Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Painel didatico logica

334 views

Published on

Painel didatico logica

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Painel didatico logica

  1. 1. Lógica - Falácias A falácia é um tipo de raciocínio incorreto, apesar de ter a aparência de correção. A falácia Contra o homem (Argumenum ad hominem) têm duas interpretações: (1) Ofensiva - essa falácia tenta refutar o argumento apresentado atacando a pessoa nao o argumento. “O doutor Marcelo descobriu a cura de uma doença, entretanto, foi demitido do seu cargo de diretor geral da empresa Y por desonestidade. Logo, sua descoberta é indigna de confiança, pois ele é desonesto.” (2) Circunstancial - diz respeito às relações entre as convicções de uma pessoa e suas circunstâncias. (COPI, 1997). “ - Pedro, o senhor é um bárbaro, pois caça animais inocentes para seu próprio divertimento!” Argumento dirigido ao Povo (Argumentum ad Populum) ocorre quando se apela para uma grande quantidade de pessoas visando a aceitação do argumento. “Milhares de pessoas votaram no candidato X, que outra evidência você quer para ver que este candidato é o melhor para o Brasil? Apelo à Piedade (Argumentum ad Misericordiam) comete esta falácia quando se apela para a compaixão ou piedade a fim de conseguir que uma determinada conclusão seja aceita. Argumento de Autoridade (Argumentum ad Verecundiam) apelo a autoridade. Para aceitação de determinado argumento se apela ao conhecimento ou admiração de uma autoridade. “Claro que existe vida em Marte, pois o presidente dos USA acredita, então existe.” VELASCO, Patrício Del Nero. Educando para a argumentação. Autêntica, B. Horizonte 2010, p.119 Solte-me seu guarda. Tenho prova hoje. Se meu pai souber estou frito. http://simplesmentejp.blogspot.com/2010/09/liberdade-de-expressao.html. FilosofiaFilosofia Falsa causa é uma falácia em que o argumento tenta estabelecer uma relação causal, sendo esta relação errônea. "Gabriela foi curada de câncer, graças a um chazinho caseiro". " Então este chazinho vai curar todos os que tem câncer". Falácia Apelo à tradição (Argumentum ad Antiquitatem) toma algo como verdadeiro só porque é antigo. “O doutor Meirelles disse a verdade, afinal ele tem 60 anos.” Argumento pela ignorância (Argumenum ad Ignorantiam) é cometido sempre que uma proposição é sustentada como verdadeira na base, simplesmente, de que não foi provada sua falsidade. (COPI, 1997). “Jamais um sopro de escândalo tocou o Senador. Portanto ele deve ser incorruptivelmente honesto.” Recurso à Força (Argumentum ad Baculum) ocorre quando alguém apela à força ou ameaça para força ou tenta forçar alguém a fazer o que ela queira. *ARANHA, Maria Lúcia de Arruda, MARTINS, Maria Helena Pires. Filosofando - Introdução à filosofia. Editora: Moderna. Pág, 159. COPi, Irveing. Introdução a ´Lógica. Ed. Mestre Jou.

×