Pop Art

2,357 views

Published on

Trabalho Realizado para a Disciplina de Aérea de Expressões Plásticas do Curso Profissional de Animação Sociocultural.

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,357
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
73
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Pop Art

  1. 1. Pop art é um movimento artístico surgido no final da década de 1950 no Reino Unido e nos Estados Unidos.
  2. 2. O Independent Group (IG), fundada em Londres em 1952, é reconhecido como o precursor do movimento de Pop art. O grupo, formado entre outros pelos artistas Laurence Alloway, Alison e Peter Smithson, Richard Hamilton, Eduardo Paolozzi e Reyner Banham utilizava os novos meios de produção gráfica que culminavam durante as décadas de 1950 e 60, com o objetivo de produzir arte que atingisse as grandes massas.É possível observar nas obras Pop britânicas um certo deslumbramento pelo american way of life através da mitificação da cultura americana. É preciso levar em consideração que o Reino Unido passava por um período pós-guerra, se reerguendo e vislumbrando a prosperidade econômica norte-americana. Desta forma, todas as obras dos artistas pop britânicos aceitaram a cultura industrial e assimilaram aspectos dela em sua arte de forma eclética e universal.
  3. 3. Richard Hamilton nasceu em Londres a 24 de A sua pequena, densa e profética obra, “Just What Is It Fevereiro de 1922. Determinado a ser um artista That Makes Today’s Homes So Different, So appealing?” desde pequeno, deixou o liceu em Pimlico aos não só introduziu a palavra “pop” na arte como também 15 anos de idade para se tornaraprendiz de antecipou muitas da imagens chave do género: A engenharia eléctrica. Já que era muito novo televisão; o cartaz da Warner Bros; o poster para frequentar a Real Academia de comico(Lichenstein); o fiambre empacotado(Rosenquist); Londres, em vez disso frequentou as aulas da a cama de motel(Oldenburg) e o logo da Ford. tarde na Escola Artística de St Martin. Richard Hamilton casou-se com Terry O’Reilly emAos 16 modou-se para a Real Academia de 1947, tiveram um filho e uma filha. Em 1991 casou-se com Londres, mas os seus estudos foram Rita Donagh, com quem vive mais o filho do seu primeiro interrompidos pelo rebentamento da guerra. casamento. Tornou-se um desenhador, a trabalhar lado a lado com cientistas e engenheiros eléctricos na EMI, onde desenvolveu um interesse vitalicio por tecnologia.Em 1953 deu aulas na Escola Central de Artes, onde conheceu Eduardo Paolozzi e William Turnbull. Richard juntou-se ao seu grupo independente (independent group), um conjunto de escritores, arquitectos e artistas que exibiram na ICA. Paolozzi apresentou-o a Victor Pasmore, que arranjou a Hamilton uma licenciatura na Universidade de Newcastle- upon-Tyne. Isto permitiu-lhe continuar com a sua admiraçao por Duchamp, e a sua exbição na Galeria Hanover foi uma homenagem a esse mestre moderno.
  4. 4. hers is a lush situation (1958) My Marilyn (1965) Swingeing London 67 to TheJust What Is It That Makes Release(1972) The Beatles Today’s Homes So (1968) Different, So Appealing? (?)
  5. 5. Ao contrário do que sucedeu no Reino Unido, nos Estados Unidos os artistas trabalham isoladamente até 1963, quando duas exposições (Arte 1963: novo vocabulário, Arts Council, Filadélfia e Os novos realistas, Sidney Janis Gallery, Nova York) reúnem obras que se beneficiam do material publicitário e da mídia. É nesse momento que os nomes de Andy Warhol, Roy Lichtenstein, Claes Oldenburg, James Rosenquist e Tom Wesselmann surgem como os principais representantes da Pop art em solo norte- americano. Sem estilo comum, programas ou manifestos, os trabalhos desses artistas se afinam pelas temáticas abordadas, pelo desenho simplificado e pelas cores saturadas. A nova atenção concedida aos objetos comuns e à vida quotidiana encontra seus precursores na antiarte dos dadaístas.Os artistas norte-americanos tomam ainda como referência uma certa tradição figurativa local - as colagens tridimensionais de Robert Rauschenberg e as imagens planas e emblemáticas de Jasper Johns - que abre a arte para a utilização de imagens e objetos inscritos no cotidiano. No trato desse repertório plástico específico não se observa a carga subjetiva e o gesto lírico- dramático, característicos do expressionismo abstrato - que, aliás, a arte pop comenta de forma paródica em trabalhos como Pincela (1965) de Roy Lichtenstein. No interior do grupo norte-americano, o nome de Tom Wesselmann liga-se às naturezas-mortas compostas com produtos comerciais, o de Lichtenstein aos quadrinhos (Whaam!, 1963) e o de Claes Oldenburg, mais diretamente às esculturas (Duplo Hambúrguer, 1962).
  6. 6. Estes temas eram reproduzidos serialmente comAndy Warhol nasceu em Pittsburgh, Pensilvânia a 6 de Agosto variações de cores. Além das serigrafias Warhol de 1928. Era o quarto filho de Ondrej Warhola e Ulja. também se utilizava de outras técnicas, como aNos primeiros anos de estudo, Warhol teve coreia, uma doença colagem e o uso de materiais descartáveis, não do sistema nervoso que provoca movimentos usuais em obras de arte. involuntários das extremidades, que se acredita ser uma Em 1987, ele foi operado à vesícula biliar. A complicação da escarlatina e causa manchas de operação correu bem mas Andy Warhol morreu pigmentação na pele. Muitas vezes de cama quando no dia seguinte. criança, tornou-se um excluído entre os seus colegas de escola, ligando-se fortemente com sua mãe. Às vezes quando estava confinado à cama, desenhava, ouvia rádio e colecionava imagens de estrelas de cinema ao redor de sua cama. Warhol depois descreveu esse período como muito importante no desenvolvimento da sua personalidade, do conjunto de suas habilidades e de suas preferências. Aos 17 anos, em 1945, entrou no Instituto de Tecnologia de Carnegie, em Pittsburgh, hoje Universidade Carnegie Mellon e se graduou em design.Os anos 60 marcam uma guinada na sua carreira de artista plástico e passa a se utilizar dos motivos e conceitos da publicidade em suas obras, com o uso de cores fortes e brilhantes e tintas acrílicas. Reinventa a pop art com a reprodução mecânica e seus múltiplos serigráficos são temas do cotidiano e artigos de consumo, como as reproduções das latas de sopas Campbell e a garrafa de Coca-Cola, além de rostos de figuras conhecidas como Marilyn Monroe, Liz Taylor, Michael Jackson, Elvis Presley, Pelé, Che Guevara e símbolos icônicos da história da arte, como Mona Lisa.
  7. 7. =FIM=

×