Civilizações pré históricas

4,185 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Civilizações pré históricas

  1. 1. HISTÓRIA GERAL 2 – CIVILIZAÇÕES PRÉ-LETRADAS CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS – HISTÓRIA – TEXTO & QUESTÕES 1 | P á g i n a CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIA PRÉ UNIVERSITÁRIO HISTÓRIA – CIVILIZAÇÕES PRÉ-LETRADAS ANO BASE 2014 ALUNO: _________________________________________ POLO DASE 1. CIVILIZAÇÕES PRÉ-LETRADAS A pré-história é o período compreendido entre o aparecimento do homem entre 4 e 1 milhão de anos a.c. e a invenção da escrita, por volta do ano 4.000 a.c.. Pré-História não se trata de um período anterior à História. Emprega-se essa denominação desde o século 19, pois, naquela época, acreditava-se que a história de qualquer sociedade só poderia ser documentada através da escrita. Nela o homem conseguiu vencer as barreiras impostas pela natureza e prosseguir com o desenvolvimento da humanidade na Terra. O homem buscou soluções práticas para os problemas enfrentados na sua sobrevivência. Inventando objetos e soluções a partir das necessidades. Ao mesmo tempo foi desenvolvendo uma cultura muito importante. Tradicionalmente ela é dividida em três períodos ou fases: 1.1. PALEOLÍTICO OU IDADE DA PEDRA LASCADA (..... a 10.000 a.c) Este é o período mais longo da pré-história. Vai do aparecimento dos primeiros hominídeos até 10.000 a.c.. Nesta fase o homem habitava cavernas, muitas vezes tendo que disputar este tipo de habitação com animais. O ser humano tinha uma vida nômade. Era um homem caçador, pescador e coletor. Os instrumentos e ferramentas utilizados eram feitos a partir de pedaços de ossos e pedras. Os bens de produção eram de uso e propriedade coletivas. A sociedade paleolítica caracterizou-se pela busca de subsistência, ou seja, o homem procurava tudo o que era necessário para sustentar a vida por meio da caça, da pesca, da coleta de frutos, sementes e raízes, e da confecção e utilização de objetos de pedra lascada, ossos e dentes de animais. Homens e as mulheres viviam em bandos, dividindo o espaço e as tarefas. Vestiam-se de peles e couros de animais. As “pegadas humanas” desta fase podem ser observadas até hoje em pinturas rupestres encontradas em cavernas como as de Altamira (Espanha), de Lascaux (França) do município de São Raimundo Nonato (Piauí - Brasil) e Canindé do São Francisco (Sergipe – Brasil). 1.2. NEOLÍTICO OU IDADE DA PEDRA PÓLIDA (10000 a 4000 a. C.) Uma das mais importante conquista desta fase foi o domínio do fogo. Com ele, o homem pôde afugentar animais, cozinhar os alimentos, iluminar sua habitação além de conseguir calor nos momentos de frio intenso. Outra importante conquista foi a domesticação de plantas (agricultura) e animais. Passaram a dominar a técnica de polir a pedra para a fabricação de instrumentos. Por isso, esse período é conhecido também como a Idade da Pedra Polida. O homem diminuiu sua dependência com relação a natureza. Enquanto esperavam, dedicavam-se a outras atividades como a construção de casas, o trabalho com o barro e a argila (cerâmica), a fabricação de cestos e tecidos e também de ferramentas. Com esses avanços, veio a sedentarização. Esse quadro levou a divisão do trabalho por sexo dentro das comunidades e, consequentemente a diferenciação social. 1.3. IDADE DOS METAIS. (5.000 a.c. a 4.000a.c.) Nesta fase o homem atingiu um importante grau de desenvolvimento e estabilidade. Importante avanço humano foi a descoberta e o desenvolvimento da metalurgia. Com ela o surgimento de grupos economicamente improdutivos, gerando a necessidade de excedentes agrícolas. O cobre foi o primeiro metal usado pelo ser humano que, mais tarde, aprendeu a misturá-lo ao
