Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Associativismo Aula I IFGoiano Campus Ceres

4,890 views

Published on

Aula sobre associativismo da professora Adriana Silva Castilho

Published in: Education

Associativismo Aula I IFGoiano Campus Ceres

  1. 1. ASSOCIATIVISMO Professora: Adriana Silva Castilho
  2. 2. O que é Associativismo? É qualquer iniciativa formal ou informal, que reúne um grupo de empresas ou pessoas, com o objetivo principal de superar dificuldades e gerar benefícios econômicos, sociais ou políticos.
  3. 3. Associativismo está presente em entidades como associações comerciais, industriais e rurais; sindicatos; cooperativas; parcerias ou associações de interesse econômico, social ou político.
  4. 4. Importância do Associativismo O Associativismo servi para se alcançar alvos comuns. O associativismo consiste basicamente, na união de pessoas em prol das mesmas metas, de forma organizada. Não é assim em nossa família? Na escola? No grupo de amigos? Nas Associações patronais ou de empregados?
  5. 5. A Era do Associativismo Estamos na era do associativismo, pois aprenderemos a cada dia que sozinhos somos presas fáceis e apenas mais um. A união faz a força.
  6. 6. Vamos nos ater, mais especificamente, ao ASSOCIATIVISMO de interesse econômico, que reúne empresas de uma mesma atividade para praticar compras conjuntas, ações de marketing, programas de qualidade, produção compartilhada etc.
  7. 7. ASSOCIATIVISMO INFORMAL E FORMAL As formas de organizações associativas informais se diferenciam das formais na maneira pela qual surgem e são organizadas. Não requerem muita formalidade para a participação dos interessados, bem como não tem regras rígidas e documentadas oficialmente. Além disso, surgem espontaneamente à medida em que houver necessidade e com a mesma espontaneidade com que surgem desaparecem, sem necessidade de relatórios, balanços de atividades e nem dar baixa junto aos órgãos de fiscalização e controle.
  8. 8. Como exemplo podemos citar o conhecido mutirão, muito comum em nossa região, ele não requer muita formalidade para começar e nem para terminar. É só marcar o dia e a hora, convidar os vizinhos e mãos a obra. Ao final do serviço, geralmente ocorre uma confraternização com muita comida, bebida e dança. Posteriormente, aqueles trabalhadores que auxiliaram nos serviços de manutenção daquela lavoura, terão igualmente a assistência a suas lavouras com a realização de outros mutirões realizados em datas pré-determinadas.
  9. 9. Já nas organizações associativas formalmente constituídas, tais formalidades são decorrentes da evolução e sistematização dos processos associativos informais. Á medida com que vão aumentando a complexidade destas organizações, bem como o número de pessoas participantes, para que sejam evitados problemas decorrentes interpretações e entendimentos diferenciados entre os participantes, dentre outros possíveis problemas quando se trabalha com um grupo de interesses, geralmente distintos, é necessário que sejam formalizadas algumas regras.
  10. 10. Por exemplo, em uma comunidade rural onde são comuns os mutirões, como mencionamos anteriormente, à medida em que vão se intensificando tais atividades em decorrência do processo de modernização da agropecuária da região, começam a surgir idéias no sentido de adquirir coletivamente máquinas, equipamentos, animais, dentre outros. Para que tais objetivos sejam atingidos, este grupo geralmente cria uma “Associação de Produtores ou Cooperativa, que é formalmente constituída, com regras bem definidas e registradas em cartório. Posteriormente, visando dar mais força e capacidade de articulação de sua organização, esta associação pode associar-se a outras, formando assim os sindicatos rurais.
  11. 11. Perguntas: 1- Quais as diferenças básicas entre uma organização associativa formal e informal? 2 – Como geralmente se dá o processo de formalização de uma associação ou cooperativa?
