Mês da leitura março

848 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
848
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Mês da leitura março

  1. 1. mBreve apresentaçãoO mês de Março é dedicado à leitura. Nestemês, cada Escola Básica deste Agrupamentoseleciona a semana ou os dias em quepretende festejar o livro, a leitura e a escrita.As atividades são inúmeras e variadas eacontecem em diferentes contextos: umasdentro da sala de aula, outras nos espaçoscomuns, outras nos recintos exteriores, outrascom pais, com convidados, com visitantes,outras… todas pretendem exaltar o livro e aimportância do ler e escrever.Sob a égide da solidariedade e da cooperação,valores que o Plano Nacional de Leitura, esteano, proclamou, como princípios norteadoresdas atividades, o mês da leitura foi programadopor cada uma das escolas em estreitaarticulação e colaboração com a bibliotecaescolar.Objetivos:Gerais  Projetar o livro e a importância da leitura e da escrita no desenvolvimento pessoal e social;  Promover o gosto pelo livro, pela leitura e pela escrita;  Desenvolver o sentido estético e artístico;  Envolver a comunidade nestes festejos do livro, da leitura e da escrita;  Contribuir para a construção de um referencial de valores.  Projetar a imagem das escolas e do Agrupamento.Específicos  Proporcionar o contacto com obras e respetivos autores;  Estimular a produção de trabalhos em variadas vertentes: leitura, escrita, declamação, ilustração, desenho, pintura, gravação…  Proporcionar momentos de partilha, através do livro, com outros intervenientes: pais, familiares, PB, agente da BM, outros convidados;  Criar momentos de reflexão e consciencialização em torno de valores de cooperação e solidariedade;  Divulgar as atividades e trabalhos produzidos pelas escolas.
  2. 2. EnquadramentoAs atividades centradas e desenvolvidas em torno do livro e da leitura, visam, essencialmente,perseguir os objetivos globais do PNL, relativamente a elevar os níveis de literacia dapopulação portuguesa e a formar leitores competentes.Para os professores, isto traduz-se num trabalho árduo, programado, Uma porta aberta para outros mundos!planificado, sistemático e intensivo que começa precocemente,desde logo, no Pré-escolar e estende-se e amplia-se por todos osníveis de ensino e ao longo de todo o ano letivo e em cada ano letivo,e não somente durante um mês.No entanto, a aglutinação das atividades no mês de Março, com aconstante divulgação nos media e na internet, cria impacto e dávisibilidade a esta festa dos livros, acabando por contagiar eaproximar os mais variados cidadãos, consciencializando-os para aimportância dos livros e do saber ler. Isto tem efeito nas famílias e,consequentemente, na construção de melhores ambientes de estudoe de facilitação processual no que respeita à formação de leitores. Naescola, esta aglomeração de atividades, que arrasta toda a Ilustração: André Letriacomunidade educativa, projeta os trabalhos produzidos e os alunos Arte e sensibilidade!responsabilizam-se de forma mais acentuada pelos desempenhos, asaprendizagens tornam-se significativas e afetivas e apreende-se maisfacilmente a importância dos livros na vida de cada um.Os valores de cooperação e solidariedade, princípios que, este ano,norteiam as comemorações do livro e da leitura, prendem-se com ofacto de 2012 ter sido proclamado de ano internacional dascooperativas e de ano europeu do envelhecimento ativo e dacooperação intergeracional. Centrar estes valores em torno daleitura, durante o mês de Março, é, sem dúvida, uma forma de todosrefletirmos em uníssono, partilhando uma multiplicidade de emoçõese pensamentos e emitindo sinais para a construção de uma vidamelhor.No projeto educativo, documento regulador da vida da escola, são Um refúgio…visíveis problemáticas (diferentes capacidades no domínio da línguaportuguesa, crise de valores…) que exigem da escola umaintervenção direcionada para os livros, para a leitura, para os valores,ou seja, as atividades do mês da leitura enquadram neste contexto eganham sentido face à especificidade da Escola.E ao trabalhar o “mês da leitura”, a escola pretende operacionalizar,portanto, os seguintes objetivos estratégicos do PEE: aumentar osníveis de sucesso educativo, formar cidadãos críticos, solidários,construtivos e ativos, ampliar e valorizar os saberes e asaprendizagens com outras ofertas formativas e projetar a imagem doAgrupamento valorizando a sua missão de serviço público junto da Ilustração: Liz Amini-Holmescomunidade educativa. Um passaporte…Programação:Cada escola apresentou a seguinte programação:EB REFOJOS / ALDEIA NOVADia 5 de Março Ilustração: André Letria  Oficina de poesia: construção de mensagens / pensamentos / poemas de solidariedade e cooperação;  Largada de balões com os trabalhos produzidos (aberto à comunidade);
