Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Cyberbullying ApresentaçãO

3,875 views

Published on

Published in: Education, Travel, Technology

Cyberbullying ApresentaçãO

  1. 2. <ul><li>Literacia Tecnológica </li></ul><ul><li>Infoinclusão </li></ul><ul><li>Competências de utilização </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>Funcionalidade </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Segurança </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Consciência </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Espírito Crítico </li></ul></ul></ul></ul>Desafios actuais…
  2. 3. <ul><li>Bullying </li></ul><ul><li>Actos de violência física ou psicológica, premeditados, intencionais e repetidos, com a intenção de magoar ou humilhar outro </li></ul><ul><li>Cyberbullying </li></ul><ul><li>Exercer bullying utilizando ferramentas tecnológicas: </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>SMS </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Emails </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Chats </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Mensagens instantânteas </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Blogs e fotoblogs </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Sites </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>… </li></ul></ul></ul></ul>(Cyber)Bullying…
  3. 4. <ul><li>Dada a mediatização e visibilidade do bullying </li></ul>Existem dados que afirmam que este tem aumentado… Outros que afirmam que este tem diminuído…
  4. 5. Será mesmo assim???
  5. 6. <ul><li>Verifica-se que…. </li></ul>A forma de concretização alterou-se Mas a dimensão do fenómeno permanece constante…
  6. 7. <ul><li>Agressão </li></ul><ul><li>Brincadeira </li></ul><ul><li>(Cyber)Bullying </li></ul>Distinguindo…
  7. 8. O (Cyber) bullying é uma acção intencional , consciente e repetitiva
  8. 9. <ul><li>Telemóvel (chamadas e sms) </li></ul><ul><li>Usurpação e/ou falsificação de identidade ou dados pessois </li></ul><ul><li>Divulgação de fotografias expositivas ou montagens, com o intuito de denegrir a imagem do outro </li></ul><ul><li>E-mails ameaçadores ou humilhantes </li></ul><ul><li>… </li></ul>Concretização…
  9. 10. <ul><li>R é uma jovem de 16 anos com largas centenas de contactos no Hi5, que de repente foi confrontada com constantes telefonemas. Veio a descobrir que as suas fotos se mantinham intactas, só que acompanhadas de mensagens descontextualizadas de cariz sexual. </li></ul><ul><li>Os textos terminavam com o seu número de telemóvel. R vivia aterrorizada que os colegas da escola descobrissem esse falso perfil, tratado por alguém que desconhecia, mas que tinha acesso ao seu contacto e informações pessoais. </li></ul>
  10. 11. O J é um jovem de 17 anos muito bom aluno e com uma grande apetência e competência no domínio informático. Durante 3 namorou M, uma jovem de 16 anos. Na altura do Natal terminaram a relação, devido a uma traição de M. O J reagiu muito mal a toda a situação e acabou por, num momento de raiva, escrever um e-mail anónimo a inúmeros contactos, relatando pormenores da sua relação com M, alguns destes nunca tendo existido. Entrou no seu fotoblog e introduziu fotografias manipuladas, onde M estava praticamente nua. Tudo aconteceu numa tarde de raiva. Durante a noite, J sentiu-se muito mal com a situação e voltou ao computador na tentativa de reparar o sucedido…
  11. 12. <ul><li>É um fenómeno pouco estudado </li></ul><ul><li>É muito difícil identificar e punir o agressor </li></ul><ul><li>A intensidade e amplitude do seu impacto é incontrolável e irreversivel </li></ul><ul><li>Impacto psicológico na vítima </li></ul>O que potencia o Cyberbullying?
  12. 13. <ul><li>Porque será a internet um meio privilegiado e cativante de comunicação? </li></ul><ul><ul><li>Sempre presente e disponível </li></ul></ul><ul><ul><li>Aceitante </li></ul></ul><ul><ul><li>O amigo ideal </li></ul></ul><ul><ul><li>Sem forma, sem rosto </li></ul></ul><ul><ul><li>Anónimo </li></ul></ul><ul><ul><li>“ Por detrás do espelho” </li></ul></ul>Importante compreender…
  13. 14. <ul><li>Transmitir às crianças e jovens, o mais precocemente possível, a importância da protecção dos dados pessoais (próprios, amigos e família); </li></ul><ul><li>Conversar aberta e espontaneamente: </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>Benefícios e potencias da tecnologia </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Perigos sobre os perigos da utilização inadequada da internet é fundamental; </li></ul></ul></ul></ul>Fundamental…
  14. 15. <ul><li>Pedir ajuda aos jovens para responderem a dúvidas sobre as novas tecnologias; </li></ul><ul><li>Colocar o computador num local onde possa ser utilizada por todos; </li></ul><ul><li>Estabelecer horários de utilização; </li></ul>Fundamental…
  15. 16. <ul><li>Utilização das novas tecnologias </li></ul><ul><ul><ul><li>Diferenciada </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Contextualizada </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Regulada </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Informada </li></ul></ul></ul>Fundamental…
  16. 17. <ul><li>Os perigos e desafios actuais têm contornos diferentes, mas a mensagem será a mesma que foi veiculada pelas gerações anteriores </li></ul><ul><li>As práticas de segurança e cuidado são e devem ser intemporais… </li></ul>Actualmente…
  17. 18. <ul><li>“ Não fales com estranhos!” </li></ul><ul><li>“ Não abras a porta sem saber quem é!” </li></ul><ul><li>“ Não recebas ofertas de desconhecidos!” </li></ul><ul><li>“ Cuidado com as más companhias!” </li></ul><ul><li>“ Não apanhes boleia com desconhecidos!” </li></ul>
  18. 19. <ul><li>Cyberbulling: um fenómeno sem rosto </li></ul><ul><li>Prevenção fundamental: informação como o melhor meio de prevenção </li></ul><ul><li>Antecedente e consequente das novas formas de comunicar e de interagir </li></ul>Reflectindo…
  19. 20. http://www.seguranet.pt http://www.jovensonline.net http://www.wildwebwoods.org http://www.cyberbullying.org Sara Brandão [email_address]
  20. 21. OBRIGADO PELA ATENÇÃO

×