com paciência. Vejamos, deixo a foto mais
bonita (cores distorcidas), coloco um vermelho no ce...
Proposta 8: É, concordei que teria que fazer outra coisa bem diferente, senão não íamos
sair do lugar. Pra começar o fundo...
O cliente não sabia o que
queria. O atendimento só
repassava as solicitações. O
designer (eu) não tinha como
defender o pr...
Resultado: o cliente perdeu a
paciência e mandou cancelar o
projeto.
Lições aprendidas: exigir
contato direto com o cliente,
fazer wireframes antes de
layout, documentar a defesa do
design.
Fim!!!
Frederick van Amstel (2004)
www.usabilidoido.com.br
@usabilidoido
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Um projeto web fatídico

1,100

Published on

Uma história verídica de uma sucessão de layouts feitas para um cliente indeciso intermediado por um atendimento ineficiente.

Published in: Design
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,100
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Um projeto web fatídico

  1. 1. Um projeto web fatídico por Frederick van Amstel (2004) www.usabilidoido.com.br @usabilidoido
  2. 2. Vida de designer é difícil, principalmente quando o cliente não sabe o que quer. Fica pior quando tem um atendimento molenga no meio. A história a seguir aconteceu comigo, quando eu trabalhava como webdesigner numa agência de propaganda, em 2004.
  3. 3. “Briefing” recebido do atendimento: o cartão da empresa e um CD- Rom com fotos. Ordem de trabalho: fazer um site.
  4. 4. — posso ser criativo? — pode. — ok. Nota: a logo e o nome da empresa foram ocultados nas imagens a seguir.
  5. 5. Proposta1: Layout arrojado, usando cores leves e foco em texto. A televisão ao lado seria o elemento de alto-impacto do site, com música e animação de alta qualidade ao estilo Lifemotion. A proposta incluia interatividade com o público através de fóruns de discussão e lista de email.
  6. 6. Proposta 2: Mudada as cores, um layout mais pesado seguindo as seguintes recomendações do diretor de marketing: "Aquele verde não serviu. Nós trabalhamos com madeira, precisamos de uma cor mais forte. Veja o site o concorrente, que legal." Os serviços do site foram cortados fora, junto com os textos.
  7. 7. Proposta 3: A agência decidiu que a última versão ainda não estava com as cores que o cliente ia gostar. Ok, melhoramos.
  8. 8. Proposta 4:"Eles querem algo mais arrojado. Disseram que a gente era tão criativo e que agora estávamos falhando. O site precisa de animação, eles gostam de bossa." Ok, grrr, farei um site 100% Flash. Querem tosqueira, vão ter tosqueira. Hmm... até que esse passarinho não ficou mau.
  9. 9. Proposta 5: "Porque o site não está ocupando todo o espaço na tela? Isso é desperdício", disse o diretor de lá. Não gostaram das cores e nem do *chuif* passarinho. Tiver que voltar ao HTML porque Flash ajustado a 100% da tela é muito complicado.
  10. 10. Proposta 6: "Eles querem vermelho! E mais destaque nos links centrais, só texto é pouco". Adicionei uns rollovers e chutei o balde no menu, como era feito há 4 anos atrás.
  11. 11. Proposta 7: Bem, hoje estou com paciência. Vejamos, deixo a foto mais bonita (cores distorcidas), coloco um vermelho no centro, varredura arrojada e uma sequência de animação bonita. Vualá! Minha moral está voltando.
  12. 12. Proposta 8: É, concordei que teria que fazer outra coisa bem diferente, senão não íamos sair do lugar. Pra começar o fundo dessa logo complicada vai ser branco. Fora isso, vou me esforçar para usar elemento visuais isolados e chamativos. Degradés, fusão, botões.
  13. 13. O cliente não sabia o que queria. O atendimento só repassava as solicitações. O designer (eu) não tinha como defender o projeto.
  14. 14. Resultado: o cliente perdeu a paciência e mandou cancelar o projeto.
  15. 15. Lições aprendidas: exigir contato direto com o cliente, fazer wireframes antes de layout, documentar a defesa do design.
  16. 16. Fim!!! Frederick van Amstel (2004) www.usabilidoido.com.br @usabilidoido
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×