Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Residuos col-porto-seguro

356 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Residuos col-porto-seguro

  1. 1. Colégio
Visconde
de

Porto
Seguro
‐
Valinhos

  2. 2. O
Conceito
a
ser
Compreendido
• Matérias
Primas
 Recicla
 • Re‐aproveita
o
• Produtos
 conteúdo
 • Recupera
 energé=co
• Consumo
 materias
primas
 • Novos
Produtos
 Lixo
 Energia

  3. 3. Os
Resíduos
–
“Lixo
(?)”

  4. 4. Geração
a
parFr
de
Resíduos
Fonte: da Internet
  5. 5. Unidade
de
Trat.
e
Produção
Energia

Tecnologia – SBC Scandinavian Biofuel Co.
  6. 6. Fonte: da internet
  7. 7. Unidades
de
Processamento
 * Imagens da internet apenas ilustrativas
  8. 8. CDR
–
CombusBvel
Derivado
de
Resíduos 
Após o processamento o lixo é transformado em umamaterial chamado de CDR – Combustível derivado deresíduos, que tem conteúdo energético e pode serqueimado diretamente ou comprimido em pellets, que sãopequenos “rolinhos” parecidos com uma rolha de garrafa,para facilitar o transporte e utilização futura em umaunidade de geração de energia elétrica. CDR Pellets
  9. 9. O
Equilíbrio
Ambiental
 O
desenvolvimento
de
uma
a=vidade
econômica
 será
realmente
sustentável
quando
a
velocidade
 da
agressão
impostas
ao
meio
ambiente
for
 menor
do
que
a
capacidade
de
reação
para
a
 compensação
dos
danos.
 Quando
a
a=vidade
econômica
não
re=rar
do
 meio‐ambiente,
mais
do
que
a
capacidade
de
 auto‐regeneração;
 Quando
a
disposição
dos
“resíduos”
gerados
 pelas
diversas
cadeias
de
produção
e
consumo
 for
menor
do
que
a
capacidade
de
re‐absorção
 do
meio.


  10. 10. O
Equilíbrio
Ambiental
 O
valor
do
desenvolvimento
sustentável
é
 baseado
na
geração
de
beneQcios
econômicos
e
 ambientais
no
presente
e
no
futuro.
 No
exercício
da
cidadania
os
“pequenos”
 consumidores
devem
aprender
a
reconhecer
e
 valorizar
as
ins=tuições,
empresas
e
produtos
 que
reflitam
este
espírito.
 Valorizar
o
meio‐ambiente
é
valorizar
a
vida.


  11. 11. 
 


Como
Ocorre
a
Geração
de
Resíduos
 
 

Extração
 



P.
Primária
 
 Mat.
Prima
 Resíduos
 

P.
Secundária
 
Resíduos
 

Prod.
Final
 Distribuição
 
 

Consumo
 
Resíduos

  12. 12. Cadeia
ProduFva
Cadeia
produ=va
é
um
conjunto
de
etapas

consecu=vas,
ao
longo
das
quais
diversas
materias

primas
sofrem
algum
=po
de
transformação,
até
a

cons=tuição
de
um
produto,
bem
como
sua

colocação
no
mercado.
Trata‐se
portanto
de
um
conjunto
de
operações

integradas
desde
a
extração
ou
produção,



distribuição
e
consumo
final.

  13. 13. Resíduos
Resíduos
sólidos
cons=tuem
aquilo
que

genericamente
se
chama
lixo,
são
resultantes
da

combinação
de
várias
cadeias
produ=vas
e
de

consumo.

Muito
do
que
se
considera
lixo
pode
ser

reu=lizado
ou
reciclado,
desde
que
os
materiais

sejam
adequadamente
tratados,
a
reciclagem

proporciona
ganhos
importantes,
como
redução
no

uso
de
matérias‐primas,
economia
de
energia,

aumento
da
vida
ú=l

de
reservas
essenciais.

  14. 14. Reciclagem
dos
Resíduos

 É
necessário
que
haja
nas
cidades
um
bom
 sistema
de
coleta
sele=va
e
reciclagem
de
lixo.


 

 Cidades
que
não
pra=cam
este
=po
de
 processo,
jogando
todo
=po
de
resíduo
sólido
 em
lixões,
acabam
poluindo
e
degradando

 fortemente
o
meio
ambiente.


 Isto
ocorre,
porque
muitos
resíduos
sólidos
 levam
décadas
ou
até
séculos
para
serem
 decompostos
e
outros
produzem
efeitos
graves
 imediatos
na
contaminação
de
fontes
de
 abastecimento
de
água
e
do
solo.

  15. 15. Fazer
a
Diferença
–
Ter
A=tudes
Posi=vas 


×