Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

ScholarOne e os critérios SciELO (III Curso de Atualização SciELO-ScholarOne)

150 views

Published on

O III Curso de Atualização SciELO-ScholarOne será realizado no dia 18 de Agosto de 2017 no Auditório Governador Carlos Alberto de Carvalho Pinto da FAPESP, em São Paulo. Daremos sequência às experiências bem sucedidas das edições realizadas em 2015 e 2016. O curso é parte integral do programa de aperfeiçoamento dos periódicos SciELO.

Já são 130 periódicos da Coleção SciELO Brasil que utilizam o sistema, alguns há mais de 5 anos. Desde então, vários periódicos passaram por mudanças em suas equipes ou políticas​ editoriais. Ao mesmo tempo, novos recursos foram inseridos no sistema ScholarOne. O curso tem o propósito de atualizar e nivelar o conhecimento entre as equipes editoriais dos periódicos. ​O Programa SciELO / FAPESP realiza um grande investimento para disponibilizar este serviço e a expectativa é alcançar o melhor uso possível do serviço.

A programação será elaborada com base nas linhas de ação SciELO de Profissionalização, Internacionalização e Sustentabilidade, e abordará conteúdos avançados sobre o uso do sistema ScholarOne, boas práticas, erros comuns, resolução de problemas, dicas de uso, dentre outros.

O conteúdo do curso estará alinhado com os critérios de admissão e permanência na Coleção SciELO Brasil (Setembro/2014) e de que forma o ScholarOne pode ser configurado para ajudar a atendê-los. Os Critérios SciELO Brasil exigem que todos os periódicos indexados devem processar a avaliação dos manuscritos online com um sistema ou serviço próprio ou contratado que atenda os requisitos do SciELO na produção de estatísticas sobre o fluxo de processamento de artigos, como são o número de manuscritos recebidos, porcentagem de rejeitados imediatamente, porcentagem de aprovados após avaliação por editores associados e pareceristas, afiliação nacional e estrangeira dos autores, editores e pareceristas envolvidos. Além do ScholarOne, o SciELO disponibiliza para os periódicos indexados o sistema de submissão OJS (Sistema SciELO de Publicação).

Por fim e não menos importante, o curso promoverá a troca de experiências entre as equipes editoriais dos periódicos participantes que abrangem diferentes áreas do conhecimento.

A presença dos membros do corpo editorial e dos profissionais da equipe editorial é muito importante para que o periódico possa tirar um maior proveito do sistema ScholarOne.

Published in: Science
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

ScholarOne e os critérios SciELO (III Curso de Atualização SciELO-ScholarOne)

