Métodos de recolha de dados questionario

11,058 views

Published on

0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
11,058
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
11
Actions
Shares
0
Downloads
178
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Métodos de recolha de dados questionario

  1. 1. Mestrado: Comunicação Educacional Multimédia Unidade Curricular: Metodologias de Investigação Educacional Professor: Luís Tinoca Grupo: MetódicosEMA 2- Métodos de Recolha de Dados (em Investigação Educacional)
  2. 2. Mestrado: Comunicação Educacional Multimédia Unidade Curricular: Metodologias de Investigação Educacional Professor: Luís Tinoca Grupo: Metódicos1ª Parte da Actividade - análise em equipa sobre a utilização do questionário como método de recolha de dados Métodos de Recolha de Dados, o questionário1 - Métodos quantitativosOs métodos quantitativos são utilizados nas ciências sociais no âmbito da investigação empírica. Permitem recolher e tratar os dados/ informaçãode forma mensurável. As tabelas, as estatísticas e os gráficos, são exemplos de instrumentos utilizados nestes métodos para a apresentação dosresultados.A medição é uma característica da pesquisa quantitativa que possibilita a interacção entre o que é empírico e a “expressão matemática dasrelações quantitativas”.Na educação utilizam-se os métodos quantitativos juntamente com os métodos qualitativos. Esta associação contribui para uma maiorcompreensão dos fenómenos estudados.O questionário é um dos instrumentos muito utilizados na investigação em educação que contribui para a “expressão precisa de ideiasqualitativas” (1).2 - O questionário: conceito e enquadramentoPara Fortin (1999) o questionário é “um método de recolha de dados, junto dos indivíduos sobre factos, ideias, comportamentos, preferências,sentimentos, expectativas e atitudes”.Este método exige uma resposta por escrito a questões que são colocadas aos sujeitos. Normalmente é preenchido sem assistência.” É uminstrumento de medida que traduz os objectivos de um estudo com variáveis mensuráveis” Fortin (1999).
  3. 3. Mestrado: Comunicação Educacional Multimédia Unidade Curricular: Metodologias de Investigação Educacional Professor: Luís Tinoca Grupo: MetódicosPara Pardal & Correia (1995), o questionário é um conjunto de questões estruturadas com o fim de obter dados das pessoas a quem se dirige. Oquestionário pode ser de administração directa quando é o próprio inquirido a registar as opções de resposta e de administração indirecta, quandoé o próprio investigador (ou inquiridor) que preenche em função das respostas dadas pelo respondente.O conteúdo do questionário deve incidir no objectivo e nas questões de investigação delineadas e deve abordar apenas os dados necessários.3 - Elaboração do questionárioNa elaboração do questionário deve ter-se em consideração as seguintes etapas:· Delimitar a informação pertinente a escolher - objectivos a que se destina e a entidade que o promove, neste caso o investigador(es);determinação da finalidade do questionário; constituição de categorias; precisão dos temas e dimensão; a extensão deve ter em atenção o públicoalvo, geralmente o seu preenchimento não deve ultrapassar 45 minutos, sob pena de os inquiridos dispersarem a sua atenção e concentração;· Formular as questões - escolher o tipo de questões (escolha fixa, de resposta livre, de facto ou de opinião, directas ou indirectas (associativasou projectivas) podendo ser misto); têm de ser claras e compreendidas pelos inquiridos, o vocabulário usado deve ser do conhecimento doinquirido e dominado pelo mesmo, não podem ser enviesadas; devem ter apenas uma ideia e não devem sugerir respostas desejáveis; não se deveincluir apenas duas questões numa só (double-barrelled questions), pois pode levar a respostas induzidas ou nem sempre relevantes, além de nãoser possível determinar qual das “questões” foi respondida, aquando o tratamento da informação; devem ter frases curtas, não conter palavras deduplo sentido, nem expressões negativas nem serem tendenciosas; não devem ter repetições; nas mais sensíveis, de natureza ideológica, religiosa,política e outras, deve escrever-se um parágrafo introdutório para preparar o inquirido da mudança de plano, para mais íntimo;· Sequenciar as questões e formatar - devem ser sequenciais; considerar que a ordem pode ter influência para quem responde; agrupar asquestões relativas ao mesmo tema; colocar no início questões de âmbito geral e que suscitam maior interesse e depois as específicas; os dadosbiográficos dos inquiridos podem ser registados no início ou no fim do questionário; as primeiras questões devem ser simples e objectivasevoluindo à medida do questionário para questões mais íntimas e mais complexas; colocar no final as questões de resposta aberta; a disposiçãodas questões e a apresentação devem ser tomadas em consideração (o aspecto gráfico deve ser cuidado quanto à estrutura e forma);· Rever o esboço do questionário - aplicar o guia de revisão das questões; submeter a apreciação critica;