  12. 12. O QUE É ASSOCIAÇÃO? Associação: É uma sociedade civil sem fins lucrativos, onde vários indivíduos se organizam de forma democrática em defesa de seus interesses. Pode existir em vários campos da atividade humana e sua criação deriva de motivos sociais, filantrópicos, científicos, econômicos e culturais.
  13. 13. ALGUMAS REGRAS PARA O DESENVOLVIMENTO DO GRUPO - Trocar idéias entre si; - Ouvir, discutir e compreender; - Disposição para mudar de opinião se for necessário; - Todos os associados devem participar das discussões; - Dividir tarefas; - Registrar no livro ata todas as decisões.
  14. 14. PARA O SUCESSO DA ASSOCIAÇÃO É NECESSÁRIO: 1 – Vontade de se organizar – A associação deverá nascer da necessidade de resolver problemas que isoladamente não serão possíveis de encontrar soluções. 2 – Consciência do grupo – O grupo interessado é que deve decidir o momento certo de organizar a Associação. 3 – Natureza do grupo – Os produtores devem ter necessidades e interesses comuns.
  15. 15. VANTAGENS DE SER SÓCIO - Obtenção de melhoria para a comunidade como: estradas, escolas, postos de saúde, etc.; - Acesso a Crédito Rural; - Aquisição de bens e insumos com melhor preço; - Aperfeiçoamento técnico através de Capacitação Rural; - Força nas reivindicações.
  16. 16. São organizações com finalidade de: • Prestar assistência social e cultural. • Atuar na defesa dos direitos das pessoas ou de classes específicas de trabalhadores e/ou empresários. • Defesa do meio ambiente. • Clubes de serviços. • Entidades filantrópicas. • Religiosas. • Clubes esportivos entre outros.
  17. 17. COOPERATIVISMO Este termo, cooperativismo, geralmente aponta a existência de uma organização social que, como já foi dito, pratica a ação de operar juntamente com alguém em busca da solução de um problema comum. Ou melhor, todos agindo entorno de um objetivo que venha satisfazer as necessidade de um determinado grupo, isto foi a partir de regras formalmente estabelecidas.
  18. 18. COOPERATIVA É uma associação de pessoas que desenvolvem uma determinada atividade econômica e dividem resultados
  19. 19. O COOPERADO O cooperado nunca está sozinho. Ele faz parte de uma sociedade que o representa. O cooperativismo é uma opção para os trabalhadores, pois substitui o trabalho assalariado pelo associado.
  20. 20. No Cooperativismo os valores fazem a diferença.
  21. 21. Superar as desigualdades entre Mulheres e Homens e reconhecer o direito de cada um.
  22. 22. No Cooperativismo as pessoas desenvolvem uma mentalidade mais aberta, flexível, participativa,humana e solidária.
  23. 23. As coisas não tem que ser como sempre foram.
  24. 24. Associação • Sociedade de pessoas sem fins econômicos. • Não pode desenvolver atividades comerciais. Salvo em alguns Estados. • Patrimônio distinto: O patrimônio dos sócios não é atingido pelas dívidas contraídas pela Associação. • Pode ser de caráter social, filantrópico, científico e cultural. • Não poderá remunerar seus dirigentes. • Não pode ter lucros, somente sobras. • As sobras devem ser reaplicadas na própria associação, de acordo com seus objetivos, não podendo ser distribuídas entre os seus associados. • No caso de solvência os bens devem ser repassados a uma sociedade congênere.
  25. 25. A associação então, é a forma mais básica para se organizar juridicamente um grupo de pessoas para a realização de objetivos comuns. Esquematicamente podemos representar as associações como sendo:
  26. 26. Cooperativa • Sociedade de pessoas. • Tem por objetivo prestar serviços aos cooperados. • Pode praticar atos de comércio. • Cada cooperado tem direito a um voto, independente do número de cotas-parte. • A adesão é livre e voluntária. • Os sócios respondem solidariamente. • Lei 5.764: mínimo 20 cooperados, o NCC quantidade suficiente para compor uma diretoria • O retorno aos cooperados é proporcional às operações realizadas. • Ato cooperativo
  27. 27. Atividade: 1-) Quais são as diferenças entre Associação e Cooperativa?

×