  2. 2. HISTÓRIA GERAL 2 – CIVILIZAÇÕES PRÉ-LETRADAS CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS – HISTÓRIA – TEXTO & QUESTÕES 2 | P á g i n a estanho para, assim, obter o bronze, que era mais resistente. Mais tarde, aprendeu-se a lidar com ferro. As pequenas aldeias de agricultores transformaram-se em núcleos urbanos, submetidas à autoridade política de um chefe. 2. ARTE NA PRÉ-HISTÓRIA Consideramos como arte na pré-história todas as manifestações que se desenvolveram antes do surgimento das primeiras civilizações e portanto antes da escrita. Apenas no final do neolítico e início da idade do bronze que surgem as primeiras construções de pedra. São os Monumentos Megalíticos Estes monumentos tinham a função de templo ou de câmaras mortuárias, não se tratando de moradias. Os monumentos de pedras podem ser classificados de:  Dólmens - espécie de corredor; galerias cobertas que possibilitavam o acesso a uma tumba;  Menires, que são grandes pedras cravadas no chão de forma vertical no solo, encontrados isoladamente ou em fileiras (alinhamentos);  Os cromlech - são menires e dólmens organizados em círculo, sendo os mais famosos são Stonehenge, em Salisbury, na Inglaterra; as da ilha de Malta e as de Carnac, na França. 3. PRÉ-HISTÓRIA DA AMÉRICA A ocupação do território americano é um tema que tem gerado controvérsias substanciais, sobretudo porque muitos arqueólogos ainda são reticentes em aceitar que o homem possa ter chegado à América por outras vias que não o estreito de Bering (Teoria de Clóvis). “Teoria de Clóvis: os primeiros habitantes teriam chegado ao continente há 12.000 anos depois de cruzar a Beríngia. Essa teoria apoia-se nos vestígios do sítio arqueológico de Clóvis ou Folsom, Novo México, Estados Unidos, com 11.200 anos, exatamente o tempo necessário para que os caçadores fizessem a viagem do Alasca até o Novo México – 7.000 km em 800 anos. Essa teoria, atualmente, não se sustenta devido a descoberta de dois novos achados. Em 1976, lenhadores desenterraram presas de um mastodonte em Monte Verde, sul do Chile, onde o arqueólogo Tom Dillehay desde então, vem trabalhando e encontrando um tesouro arqueológico inestimável de um grupo com horizonte cultural paleoíndio, que vai desde ferramentas de pedras até uma pegada de um menino, de 13 cm de comprimento, gravada em argila. Se o grupo de Monte Verde, viveu na região há 12.500 anos, conforme o reconhecimento em março de 1998 da Sociedade Americana de Arqueologia e estava a 15.000 km de Bering, seus antepassados teriam gasto cerca de 15.000 anos para percorrer a distância que separa o Alasca do sul do Chile. Portanto, leva-se a conclusão que o homem penetrou na América, no mínimo, há pelo menos 27.500 anos. Outra descoberta mais recente foi anunciada por arqueólogos do Museu de História Natural de Santa Bárbara, Califórnia, Estados Unidos; John Johnson e Lisa Urone atestaram a existência de dois ossos da coxa de uma mulher batizada de
  3. 3. HISTÓRIA GERAL 2 – CIVILIZAÇÕES PRÉ-LETRADAS CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS – HISTÓRIA – TEXTO & QUESTÕES 3 | P á g i n a Arlington, encontrada na Califórnia e datada de 13.000 anos”. (http://www.historiadomundo.com.br/artigos/povoacao-da-america.htm) Fonte: http://www.algosobre.com.br/historia/pre-historia-a-origem-do-homem.html As descobertas arqueológicas recentes no Brasil tem polemizado esta visão tradicional da ocupação da América. Um exemplo disto foi a descoberta de Luzia. Luzia é o nome do fóssil humano mais antigo encontrado nas Américas. Encontrado em Lapa Vermelha, no sítio arqueológico de Lagoa Santa (Minas Gerais), o fóssil dessa mulher pré-histórica contribui para reacender um antigo debate em torno das origens do homem americano. Por que? Porque a morfologia do crânio de Luzia (Os traços negroides) a aproximaria dos atuais aborígenes da Austrália e nativos da África. Isto nos leva a pensar que a ocupação da América se fez por povos e formas distintas LUZIA. “O arqueólogo Walter Neves da Universidade de São Paulo e seu parceiro de pesquisa, Héctor Pucciarelli formularam uma hipótese, a qual milhares de anos antes da escravidão negra, já poderia haver africanos na América. Baseou-se na análise de detalhes anatômicos de centenas de ossos de índios no Brasil, Chile e Colômbia. As medidas quase