Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Partilhar Livros Com Bebés Dos 9 Meses Aos 3 Anos - apresentação pública da dissertação de mestrado

2,001 views

Published on

Esta comunicação é o resultado da apresentação pública da Dissertação de Mestrado em Bibliotecas, Arquivos e Ciências da Informação, na Universidade de Évora, em Junho de 2008.

Published in: Education, Technology, Business
  • Be the first to comment

Partilhar Livros Com Bebés Dos 9 Meses Aos 3 Anos - apresentação pública da dissertação de mestrado

  1. 1. O PAPEL DAS BIBLIOTECAS PÚBLICAS PORTUGUESAS NO SUPORTE À LITERACIA EMERGENTE <ul><ul><li>Universidade de Évora - Departamento de História </li></ul></ul><ul><ul><li>Dissertação de Mestrado em Arquivos, Bibliotecas e Ciências da Informação </li></ul></ul>PARTILHAR LIVROS COM BEBÉS DOS 9 MESES AOS 3 ANOS <ul><ul><li>Susana Margarida dos Santos Silvestre </li></ul></ul><ul><ul><li>Orientadores: Doutor José António Calixto </li></ul></ul><ul><ul><li>Professora Doutora Maria Luísa Grácio </li></ul></ul>
  2. 2. I. Questões de partida II. Objectivos III. Revisão da literatura IV. Metodologia V. Apresentação dos resultados VI. Conclusões VII. Recomendações SUMÁRIO
  3. 3. I. QUESTÕES DE PARTIDA Investigação <ul><li>As bibliotecas da RNBP desenvolvem projectos específicos para bebés dos 9 meses aos 3 anos? </li></ul><ul><li>Em caso afirmativo, que projectos são desenvolvidos? São planeados ou testados empiricamente? </li></ul>
  4. 4. II. OBJECTIVOS 1º Investigar o papel das bibliotecas públicas portuguesas na criação de competências de pré-leitura; 2º Averiguar as semelhanças e diferenças dos projectos de leitura desenvolvidos em 5 bibliotecas públicas; 3º Analisar a importância da promoção da literacia emergente e familiar na óptica dos técnicos de biblioteca.
  5. 5. III. REVISÃO DA LITERATURA <ul><li>Literacia e Literacia emergente </li></ul><ul><li>Contributos da Psicologia do Desenvolvimento </li></ul><ul><li>Papel das bibliotecas públicas no desenvolvimento da literacia emergente </li></ul><ul><li>3.1 Criação de bebetecas </li></ul><ul><li>3.2 Promoção da leitura de histórias </li></ul><ul><li>3.3 Envolvimento das famílias </li></ul>
  6. 6. IV. METODOLOGIA <ul><li>Metodologias de investigação: </li></ul><ul><li>- Métodos quantitativo e qualitativo </li></ul><ul><li>Recolha dos dados; </li></ul><ul><li>1ª fase: Inquérito por questionário </li></ul><ul><li>2ª fase: Entrevista </li></ul><ul><li>Análise dos dados com ATLAS.ti </li></ul>
  7. 7. Metodologia Questionário enviado a 132 Bibliotecas, inauguradas até 2004. Responderam 86 , das quais 34 têm bebeteca e 12 realizam actividades de leitura. Seleccionou-se uma amostra de 5 Bibliotecas. Critérios para selecção da amostra Existência de bebeteca há 1 ano ou mais Existência de bebeteca há 1 ano ou mais Realização de actividades de leitura para pais e bebés Zona de localização da biblioteca
  8. 8. Metodologia Entrevista <ul><ul><li>Importância do espaço para bebés; </li></ul></ul><ul><ul><li>Planeamento e concepção; </li></ul></ul><ul><ul><li>Recursos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Promoção / Divulgação; </li></ul></ul><ul><ul><li>Dinamização; </li></ul></ul><ul><ul><li>Avaliação do projecto; </li></ul></ul><ul><ul><li>Conclusão. </li></ul></ul>Estrutura da Entrevista
  9. 9. 1. Implementar bebetecas nas bibliotecas públicas portuguesas V. APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS  Génese do espaço BEBETECA Ordem Funcional Adequar o espaço ao público alvo Ordem Interna Atrair novos públicos/ Aumentar os empréstimos Ordem Intelectual Promover projectos de mediação de leitura
  10. 10. Apresentação dos Resultados 1. Implementar bebetecas nas bibliotecas públicas portuguesas “ (...) sentíamos que vinham pais que diziam: ‘não há nada para mais pequeninos, não há nada para mais pequeninos’. Perguntavam que espaço de animação havia e nós não tínhamos. Surgiu sobretudo aí, porque sabia que também estava a ser implementado noutras bibliotecas o serviço. Podia ser uma mais valia para a nossa biblioteca.” (entrevistado da Biblioteca A) “ A bebeteca surge numa altura em que a gente começou a perceber que (...) individualizávamos muito o trabalho com as crianças deixando de fazer muito para todos e começar a trabalhar para grupos alvo definidos e dar continuidade.” (entrevistado 1 da Biblioteca D)
