• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Jornadas FCCN: b-on: Relatório atividades 2012
 

Jornadas FCCN: b-on: Relatório atividades 2012

on

  • 396 views

Relatório de atividades 2012 ...

Relatório de atividades 2012
• Contexto internacional ao nível de consórcios
• Âmbito de atuação e responsabilidades b-on
• Balanço das atividades no que diz respeito a:
o Serviços eletrónicos
o Gestão de conteúdos
o Comunicação, disseminação e formação
o Serviços de apoio
• Resumo das principais atividades em 2012
• Indicadores
• Análise crítica

Statistics

Views

Total Views
396
Views on SlideShare
396
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Jornadas FCCN: b-on: Relatório atividades 2012 Jornadas FCCN: b-on: Relatório atividades 2012 Presentation Transcript

    • B-on - Parte I João Mendes Moreira, Paulo Lopes, Teresa Costa, Sandra Espírito SantoApoio Logístico:Patrocinadores PLATINA: Patrocinadores OURO: Patrocinadores PRATA:
    • Agenda• Parte I • Parte II – Relatório de – Serviço de Pesquisa atividades 2012 – EBSCO vs ExLibris – Painel de preservação – SCOAP3 – IEEE – Nature – Plano de atividades
    • 20 2020181614 1312 1010 9 #Inst. Aderentes 8 #Inst Presentes 6 4 3 3 2 2 2 1 1 0 0 UN PL LAB OAP OSL HP Data Fev-13 Tipo #Inst. Aderentes #Inst Presentes #Representantes UN 20 13 29 PL 20 9 17 LAB 10 2 2 OAP 3 0 0 OSL 2 1 1 HP 3 1 1 Total 58 26 50
    • B-on – Relatório Atividades 2012 João Mendes Moreira Gestor b-onApoio Logístico:Patrocinadores PLATINA: Patrocinadores OURO: Patrocinadores PRATA:
    • Contexto internacional• Países do Sul da Europa – Fusões entre consórcios ou instituições – Redução dos orçamentos – Redução dos conteúdos
    • Plano 2012 Restrições orçamentais = Manutenção de serviços Suspensão atividades de engenhariaAlteração do modelo gestão serviços eletrónicos
    • Síntese 2012• Processo de renovação de contratos• Preparação do ciclo 2013-2015• Serviço de preservação• Consolidação serviço pesquisa• Análise comparativa portfólio EBSCO vs ExLibris
    • Entidades participantes• Gestão, coordenação e financiamento – Gestão Política – Gestão operacional – Financiamento• Associações participadas – ICOLC – SELL – COUNTER – IGeLU – USE• Fornecedores – Conteúdos – Tecnologia• Entidades utilizadoras – Ensino – I&D – Hospitalar – Administração pública – Entidades sem fins lucrativos
    • Responsabilidades Responsabil Funções Âmbito idade Política Define, valida, aprova Missão e objetivos Operacional Propõe, executa Planos estratégico+atividades e Orçamento Financeira Financia Modelo de financiamento Modelo de distribuição de custos - 2011 2012 2013 - Política Política Política, Financeira Financeira, Operacional OperacionalOperacional Financeira
    • Atividades Comunicação, Serviços disseminaçãoeletrónicos e formaçãoServiços de Gestão de apoio conteúdos
    • Serviços eletrónicosSítio Web Serviço pesquisa (antigo) Serviço pesquisa (novo) SFX Serviço Estatísticas Serviço gestão ocorrências
    • Infra-estruturas INTERNETSala de equipamentos 06 Sala de equipamentos 03 Se06 Se03 Metalib SFX/Juro4C SITE – www.b-on.pt Rede FC /SAN – 12Tb db01 (Oracle) db02 (MySQL)
    • DisponibilidadeServiço m1 m2 m3 m4 m5 m6 m7 m8 m9 m10 m11 m12 TotalPesquisa 99,8% 100,0% 100,0% 100,0% 100,0% 100,0% 100,0% 100,0% 100,0% 99,6% 100,0% 100,0% 99,9%Sfx 100,0% 100,0% 100,0% 100,0% 100,0% 99,2% 100,0% 100,0% 99,7% 99,1% 100,0% 100,0% 99,8%Sítio Web 100,0% 100,0% 100,0% 100,0% 100,0% 99,8% 100,0% 100,0% 100,0% 99,9% 100,0% 100,0% 100,0%Total 99,9% 100,0% 100,0% 100,0% 100,0% 99,7% 100,0% 100,0% 99,9% 99,5% 100,0% 100,0% 99,9% Disponibilidade média de 99,92%. Ficha técnica Período temporal 1 de Janeiro a 31 de Dezembro Período horário Expediente (9:00 - 18:00) Serviços b-on Backtrack archives 48 (4 por cada mês)
