Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Modelagem de Dados UML para WEB Faculdade Inforium de Tecnologia
UML para WEB História :   UML  começou a ser definida a partir de uma tentativa de Jim Rumbaugh e Grady Booch de combinar ...
Criadores da UML Os três “amigos”
<ul><li>Evolução da UML: </li></ul>Fig.1 Evolução da UML - Eloi Rocha Neto
<ul><li>DEFINIÇÃO: </li></ul><ul><li>UML  – Significa “Linguagem de Modelagem  Unificada”. A UML é uma linguagem gráfica p...
<ul><li>USO DA UML : </li></ul><ul><li>A  UML  é utilizada em diversos tipos de sistemas, ela abrange todas as fases desde...
<ul><li>Fig. 2  - Eloi Rocha Neto </li></ul>UML para WEB
<ul><li>Também conhecida como:  WAE  -  Web Aplication Extension ( Mecanismo de Extensão da  UML ).  Um mecanismo de exten...
<ul><li>ESTEREÓTIPO  ( Stereotype ) = Definição de novos elementos a partir de outros já existentes. Dentro de uma UML dev...
Exemplos de como são distribuídos os Estereótipos, Restrições e Valores Rotulados Fig.2 mecanismo de extensão WAE - Eloi R...
<ul><li>SERVE PAGE:  </li></ul><ul><li>Página  Web  que possui scripts executados no servidor, relacionamento apenas com o...
<ul><li>CLIENTE PAGE:  </li></ul><ul><li>Página  Web  exibida em formato  HTML . Os valores rotulados são o título da pági...
<ul><li>CLIENTSCRIPT:  </li></ul><ul><li>Coleção de scripts executados  do lado do cliente, ficam armazenados em arquivos ...
<ul><li>IMPUT : Atributo de um formulário, representado pela  tag   HTML   <imput> . Os valores rotulados podem ser os tip...
<ul><li>PÁGINAS WEB : É uma página que retorna um documento formatado no padrão  HTML  para o cliente. Não existem restriç...
Fig.3  Modelos de Diagrama  Eloi Rocha Neto Modelos de Diagrama
<ul><li>CLASSES DE NEGÓCIOS  (INFORMAÇÖES LÓGICAS) </li></ul><ul><ul><li>Inclui a funcionalidade lógica, seus objetos util...
<ul><li>CLASSES DE INTERFACE  (OBJETOS TÉCNICOS) </li></ul><ul><ul><li>Inclui uma funcionalidade que é diretamente depende...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Uml Para Web

4,517 views

Published on

Developed in www.inforium.com.br
Bacharelado em Sistemas de Informação
Brasil - MG
Sergeduardo

