Datação relativa ESCOLA E.B. 2/3 CIDADE DE CASTELO BRANCO Ciências Naturais – 7ºano Prof. Teresa Condeixa Monteiro - 2006/...
Datação relativa <ul><li>Este método foi o primeiro a ser desenvolvido; </li></ul><ul><li>Não depende do desenvolvimento t...
Datação relativa <ul><li>Consiste em definir uma ordem, em que se estabelece a datação de um fenómeno em relação a um outr...
Datação relativa <ul><li>Para determinar as idades relativas são utilizados os  princípios estratigráficos : </li></ul><ul...
Princípio da identidade paleontológica <ul><li>Se os estratos possuírem a mesma associação de fósseis podemos concluir, qu...
Princípio da continuidade dos estratos Os estratos que se correspondem em cada uma das séries são da mesma idade.  O  estr...
Princípio da intersecção e princípio da inclusão <ul><li>Sempre que uma estrutura é intersectada por outra </li></ul><ul><...
Bibliografia <ul><li>http://www.ufrgs.br/geociencias/cporcher/Atividades%20Didaticas_arquivos/Geo02001/Tempo%20Geologico.h...
 
 
<ul><li>FIM </li></ul>
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Idade Relativa 2 Princípio de Estratigrafia

3,561 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,561
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
19
Actions
Shares
0
Downloads
149
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Idade Relativa 2 Princípio de Estratigrafia

  1. 1. Datação relativa ESCOLA E.B. 2/3 CIDADE DE CASTELO BRANCO Ciências Naturais – 7ºano Prof. Teresa Condeixa Monteiro - 2006/2007
  2. 2. Datação relativa <ul><li>Este método foi o primeiro a ser desenvolvido; </li></ul><ul><li>Não depende do desenvolvimento tecnológico; </li></ul><ul><li>Depende da observação e interpretação dos estratos; </li></ul><ul><li>Permite estabelecer a sucessão temporal das rochas de uma região; </li></ul>
  3. 3. Datação relativa <ul><li>Consiste em definir uma ordem, em que se estabelece a datação de um fenómeno em relação a um outro; </li></ul><ul><li>Não indica o tempo exacto em que um determinado acontecimento ocorreu. </li></ul>
  4. 4. Datação relativa <ul><li>Para determinar as idades relativas são utilizados os princípios estratigráficos : </li></ul><ul><ul><li>Princípio da horizontalidade original ; </li></ul></ul><ul><ul><li>Princípio da sobreposição dos estratos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Princípio da identidade paleontológica ; </li></ul></ul><ul><ul><li>Princípio da continuidade dos estratos . </li></ul></ul><ul><ul><li>Princípio da intersecção dos estratos . </li></ul></ul>
  5. 5. Princípio da identidade paleontológica <ul><li>Se os estratos possuírem a mesma associação de fósseis podemos concluir, que se formaram: </li></ul><ul><ul><li>mais ou menos ao mesmo tempo; </li></ul></ul><ul><ul><li>em áreas com ambientes semelhantes. </li></ul></ul>
  6. 6. Princípio da continuidade dos estratos Os estratos que se correspondem em cada uma das séries são da mesma idade. O estrato 2 da série A é da mesma idade do estrato 2 da série B.
  7. 7. Princípio da intersecção e princípio da inclusão <ul><li>Sempre que uma estrutura é intersectada por outra </li></ul><ul><li>a que intersecta é mais recente. </li></ul>
  8. 8. Bibliografia <ul><li>http://www.ufrgs.br/geociencias/cporcher/Atividades%20Didaticas_arquivos/Geo02001/Tempo%20Geologico.htm#_Toc42676803 </li></ul><ul><li>http://pt.wikipedia.org/wiki/Geologia </li></ul><ul><li>http://web.educastur.princast.es/proyectos/biogeo_ov/index.htm </li></ul><ul><li>Estes sites foram visitados dia 22/02/07 </li></ul>
  9. 11. <ul><li>FIM </li></ul>

×