Comunicação Internacional, Democracia Linguística e Software Livre
Internacia Komunikado, Lingva Demokratio kaj Libera Pro...
• Principal e mais amplamente usado SO
no mundo – (aproximadamente 90% de
fatia de mercado);
• Fácil aprendizado, interfac...
• Quantidade e qualidade dos aplicativos;
• Escassez de drivers;
• Hardware não compatível;
• Dificuldade de operação e ap...
Línguas do Mundo
Língua milhões de falantes nativos %
Mandarim 845 14,08%
Espanhol 329 5,48%
Inglês 328 5,47%
Hindi-Urdu 2...
ESPERANTO
Língua Internacional
O que é o esperanto?
● Língua Internacional neutra, planejada,
para uso de todos os povos, em todas
as culturas, independe...
“Para cada povo, sua própria língua;
Para todos os povos, o Esperanto”.
A proposta do esperanto é que
cada povo continue falando
sua língua, e use o esperanto
nas comunicações internacionais.
Co...
A idéia base da língua internacional
Esperanto foi lançada pelo médico
polonês de 28 anos Dr Lázaro
Zamenhof, em 1887.
Por...
L.L. ZAMENHOF
HISTÓRIA DO ESPERANTO
• O criador: L. L. Zamenhof (1859-1917)
• Médico polonês poliglota.
• “Primeiro Livro” 1887
• Primei...
HISTÓRIA DO ESPERANTO
Unua LibroUnua Libro
(1887)(1887)
HISTÓRIA DO ESPERANTO
●
Desde o lançamento do Esperanto,
Zamenhof se preocupou em traduzir obras
primas da literatura univ...
No mundo existem cerca de 6 mil
línguas e o Esperanto está entre as
100 línguas mais faladas. 
Apesar de não existir um pa...
O que é o esperanto?
●
Língua
●
Rede de contatos
●
Comunidade Internacional
●
Um mercado em desenvolvimento
●
Educação
●
A...
O que tem isso a ver com o SL?
SL Eo
Livre, não pertence a ninguém e a todos ao mesmo tempo.
Estimula a difusão do conheci...
Um novo fenômeno linguístico
Cada povo tem sua cultura e língua.
A língua esperanto criou seu povo e
sua cultura.
Esperanto e as redes sociais
Esperanto e as redes sociais
Esperanto e as redes sociais
Esperanto e as redes sociais
Esperanto e as redes sociais
Google Tradutor
Google Tradutor
http://pt.lernu.net/
Esperanto e o Software Livre
Esperanto e o Software LivreAndroid
Esperanto e o Software Livre
Ubuntu Phone
Firefox OS
Esperanto e Software Livre
Esperanto e Software LivreUbuntu
Esperanto e Software Livre
Mint
Outras distros
Distros Unix
Suítes de escritório
Mozilla Firefox
http://softwarelivre.org/fisl15/?lang=eo
A CULTURA DO ESPERANTO
●
A “Idéia Interna”
●
O conceito de neutralidade
●
A preservação das culturas e das línguas naciona...
Existem 30 mil títulos diferentes de livros publicados
em esperanto.
Praticamente, todas as grandes
obras literárias já fo...
Uma língua nova com uma cultura
cosmopolita
Literatura Música
Uma língua nova com uma cultura
cosmopolita
Revistas Filmes
O Esperanto é praticado em cerca de
300 congressos que ocorrem todos os
anos.
A ONU, através da UNESCO,
recomenda o ensino...
Rede internacional
de hospedagem
O Senado Federal aprovou o
PLS - PROJETO DE LEI DO SENADO, Nº 27 de 2008
do Senador Cristovam Buarque
sobre a inclusão fac...
LIGA BRASILEIRA DE ESPERANTO
●
Sede: Brasília.
●
Fundada em 1907.
●
Edita a revista “Brazila Esperantisto”
●
Promove Congr...
Associação Universal de Esperanto
●
Sede: Roterdã, Holanda.
●
Fundada em 1908.
●
Membros em 117 países.
●
Edita a Revista ...
OS CONGRESSOS DE ESPERANTO
●
Os congressos universais
●
Os congressos continentais: Ásia, Europa,
América, África.
●
Os co...
Boulogne-sur-Mer, França, 1905
1a Universala Kongreso de Esperanto
Jokohama, Japão, 2007
Reykjavik, Islândia, 2013