  11. 11. Apresentação dos Resultados 1. Implementar bebetecas nas bibliotecas públicas portuguesas  Importância das bebetecas nas bibliotecas públicas BEBETECA “ é o início de tudo” “ espaço essencial, quase que obrigatório” “ Pais deitados no chão com bebés. É giro de se ver” “ É um momento único. Mesmo de prazer, de afecto”
  12. 12. Apresentação dos Resultados 2. Papel da biblioteca pública no suporte à literacia emergente <ul><li>Actividades de animação </li></ul><ul><li>- Pouco centradas no livro e na leitura: </li></ul><ul><li>- Pontuais; </li></ul><ul><li>Ausência de objectivos e de estratégias de actuação. </li></ul>“ Às vezes podemos ter 1 [criança], às vezes podemos ter 2, às vezes podemos ter 14. Na sexta-feira passada tivemos 14. E outras vezes não querem ouvir. Às vezes são 2 ou 3. Estão com os pais, estão a brincar, a gente também não força nada. Se quiserem ouvir... se não quiserem ouvir não ouvem.” (entrevistado da Biblioteca E)
  13. 13. Apresentação dos Resultados 2. Papel da biblioteca pública no suporte à literacia emergente <ul><li>Projectos de mediação directa de leitura </li></ul><ul><li>Actuação a longo prazo ( projectos regulares e continuados) ; </li></ul><ul><li>Incidência no livro e na leitura; </li></ul><ul><li>- Diferentes técnicas e métodos na dinamização das sessões; </li></ul><ul><li>Actividades adequadas ao estádio de desenvolvimento das crianças. </li></ul>“ Estamos a fazer uma coisa direccionada. Não devemos fazer as coisas por se fazer, mas sim porque há necessidade de se fazer.” (entrevistado 2 da Biblioteca D)
  14. 14. Apresentação dos Resultados 3. Papel da biblioteca pública no suporte à literacia familiar Partilhar livros Formar mediadores de leitura Envolver as Famílias
  15. 15. Apresentação dos Resultados 4. Obstáculos e constrangimentos à dinamização de projectos <ul><li>Escassez de Recursos </li></ul><ul><li>Ausência de linhas orientadoras </li></ul><ul><li>Humanos </li></ul><ul><li>Documentais </li></ul><ul><li>Financeiros </li></ul>
  16. 16. CONCLUSÕES <ul><li>Bebetecas promovem o contacto precoce da criança com o livro; </li></ul><ul><li>Contacto precoce com o livro contribui para o desenvolvimento da criança; </li></ul><ul><li>Projectos regulares e continuados nas bibliotecas públicas enraízam hábitos de leitura; </li></ul><ul><li>Envolvimento da família potencia atitudes positivas da criança face à leitura; </li></ul><ul><li>Limitação de recursos (humanos, documentais e financeiros); </li></ul><ul><li>Técnicos sem formação em promoção directa de leitura; </li></ul><ul><li>Ausência de linhas orientadoras; </li></ul><ul><li>Investigação escassa em Portugal. </li></ul>
  17. 17. RECOMENDAÇÕES <ul><li>Política nacional de promoção da leitura; </li></ul><ul><li>Produção e edição de literatura infantil de qualidade; </li></ul><ul><li>Tradução das Guidelines for Library Services to Babies and Toddlers ; </li></ul><ul><li>Formação profissional contínua; </li></ul><ul><li>Cooperação nacional e internacional; </li></ul><ul><li> Alargar o campo de actuação das bibliotecas públicas a comunidades com níveis de literacia reduzidos. </li></ul>
  18. 18. <ul><li>“ O Tejo desce de Espanha </li></ul><ul><li>E o Tejo entra no mar em Portugal. </li></ul><ul><li>Toda a gente sabe isso. </li></ul><ul><li>Mas poucos sabem qual é o rio da minha aldeia </li></ul><ul><li>E para onde ele vai </li></ul><ul><li>E donde ele vem. </li></ul><ul><li>E por isso porque pertence a menos gente, </li></ul><ul><li>É mais livre e maior o rio da minha aldeia.” </li></ul><ul><li>Alberto Caeiro, excerto do poema “O Tejo é mais Belo” </li></ul>
  19. 19. O PAPEL DAS BIBLIOTECAS PÚBLICAS PORTUGUESAS NO SUPORTE À LITERACIA EMERGENTE <ul><ul><li>Universidade de Évora - Departamento de História </li></ul></ul><ul><ul><li>Dissertação de Mestrado em Arquivos, Bibliotecas e Ciências da Informação </li></ul></ul>PARTILHAR LIVROS COM BEBÉS DOS 9 MESES AOS 3 ANOS <ul><ul><li>Susana Margarida dos Santos Silvestre </li></ul></ul><ul><ul><li>Orientadores: Doutor José António Calixto </li></ul></ul><ul><ul><li>Professora Doutora Maria Luísa Grácio </li></ul></ul>

×