sempre coincidem com as de atuais povos do Extremo Oriente. No entanto, os crânios mais antigos, apresentam traços africanos, parecidos com os aborígenes da Austrália. Um deles, o de uma mulher encontrada em Lagoa Santa, Minas Gerais, com 11.500 anos de idade, segundo datação realizada em 1998 é o crânio mais velho das Américas, cognominada de Luzia, que fazia parte do grupo dos “homens de Lagoa Santa”, os quais se alimentavam de mais vegetais, através da coleta, do que da caça. A medição dos ossos de Luzia revelaram um queixo proeminente, um crânio estreito e longo e faces estreitas e curtas. Assim, sugere que, antes da chegada dos ancestrais asiáticos dos ameríndios, houve uma primeira leva de imigrantes que deixou a África há 120.000 anos”. (http://www.historiadomundo.com.br/artigos/povoacao-da-america.htm) 4. PRÉ-HISTÓRIA DO BRASIL OU PERÍODO PRÉ-CABRALINO Chamamos de Pré-História do Brasil ao período anterior a chegada de Pedro Álvares Cabral a Porto Seguro no dia 22 de Abril de 1500. O atual território brasileiro foi povoado por homens entre 40 mil e 50 mil anos atrás. Os vestígios mais antigos da presença do homem no continente
  4. 4. HISTÓRIA GERAL 2 – CIVILIZAÇÕES PRÉ-LETRADAS CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS – HISTÓRIA – TEXTO & QUESTÕES 4 | P á g i n a foram encontrados em São Raimundo Nonato (Piauí - Serra da Capivara), com idade de 48.000 anos, permitindo a conclusão de que eram caçadores e usavam o fogo para cozinhar, atacar e defender-se dos inimigos, pelos utensílios encontrados. Os primeiros habitantes do Brasil não deixaram nada escrito. As marcas da pré-história brasileira estão presentes em diversos locais. 4.1. SITIOS ARQUEOLÓGICOS “São locais nos quais os homens que viveram antes do início de nossa civilização e de alguma forma, deixaram algum vestígio, marcas, de suas atividades. Exemplo: uma ferramenta de pedra lascada, uma fogueira na qual assaram sua comida, uma pintura, uma sepultura, a simples marca de seus passos. Os sítios arqueológicos são diferentes segundo o uso que os homens pré-históricos fizeram do local. Cada local pode corresponder a uma função, mas há casos, como as aldeias, onde vários tipos de atividades foram praticadas”. (Adaptado.(http://www.fumdham.org.br/sitiosa rq.asp. Acesso em 26/02/2014) A. OS SÍTIOS DO LITORAL – OS SAMBAQUIS Os sambaquis consiste no acumulo de restos de crustáceos depositados durantes milhares de anos. Entre uma camada e outra, foram depositados artefatos, ossos e diversos tipos de objetos de diferentes grupos humanos que habitaram uma mesma região. De forma genérica, podemos afirmar que nossos primeiros habitantes (do litoral) viviam da caça, pesca e coleta de frutos. Utilizavam instrumentos (machados e lanças de madeira) com pontas de pedra afiadas. Dominavam o fogo e cozinhava os alimentos e, servia para afugentar os animais ferozes. Alimentava-se também de grandes quantidades de frutos do mar. Os grupos do litoral, fabricavam cabanas de madeira e palha para morar. No século XV e XVI, com a chegada dos europeus, a realidade dos nossos “índios” sofreu profunda transformação. Foram alvo da intolerância religiosa e cultural, da violência e das epidemias. Este contato foi responsável pela dizimação dos povos indígenas no país. B. SÍTIO LÍTICOS/CERÂMICOS Os que habitavam as regiões interiores (Sítios do Interior - “cemitérios dos índios”), se protegiam em cavernas. Conheciam a cerâmica, utilizada para armazenar, principalmente, grãos e água. Realizavam pinturas rupestres. Tais marcas representavam, principalmente, cenas de parto, relações sexuais, caça de animais, rituais e danças, contagem de objetos e outras atividades cotidianas. A arte rupestre é uma das principais fontes de pesquisa da Pré-história no Brasil. Socialmente viviam em grupos (grandes famílias) com divisão de tarefas segundo o sexo: os homens caçavam, pescavam e protegia o grupo; as mulheres cuidavam das atividades agrícolas, dos afazeres da família - cuidar das crianças e preparo do alimento.