São Paulo, Brasil, 2011
Florianópolis, Brasil, 2014
A ESTRUTURA DO ESPERANTO
● Gramática
● Fonética
● Vocabulário
● Estrutura aglutinante; afixos
Os radicais das palavras em Esperanto vêm de diversas línguas: aproximadamente 75%
das línguas descendentes do latim, 20% ...
Aprender Esperanto é 10 vezesMAIS FÁCIL e
RÁPIDO do que aprender Inglês, ou qualquer outra língua
natural.
BO - Parentesco que se ganha com o casamento.
IN - Marca o sexo feminino.
GE - Parentesco que se ganha com o casamento.
PA...
A magia da construção das palavras
em Esperanto
PATR O - pai
PATR O - mãeIN
(radical da palavra)
(sufixo para formar o “fe...
FRAT O - cunhado
FRAT O - cunhadaIN
BO
- Prefixo que marca o parentesco que se ganha
com o casamento.
BO
BO
HUND O
INHUND O
ARHUND O
(sufixo para formar o “coletivo”)
71
Exemplos de palavras formadas pelo radical SAN- (saúde)
1 sana são, bom (de saúde), sadio, válido; 47 malsanejo hospital, ...
23 saniginda que merece ser curado; 69 nesana indisposto;
24 sanigista a. de "sanigisto"; 70 neresanigebla incurável;
25 s...
Onde aprender?
●
Em associações, em várias cidades do Brasil e do
mundo.
●
Pela internet, kurso.com.br, lernu.net, entre
o...
O que é o esperanto?
●
Simpla ponto.
●
Medio, neniam fino.
●
Funkcia komunikilo.
“Sou favorável a um calendário único para todo o mundo, como
também a uma moeda única para todos os países e uma língua
au...
“Que uma única fé e um único amor os ajudem a unir o mundo
alquebrado num só rebanho, com um só Pastor. Que uma língua
sup...
“E é essa língua, de grande simplicidade e rara
beleza, que está naturalmente predestinada a
veicular e divulgar as obras ...
Semelhanças entre o Linux e o Esperanto
• Ambos foram criados por jovens idealistas: a primeira versão do Esperanto por Za...
Semelhanças entre o Linux e o Esperanto
• Pessoas beneficiadas pela imposição linguística de países economicamente fortes ...
Dankon!Dankon!
Alex CesárioAlex Cesário
http://alexcesario.blogspot.com.br/
alexsandro.cesario@gmail.com
http://www.facebo...
Referências
●
Projekto GNU
http://www.gnu.org/philosophy/free-sw.eo.html
●
Portal do Software Público Brasileiro
http://ww...
Comunicação Internacional, Democracia Línguistica e Software Livre por Alex Cesário
Comunicação Internacional, Democracia Línguistica e Software Livre por Alex Cesário
Comunicação Internacional, Democracia Línguistica e Software Livre por Alex Cesário
Comunicação Internacional, Democracia Línguistica e Software Livre por Alex Cesário
Comunicação Internacional, Democracia Línguistica e Software Livre por Alex Cesário
Comunicação Internacional, Democracia Línguistica e Software Livre por Alex Cesário
Comunicação Internacional, Democracia Línguistica e Software Livre por Alex Cesário
Comunicação Internacional, Democracia Línguistica e Software Livre por Alex Cesário
Comunicação Internacional, Democracia Línguistica e Software Livre por Alex Cesário
Comunicação Internacional, Democracia Línguistica e Software Livre por Alex Cesário
Comunicação Internacional, Democracia Línguistica e Software Livre por Alex Cesário
Comunicação Internacional, Democracia Línguistica e Software Livre por Alex Cesário
Comunicação Internacional, Democracia Línguistica e Software Livre por Alex Cesário
Comunicação Internacional, Democracia Línguistica e Software Livre por Alex Cesário
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Comunicação Internacional, Democracia Línguistica e Software Livre por Alex Cesário