    • Serviço de pesquisa
    • Serviço de pesquisa Fevereiro de 2011 Dezembro de 2011 2010 2012 Início da Entrada emEstudo / seleção Consolidação implementação produção Workshop técnico - Dia 31 de Janeiro de 2013 – I.P. Leiria
    • Serviço de pesquisaJan 2012 Dez 2012 • Testes de usabilidade • SFX - Suporte para e-books • Upgrade do Primo para a versão 4 • Taxa de cobertura Suporte aos utilizadores
    • Serviço de pesquisaTipo de Acesso Recursosrecursos Gratuitos Pré- BioMed; Bioline; DOAJ; DOAB; Future indexados Science Group; Medline/Pubmed; Project Gutenberg: PLoS; Scielo; DialNet; RCAAP; Springer Open Pré- ACM; ACS (via CrossRef); AIP; AR; Elsevier; indexados IEEE; IOP; Nature; RSC; SAGE; SIAM; Springer; T&F; Wiley; Web of Science, All for All EBSCO ASC/BSC (indiretamente) Remotos Pré-indexados; ACS; WoK; Zentralblatt; BD EBSCO Pré- Cambridge; Emerald Some for indexados Some Remotos Blackwell; BD EBSCO Workshop técnico - Dia 31 de Janeiro de 2013 – I.P. Leiria
    • Análise compartiva ExLibris vs EBSCOAplicações Ex Libris Ebsco DescobertaLink Resolver Estatísticas Usage Consolidation
    • Serviço de estatísticas
    • Serviço de Estatísticas• Objetivos – Disponibilizar indicadores de utilização de recursos eletrónicos – Útil para: processos negociais, comunicação, disseminação e formação e análises/custo benefício.• Operação – Gestão das configurações da aplicação: recursos, instituições membro e controlo de acessos; – Operação da aplicação: carregamento manual de dados não SUSHI; – Controlo de qualidade – Produção de relatórios anuais• Nota 1: U-Stat é disponibilizada sem custos para clientes SFX• Nota 2: Solicitem login/pwd se ainda não têm acesso
    • Serviço de Estatísticas 1 novo fornecedor • Novas funcionalidades2011 2012 – 7 novos fornecedores (AIP, IEEE, Nature, RSC, Taylor, SIAM,Manual Upload SUSHI harvesting Wiley) – Cost usage reports (Janeiro 2012) • Desenvolvimento – Suporte para fornecedores em falta – Suporte para o formato COUNTER CR1 B-on members
    • Serviço de estatísticas• Notas em relação aos dados de 2012: – Há editoras que ainda não forneceram a totalidade dos dados de 2012; – Os carregamentos manuais só serão efetuados durante o mês de Fevereiro; – Controlo de qualidade.
    • Serviço de estatísticas 1 2 21. Metapress (Springer) – Dados duplicados em 2 linhas; 1 Nova linha para nova plataforma;2. SIAM – Dados até Julho Scitation; Restante na nova plataforma.
    • Sistema de ticketing - OTRS
    • Sistema de ticketing - OTRS Objetivos • Melhorar o serviço de apoio ao utilizador; • Gestão mais eficiente de recursos afetos ao projeto; • Melhoria de comunicação; • Suporte à decisão Funcionalidades • É uma ferramenta de Service / Help Desk • Regista e mantém o estado de pedidos de serviço; • Implementa um fluxo de notificações que melhora a comunicação interna e externa; • Permite implementar SLAs (Service Level Agreements) Tarefas • Interface self-service • Ativação de SLAs
    • Sistema de ticketing - OTRS• Níveis de serviço (SLAs) Contratado m1 m2 m3 m4 m5 m6 Níveis TR TC TR TC TR TC TR TC TR TC TR TC TR TC Todos 80% 80% 91,21% n/a 92,39% n/a 87,07% n/a 87,50% n/a 83,33% n/a 94,34% 96,23% Contratado mt7 m8 m9 m10 m11 m12 Níveis TR TC TR TC TR TC TR TC TR TC TR TC TR TC Todos 80% 80% 90,91% 86,36% 92,86% 90,48% 87,69% 93,85% 91,00% 80,00% 98,00% 91,00% 95,00% 85,00% 1 dia 2 dia 3 dia 4 dia 5 dia 6 dia 7 dia 8 dia 240 SLA Nível I 240 480 480 SLA Nível II 480 1440 960 SLA Nível III 960 2400 480 SLA Nível IV 960 2400 960 SLA Nível V 1920 3840