  3. 3.  Requisição de livros na BE (com a colaboração da professora bibliotecária) na companhia dos encarregados de educação;  Apresentação dos livros digitais construídos pelos alunos do apoio, com gravação audacity - turma RF3A - com a colaboração da professora bibliotecária;Dia 6 de Março  Decoração do espaço com os cartazes e trabalhos resultantes das leituras efetuadas para receber o escritor e ilustrador Pedro Leitão;  Visita do escritor e ilustrador Pedro Leitão: conversação com o autor; apreciação das ilustrações do autor; sessão de autógrafos (aberto à comunidade).Dia 7 de Março  Partilha de livros com mensagens dos alunos (cada aluno traz de casa um livro que empresta por uma semana ao colega; o livro contém uma mensagem escrita sobre as preferências e emoções que a respetiva leitura suscita);  Registo das mensagens / pensamentos / poemas de solidariedade na “folha” da “Árvore Solidária” (Desafio do mês, da BE);  “Eu conto” – concurso do PNL – Ilustração e pintura da obra “A princesa baixinha” de Beatrice Masini – turma RF2 – subjazem valores de cooperação, solidariedade e integração social - com a colaboração da professora bibliotecáriaDia 8 de Março  Declamação de poesias nas turmas.Dia 9 de Março  Visita da escritora Cândida da Luz: conversação com a autora sobre a sua obra; sessão de autógrafos (aberto à Comunidade).  Encerramento dos trabalhos: balanço das atividades realizadasEB AGRO VELHODia 1 de Março  Dia dedicado à proteção civil com atividades específicas das quais resultará um livro;Dia 2 de Março  Início dos trabalhos de decoração do polivalente com trabalhos alusivos à leitura;Dia 5 a 9 de Março  Atividades diversas nas turmas relacionadas com o livro e a leitura: leitura de histórias tradicionais e reescrita do final; construção de acrósticos; dramatizações, ilustrações; construção de mensagens / poemas / pensamentos de cooperação e solidariedade para colocação na “Árvore Solidária” (desafio do mês da BE).  Colocação dos trabalhos produzidos nos placards do polivalente;  Recolha de poesias para declamação; distribuição pelos alunos; ensaios das declamações;Dia 9 de Março  Montagem da feira do livro na BE com as obras de Maria João Lopo de CarvalhoDia 12 e 13 de Março  Visita à feira do livro e primeiro contacto com as obras da autora;  Leitura e produção de trabalhos em torno das obras de Maria João Lopo de Carvalho.  Colocação dos trabalhos produzidos nos placards do polivalente.Dia 14 a 16 de Março  Projeção de histórias digitais na BE, com a professora bibliotecária;  Registo das mensagens / pensamentos / poemas de solidariedade na “folha” da “Árvore Solidária” (Desafio do mês, da BE);Dia 16 de Março  Apresentação de peças teatrais no Pré-escolar;Dia 19 e 20 de Março
  4. 4.  Histórias com a agente da Biblioteca Municipal;Dia 21 de Março  Manhã de poesia – declamação dos poemas no polivalente;  Visita da escritora Maria João Lopo de Carvalho: conversação com a mesma; sessão de autógrafos.Dia 22 de Março  Encerramento dos trabalhos do mês da Leitura  Avaliação do trabalho realizado.EB FIEIRODia 5 de Março  Abertura do evento com afixação de mensagens / poemas / pensamento de solidariedade e cooperação, no recreio da escola;  Exposição de trabalhos dos alunos elaborados no âmbito das obras de literatura infantil do Projeto de Leitura;Dia 6 de Março  Visita das turmas à exposição e apreciação dos trabalhos;  Registo das mensagens / pensamentos / poemas de solidariedade na “folha” da “Árvore Solidária” (Desafio do mês, da BE);Dia 7 de Março  Hora do conto – leitura de histórias, em voz alta, por alunos, em contexto de sala de aula;  Mini feira do livro com obras de Alice Cardoso, com a colaboração da professora bibliotecária;  Primeiro contacto dos alunos com as obras da autora visitante;Dia 8 de Março  Leitura livre na sala de aula;  Dinamização da “biblioteca escolar” através de requisição domiciliária;  Exploração das obras de Alice Cardoso e construção de cartazes para exposição e receção da autora.  Hora do conto coma agente da biblioteca Municipal;Dia 9 de Março  Visita da autora Alice Cardoso: conversação com autora; sessão de autógrafos;  Encerramento das atividades: avaliação das atividades realizadas.EB NAVAISDia 5 e 6 de Março  Atividades diversas em torno do livro e da leitura: escrita criativa, mensagens variadas sobre o livro, ilustrações, cartazes;  Construção de mensagens / pensamentos / poemas para a “Árvore Solidária” (desafio da BE);  Decoração das salas e dos espaços comuns com os trabalhos produzidos;Dia 7 de Março  Registo das mensagens / pensamentos / poemas de solidariedade na “folha” da “Árvore Solidária” (Desafio do mês, da BE);Dia 8 de Março  Um convidado na escola: um familiar dos alunos vem á escola contar uma história, em contexto de sala de aula;  Declamação de poesias;Dia 9 de Março  Dramatizações das obras lidas;  Construção de marcadores de livros.
