Como evitar o mico da grafia 3

618 views

Published on

Published in: Technology, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
618
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Como evitar o mico da grafia 3

  1. 1. Como evitar o mico .E Micos sintáticos Micos do .a" ,) lugar-colUulU Cti~ OÇORR~NCIA O PROBLEMA, eMP A - PORTUGUÊS - 9" ANO - P~of"s Maria Izabel da Silveirae Rosa Morsch «I~ Viajar anexo Usado no sentido de viajar" ao lado de ANÁLISE DE TEXTO -" COMO EVITAR O MICO" Agenda positiva (Exame de um it~1 alguém", O pronome lht substitui ~.tlLei a, problema ou tentativa de acordo, COMO LER E COMPREENDER BEM UM TEXTO DISSERTATIVO OU .... l-r~ C" li .~ W 1* Nunca "lhe" vi. me UQill e.pór.Issónãopóde ser. usado com objeto d!retq; f1~ilcá·.ovi {não o convidei! a mulher odeixourela o ama, em geral politico, com base nos aspectos positivos da questão para . os interessados.) ARGUMENTATlVO: L Fazer uma leitura de reconhecimento, assinalando as palavras ou expressões que desconhece, T.:sl "Aconteceu" muitos casos Na fala, o verbo anteposto ao sujeito nem Agregar valor (Expressão vaga; 2. Reler o texto, sublinhando, destacando: a) as idéias principais (a tese, em texto ",1 (fi 1 de reclamação de clientes. Segue" os documentos sempre é assinalado. Por escrito, pega mal não.fazer a concordância. Por isso: algo como "juntar benefícios" - acabamento ou algo mais - a bem argumentativo) ; b) as idéias secundárias que lhe chamam a. atenção; c) pesquisas, discursos citados de autoridades e exemplos para reforçar argumentos. ••. ;g necessários para o cadastro. Aconteceram muitos casos ... Seguem os. ~_.~ I.: >. "Fica estabelecido as H seguintes alterações. documentos .. , Ficam estabelecidas as seguintes alterações .. primário ou semiprimário.) Aterrissar (Papéis e contratos na 3.. 4. Fazer um esquema ou síntese, extraindo as idéias principais e as secundárias. Organizá-Ias em ordem hierárquica, mostrando a relação entre elas. Responder a questões de compreensão e interpretação dos textos (se houver). . ,,*"IiW-i<i*,y,., :"~~.J!!l%,., ~JiíWf!@~ =---=="""""" •••• _-"""~"" ~ ·.·-T··-.-:.~-,; mesa), Tolice exagerada. Atingir em cheio (Conseguir o QUESTÕES PARA ANÁliSE DO TEXTO" Como evitar o míco"; objetivo plenamente, atingir o alvo, • menos tolerante. Longe das esferas se. concreto.) I. Uma boa reportagem sempre inicia com o lead que deve trazer dados básicos sobre o texto, ideológicas, a imagem social do usu- motivando o leitor. Identifique o Iead da reportagem lida. ário do idioma é que está em jogo Como um todo (O nome da coisa 2. Explique como o episódio bíblico narrado no início do texto reforça a ideia da importância quando ele, por exemplo, tropeça ,~ já é a coisatoda.) do idioma na vida do ser humano. no idioma ou carrega um arsenal de .~ 3. Por que o autor diz que, quando falamos, temos a ilusão de "que comunicamos só um Consumidor final (E o consumidor cacoetes de linguagem que se revela ,§ conteúdo intencional". media I ou inicial?) micado por ínterlocurores mais exi- ,~ . ,{. ( SU parágrafo) gentes - um risco se o inrerlccutor ~I Continuar ainda (Por que o 4. O que o conteúdo do que dizemos pode revelar sobre nós ? Exemplífique. ( 6° e 7° par.) A NÍVEL DE em questão for um superior híerãr- ~ ainda"?) 5. Quais, segundo o texto, as implicações (conseqüências): a) para quem desrespeita normas ~ H DIRETORIA, .~ ~ quico ou um potencial empregador, ~I ortográficas? b) para quem incorre em vícios de linguagem típicos de uma atividade? Uma das razões para a ruína de uso ~ De braços cruzados (Em çreve.~ 6, -O desconhecimento de distinções ortográficas sutis pode acarretar problemas muitas vezes. TUDO ESTÁ BEM de expressões como "a nível" foi o l Raras notícias sobre greve deixam a)Sintetize a anedota sobre o tema, ( 10° par.) b) Que outros exemplos o autor dá de como fato de ela indiciar um grupo social .~ de registrar, cansativamente, que nos revelamos pela palavra! pouco prestigíado. .~ os trabalhadores estão" de braços 7. O que significa" Dizer é criar uma imagem social de si mesmo."? (12° par.) Escrever e expressar-se com ver- f.) cruzados" .) 8. Compare as duas manchetes elaboradas sobre o mesmo fato. (13 e 14° par.) O que denota a sarilidade toma a vida em socieda- ·.~i 1"? E a 2"? Ou Quais os pontos de vista de cada uma delas? Detalhe importante e pequeno de ~ais ágil.e ~bjeti,:,a, Evitar "rni- ~ 9. Na prática, que conseqüências, segundo o texto, pode ter o uso incorreto da língua? (15° detalhe (Contradição: detalhe cos gramaticais SOCialmente con- ~I par.) é insignificância; e redundâncià: denados pode fazer diferença pro- ~ 10. No últizoo parágrafo, o autor relaciona fatos ligados desempenho do usuário com sua detalhe já é pequeno.) 00 fissional, por exemplo, porque au-i~ habilidade lingüística Faça um esquema, mostrando como as.habílidades relacionadas ao rnenta a capacidade de negociação ~., Em função de (Por causa de.) idioma podem se relacionar com atividades cotidianas dos usuários. com clientes e fornecedores, aju- Fazer uma colocação (Apartear. falar. 11. O texto em foco é uma reportagem. Retome-o e diga quais os recursos utilizados para tomá- da a orientar reuniões e a defender perguntar, interpelar, discordar). 10 mais interessante e ampliar os conhecimentos do leitor: a) no texto básico; b) nos.textos ídeias, Comunicar-se bem. preserva oomplementares; c) na apresentação gráfica/visual da reportagem. . a credibilidade que se deseja ter em Sofrer (No sentido de "receber" 12. Observe cada quadro ou figura que apresenta problemas de linguagem, Destaque dois, de um dado ambiente social. Seguir al- e sinônimos: Sofrer aumento, cada quadro, que lhe chamam a atenção. guns conselhos - como os destas sofrer manutenção, sofrer páginas- pode ser de ajuda nas cuidados, Ninguém "sofre" situações formais de comunica- tais coisas). ção que vivenciamos. 44

×