    • Mobilidade b-on
    • Mobilidade b-on• Disponíveis• Mudaram de plataforma • Em curso• Novos
    • Mobilidade b-on Implementações Shibboleth (all for all) 3 Implementado Em fase de conclusão3 Contactados 10 Não "compliants" 2
    • Mobilidade b-onLIBER (The Association ofEuropean Research Libraries),University of Amsterdam (NL)University Debrecen (HU)TERENA (leader).
    • Objetivos e Metodologia
    • Mobilidade b-on – Estudo - Destaques• an AAI for SDI should be built on standard technologies, using infrastructures such as eduGAIN, eduroam and EUDAT, and mechanisms to translate between various authentication and authorization technologies; and that federated access plays an important role;• to fully benefit from federated access, more funding is needed to improve the reach of national identity federations in research and education;• further research is needed to enhance authorization and accounting mechanisms;• a common policy and trust framework for identity management is needed, as well as clarity on data protection laws – these should be coordinated at European level;• relevant organizations such as EGI.eu, e-IRG, EUDAT, ESFRI projects, IGTF, REFEDS (Research and Education Federations), the European Commission and consortia of libraries and data centres should all work towards these goals.
    • Serviço de Preservação • Proteger o investimento assegurando o acesso aos conteúdos em caso de perda por motivos de força maior; • Assegurar o acesso de conteúdos subscritos aquando da saída de membros e a ex-membros; e • Assegurar o acesso a títulos transferidos.
    • Considerações finais ETAPAS• 2011 Estudo de soluções e seleção Pórtico• 2011 - Foi elaborado o Convite e Caderno de Encargos• 2012 – Fev - Processo de aprovisionamento• 2012 Abr-Jun - Configuração do serviço• 2012 Junho – Piloto 3 instituições, uma das quais ex-membro• 2012 Nov – Relatório• 2012 Nov-Dez – Sítio web, Tutoriais
    • Serviço de Preservação - Documentação
    • Atividades Comunicação, Serviços disseminaçãoeletrónicos e formaçãoServiços de Gestão de apoio conteúdos
    • Conteúdos Evolução conteúdos A4A30.00025.00020.00015.00010.000 5.000 0 e-journals e-books Proceedings 2011 18.089 21.730 13.802 2012 18.368 23.851 14.676 Nº de subscrições S4S 14 12 12 11 10 8 6 4 3 2 2 0 Blackwell CUP Emerald EBSCO
    • Perdas• No contexto das restrições orçamentais que o país atravessa, o MEC, enquanto organismo politicamente responsável pela b-on, promoveu, em articulação com a FCCN, contactos com as editoras no sentido de se acordar com elas uma redução do preço contratualmente estabelecido como contrapartida do acesso aos conteúdos disponibilizados.• No caso da ACS esse corte foi total em instituições com baixa utilização e parcial, ou seja, corte de acesso “apenas” a alguns dos conteúdos: – Legacy Archives, – Chemical Engineering News – Proceedings (PMSE).
    • Conteúdos1922 a 1996:7.4361997 a 2004: 5.4512005 - 3.0912006 - 3.3342007 - 3.4222008 - 3.506
    • Contratos• Até 2015: – Thomson Scientific, Springer, Elsevier, IEEE• Até 2014: – Taylor & Francis, Annual Reviews, ACM, IoP, AIP• Até 2013: – Nature, ACS, EBSCO, SIAM, SAGE, RSC• Pendente Wiley
    • Atividades Comunicação, Serviços disseminaçãoeletrónicos e formaçãoServiços de Gestão de apoio conteúdos
    • Visibilidade• Objetivo do programa de visibilidade: – tornar a imagem e a identidade do consórcio b-on visíveis junto dos utilizadores. – Efeito “secundário”: 1) contas estatísticas e 2) SFX configurado para todos os membros
