Unidade 5 cap_1_litosfera_2

1,573 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,573
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
57
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Unidade 5 cap_1_litosfera_2

  1. 1. TERRA, PLANETA DA VIDA
  2. 2. A palavra BIOSFERA quer dizer “ESFERA DE VIDA”.
  3. 3. A Biosfera terrestre possui uma infinidade de paisagens que guardam características das relações entre os seres vivos e o ambiente natural. Atualmente, os cientistas consideram o conjuntos de relações estabelecidas entre os seres vivos e os elementos da natureza (solo, água, ar e energia solar) como um ECOSSISTEMA.
  4. 4. A Litosfera (esfera das rochas) é a camada sólida que reveste a Terra. Essa camada é composta principalmente por rochas e pelos solos.
  5. 5. A Hidrosfera (esfera das águas) constitui a camada de água, composta pelos oceanos, mares, rios, lagos e geleiras, e está acomodada sobre a litosfera.
  6. 6. Atmosfera (esfera de gases) é a camada de gases que está sobre a litosfera e a hidrosfera, envolvendo toda a superfície terrestre.
  7. 7. A ESTRUTURA DA TERRA
  8. 8. Crosta terrestre: é a camada rochosa sólida da superficial da Terra, com espessura média de 40 km, formada basicamente por oxigênio, silício, alumínio, magnésia e ferro.
  9. 9. O Manto está localizado abaixo da crosta terrestre, é uma camada que possui espessura aproximada de 2900 quilômetros e temperatura média de 3400 ºC. O manto é constituído principalmente por silício e magnésio na forma de magma, uma material que se encontra fundido, em estado pastoso, devido as altas temperaturas.
  10. 10. Núcleo é a parte central da Terra, formada predominantemente por ferro e níquel, que se divide em duas partes: o núcleo externo, com cerca de 2250 km de espessura e 3000 ºC, e o núcleo interno, com aproximadamente 1220 km de espessura (até o centro da Terra) e temperaturas elevadíssimas, chegando a 6000 ºC.
  11. 11. A TERRA CONTA SUA HISTÓRIA
  12. 12. Houve épocas em que a Terra era muito quente, com muitas erupções vulcânicas.
  13. 13. Outras épocas em que os oceanos cobriam quase toda a superfície terrestre.
  14. 14. Houve épocas de glaciações.
  15. 15. Grande parte do passado do nosso planeta pode ser reconstituído pelo estudo e datação de minerais e fósseis encontrados em camadas rochosas da litosfera.
  16. 16. Os fósseis são marcas ou restos de animais e plantas que permaneceram conservados naturalmente milhões ou até bilhões de anos.
  17. 17. Um dos métodos mais utilizados e seguros para datar um mineral ou um fóssil é o radioatividade. Utilizando sofisticados aparelhos , os cientistas medem a quantidade de determinados elementos químicos radioativos. Assim é possível saber há quanto tempo determinado mineral formou-se e a idade de um fóssil de um animal ou planta.
  18. 18. As rochas são aglomerados formados por vários minerais, ou apenas um, e são encontrados em seu estado natural na crosta terrestre.
  19. 19. As rochas magmáticas são formadas a partir da solidificação do magma no interior da crosta, ou então pela solidificação de lavas que extravasam para a superfície terrestre através de erupções vulcânicas.
  20. 20. O basalto é uma rocha magmática, de cor escura, muito empregada na pavimentação de calçadas, ruas e estradas rurais e também como brita na construção civil. GRANITO PEDRA-POME
  21. 21. As rochas metamórficas são formadas a partir da transformação de outros tipos de rochas, sejam magmáticas ou sedimentares. Quando essas rochas são expostas a níveis elevados de temperatura e pressão, elas perdem suas características originais , transformando-se em rochas metamórficas.
  22. 22. MÁRMORE ARDÓSIA GNAISSE
  23. 23. As rochas sedimentares originam-se nas partes mais baixas do relevo, a partir do acúmulo de sedimentos desagregados, ou seja, partículas fragmentadas de outras rochas ou de matéria orgânica que podem ser transportadas pelo vento ou pela água e depositadas em diferentes locais. Após milhares de anos os sedimentos mais profundos unem-se uns aos outros, devido a grande pressão exercida pelos sedimentos depositados nas camadas superiores, dando origem as rochas sedimentares.
  24. 24. ARGILA CALCÁRIO ARENITO
  25. 25. Um dos elementos da natureza mais importantes para a humanidade é o solo, camada que se encontra na superfície da litosfera.
  26. 27. No solo, as plantas fixam suas raízes e retiram a água e os nutrientes necessários para o seu crescimento. Portanto, é nele que os seres humanos cultivam os vegetais, como cereais, frutas, legumes e verduras, ou seja, grande parte de sua alimentação.
  27. 28. Os solos são formados, principalmente, pela decomposição das rochas. Esse processo deve-se sobretudo à ação do calor solar, à ação dos ventos e da água das chuvas e da ação dos seres vivos.
  28. 29. A superfície terrestre possui uma área total de aproximadamente 510 milhões de km ². Essa superfície é formada por duas grandes porções: as terras emersas compostas por continentes e ilhas, e as terras imersas recobertas por oceanos e mares.
  29. 30. As planícies são formas de relevo mais ou menos planas e de origem sedimentar, pois nesses locais existe um acúmulo maior de sedimentos do que em outras formas de relevo. As planícies geralmente localizam-se em baixas altitudes, ou seja, são pouco elevadas em relação ao nível do mar.
  30. 31. Os planaltos são formas de relevo que possuem altitudes variáveis, geralmente situadas acima de 300 metros e que apresentam superfícies onduladas e irregulares. Os planaltos também se caracterizam por fornecer grande quantidade de sedimentos para as áreas mais baixas ao seu redor, formadas, muitas vezes, por planícies e depressões.
  31. 32. As depressões são formas de relevo que apresentam altitudes mais baixas do que as regiões que estão ao seu redor. Geralmente situam-se em altitudes que variam entre 100 e 500 metros e apresentam superfícies planas, pois foram intensamente desgastadas pela ação da água e do vento.
  32. 33. Quando a depressão fica abaixo do nível do mar, dizemos que é absoluta. Quando a depressão fica acima do nível do mar, mais abaixo das áreas vizinhas, dizemos que é relativa
  33. 34. As cadeias de montanhas reúnem na mesma região uma série de montanhas. As montanhas apresentam as superfícies mais elevadas do relevo continental, possuem encostas íngremes e, por isso, sofrem intensamente o desgaste provocado pelas águas, ventos e geleiras.

×