O Evangelho de Nárnia

5,139 views

Published on

Palestra sobre a visão cristã das Crônicas de Nárnia.

Published in: Education
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
5,139
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
289
Actions
Shares
0
Downloads
145
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

O Evangelho de Nárnia

  1. 1. O Evangelho em NárniaReflexões sobre as Crônicas e sua cosmovisão Eric Fernandes de Mello Araújo – eric@dcc.ufla.br
  2. 2. Origem das Crônicas● Criadas por C.S. Lewis● Professor em Cambridge e Oxford ● Literatura Medieval e Renascentista ● Cristão anglicano
  3. 3. Cronologia● O Leão, a Feiticeira e o Guarda Roupas (1950)● Príncipe Caspian (1951)● A viagem do Peregrino da Alvorada (1952)● A Cadeira de Prata (1953)● O Cavalo e seu menino (1954)● O Sobrinho do Mago (1955)● A Última Batalha (1956)
  4. 4. Ordem de Leitura● O Sobrinho do Mago● O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa● O Cavalo e Seu Menino● Príncipe Caspian● A Viagem do Peregrino da Alvorada● A Cadeira de Prata● A Última Batalha
  5. 5. Os Inklings● Aversão de Tolkien pelas Crônicas● Mito x Alegoria● Uso das criaturas mitológicas e o paganismo
  6. 6. Mitologias● Grega ● Centauros ● Dríades (ninfas dos bosques) ● Gigantes ● Gnomos ● Minotauros● Nórdica ● Anões ● Sereias● Romana ● Faunos
  7. 7. Analogias bíblicas● A presença de referenciais bíblicos nas crônicas ● Aslan ● A feiticeira branca ● Filhos de Adão e Filhas de Eva
  8. 8. As Sete crônicas O Sobrinho do Mago
  9. 9. O Sobrinho do Mago● Tema Central: O poder do orgulho, da tentação, do pecado e do mal● Criação e Queda do Homem● Introdução do mal em Nárnia por culpa de Digory ● Rm 5:12● Profecia de Aslan (Gn 3:15) ● “O pecado virá daquele mal, mas ainda há um longo caminho, e eu farei com que o pior recaia sobre mim (…) e como a descendência de Adão fez o dano, essa mesma descendência ajudará a curá-lo.”
  10. 10. O Sobrinho do Mago● Conta sobre “como começaram as idas e vindas entre o nosso mundo e a terra de Nárnia”● Tio André, Digory, Polly e os anéis mágicos● Visita a Charn e despertamento da rainha malvada Jadis● Volta a Londres● Tentativa de devolver a feiticeira à outro mundo e chegada à Nárnia
  11. 11. O Sobrinho do Mago● Digory descobre o poder da fé e da confiança (II Co 12:10)● Trecho importante: A criação de Nárnia
  12. 12. O Sobrinho do Mago
  13. 13. As Sete CrônicasO Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa
  14. 14. O Leão, a Feiticeira e o Guarda- Roupa● “Na realidade, entretanto, ele [Aslan] é uma invenção na tentativa de responder à pergunta imaginária, Como Cristo seria se realmente houvesse um mundo como Nárnia e Ele escolhesse encarnar, morrer e ressuscitar, como já fez em nosso mundo?” ● C.S. Lewis
  15. 15. O Leão, a Feiticeira e o Guarda- Roupa “O mal será bem, quando Aslan chegar, Ao seu rugido, a dor fugirá, Nos seus dentes, o inverno morrerá, Na sua juba, a flor há de voltar.”
  16. 16. O Leão, a Feiticeira e o Guarda- Roupa● História da salvação (Rm 5:8, Cl 1:13-14)● A maldade e o engano do inimigo das nossas almas (Jo 8:44)● O poder do pecado e suas consequências (Ti 1:14-15)● O constante temor e reverência a Deus, que é bom e terrível ao mesmo tempo (Dt 7:21; Sl 99:3)
  17. 17. O Leão, a Feiticeira e o Guarda- Roupa● A luz do lampião e o caminho de Lúcia (Sl 119:105)● Edmundo e a descrença em Lúcia (Jo 7:3-5)● O Manjar Turco e a ganância de Edmundo (Pr 23:1-3)● Na floresta, a busca pelo Sr. Tumnus – compaixão e justiça (Hb 13:3)● A quebra do encantamento e a feiticeira branca ● Papai noel