  5. 5. EB ALDEIADia 1 de Março  Mini feira de livros com as obras de Sara Rodrigues, com a colaboração da professora bibliotecária;Dia 2 de Março  Trabalhos em torno das obras de Sara Rodrigues: ► Pré-escolar e 1º ano – pesquisas de fotografias e imagens das obras para construção de puzzles; ► 2º,3º e 4º anos – pesquisas sobre biografia e bibliografia da autora e completamento de uma ficha de trabalho;Dias 5, 6 e 7 de Março  Exploração, em contexto de sala de aula, de uma obra de Sara Rodrigues (recontos, resumos, banda desenhada, ilustrações, dramatizações);  Exposição dos trabalhos produzidos para receção da autora;Dia 8 de Março  “Conta-me uma história” – concurso do PNL - Gravações para a construção de um podcast (turma AL4A);Dia 12 de Março  Preparação da vinda de Sara Rodrigues: últimos reparos na exposição e preparação de entrevistasDia 13 de Março  Encontro com Sara Rodrigues: conversação dialogada com as questões das entrevistas; sessão de autógrafos;Dias 14 e 15 de Março  Construção e registo das mensagens / pensamentos / poemas de solidariedade na “folha” da “Árvore Solidária” (Desafio do mês, da BE);Dia 16 de Março  Encerramento das atividades do mês da leitura e avaliação das mesmas.EB TESODia 19 de Março  Feira do livro com obras de Maria João Lopo de Carvalho, com a professora bibliotecária;  Exploração de obras da autora em contexto de sala de aula: registos escritos e gráficos;  Construção e registo das mensagens / pensamentos / poemas de solidariedade na “folha” da “Árvore Solidária” (Desafio do mês, da BE);Dia 20 de Março  A obra “A minha mãe é a melhor do mundo”: ► Ilustrações das mães; ► Criação de um abecedário dos adjetivos que caracterizam as mães;  Exposição dos trabalhos realizados para receção da autora;Dia 21 de Março  Encontro com Maria João Lopo de Carvalho: conversação com a autora;  Apresentação de um debate alusivo às mães;  Sessão de autógrafos.Dia 22 de Março  Registo, em inglês, com a colaboração da professora de Inglês (AEC), das mensagens de solidariedade e cooperação, em imagens de folhas de árvores.Dia 23 de Março  Lançamento de balões com mensagens de solidariedade e cooperação  Encerramento das atividades desta semana da leitura.EB BARROSDia 12 de Março
  6. 6.  Lançamento de balões com mensagens alusivas ao tema da solidariedade e cooperação;  Exploração de algumas obras da autora visitante, Sara Rodrigues;  Gravações de poesias em audacity, com a professora bibliotecária, no pré-escolar.Dia 13 de Março  Sessão com a escritora Sara Rodrigues: conversação e sessão de autógrafos;Dia 14 de Março  Registo de mensagens/ poemas/ pensamentos de solidariedade e cooperação na “folha” para a “Árvore Solidária”;  Elaboração de um painel, com duas árvores de mensagens alusivas ao tema da solidariedade e cooperaçãoDia 15 de Março  Elaboração de marcadores de livros com mensagens sobre o tema da semana da leitura para posterior distribuição pela freguesia;Dia 16 de Março  Sessão de leitura/poesia, a realizar na Biblioteca da Junta de Freguesia da Estela e dinamizada pelos alunos da EB de Barros.Opções / procedimentos metodológicos 1. Contacto com representantes das editoras para organização das visitas de escritores e ou ilustradores; 2. Contacto com cada escola para divulgação das disponibilidades dos autores e tomada de decisão conjunta sobre o autor a visitar a escola, no mês da leitura; 3. Colocação atempada das obras dos autores visitantes, nas escolas, para exploração prévia das mesmas; 4. Divulgação das orientações do PNL, designadamente, a temática da solidariedade e da cooperação, como princípios orientadores das atividades a desenvolver; 5. Apresentação, em Departamento, da atividade “Árvore Solidária” com mensagens/poemas/pensamentos sobre a solidariedade e cooperação, a expor no Diana Bar, a partir de 21 de Março. Solicitação dos registos de solidariedade e cooperação numa “folha de árvore” a disponibilizar pela professora bibliotecária, no desafio da BE, no mês de Março. 6. Disponibilidade da professora bibliotecária em diversas possibilidades de ação: Concurso do PNL “Eu conto”, com obra que veicule a solidariedade e cooperação; Concurso do PNL “Conta-me uma história”, com gravação e podcast; projeção de histórias digitais; requisição domiciliária, conjuntamente com pais e filhos; dinamização das feiras de livros, resultantes das visitas de autor; gravação de histórias em audacity; 7. Solicitação da programação das atividades do mês de leitura, de cada escola. 8. Construção da programação conjunta das escolas do 1º ciclo e pré-escolar e respetivo panfleto de divulgação.Avaliação do “Mês da Leitura”  Recolha de dados através de inquérito por questionário, on-line (Google docs);  Observações;  Conversação informal;  Registos fotográficos. Biblioteca Escolar Março de 2012

×