Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 47-48

1,461 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 47-48

  1. 1. Vai até à p. 142
  2. 2. [Sou] • «Sou o indivíduo com o BI n.º 10244230 do Arquivo Nacional de Lisboa» / V resposta demasiado literal
  3. 3. • «mas eu estiquei-me todo» / F caricatura para se ridicularizar • «sou um idiota» / F idem
  4. 4. • «sou um “workaholic” moderado» / V antítese, paradoxo
  5. 5. • «ando a pensar contratar um gestor de tempo» / F absurdo (profissão não existe nestes termos)
  6. 6. • «sou mesquinho» / F absurdo de enunciar defeito que é mesmo defeito (contra o estereótipo da resposta a inquéritos)
  7. 7. • «ainda gosto de levar a minha namorada às costas até ao segundo andar» / F estereótipo do romantismo
  8. 8. • «estive quatro anos apaixonado por uma rapariga que não queria nada comigo» / V estereótipo do obsessivo
  9. 9. • «[envergonha-me] ficar com farinha na boca quando como pão em público» / F escolhe um exemplo ridículo, quando se esperaria verdadeiros motivos de vergonha
  10. 10. • «o meu espelho vê-me pouco» / V troca de papel; personificação
  11. 11. • «tenho um cabelo bizarro» / V hipérbole (= exagero) • «é a minha pior característica física» / V hipérbole
  12. 12. [Quero ser] • «Quero ser nome de beco» / F ridiculariza-se quem quer ver o seu nome em lápides
  13. 13. • «Quero ser dono de um avião, para viajar como quem anda a pé» / V paradoxo, embora a comparação se justifique
  14. 14. • «Na velhice desejaria ser o Capitão Iglo» / V metáfora inesperada torna a frase risível
  15. 15. • «[Desejaria ser um velho de barbas brancas, simpático, [...] que diverte as crianças com os seus douradinhos» / F desmonta-se a figura de estilo anterior
  16. 16. [Pareço ser] • «Um sobredotado. Um homem inteligentíssimo. Um visionário. Bonito e sexy. Um Galileu pós-moderno com poderes extrassensoriais» / F gaba-se excessivamente para se perceber de imediato que está a ser irónico
  17. 17. • «Os meus detratores consideram-me afetado, tonto» / V ‘detratores’ possibilita negar e afirmar ao mesmo tempo — «tonto» cria efeito risível por ser de outro registo
  18. 18. • «O que parece fazer de mim um palerma» / V cfr. «idiota» — caracterização abrupta cria surpresa por ir contra o registo de linguagem usado até aí
  19. 19. É do conhecimento geral que gostas de motas... Gostas mais de fazer rádio ou televisão?
  20. 20. cetineta = tecido parecido com cetim fulgurante = brilhante proveta = vaso de vidro (= copo [=vinho]?) narciso = o que se admira a si próprio lombarda = variedade de couve repolho = couve (cabeça da couve) suculento = que tem suco; carnudo; agradável ao paladar toicinho = toucinho desventura = infelicidade escaparate = armário envidraçado, vitrina
  21. 21. Poeta, é certo, mas de cetineta[,] fulgurante de mais para alguns olhos, bom artesão na arte da proveta, narciso de lombardas e repolhos.
  22. 22. Cozido à portuguesa, mais as carnes suculentas da auto-importância, com toicinho e talento, ambas partes do meu caldo entornado na infância.
  23. 23. Nos olhos, uma folha de hortelã, que é verde como a esperança que amanhã amanheça de vez a desventura.
  24. 24. Poeta de combate, disparate, palavrão de machão no escaparate, porém morrendo aos poucos de ternura.
  25. 25. TPC [Recuperação de trabalhos anteriores para quem não tenha feito, incluindo o trabalho de microfilme autobiográfico; estudo da gramática]

×