  4. 4. Mestrado: Comunicação Educacional Multimédia Unidade Curricular: Metodologias de Investigação Educacional Professor: Luís Tinoca Grupo: Metódicos· Efectuar o pré-teste - testar através de um pré-teste a eficácia e pertinência do questionário junto de uma amostra que reflicta a populaçãovisada, antes de se aplicar o questionário. O objectivo do pré-teste consiste em determinar e corrigir, omissões e equívocos do questionário;· Redigir a introdução e instruções - indicar o objectivo, o tempo requerido, os autores da investigação e as instruções de preenchimento.Resumindo, o investigador na elaboração do questionário deverá respeitar os seguintes pontos:Princípio da Neutralidade (libertar o inquirido do referencial de juízos de valor ou do preconceito do próprio autor).Princípio da Coerência (respostas coerentes com intenção da própria pergunta);Princípio da Clareza (questões claras, concisas e unívocas);4 - Tipos de questõesO questionário pode apresentar diversos níveis de estruturação: com questões fechadas em que o indivíduo é submetido a escolhas derespostas possíveis; e com questões abertas que possibilitam aos indivíduos darem as suas respostas.4 .1 Questões fechadasO inquirido apenas pode assinalar a resposta(s) perante as várias opções que lhe são apresentadas. Deste modo, o inquirido terá de identificar aresposta que pretende dar, dentro as opções facultadas.Categorias :• Questões de resposta única;• Questões de resposta múltipla;• Questões de escala.As questões de resposta fechada têm a vantagem do tratamento dos resultados ser facilitado pela codificação e normalização dainformação. A limitação de um questionário que apenas seja formado por questões fechadas é a pouca profundidade da informação.4. 2 Questões abertasNeste tipo de questões não há qualquer limitação às respostas a dar pelos inquiridos: estes respondem livremente à questão. O tratamento deinformação é mais difícil, mas os dados obtidos são mais completos, uma vez que revelam os motivos da tomada de posição dos inquiridos.
  5. 5. Mestrado: Comunicação Educacional Multimédia Unidade Curricular: Metodologias de Investigação Educacional Professor: Luís Tinoca Grupo: Metódicos4.3 Questões semiabertasNuma questão semiaberta, estão envolvidas o tipo de resposta fechada e aberta, decorrentes de questões fechadas e questões abertas,respectivamente.5 - EscalasAtravés da utilização de escalas é possível medir aspectos como atitudes ou opiniões do público-alvo. Existem quatro tipos de escalas: deLikert , Visual Analogue Scales (VAS) , Numérica e de Guttman .A escala de Likert é do tipo de resposta psicométrica e é a escala mais usada em pesquisas de opinião.O formato típico de um item Likert é: 1. Não concordo totalmente 2. Não concordo parcialmente 3. Indiferente 4. Concordo parcialmente 5. Concordo totalmenteVisual Analogue Scales (VAS )Este tipo de escala baseia-se numa linha horizontal com 10 cm:A sua apreciação geral sobre o produtoPéssimo ____________________________X_____Excelente.O inquirido deve responder à questão assinalando na linha a posição que corresponde à sua opinião.
  6. 6. Mestrado: Comunicação Educacional Multimédia Unidade Curricular: Metodologias de Investigação Educacional Professor: Luís Tinoca Grupo: MetódicosA escala Numérica deriva da escala anterior na qual a linha se apresenta dividida em intervalos regulares:PéssimoI ____I_____I_____I_____I_____I_____I ExcelenteA escala de Guttman é formada por um conjunto de respostas que estão hierarquizadas. Deste modo se um inquirido concordar com uma dasopções está a concordar com todas as que se encontram numa posição inferior na escala.6 – Vantagens, desvantagens e limitaçõesVantagens· Proporciona o conhecimento de vários parâmetros de uma dada população;· Possibilita quantificar uma multiplicidade de dados e proceder a numerosas análises de correlação;· Garante o anonimato das respostas;· Admite que os inquiridos respondam no momento que consideram mais oportuno;· Possibilita uma maior sistematização dos resultados obtidos e facilidade de análise;· Não é muito dispendioso;· Não requer muita habilidade de quem o aplica;· Possibilita uma “relação” impessoal;· Tem uma apresentação uniformizada (ordem igual para todos os sujeitos, as mesmas instruções…);
  7. 7. Mestrado: Comunicação Educacional Multimédia Unidade Curricular: Metodologias de Investigação Educacional Professor: Luís Tinoca Grupo: MetódicosDesvantagens· Representatividade da população com a definição da amostra;· Pode ter custos elevados;· Indivíduo tratado como unidade estatística (perda das relações sociais entre os inquiridos);· Pequena percentagem de questionários correctamente/completamente preenchidos; taxa elevada de dados em falta;· Índice de devolução baixo; fraca taxa de respostas;· Aplicação depende das habilitações literárias dos inquiridos;· Dificuldade na concepção.7 - Análise dos dadosNesta fase procede-se à codificação das respostas, ao tratamento dos dados através da Análise_Quantitativa e/ou Análise_Qualitativa para deseguida se proceder à elaboração das conclusões.Bibliografia(1) A pesquisa quantitativa [online] . Disponível em: http://en.wikipedia.org/wiki/Quantitative_research e emhttp://en.wikipedia.org/wiki/Quantitative_method . Consultado em Novembro de 2010.
  8. 8. Mestrado: Comunicação Educacional Multimédia Unidade Curricular: Metodologias de Investigação Educacional Professor: Luís Tinoca Grupo: Metódicoshttp://pt.wikipedia.org/wiki/Question%C3%A1rio. Consultado em Novembro de 2010.Almeida, J. F.(1994). Introdução à Sociologia, Universidade Aberta, Lisboa.Carmo, H. & Ferreira, M. (1998). Metodologia da Investigação - Guia para Auto-aprendizagem. Lisboa: Universidade Aberta.Fortin, M. (1999), O processo de Investigação, LusociênciaQuivy, R.& Campenhoudt, L. (1992). Manual de Investigação em Ciências Sociais. Lisboa: Gradiva.Rojas, R. O. (2001), El Cuestionario; [online] Disponível em http://www.nodo50.org/sindpitagoras/Likert.htm (consultado em 2 de Abril)

×