Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Brincadeiras 4 d dislexia disortografia disgrafia discalculia

11,762 views

Published on

PLAYtalks é uma iniciativa da pimpumplay, com o objetivo de refletir e discutir sobre os papéis que o jogo e o brincar podem assumir nas nossas vidas. Tem uma ideia partilhar? Envie-nos uma proposta: dianacionaldobrincar@pimpumplay.pt

Published in: Education

Brincadeiras 4 d dislexia disortografia disgrafia discalculia

  1. 1. BRINCADEIRAS 4D Dislexia | Disgrafia | Disortografia | Discalculia por Diana T. Coelho www.pimpumplay.pt www.facebook.com/pimpumplay
  2. 2. BRINCADEIRAS 4D Dislexia | Disgrafia | Disortografia | Discalculia Diana Tereso Coelho
  3. 3. DISLEXIA DISGRAFIA
  4. 4. DISORTOGRAFIA DISCALCULIA
  5. 5. DISLEXIA
  6. 6. Dit is een ervaring die ik doe. Als u dit kunt lezen, teken een cirkel!
  7. 7. Esta é uma experiência que estou a fazer. Se consegue ler isto, desenhe um círculo!
  8. 8. Dificuldades na correção e/ou fluência na leitura de palavras e baixa competência leitora e ortográfica. Estas dificuldades resultam tipicamente de um défice na componente fonológica da linguagem que é frequentemente imprevisto em relação a outras capacidades cognitivas e às condições educativas. Secundariamente podem surgir dificuldades de compreensão leitora, experiência de leitura reduzida que podem impedir o desenvolvimento do vocabulário e dos conhecimentos gerais. Associação Internacional de Dislexia, 2003 DISLEXIA dis (mal, desvio) lexia (leitura, reconhecimento das palavras)
  9. 9. Guardar / Recuperar (nomes, palavras, objetos…) Caracterização QI NORMAL Leitura lenta (soletração defeituosa) Invertem / Repetem / Adicionam / Omitem (letras, sílabas, palavras) D / T F / V b / d Consciência Fonológica Frases curtas e simples (vocabulário pobre)
  10. 10. Intervenção  Desenvolvimento Psicomotor  Esquema corporal / Lateralidade  Orientação espaço-temporal  Coordenação visomotora  Desenvolvimento Psicolinguístico  Discriminação auditiva  Discriminação visual  Perceção linguístico-auditiva  Vocabulário  Expressão oral
  11. 11. Intervenção EXPRESSÃO ORAL
  12. 12. Intervenção  Consciência Fonológica  Consciência das frases  Consciência das palavras  Consciência silábica  Consciência fonémica  Leitura  (Re)Conhecimento das letras  Palavras isoladas  Acentuação e Sinais de Pontuação  Leitura silenciosa  Leitura em voz alta
  13. 13. Intervenção
  14. 14. DISGRAFIA
  15. 15. DISGRAFIA dis (mal, desvio) grafia (escrita) Perturbação de tipo funcional que afeta a qualidade da escrita do sujeito, no que se refere ao seu traçado ou à grafia. Torres & Fernández, 2001
  16. 16. Espaçamento irregular das letras / palavras (e/ou ligações das letras feitas incorretamente) Caracterização Escrita lenta e irreconhecível (falta de domínio do traçado da letra, subindo e descendo a linha demarcada para a escrita) Letra excessivamente grande / pequena Erros e borrões Traçado exagerado e grosso (que vinca o papel) ou demasiado suave e impercetível Desorganização geral
  17. 17. Intervenção  Desenvolvimento Psicomotor  Esquema corporal / Lateralidade  Orientação espaço-temporal  Coordenação visomotora  Independência (ombro-braço, braço-mão, mão-dedos)  Desenvolvimento do Grafismo  Grafismos simples  Pressão  Preensão  Treino das letras  Escrita
  18. 18. Intervenção
  19. 19. Intervenção
  20. 20. DISORTOGRAFIA
  21. 21. DISORTOGRAFIA dis (mal, desvio) orto (correcto, certo) grafia (escrita) Perturbação que afeta as aptidões da escrita e que se traduz por dificuldades persistentes e recorrentes na capacidade da criança em compor textos escritos. As dificuldades centram-se na organização, estruturação e composição de textos escritos; a construção frásica é pobre e geralmente curta e observa-se a presença de múltiplos erros ortográficos e [por vezes] má qualidade gráfica. Rafael Pereira, 2009
  22. 22. Caracterização Erros de carácter linguístico-percetivo Erros de carácter visoespacial Erros de carácter visoanalítico Erros relativos ao conteúdo Erros referentes às regras de ortografia
  23. 23. 1. Erros de carácter linguístico-percetivo: - omissões: de fonemas (cadera/cadeira), de sílabas (car/carta), de palavras - adições: de fonemas (felor/flor), de sílabas (casasa/casa), de palavras - inversões: de grafemas (las/sal, me/em), de sílabas (bolo/lobo), de palavras - troca de letras que se parecem sonoramente: faca/vaca, chinelo/jinelo, porta/borta Caracterização
  24. 24. 2. Erros de carácter visoespacial: - substitui letras que se diferenciam pela sua posição no espaço (b/d, d/p, p/q) - substitui letras semelhantes visualmente (m/n, o/a, u/v) - confunde-se com fonemas que apresentam dupla grafia (ch/x, s/z) ou dupla grafia em função das vogais (g, c) - omite a letra “h” por não ter correspondência fonémica - escreve palavras/frases em espelho (pouco comum) Caracterização
  25. 25. 3. Erros de carácter visoanalítico: - não faz sínteses e/ou associações entre fonemas e grafemas, trocando letras sem qualquer sentido Caracterização 4. Erros relativos ao conteúdo: - não separa sequências gráficas pertencentes a uma dada sequência fónica: une palavras (ocarro/o carro), une sílabas pertencentes a duas palavras (no diaseguinte)
  26. 26. Caracterização 5. Erros referentes às regras de ortografia: - não coloca “m” antes de “b” e “p” - não respeita as regras de pontuação - não inicia as frases com letra maiúscula - não efetua correctamente a separação das palavras na mudança de linha
  27. 27. Intervenção  Competências Específicas  Erros específicos (“C”/“Ç”; “G”/“GU”…  Letra maiúscula  Separação de palavras/translineação  Acentuação / Sinais de pontuação  Vocabulário  Compreensão  Competências Gerais  Discriminação visual  Discriminação auditiva  Perceção linguístico-auditiva
  28. 28. Intervenção
  29. 29. Intervenção
  30. 30. DISCALCULIA
  31. 31. DISCALCULIA dis (mal, desvio) calculare (calcular, contar) Distúrbio de aprendizagem que interfere negativamente com as competências de matemática de alunos que, noutros aspetos, são normais. José Rebelo, 1998
  32. 32. Caracterização
  33. 33. Intervenção  Competências Específicas  Formatos, formas, tamanhos, comprimentos  (Re)Conhecimento dos números  Contagens  Conceitos e símbolos matemáticos  Operações simples  Resolução de problemas  Cálculo mental  Competências Gerais  Leitura  Escrita  Memória
  34. 34. Intervenção
  35. 35. Intervenção
  36. 36. Obrigada pela atenção! | dianatcoelho@gmail.com | | dianatcoelho |
  37. 37. www.pimpumplay.pt www.facebook.com/pimpumplay

×