Suse Real Virtual

236 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
236
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Suse Real Virtual

  1. 1. Escola EB 2,3 Sá Couto<br />Nome : Suse Mara Alves Rodrigues Ribeiro 8º ano<br />Professora: Liliana Monteiro<br />Olá! O meu nome é Real Virtual. A minha família e os meus amigos conhecem-me por Real, já para a malta dos chats e dos jogos, na Internet, sou simplesmente o Virtual. Como Real, sou pequeno, moreno, tímido, mas como Virtual faço de conta que sou alto, loiro, divertido… Sou chefe de uma organização da qual o objectivo é sacar fortunas a quem consiga aceder a sua conta no banco, faço-o pela Internet, também marco encontros pelos chats e depois vou eu e alguns membros da minha organização para raptar as pessoas e tentar ganhar o máximo de dinheiro com isso. Muita gente ganha a vida como eu, mas é preciso ser esperto. Vou contar um episódio que me aconteceu recentemente.<br />Estava no chat a seleccionar a minha próxima vítima quando meteram conversa comigo, era uma rapariga que dizia querer conhecer-me, mandou-me o correio electrónico dela para falarmos mais a vontade, eu pedi-lhe uma fotografia, quando a vi fiquei de boca aberta, era muito bonita. Comecei a ser meigo com ela e a tentar seduzi-la, durante alguns meses falamos com muita frequência atreves da internet e fui ganhado a confiança dela, inventei uma historia: disse vinha de uma família com algumas dificuldades, a minha mãe tinha cancro e o meu pai tinha-se suicidado, tinha dois irmãos menores e que precisava de dinheiro para comprar comida e medicamentos... Durante o tempo que fui falando com ela consegui que acreditasse em mim e que se apaixona-se. Sabia que a família dela tinha bens, o pai era empresário e a mãe médica, sabia onde viviam e todas as suas rotinas. Toda esta informação foi conseguida ao longo deste tempo até que chegou o dia em que disse que estava muito apaixonado por ela e que me queria encontrar com ela pessoalmente mas num sitio romântico e isolado para que tivéssemos privacidade. Pedi-lhe para nos encontrarmos na praia e para que não contasse a ninguém para que fosse mais excitante.<br />4339590512445 Quando ela apareceu, eu e os da organização já estávamos á espera, ela veio ter comigo e os meus ajudantes estavam escondidos nas dunas, convidei-a para dar um passeio ao longo da praia e nos sentarmos perto do mar, ao passarmos as dunas os meus companheiros agarraram-na, meteram-na no carro e drogaram-na. Ameaçamo-la de morte, demos-lhe uma coça e forçamos a rapariga a levantar a quantia máxima de dinheiro possível. Conseguimos dois levantamentos, um nesse dia a noite e outro no dia seguinte depois da meia noite, de seguida abandonamo-la amarrada, num pinhal, eu tinha-a ameaçado que se ela me identificasse a mandava matar. Com este golpe conseguimos mais uma boa quantia e alguns objectos pessoais de valor. Já tenho a próxima vitima em mira, talvez para a semana a consiga convencer a encontrar-se comigo… A internet é um óptimo meio para me envolver com as pessoas e conseguimos convence-las a fazer quase tudo, contam-nos as suas rotinas, dão-nos contactos, fazemo-las acreditar em tudo o que quisermos… <br />

×