  5. 5. HISTÓRIA GERAL 2 – CIVILIZAÇÕES PRÉ-LETRADAS CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS – HISTÓRIA – TEXTO & QUESTÕES 5 | P á g i n a Algumas comunidades já praticavam rituais fúnebres - enterravam os mortos próximos aos locais onde moravam. De forma geral, a expectativas de vida era muito baixa. Estavam sujeitos a doenças, ataques de animais e péssimas condições de higiene. Vivia-se entre 25 e 30 anos. Na região amazônica, encontramos a civilização marajoara, que deixaram interessantes vestígios materiais. Era possuidora de uma arte ceramista ricamente detalhada. Os marajoaras faz parte dos mais complexos grupos humanos que viveram em terras brasileiras. C. SÍTIOS DE ARTE RUPESTRE Podemos entender a arte rupestre como as pinturas e as gravações realizadas nos paredões de rocha pelos grupos pré-históricos, possivelmente na intenção de contarem a história do seu dia a dia. Este tipo de sítio está geralmente associado ou próximo a sítios cerâmicos/líticos. Mas existem casos em que as pinturas e as gravuras foram realizadas em áreas que não permitiam o estabelecimento de moradia. Pintura rupestre na Serra da Capivara. O Parque nacional da Serra da Capivara foi criado em 1975 e tombado em 1991 pela Unesco D. SÍTIOS HISTÓRICOS Nestes sítios identificamos a presença de ruínas de edificações ou mesmo a edificação propriamente dita, como fortes, igrejas, prédios antigos, engenhos e monumentos. Associados a estes materiais estão os canhões, armas de fogo, balas, moedas, louças / faianças, garrafas dentre outros objetos. Um exemplo de sitio histórico é a Praça São Francisco em São Cristovão (SE). “Segundo o IPHAN, o conjunto arquitetônico da Praça, onde está o Convento de São Francisco, é um dos mais expressivos remanescentes do Brasil Colônia, exemplo da fusão de influências das legislações e práticas urbanísticas espanholas e portuguesas, na formação de núcleos urbanos coloniais. Sua autenticidade está explícita no desenho, no entorno, nas técnicas de construção, no uso, na função e no contexto histórico cultural”. (http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar. Acessado em 26/02/2014). A Praça de São Francisco é o único traçado urbano de origem espanhola existente no Brasil. Foi construída entre os anos de 1580 e 1640. EXERCÍCIO DE SALA
  6. 6. HISTÓRIA GERAL 2 – CIVILIZAÇÕES PRÉ-LETRADAS CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS – HISTÓRIA – TEXTO & QUESTÕES 6 | P á g i n a 1. A Pré-História pode ser definida como: A - O período em que os Dinossauros dominaram o planeta. B - O período anterior ao surgimento da escrita. C - O período que vai do surgimento da escrita até o início da civilização grega. D - O período em que o ser humano vivia em cavernas, caçava com pedaços de pedras e ossos e escrevia textos em blocos de pedras. 2. Qual das alternativas abaixo apresenta as principais características do período da Pré-História conhecido como Paleolítico? A - Os homens praticavam a agricultura e domesticavam animais. B - Os homens viviam em casas, organizadas em vilas, o poder ficava nas mãos de um chefe. C - Os homens faziam artefatos (ferramentas, armas, utensílios domésticos) de ferro e construíam suas casas de madeira e argila. D - Os homens habitavam cavernas, viviam da caça de animais e coleta de vegetais, usavam instrumentos feitos com ossos e pedras lascadas. 3. Qual das alternativas abaixo apresenta importantes características do período da Pré-História conhecido como Neolítico? A - O ser humano vivia em cavernas, caçava com pedaços de pedras e ossos e escrevia textos em blocos de argila. B - A religião estava bem desenvolvida e organizada, assim como o sistema político baseado na democracia. C - Neste período ocorreu a sedentarização com a prática da agricultura e a domesticação de animais. D - Os seres humanos não falavam, apenas emitiam ruídos para se comunicarem. 4. Qual das alternativas abaixo apresenta importantes características do período da Pré-História conhecido como Idade dos Metais? A - O homem passou a cunhar moedas e desenvolveu um avançado sistema financeiro. B - Na Idade dos Metais, os homens da Pré-História inventaram várias máquinas de ferro e bronze, fato que aumentou a produtividade de objetos manufaturados. C - O desenvolvimento de técnicas de fundir e moldar metais (cobre, ferro e bronze) trouxe muitos avanços na vida cotidiana do homem pré- histórico. D - Embora conhecessem as técnicas de fundição de metais, os homens deste período continuaram a fazer ferramentas de ossos e pedras lascadas. 