  1. 1. SCHOLARONE E OS CRITÉRIOS SciELO Alex Mendonça alex.mendonca@scielo.org
  2. 2. AGENDA • Análise do tempo médio de tramitação 2015/2016 • Persistência e normalização de dados – ORCID • Persistência e normalização de dados – Afiliação • Persistência e normalização de dados – FundRef
  3. 3. AGENDA • Análise do tempo médio de tramitação 2015/2016 • Persistência e normalização de dados – ORCID • Persistência e normalização de dados – Afiliação • Persistência e normalização de dados – FundRef
  4. 4. ANÁLISE DO TEMPO MÉDIO DE TRAMITAÇÃO • 69 periódicos analisados; – Foram considerados apenas os periódicos que já estavam utilizando o ScholarOne em 01/01/2015. • Foi feito um comparativo do tempo de tramitação das submissões com decisão final entre 2015 e 2016; • 24 periódicos apresentaram redução do tempo de tramitação; • 45 periódicos apresentaram aumento do tempo de tramitação; • Data da coleta: 10/08/2017.
  5. 5. ANÁLISE DO TEMPO MÉDIO DE TRAMITAÇÃO Periódicos que diminuíram o tempo de tramitação entre 2015 e 2016 Periódicos que aumentaram o tempo de tramitação entre 2015 e 2016 Média: 15.8% Média: 30.4%
  6. 6. REDUÇÃO DO TEMPO DE TRAMITAÇÃO Periódico Redução de tempo: 1. Revista Brasileira de Educação Especial 50.3% 2. Radiologia Brasileira 33.4% 3. Escola Anna Nery 32.2% 4. Biota Neotropica 27.7% 5. Revista de Administração Contemporânea 25.0% 6. Brazilian Journal of Medical and Biological Research 23.7% 7. Revista Brasileira de Meteorologia 22.8% 8. Psicologia USP 20.8% 9. Ciência & Saúde Coletiva 20.6% 10. Physis: Revista de Saúde Coletiva 18.9% 11. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz 16.6% 12. Scientia Agricola 14.5% 13. International Braz J Urol 13.3% 14. Brazilian Oral Research 12.7% 15. Arquivos Brasileiros de Oftalmologia 9.9% 16. Crop Breeding and Applied Biotechnology 8.2% 17. BAR. Brazilian Administration Review 8.1% 18. REM - International Engineering Journal 6.3% 19. Revista da Escola de Enfermagem da USP 5.2% 20. Anais da Academia Brasileira de Ciências 3.5% 21. CoDAS 2.2% 22. Arquivos do Instituto Biológico 1.4% 23. Acta Botanica Brasilica 1.1% 24. Jornal Vascular Brasileiro 0.4%
  7. 7. AGENDA • Análise do tempo médio de tramitação 2015/2016 • Persistência e normalização de dados – ORCID • Persistência e normalização de dados – Afiliação • Persistência e normalização de dados – FundRef
  8. 8. PERSISTÊNCIA E NORMALIZAÇÃO DE DADOS – ORCID • Todos os periódicos SciELO que utilizam o ScholarOne estão atualmente coletando o registro ORCID dos pesquisadores. – Preenchimento opcional para a maioria dos periódicos; – Preenchimento obrigatório para o autor que faz a submissão adotado por 4 periódicos: 1. Acta Paulista de Enfermagem 2. Nauplius 3. Neotropical Ichthyology 4. Revista Brasileira de Obstetrícia e Ginecologia • Os registros ORCID coletados no ScholarOne devem ser publicados no artigo final; • SciELO Publishing Schema (SPS) já está preparado para receber e tratar o dado do registro ORCID dos autores.
  9. 9. PERSISTÊNCIA E NORMALIZAÇÃO DE DADOS – ORCID • Se devidamente identificados no XML, o dados são exibidos no site SciELO junto aos autores:
  10. 10. AGENDA • Análise do tempo médio de tramitação 2015/2016 • Persistência e normalização de dados – ORCID • Persistência e normalização de dados – Afiliação • Persistência e normalização de dados – FundRef
  11. 11. PERSISTÊNCIA E NORMALIZAÇÃO DE DADOS – AFILIAÇÃO • De forma semelhante, as afiliações padronizadas com o selo do Ringgold devem ser publicadas no artigo final; • Nomes de instituições não devem ser traduzidos; • Facilita a marcação do metadado no XML; • Índices bibliométricos mais precisos e enriquecidos; • Persistência dos dados e normalização. Entrada Saída
  12. 12. PERSISTÊNCIA E NORMALIZAÇÃO DE DADOS – AFILIAÇÃO
  13. 13. AGENDA • Análise do tempo médio de tramitação 2015/2016 • Persistência e normalização de dados – ORCID • Persistência e normalização de dados – Afiliação • Persistência e normalização de dados – FundRef
  14. 14. • As regras aplicam-se também para as informações de fomento da submissão, coletadas por meio do FundRef no ScholarOne. – Esses dados, já padronizados por meio interoperabilidade com outras bases e serviços, precisam estar consistentes com a publicação final. PERSISTÊNCIA E NORMALIZAÇÃO DE DADOS – FUNDREF
  15. 15. COMO OBTER ESSES DADOS? • Tags de e-mail podem ser incluídas no template de exportação do artigo aceito: – ##DOCUMENT_AUTHORS_FULLNAME_ORCID## – recupera o registro ORCID de todos os autores da submissão – ##DOCUMENT_AUTHORS_INSTITUTIONS## – recupera as instituições (validadas pelo Ringgold ou não) de todos os autores – ##FUNDREF## – Recupera as informações de fomento da submissão • Esses dados devem então serem inseridos no documento para a marcação do XML SciELO.
  16. 16. COMO OBTER ESSES DADOS? Localizado em E-mail Templates -> System E-mails -> Manuscript Exported Via E-Mail

×