    • Visibilidade• Os requisitos para a identificação do consórcio b-on nas páginas das editoras são constituídas por: – Logotipo b-on – Identificação da b-on e da instituição numa mensagem de boas-vindas ou com a indicação de que o acesso é fornecido pela b-on
    • Programa de visibilidadeIdentificação da b-on:Identificação no full-textBotão SFX
    • Programa de visibilidade b-on Consórcio Editora ID b-on logo b-on ID b-on no Botão 2011: Banner Full-text SFX • Das 18 apenas 1 nãoACM - Association Computing Machinery x x identifica o consórcioACS - American Chemical Society x x b-onAIP - American Institute of Physics x x x 2012:Annual Reviews x x x xCambridge x x x • 13 identificam b-onEbsco x x x • 1 sem qq requisitoElsevier x xEmerald x x xIEEE x x x xIOP - Institute of Physics x x xNature x xRSC - Royal Society of ChemistrySage x x x xSIAM x x xSpringer x x xTaylor & Francis x x x xWeb of Knowledge x x xWiley / Blackwell x x x
    • Formação
    • Tutoriais b-on
    • e-learning b-on
    • E-learning e tutoriaisOs módulos de e-learning tiveram um totalde 74.347 visualizações, com destaque parao módulo 5 relativo a realização depesquisas no novo sistema. Visualizações Visualizações de Página de Página Serviço de mobilidade 941 Únicas Apoio ao utilizador 705 / 26 673 Conteúdos 2.480 /mod5/Realizar pesquisas Estatísticas (acesso reservado) 84 14 028 - NOVO Total 4.210 /mod1/O que é a b-on? 6 314 /mod7/Gerir a área 4 711 pessoal - NOVO /mod4/Fontes de 4 470 Em 2012 foram também informação produzidos tutoriais através do /mod9/Área pessoal 4 127 Educast sobre os serviços b-on (anterior) /mod2/O que tem para si 4 108 no total de 4.210 visualizações /mod3/Conceitos essenciais 3 798 distribuídas da seguinte forma /mod8/Recursos b-on 3 375 /mod6/Pesquisar 2 743 periódicos
    • Formação Nº de acções de formação b-on - 2011/2012 25 Horas de formação 20 15 10 5 2011 0 Presencial 2012 Online Educasts Presencial Online Educasts2012 12 25 82011 23 20 11
    • Atividades Comunicação, Serviços disseminaçãoeletrónicos e formaçãoServiços de Gestão de apoio conteúdos
    • Indicadores – Serviço de apoio Nº de pedidos por fila - 2011/2012 900 800 700Nº de pedidos 600 500 400 300 200 100 2011 0 Info 2012 Helpdesk Suporte DT Info Helpdesk Suporte DT2012 165 810 662011 129 873 73
    • Indicadores – Serviço apoio Tipologia dos Pedidos de Serviço - 2012 106 120 92 100 72 69 80 59 52 60 48 44 41 37 35 33 29 40 25 25 25 25 23 21 19 17 17 15 15 14 13 12 11 10 20 9 8 7 5 4 2 1 1 0 0 0 0 0 0 0 0 1º Trim 2º Trim 3º Trim 4º Trim1 - Conteúdos (início ano)2 – Censo b-on3 – Problema sala técnica
    • Atividades Comunicação, Serviços disseminaçãoeletrónicos e formaçãoServiços de Gestão de apoio conteúdos
    • Outras atividades• SCOAP3 - Sponsoring Consortium for Open Access Publishing in Particle Physics – Consórcio mundial liderado pelo CERN – Open Access em High Energy Physics (HEP) – Modelo de contribuição baseado na produção – O artigos financiados pelo consórcio ficam em acesso aberto – Países Steering Committee • CERN, UK, US, GER, Italia, Portugal • CH, JP (observadores)
    • Quadro deliverablesNúmero Designação Execução D1 Disponibilização de estatísticas 2011 Ok D2 Boletim estatístico b-on 2011 Ok D3 Plano de formação 2012 Ok D4 Preservação – Aprovisionamento e implementação Ok D5 Estudo usabilidade novo serviço de pesquisa Ok D6 Kit insource serviço eletrónicos ML/SFX Ok D7 Nova serviço de pesquisa – Actualização e balanço Ok D8 Piloto com fornecedor alternativo Ok D9 Programa visibilidade Ok D10 Preservação (Relatório de Implementação) Ok D11 Relatório de formação RA D12 Relatório Mobilidade b-on RA D13 Sítio web para Editores Ok D14 Renovação de licenças Ok