5. No Paleolítico (Idade da Pedra Lascada) destacou- se a arte rupestre. Qual das alternativas abaixo explica o que era a arte rupestre? A - A arte rupestre era composta por representações gráficas (desenhos, símbolos, sinais) feitas em paredes de cavernas ou pedras pelos homens do período Paleolítico. B - Tipo de arte feita na Pré-história que se baseava na pintura de quadros e escultura em madeira. C - Pinturas feitas com sangue de animais nas paredes das primeiras igrejas, que surgiram neste período. D - Estilo artístico desenvolvido na Pré-História onde os artistas podiam expor suas obras de arte em pequenos museus e galerias de arte. QUESTÕES PROPOSTAS 1) Sobre o surgimento da agricultura e seu uso intensivo pelo homem, pode-se afirmar que: a) foi posterior, no tempo, ao aparecimento do Estado e da escrita; b) ocorreu no Oriente Próximo (Egito e Mesopotâmia) e daí se difundiu para a Ásia (Índia e China), Europa e, a partir desta, para a América; c) como tantas outras invenções, teve origem na China, de onde se difundiu até atingir a Europa e, por último, a América; d) ocorreu, em tempos diferentes, no Oriente Próximo (Egito e Mesopotâmia), na Ásia (Índia e China) e na América (México e Peru); e) de todas as invenções fundamentais, a metalurgia e o comércio foram as que menos contribuíram para o ulterior progresso material do homem. 2) I. A arte nasceu no Paleolítico Superior.
  7. 7. HISTÓRIA GERAL 2 – CIVILIZAÇÕES PRÉ-LETRADAS CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS – HISTÓRIA – TEXTO & QUESTÕES 7 | P á g i n a II. Nas paredes de suas cavernas, os homens daquela época fizeram representações de cenas de caça. III. A característica dessas pinturas era o naturalismo. a) Se apenas I e II estiverem corretas b) Se apenas II e III estiverem corretas c) Se apenas I e III estiverem corretas d) Se todas estiverem corretas e) Se todas estiverem incorretas 3) I. Traços esquematizados são características da pintura neolítica. II. Entre os monumentos megalíticos, destacamos os de Stonehege (Inglaterra). III. As pedras fincadas no chão são denominadas cromlech e, quando estão dispostas em círculos, denominam-se menires. a) Se apenas I e II estiverem corretas b) Se apenas II e III estiverem corretas c) Se apenas I e III estiverem corretas d) Se todas estiverem corretas e) Se todas estiverem incorretas 4) I. As civilizações pré-históricas não se desenvolveram no mesmo período de tempo, nas várias regiões do mundo. II. A divisão da Pré-História não pode fundamentar-se em acontecimentos, mas nos melhoramentos das técnicas com que eram fabricados os instrumentos. III. Os monumentos megalíticos estariam associados ao culto dos mortos. a) Apenas I e II estão corretas b) Apenas II e III estão corretas c) Apenas I e III estão corretas d) Todas estão corretas e) Todas estão incorretas 5) No período Neolítico, a sociedade conheceu importantes transformações, exceto: a) o início do processo de sedentarização; b) a passagem do estado de selvageria para o de barbárie; c) o desenvolvimento da agricultura e do pastoreio; d) a transição para uma economia coletora, pescadora e caçadora; e) a utilização dos animais como força complementar à do homem. 6) "A partir de 18.000 a. C., com o fim da última Idade do Gelo, algumas regiões da Terra começaram a conhecer um processo regular de transbordamento dos grandes cursos fluviais, como o Tigre, Eufrates, Nilo, Indo e Amarelo, tornando possível a prática da agricultura." As civilizações que se desenvolveram ao longo desses rios formaram no seu conjunto: a) o modo de produção escravista; b) o modo de produção asiático; c) o comunitarismo familiar; d) o feudalismo despótico oriental; e) o sistema mercantil escravista. 7) Quais os países do Oriente Médio atual que correspondem às regiões da Antiguidade Oriental, representadas pela Mesopotâmia, Fenícia, Palestina e Pérsia, respectivamente? a) Irã-Iraque, Arábia, Israel e Síria; b) Iraque, Líbano, Israel e Irã; c) Líbano, Israel, Síria e Jordânia; d) Iraque, Líbano, Irã e Israel; e) Israel, Irã, Iraque e Líbano. GABARITO – QUESTÕES OBJETIVAS 1. D 2. D 3. A 4. D 5. D 6. B 7. B QUESTÕES DE VESTIBULARES 1) (Ufpe) "Já se afirmou ser a Pré-História uma continuação da História Natural, havendo uma analogia entre a evolução orgânica e o progresso da cultura".
