Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
16 DE OUTUBRO DE 2012 TERÇA-FEIRA                                                                                         ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Da03 ponte

1,035 views

Published on

Notícia Diário de Aveiro 16 OUT 2012

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Da03 ponte

  1. 1. 16 DE OUTUBRO DE 2012 TERÇA-FEIRA WWW.DIARIOAVEIRO.PT 3 AVEIROParecer jurídico soma Parecer pedido porargumentos contra a ponte cidadãos feito graciosamente I O parecer foi solicitado a Fernanda Paula OliveiraMovimento de cidadãos encomendou análise a uma docente da Faculdade por um grupo de cidadãos de Aveiro, tendo sido ela-de Direito de Coimbra sobre a travessia prevista pelo Parque da Sustentabilidade borado graciosamente na sequência de diligênciasRui Cunha pessoais feitas por um dos membros do movi-I A construção da ponte pedonal mento. O documento foisobreoCanalCentral,desejadapela enviado na semana pas-Câmara de Aveiro no âmbito do sada ao Ministério Públi-Parque da Sustentabilidade (PdS), co (do Tribunal Adminis-“apenas deve ser permitida se a trativo e Fiscal de Aveiro)mesma estiver expressamente para ser anexo ao proces-prevista no Plano de Urbanização” so desencadeado em Feve-(PU) do Polis. No entanto, essa tra- reiro para “esclarecimen-vessia entre o Rossio e o Alboi “não to de dúvidas sobre ase encontra prevista” nesse docu- legalidade do cumpri-mento, que está “em vigor naquela mento dos instrumentosárea territorial”. Esta é a principal de ordenamento do terri-conclusão de um parecer redigido tório”. O parecer de Fer-por Fernanda Paula Oliveira, pro- nanda Paula Oliveira foifessora da Faculdade de Direito de encomendado após um EDUARDO PINACoimbra, a pedido de um grupo de pedido de informaçãocidadãos de Aveiro que coloca solicitado pelo Ministérioobjecções à construção da ponte. Público em Junho. Caso a obra avance sem constar O PARECER foi ontem apresentado na Associação Comercial de Aveirodo PU do Polis, “a sua execução teráde se considerar em desconformi- sora universitária, prevê a cons- nhecequeosplanosdeurbanização sição do PU que consagra a existên-dade com este instrumento de ges- trução de outra ponte a “meros 100 não são “instrumentos de regulação cia de uma faixa de dez metros paratão territorial de ordem munici- metros” da travessia proposta pela pormenorizada e precisa de ocupa- a “livre fruição pública” do espaço. PERFILpal”, considera a docente. Câmara. A maioria PSD/CDS con- ção do solo”. No entanto, “não é “Outro aspecto de não menor menos certo que lhes cabe definir os relevo”, acrescenta a docente, é a PARECER DE FERNANDA PAULA elementos estruturantes do territó- ausência de “discussão pública” do I FERNANDA PAULA OLIVEIRA lecciona nas Facul- OLIVEIRA IDENTIFICA VÁRIAS rio, os quais devem ficar expressa- projecto, uma “obrigação” legal não dade de Direito e de Economia da Universidade de “DESCONFORMIDADES” QUE PROVOCAM A mente plasmados nas suas peças atendida. “Atendendo às caracterís- Coimbra. Também já passou pela Secção Autónoma “INVALIDADE” DA CONSTRUÇÃO DA PONTE fundamentais”. ticas do projecto global do PdS, às de Ciências Sociais, Jurídicas e Políticas da Universi- NO LOCAL SUGERIDO PELO MUNICÍPIO suas implicações e impactos no ter- dade de Aveiro, entre 2001 e 2007, nas disciplinas “Outras desconformidades” ritório e nas populações e ao valor Direito e Gestão Pública e Direito do Urbanismo. O parecer, ontem divulgado sidera que a ponte do PdS é “funda- O parecer, de 7 de Outubro, identi- monetário envolvido, o mesmo não Doutorada em Direito pela Universidade de Coimbra,numa sessão pública na Associa- mental” para permitir a ligação fica “outras desconformidades” que pode (…) ser concretizado à margem formadora do Centro de Estudos Judiciários e membro da comis-ção Comercial com cerca de 60 pes- pedonal entre o Rossio e o Alboi. provocam a “invalidade” da cons- da participação pública”, ajuíza Fer- são nomeada para a revisão da Lei dos Solos, tem uma vastasoas presentes, foi encomendado Sendo assim, avalia a autora do trução da ponte no local sugerido nandaPaulaOliveira. obra editada em livro e outras publicações.para averiguar a “eventual existên- parecer, a construção teria de figu- pelo município. É o caso de a estru- Finalmente, a especialista reco-cia de ilegalidades neste processo”. rar no PU. “O que se retira da referi- tura e os seus acessos “ocuparem e menda que se averigúe se a ponteSegundo Fernanda Paula Oliveira, da argumentação [da Câmara] é condicionarem o espaço de reserva atinge a zona de protecção da Casaos documentos que lhe foram for- que a mencionada ponte assume do canal que o PU prevê para a lin- Major Pessoa, um edifício de Artenecidos “permitem formular, com um carácter estruturante (…). E se ha do eléctrico de superfície”, com- Nova nas imediações. “Temos aalgum grau de segurança, um juízo assim é, não vemos como não deva prometendoasuaconstrução. percepção de que este valor patri-claro”sobreotema. tal previsão constar do PU”, diz. Por outro lado, as escadas previs- monial pode estar a ser afectado”, O PU do Polis, conclui a profes- Fernanda Paula Oliveira reco- tasnoprojectocolidemcomadispo- adverte.l

×