    • Indicadores
    • Evolução Instituições MembroInstituição 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012Universidades 18 18 18 19 19 18 17 19 19Politécnicos 16 21 22 22 22 21 21 22 23Laboratórios 14 13 13 13 12 14 14 15 15Org.Administração Pública - 8 9 10 9 8 8 7 7Org. Sem Fins Lucrativos - 3 3 3 3 4 2 2 1Hospitais - 1 9 8 7 7 7 5 5Totais 48 69 74 75 72 72 69 70 70 Out: RECET IN: Isvouga
    • Indicadores - Downloads globais Donwloads 9.000.000 8.000.000 7.000.000 6.000.000 5.000.000 4.000.000 3.000.000 2.000.000 1.000.000 0 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Anos Downloads 4.314.588 5.290.933 5.991.539 6.861.750 7.779.654 7.906.456Fonte: editoras 2012: Estimativa
    • Indicadores - Sazonalidadenº downloads 900.000 800.000 700.000 600.000 500.000 400.000 300.000 200.000 100.000 0 Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez mês 2007 2008 2009 2010 2011
    • Indicadores – tipologia e fornecedor Número de downloads por tipologia de instituição Instituição 2007 2008 2009 2010 2011 Universidades 3.555.613 4.412.674 4.944.681 5.256.339 6.299.641 Politécnicos 316.681 417.895 480.244 558.474 644.348 Laboratórios 237.598 267.358 346.049 335.932 398.608 Organismos da Administração Pública 36.828 30.659 35.841 69.658 90.586 Organizações Sem Fins Lucrativos 11.344 7.414 13.647 10.266 10.842 Hospitais 145.184 154.933 171.077 194.580 88.321 Totais 4.303.248 5.290.933 5.991.539 6.425.249 7.532.346Número de downloads por tipologia de instituição % 1% Universidades Dws - % fornecedor 5% 1% 0% 1% 0% 1%9% Politécnicos 2% 2% 2% 3% Elsevier EBSCO 5% Laboratórios IEEE 8% Springer 10% Wiley Organismos da Administração Pública 54% ACS T&F Organizações Sem Fins 10% AIP 84% Lucrativos 2% RSC Hospitais ACM Annual Reviews Nature Outras editoras
    • Indicadores – Serviço de apoio 1º Trim 2º Trim 3º Trim 4º Trim Total nº pedidos tx integral 832.624 777.617 504.576 903.164 3.017.981 nº pedidos com origem no RCAAP 2.809 331 100 2.713 5.953 2012 nº pedidos com origem no Google Scholar 97.012 89.891 64.582 85.489 336.974 nº pedidos tx integral 171.606 511.808 379.118 723.187 1.785.719 nº pedidos com origem no RCAAP 7.064 10.123 10.009 45.145 72.341 2011 nº pedidos com origem no Google Scholar 12.264 77.564 56.856 82.333 229.0173.017.981 pedidos de texto integral a partir do SFX. Quase o dobro de 2011.
    • Indicadores – Sítio Web
    • Serviço de pesquisa 2012 - Primo Novo 2011 - MetalibAnterior
    • Serviço de pesquisa Nº de pesquisas no novo sistema - Ano 2012 500.000 450.000 400.000Nº de Pesquisas 350.000 300.000 250.000 200.000 150.000 100.000 50.000 - JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ Remotas 36.483 28.670 40.499 28.620 31.191 25.420 18.988 9.612 18.006 39.965 35.500 3.360 Indexadas 202.20 189.91 308.47 250.70 309.65 229.53 163.92 96.395 200.05 459.89 425.75 280.39 3.5 milhões de pesquisas menos de 10% das quais remotas.
    • Análise crítica
    • Análise crítica• Insource gestão e operação serviços eletrónicos bem sucedida (efeito colateral diminuição da capacidade de engenharia)• Cancelamento de instituições de ensino superior, hospitais, laboratórios e organizações sem fins lucrativos• Ferramenta de estatísticas não está preparada necessidades novo modelo• Novo sistema de pesquisa com feedback positivo e utilização significativa• Serviço de preservação é bom ponto de partida mas não resolve todas as necessidades• Confirma-se resultados positivos do novo modelo de formação