  18. 18. O Leão, a Feiticeira e o Guarda- Roupa● A mesa de pedra – alusão às tábuas de Moisés● A primeira batalha de Pedro – Davi e suas batalhas● Magia profunda – a entrega de Aslan (Hb 9:22)● A caminhada de Aslan até a mesa de pedra – Getsêmani e a presença das mulheres quando da sua morte (Mt 27:55-56)● A expiação dentro das crônicas – a entrega pelo traidor
  19. 19. O Leão, a Feiticeira e o Guarda- Roupa● As estátuas de pedra – alusão ao vale de ossos secos (Ex 37:5)● A vinda de Cristo e o resgate de Aslan (Is 61:1-2; Ap 5:5)● A caçada ao veado branco
  20. 20. As Sete CrônicasO Cavalo e Seu Menino
  21. 21. O Cavalo e seu Menino● Acontece durante a era dourada de Nárnia● Estilo literário árabe – semelhanças com Ali Babá e os 40 ladrões● Tema referente à providência divina: Deus trabalhando por trás das cenas● Shasta, filho de Arriche, é um menino camponês que vive em uma terra pagã, a Calormânia
  22. 22. O Cavalo e seu Menino● Busca pela liberdade● Aslan o guia e protege em sua jornada● Semelhanças com o livro de Ester ● Shasta salva sua nação e Nárnia● Contraste entre a Calormânia e Nárnia● Aravis, Bri e Huim● O irmão gêmeo, Corin e o trono da Arquelândia
  23. 23. O Cavalo e seu Menino
  24. 24. As Sete Crônicas Príncipe Caspian
  25. 25. Príncipe Caspian● “Tudo igual […] Eu queria ter vivido nos Velhos Tempos […] quando tudo era bem diferente. Quando os animais podiam falar e as pessoas que moravam nas árvores e riachos eram boas […] e havia anões e faunos” ● Caspian X
  26. 26. Príncipe Caspian● Lição de coragem para Pedro, Edmundo e Suzana● Lúcia descobre o custo do discipulado● Alusão de Susana e Lúcia a Maria e Marta
  27. 27. Príncipe Caspian● A história se passa 1000 anos depois do reinado de Pedro, Edmundo, Susana e Lúcia● Os Telmarianos tomaram nárnia, e mataram as criaturas narnianas● As pessoas começam a duvidar da existência de Aslan e das histórias antigas● Tema central: fé (Hb 11:1)
  28. 28. Príncipe Caspian● Paralelos bíblicos ● Os ciclos de opressão e livramento do povo hebreu ● Os 400 anos de silêncio entre o Velho e o Novo Testamentos ● Semelhanças de Caspian com o Rei Josias, em 2 Crônicas 34 – o menino de Judá rejeita o mal e a idolatria de seus antecessores e restaura a nação
  29. 29. As Sete CrônicasA Viagem do Peregrino da Alvorada
  30. 30. A Viagem do Peregrino da Alvorada● A busca do príncipe Caspian pelos 7 lordes desaparecidos no reinado de Miraz● Ripchip tem sua esperança em algo maior: encontrar o país de Aslan● Para Caspian, Edmundo e Lúcia, é uma jornada de amadurecimento espiritual● Para Ripchip, é o ápice de sua vida (2 Ti 4:7)● Para Eustáquio, é uma jornada de transformação
  31. 31. A Viagem do Peregrino da Alvorada
  32. 32. As Sete Crônicas A Cadeira de Prata
  33. 33. A Cadeira de Prata● “A lição de tudo […] é que essas feiticeiras do Norte sempre miram o mesmo objetivo: em cada época da História, mudam apenas a tática.”
  34. 34. A Cadeira de Prata● O rapto do príncipe● Os sinais para Jill (Dt 6:6-9)● A mudança de Eustáquio● A rainha verde e a tentativa de tomada de Nárnia● O Brejeiro – prudência e cautela
  35. 35. As Sete Crônicas A Última Batalha
  36. 36. A Última Batalha● Confuso e Manhoso – o anticristo e a importância da fé sólida● O rei Tirian e o unicórnio Precioso● A heresia de Tashlan● Desde o princípio eles sabem que a batalha está perdida, mas lutarão até o último fôlego (Ap 2:10)● O juízo de Aslan na Porta do Estábulo● O encontro com os demais reis, rainhas e amigos de Nárnia
  37. 37. Controvérsias em Nárnia● Sexismo – Susana e as vaidades● Racismo – O Cavalo e seu menino seria anti- árabe● Paganismo e ocultismo
  38. 38. Conclusões● A criatividade e o uso de mitos para ensinar sobre o cristianismo● O pré-evangelismo● As Crônicas de Nárnia como instrumento para educação, enfocando as virtudes e valores morais
  39. 39. Dicas de Leitura

×