  8. 8. HISTÓRIA GERAL 2 – CIVILIZAÇÕES PRÉ-LETRADAS CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS – HISTÓRIA – TEXTO & QUESTÕES 8 | P á g i n a Sobre a Pré-História, qual das alternativas a seguir é incorreta? [a] Várias ciências auxiliam o estudo, como a Antropologia, a Arqueologia e a Química. [b] A Pré-História pode ser dividida em Paleolítico e Neolítico, no que se refere ao processo técnico de trabalhar a pedra. [c] Sobre o Paleolítico, podemos afirmar que foi o período de grande desenvolvimento artístico, cujo exemplo são as pinturas antropomorfas e zoomorfas realizadas nas cavernas. [d] O Neolítico apresentou um desenvolvimento artístico diferente do Paleolítico, através dos traços geométricos do desenho e da pintura. [e] Os primeiros seres semelhantes ao homem foram os Australopitecus e o Homem de Java que eram bem mais adaptados que o Homem de Neanderthal. 2) (Ufpe) Na Pré-História encontramos fases do desenvolvimento humano. Qual a alternativa que apresenta características das atividades do homem na fase neolítica? [a] Os homens praticavam uma economia coletora de alimentos. [b] Os homens fabricavam seus instrumentos para obtenção de alimentos e abrigo. [c] Os homens aprenderam a controlar o fogo. [d] Os homens conheciam uma economia comercial e já praticavam os juros. [e] Os homens cultivavam plantas e domesticavam animais, tornando-se produtores de alimentos. 3) (Ufpe) Todas as alternativas correspondem a atividades desenvolvidas durante o neolítico. Assinale aquela que sofreu solução de continuidade quanto ao seu desenvolvimento. [a] A procura dos homens do neolítico pelas margens dos rios para se fixarem devido à secura do clima e à escassez de água. [b] A sedentarização do homem, o desenvolvimento do cultivo do solo, de técnicas de caça e a domesticação de animais. [c] A cultura dolmênica desenvolvida em parte da Europa. [d] O surgimento dos primeiros aglomerados urbanos devido à necessidade dos indivíduos se defenderem de saques e agressões. [e] O aparecimento dos primeiros trabalhos em metal, em barro e em lã. 4) (Ufpe) Sobre os ancestrais do homem moderno, é falso afirmar que: [a] no Paleolítico inferior, viveram os primeiros bandos de 'Australopitecos', 'Pithecantropus', 'Sinantropus' e 'Paleontropus', todos pertencentes à família dos homínidas. [b] os homínidos do Plistoceno, ao contrário dos homínidos do Paleolítico inferior, se constituíam em uma única espécie. [c] com base nos estudos dos artefatos produzidos pelos homínidos, foram classificadas duas culturas: a cultura do núcleo e a cultura das lascas. [d] vivendo em bandos, os homínidos desenvolveram cooperação, produção e transmissão de conhecimento. [e] segundo estudos geológicos, e paleontológicos, os ancestrais do 'Homo sapiens', assim como o 'Homo sapiens', última espécie homínida, surgiu no Plistoceno. 5) (Ufpe) Em relação ao momento em que homens e mulheres se colocaram como seres históricos no mundo, é correto afirmar: [a] A invenção da escrita, da roda, do fogo é o que caracteriza os povos, considerados com história, que se estabeleceram às margens do rio Nilo, há milhões de anos. [b] A história da humanidade teve início na região conhecida na Antigüidade por Mesopotâmia, quando se inventou a escrita. [c] As pesquisas arqueológicas vêm apontando que a história humana teve início há um milhão de anos, em várias regiões do globo terrestre, simultaneamente. [d] Entre 4 e 6 milhões de anos atrás, surgiram na África os primeiros antepassados do ser humano com os quais teve início a história da humanidade. [e] O elemento preponderante no reconhecimento dos homens e mulheres como seres históricos é a invenção da linguagem, há 2 milhões de anos, no continente europeu. 6) (Ufpe) Faz muito tempo que o diálogo sobre a origem do homem vem revelando descobertas científicas e esclarecendo, mesmo que de maneira provisória, a expansão dos seres humanos pelo planeta terra. Descoberto há poucos anos, o 'Australopithecus garhi' é considerado:
