Anos 60--70--80-6873

164 views

Published on

Anos felizes

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
164
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Anos 60--70--80-6873

  1. 1. Responde a uma coisa: Tu que tiveste a tua infância durante os anos 60, 70 ...Como podes ter sobrevivido?
  2. 2. Afinal de contas... Os carros não tinham cintos de segurança, apoios de cabeça, nem airbag!!
  3. 3. Íamos soltos nobanco de trás aossaltos e na galhofaE isso não eraperigoso!
  4. 4. As camas tinham grades e osbrinquedos eram multicores compecinhas que se soltavam ou no mínimopintados com umas tintas “duvidosas”contendo chumbo ou outro venenoqualquer.
  5. 5. Não havia trancas desegurança nas portasdos carros, chavesnos armários demedicamentos,detergentes ouquímicos domésticos.
  6. 6. Andávamos debicicleta para lá e pracá, sem capacete,joelheiras,caneleiras ecotoveleiras...
  7. 7. Bebíamos água empotes de barro, datorneira, dumamangueira, ou dumafonte e não águasminerais em garrafasditas “esterilizadas”.
  8. 8. Construíamos aqueles famosos carrinhos de rolamentos e aqueles que tinham a sorte de morar perto duma ladeira asfaltada, podiam tentar bater records de velocidade e até verificar no meio do caminho que tinham economizado a sola dos sapatos, que eram usados como travões...Depois de acabarmos num silvado aprendíamos.
  9. 9. Íamos brincar na rua com uma única condição:voltar para casa ao anoitecer.Não havia telemóveis...Os nossos pais não sabiam onde estávamos!Era incrível!
  10. 10. Tínhamos aulas só demanhã, e íamos almoçar acasa.Quando tínhamos piolhos anossa mãe lavava-nos acabeça com Quitoso e comum pente fininho removia apiolhada toda.
  11. 11. Braço engessados, dentespartidos, joelhos esfolados,cabeça rachadaAlguém se queixava disso?Todos tinham razão, menos nós ...
  12. 12. Comíamos doces àvontade, pão comTulicreme, bebidascom o (perigoso)açúcar. Não se falavade obesidade,brincávamos semprena rua e éramos superactivos ...
  13. 13. Quando comprávamosaqueles tubinhos de Fánaquela mercearia daesquina, vinha logo opessoal todo a pedir um“coche” e dividíamoscom os nossos amigos.Bebiam todos pelomesmo tubinho e nuncaninguém morreu porisso ....
  14. 14. Nada de Playstations, Nintendo, X boxes, jogos de Vídeo ,Televisão por satélite,Televisão a Cabo nem DVD’s Dolby surround,Telemóvel era ficção científica Computador Internet Só amigos.
  15. 15. Quem não teve um cão?Nada de ração. Comiama mesma comida que nós(muitas vezes os restos),e sem problema nenhum!Banho quente? Champô?Qual quê! No quintal, umsegurava o cão e o outrocom a mangueira (fria) iajogando água eesfregava-o com(acreditem se quiserem)sabão (em barra) de lavarroupa! Algum cão morreu ou adoeceu por causa disso?
  16. 16. A pé ou de bicicleta, íamos à casa dosnossos amigos, mesmo que morassema kms da nossa casa, entrávamos sembater e íamos brincar.
  17. 17. É verdade! Lá fora, nesse mundo cinzento e semsegurança! Como era possível? Jogávamosfutebol na rua, muitas vezes com a balizasinalizada por duas pedras... Ás vezes quandoéramos muitos tínhamos que ficar de fora semjogar nem ser substituído... mas nem era o“FIM DO MUNDO”!
  18. 18. Na escola tinha bons e maus alunos.Uns passavam e outros eramreprovados. Ninguém ia por isso a umpsicólogo ou psicoterapeuta. Não haviaa moda dos superdotados, nem sefalava em dislexia, problemas deconcentração, hiperactividade. Quemnão passava, simplesmente repetia deano e tentava de novo no ano seguinte!
  19. 19. As nossas festas eram animadas porgira-discos , a fazerem aqueles cliquesda agulha a deslizar nos discos de vinil. As bebidas, eram claro, a deliciosa groselha com cubinhos de gelo.
  20. 20. Tínhamos:Liberdade,Fracassos,Sucessos eDeveres....e aprendíamos a lidar com cada um deles!
  21. 21. A única verdadeira questão é:como conseguimos sobreviver?E acima de tudo, como conseguimos desenvolver a nossa personalidade?
  22. 22. Também és dessa geração?Se sim, então manda este e-mail aos teus amigos desse tempo, e também aos teus filhos e sobrinhos,para que eles saibam como era no... Nosso tempo !
  23. 23. Sem dúvida vão responder que era uma chatice, mas ...Como éramos felizes!!!

×