Published in: Technology
  • Be the first to comment

Uml Para Web

  1. 1. Modelagem de Dados UML para WEB Faculdade Inforium de Tecnologia
  2. 2. UML para WEB História : UML começou a ser definida a partir de uma tentativa de Jim Rumbaugh e Grady Booch de combinar dois métodos populares de modelagem orientada a objeto: Booch e OMT ( Object Modeling Language ). Mais tarde, Ivar Jacobson, o criador do método Objectory , uniu-se aos dois, para a concepção da primeira versão da linguagem UML ( Unified Modeling Language ).
  3. 3. Criadores da UML Os três “amigos”
  4. 4. <ul><li>Evolução da UML: </li></ul>Fig.1 Evolução da UML - Eloi Rocha Neto
  5. 5. <ul><li>DEFINIÇÃO: </li></ul><ul><li>UML – Significa “Linguagem de Modelagem Unificada”. A UML é uma linguagem gráfica padrão para a elaboração da estrutura de projetos complexos de software, pode ser empregada para visualizar, especificar, construir e documentar os artefatos de sistemas de software. </li></ul><ul><li>Vale a pena dizer que a UML é muito mais que a padronização de um notação, é o desenvolvimento de novos conceitos. Por essa razão entender UML não é apenas aprender a ler uma simbologia, mais significa aprender a modelar orientando a objetos. </li></ul>UML para WEB
  6. 6. <ul><li>USO DA UML : </li></ul><ul><li>A UML é utilizada em diversos tipos de sistemas, ela abrange todas as fases desde a especificação de requisitos até a fase de testes. Mas qual o objetivo da UML ? </li></ul><ul><li>O objetivo da UML é descrever qualquer tipo de sistema, em termos de diagrama orientados a objetos. </li></ul>UML para WEB
  7. 7. <ul><li>Fig. 2 - Eloi Rocha Neto </li></ul>UML para WEB
  8. 8. <ul><li>Também conhecida como: WAE - Web Aplication Extension ( Mecanismo de Extensão da UML ). Um mecanismo de extensão é algo que permite aos usuários refinamento de sintaxe e semântica para projetos específicos, no nosso caso WEB . Isto inclui: </li></ul><ul><ul><li>Estereótipos </li></ul></ul><ul><ul><li>Restrições </li></ul></ul><ul><ul><li>Valores Rotulados. </li></ul></ul>Modelagem para WEB
  9. 9. <ul><li>ESTEREÓTIPO ( Stereotype ) = Definição de novos elementos a partir de outros já existentes. Dentro de uma UML deve ser apresentado entre os caracteres << >> . </li></ul><ul><li>RESTRIÇÕES ( Constraint ) = Regras pertinentes aos elementos e propriedades. </li></ul><ul><li>VALORES ROTULADOS ( Tagged Value ) = Novas propriedades para elementos já existentes. </li></ul>UML para WEB
  10. 10. Exemplos de como são distribuídos os Estereótipos, Restrições e Valores Rotulados Fig.2 mecanismo de extensão WAE - Eloi Rocha Neto UML para WEB
  11. 11. <ul><li>SERVE PAGE: </li></ul><ul><li>Página Web que possui scripts executados no servidor, relacionamento apenas com objetos do servidor. Os valores rotulados são as linguagens que executam ou interpretam a página. Esta classe é a abstração lógica de uma página Web como visto pelo servidor. A página de servidor, uma pagina Web que suporta processamento pelo servidor de aplicação Web tem relacionamentos com componentes do servidor: banco de dados, componentes da camada intermediaria e assim por diante. </li></ul>Classes no WAE
  12. 12. <ul><li>CLIENTE PAGE: </li></ul><ul><li>Página Web exibida em formato HTML . Os valores rotulados são o título da página. URL absoluta e os atributos da tag HTML . </li></ul><ul><li>FORMULÁRIO: </li></ul><ul><li>Coleção de campos de entrada de dados, os formulários fazem parte de uma client page . O valor rotulado é o método utilizado para submeter dados. </li></ul>UML para WEB
  13. 13. <ul><li>CLIENTSCRIPT: </li></ul><ul><li>Coleção de scripts executados do lado do cliente, ficam armazenados em arquivos do tipo < include > </li></ul><ul><li>ASSOCIAÇÕES NO WAE: </li></ul><ul><li>Considerando e listando as mais importantes. </li></ul><ul><li>LINK: Ponteiro de uma client page para outra página. Os valores rotulados são os nomes dos parâmetros que são passados durante a requisição da página </li></ul><ul><li>SUBMIT: Relaciona um formulário com uma server page . Os valores rotulados são os nomes dos parâmetros que são passados durante a requisição da página </li></ul>UML para WEB
  14. 14. <ul><li>IMPUT : Atributo de um formulário, representado pela tag HTML <imput> . Os valores rotulados podem ser os tipos de controle, tamanho e número máximo de caracteres. </li></ul><ul><li>SELECT : Atributo de um formulário, representado pela tag HTML <select> . Os valores rotulados são os números dos itens que serão mostrados. </li></ul><ul><li>TEXT AREA : Atributo de um formulário, representado pela tag HTML <textarea> . Os valores rotulados são linhas e colunas. </li></ul>Atributos no WAE
  15. 15. <ul><li>PÁGINAS WEB : É uma página que retorna um documento formatado no padrão HTML para o cliente. Não existem restrições. O valor para rótulo é o caminho que especifica a página no servidor Web . </li></ul><ul><li>PÁGINA ASP : É uma página Web que contém ASP ( Active Serve Pages ). Não existem restrições. O valor de rótulo é o caminho que especifica a página no servidor Web . </li></ul><ul><li>BIBLIOTECA DE SCRIPTS : É um conjunto de rotinas ou funções que podem ser incluídos em páginas Web . Não existem restrições. O valor de rótulo é o caminho que especifica a página no servidor. </li></ul>Componentes no WAE
  16. 16. Fig.3 Modelos de Diagrama Eloi Rocha Neto Modelos de Diagrama
  17. 17. <ul><li>CLASSES DE NEGÓCIOS (INFORMAÇÖES LÓGICAS) </li></ul><ul><ul><li>Inclui a funcionalidade lógica, seus objetos utilizam dados que devem estar disponíveis por longos períodos de tempo. Exemplos: Cliente, Produto e Funcionário. </li></ul></ul><ul><li>CLASSES DE CONTROLE (PROCESSOS/ALGORITMOS) </li></ul><ul><ul><li>Inclui uma funcionalidade que não pode ser atribuída às classes de interface nem às classes de negócio. Exemplos: Cotação, Liquidação </li></ul></ul>UML para WEB
  18. 18. <ul><li>CLASSES DE INTERFACE (OBJETOS TÉCNICOS) </li></ul><ul><ul><li>Inclui uma funcionalidade que é diretamente dependente do ambiente de sistema, altera as entradas do ator nos eventos do sistema, apresenta as saídas. Exemplos: Janela, menu. Altera as entradas do ator nos eventos do sistema. </li></ul></ul><ul><li>ATRIBUTOS </li></ul><ul><ul><li>Descrevem as características dos objetos.Podem possuir valor default. </li></ul></ul><ul><li>OPERAÇÕES </li></ul><ul><ul><li>Manipulam os atributos, definem os serviços que a classe pode oferecer, as operações pertencem às classes e somente podem ser aplicadas aos objetos da classe. </li></ul></ul>UML para WEB

×