  9. 9. HISTÓRIA GERAL 2 – CIVILIZAÇÕES PRÉ-LETRADAS CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS – HISTÓRIA – TEXTO & QUESTÕES 9 | P á g i n a [a] um hominídeo que viveu entre o 'Australopithecus aferensis' e os 'Homo habilis' e 'erectus'. [b] um ancestral do homem de cérebro menor e menos inteligência que os 'Australopithecus boisei' que viveram na África, há cerca de dois milhões de anos atrás. [c] um ancestral do homem que viveu entre quatro e três milhões de anos atrás. [d] o elo perdido entre o 'homo habilis' e o 'homo erectus'. [e] da espécie a que pertencia Lucy, o mais famoso dos antepassados da humanidade. 7) (Ufrn) A prática da agricultura e a criação de rebanhos implicaram alterações nas sociedades neolíticas. Nesse contexto, em diversas comunidades do Oriente Próximo, identifica-se, entre outras transformações, o(a) a) desenvolvimento de Impérios caracterizados pelo afastamento das tradições mítico-religiosas em favor de um pensamento racional e naturalista. b) ampliação das atividades lucrativas, como, por exemplo, o comércio realizado pelos estrangeiros e seus escravos nos domínios das diversas cidades. c) surgimento de uma prática política descentralizadora, que permitiu o livre desenvolvimento econômico das diferentes regiões ocupadas. d) diferenciação social baseada na riqueza e no poder, com o surgimento do Estado, instrumento de controle e apropriação dos recursos naturais. 8) (Ufrs) Recentemente, no estado americano de Arkansas, a teoria da evolução elaborada por Charles Darwin foi retirada dos currículos e teve proibida a sua utilização. Não obstante, os estudos paleontológicos, antropológicos e arqueológicos vêm possibilitando avanços na compreensão do período da pré-história, confirmando a existência de um longo período em que ocorreu o processo de hominização. Sobre esse processo, analise as afirmações abaixo. I. As mais antigas formas de vida humana registradas pela Paleontologia denominam-se hominídeos, como comprovam os achados dos fósseis identificados como Australopithecus, Pithecantropus, Sinantropus, entre outros. II. Os fósseis demonstram que, no curso evolutivo da Humanidade, mais de um milhão de anos antes de surgir o 'Homo Sapiens', existiram várias espécies a caminho da humanização, e as mudanças físicas ocorridas ao longo de centenas de milhares de anos propiciaram sua adaptação a qualquer ambiente. III. As evidências arqueológicas indicam que a espécie humana não nasceu pronta nem física, nem culturalmente. Necessitou de um enorme período de tempo para desenvolver um conjunto de habilidades técnicas e de conhecimentos que lhe permitisse elaborar instrumentos de trabalho e utensílios. Quais estão corretas? [a] Apenas II e III. [b] I, II e IIl. [c] Apenas I. [d] Apenas II. [e] Apenas III. 9) (Ufpe) Alguns historiadores afirmam que a História iniciou quando a humanidade inventou a escrita. Nessa perspectiva, o período anterior à criação da escrita é denominado Pré-História. Sobre esse assunto assinale a alternativa correta. [a] A história e a Pré-História só podem se diferenciar pelo critério da escrita. Logo, aqueles historiadores que não concordam com esse critério estão presos a uma visão teológica da História. [b] Esta afirmação não encontra qualquer contestação dos verdadeiros historiadores, pois ela é uma prova irrefutável de que todas as culturas evoluem para a escrita. [c] Os historiadores que defendem a escrita como único critério que diferencia a História da Pré- História reafirmam a tradição positivista da História. [d] A escrita não pode ser vista como critério para distinguir a História da Pré-História, pois o aspecto econômico é considerado um critério muito mais importante. [e] Os únicos historiadores que defendem a escrita como critério são os franceses, em razão da influência da filosofia iluminista. 10) (FGV-SP) Sobre a Revolução Urbana, pode-se afirmar que: [a] ocorreu no final do Paleolítico, graças à utilização de pedra polida pelo homem. [b] representou a intensificação do nomadismo.
