Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

F 2007 ficha de trabalho módulo ii - a acção humana e os valores

16,341 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

F 2007 ficha de trabalho módulo ii - a acção humana e os valores

  1. 1. F 2007: Ficha de trabalho - módulo II: A acção humana e os valores FILOSOFIA – 10º anoMetodologia a seguir: 1. Ler atentamente o texto que a seguir se transcreve. 2. Responder ao questionário apresentado nesta folha. TEXTO“ A vida do homem forma um todo, de tal modo que cada um dos nossos actos leva em sio peso de toda a vida. Nos primeiros anos todas as perspectivas estavam abertas e o número depossibilidades era praticamente ilimitado. À medida que, depois vamos preferindopossibilidades e realizando-nos, vamos também conformando a nossa vida segundo umaorientação e deixando para trás, fechadas ou pelo menos abandonadas, outras possibilidades.(…) Deste modo o campo da acção plenamente livre vai-se estreitando à medida que a vidapassa. A nossa liberdade actual está condicionada pela história da nossa liberdade, anterior aesta decisão que queríamos tomar agora e que talvez não possamos tomar. (…)” José Luís Aranguren 1. Que sentidos pode ter a palavra liberdade? 2. O que se entende por determinismo? 2.1. Distinga determinismo físico de determinismo sociológico. 3. Tendo em atenção o texto acima transcrito, como considera ser possível conciliar a liberdade com a existência de condicionalismos? 4. Comente a afirmação seguinte, atendendo à questão da liberdade-determinismo.“ (…) O nosso comportamento não é previsível da mesma maneira que é predizível ocomportamento dos objectos rolando por um plano inclinado.” J.Searle 5. Tendo em conta a correlação liberdade-responsabilidade, faça um comentário à citação seguinte:“ (…) Ao contrário do menino malcriado e cobarde, o responsável está sempre disposto aresponder pelos seus actos: sim, fui eu!” F. Savater

×