  10. 10. HISTÓRIA GERAL 2 – CIVILIZAÇÕES PRÉ-LETRADAS CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS – HISTÓRIA – TEXTO & QUESTÕES 10 | P á g i n a [c] começou quando os homens derrotaram o poder dos sacerdotes e inauguraram as cidades-Estados. [d] ocorreu no final do Neolítico, quando se ampliou a agricultura irrigada. [e] está ligada ao aparecimento da magia. 11) (UFRGS-RS) Foi fator decisivo para a sobrevivência dos povos do período Neolítico: [a] a utilização de metais como cobre e bronze. [b] o nomadismo típico dos povos caçadores e coletores. [c] a revolução agrícola. [d] a revolução urbana e a formação dos impérios tecnocráticos. [e] a formação de religiões monoteístas. 12) (FCSCL-SP) Examine as três proposições, julgando se são verdadeiras ou falsas. Em seguida, assinale a alternativa correta. I. A Pré-História, época compreendida entre o aparecimento do homem sobre a Terra e o uso da escrita, é dividida tradicionalmente em dois períodos: Paleolítico e Neolítico. II. A domesticação de animais e o surgimento da agricultura ocorreram apenas após a invenção da escrita, posterior, portanto, ao Neolítico. III. A duração do Paleolítico é bem mais extensa que a do Neolítico, envolvendo níveis técnicos naturalmente mais primitivos. [a] Todas as proposições são verdadeiras. [b] Apenas as proposições I e II são verdadeiras. [c] Apenas as proposições I e III são verdadeiras. [d] Apenas as proposições II e III são verdadeiras. [e] Todas as proposições são falsas. 13) (Enem) Se compararmos a idade do planeta Terra, avaliada em quatro e meio bilhões de anos (4,5∙109 anos), com a de uma pessoa de 45 anos, então, quando começaram a florescer os primeiros vegetais, a Terra já teria 42 anos. Ela só conviveu com o homem moderno nas últimas quatro horas e, há cerca de uma hora, viu-o começar a plantar e a colher. Há menos de um minuto percebeu o ruído de máquinas e de indústrias e, como denúncia uma ONG de defesa do meio ambiente, foi nesses últimos sessenta segundos que se produziu todo o lixo do planeta! O texto permite concluir que a agricultura começou a ser praticada há cerca de [a] 365 anos. [b] 460 anos. [c] 900 anos. [d] 10.000 anos. [e] 460.000 anos. 14) "De um estado de barbárie homogêneo e mais ou menos estático, vai nascer a complexidade de aspectos do mundo moderno. Esta transformação, de consideráveis consequências, foi extraordinariamente rápida e começou durante o quarto milênio a. C. Longe de ser geral, ela se produziu em algumas regiões onde as condições de vida lhe eram favoráveis. Nessas regiões, a vida do homem modificou-se muito rapidamente, enquanto na maior parte do mundo o modo de existência primitivo persistiu durante séculos, talvez milênios." (J. Hawkes, Histoire de l'Humanité, Ed. UNESCO) O texto refere-se à fase final do Neolítico, quando o homem desenvolveu novas técnicas e aprimorou seus conhecimentos. Identifique as transformações ocorridas nesse período. [a] Surgimento da agricultura e vida urbana. [b] Surgimento da agricultura. [c] Surgimento da vida urbana. [d] Surgimento de um mundo moderno. [e] O domínio do fogo, que proporcionou significativas mudanças na vida dos seres humanos. 15) Acerca do estágio cultural conhecido como paleolítico, é INCORRETO afirmar que, nesse estágio, registra(m) –se [a] O aparecimento do Homo Sapiens e a descoberta do fogo. [b] A invenção da cerâmica e da metalurgia. [c] O nascimento da arte com representações de cenas do cotidiano humano nas paredes das cavernas. [d] A aprendizagem do homem na fabricação de facas, agulhas e anzóis de ossos. [e] O desconhecimento do homem da atividade de plantar e colher. QUESTÕES DE VESTIBULARES – GABARITO 1. E 2. E 3. C 4. B
  11. 11. HISTÓRIA GERAL 2 – CIVILIZAÇÕES PRÉ-LETRADAS CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS – HISTÓRIA – TEXTO & QUESTÕES 11 | P á g i n a 5. D 6. A 7. D 8. A 9. C 10. D 11. C 12. C 13. D 14. A 15. B

×