301 views

Published on

Palestra sobre o Esperanto realizada no Flisol/2014 na cidade de São Carlos/SP realizada por Alex Cesário

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
301
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Comunicação Internacional, Democracia Línguistica e Software Livre por Alex Cesário

  1. 1. Comunicação Internacional, Democracia Linguística e Software Livre Internacia Komunikado, Lingva Demokratio kaj Libera ProgramaroInternacia Komunikado, Lingva Demokratio kaj Libera Programaro
  2. 2. • Principal e mais amplamente usado SO no mundo – (aproximadamente 90% de fatia de mercado); • Fácil aprendizado, interface intuitiva, suporte, tutoriais, informações facilmente encontradas; • Atualizações automáticas; • Programas e aplicativos de todos os tipos, muitos não possuem equivalentes de qualidade similar em outros sistemas operacionais; • Compatibilidade com a maioria dos programas comerciais e jogos; • Suporte de qualidade e profissional; • Fácil instalação; • Facilidade de configuração de redes; • Usabilidade – Interface touchscreen funcional; • Maior opção e adequado funcionamento do hardware; • Estabilidade / fácil navegação; • Rápido e funcional.
  3. 3. • Quantidade e qualidade dos aplicativos; • Escassez de drivers; • Hardware não compatível; • Dificuldade de operação e aprendizado; • Demanda mais mão de obra; • Não é auto-sustentável; • Doa conhecimento estratégico para concorrentes ou inimigos; • Baixa participação no mercado (aproximadamente 2,99%); • A indústria do software não tem como evoluir se os programadores não forem pagos; • O Software Livre acaba com a inovação; • O software apenas tem que funcionar! (quem se importa com o código fonte?) • O Software Livre não respeita o direito autoral e as patentes dos softwares; • Software Livre é algo como um novo comunismo. Críticas e mitos sobre o Linux e o Software Livre
  4. 4. Línguas do Mundo Língua milhões de falantes nativos % Mandarim 845 14,08% Espanhol 329 5,48% Inglês 328 5,47% Hindi-Urdu 240 4,00% Árabe 206 3,43% Bengali 181 3,02% Português 178 2,97% Russo 144 2,40% Japonês 122 2,03% Punjabi 109 1,82% http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_languages_by_number_of_native_speakers
  5. 5. ESPERANTO Língua Internacional
  6. 6. O que é o esperanto? ● Língua Internacional neutra, planejada, para uso de todos os povos, em todas as culturas, independente de raça, sexo, partido político, religião. ● O Esperanto NÃO visa a eliminar as línguas nacionais, mas ser o segundo idioma de cada povo. Ao contrário, ele visa preservar as culturas locais e minoritárias, todas elas valioso patrimônio da Humanidade.
  7. 7. “Para cada povo, sua própria língua; Para todos os povos, o Esperanto”.
  8. 8. A proposta do esperanto é que cada povo continue falando sua língua, e use o esperanto nas comunicações internacionais. Com o esperanto nenhum povo fica em desvantagem.
  9. 9. A idéia base da língua internacional Esperanto foi lançada pelo médico polonês de 28 anos Dr Lázaro Zamenhof, em 1887. Porém, desde então, o projeto de língua planejada se transformou em uma língua viva, com cultura própria e até com falantes nativos.
  10. 10. L.L. ZAMENHOF
  11. 11. HISTÓRIA DO ESPERANTO • O criador: L. L. Zamenhof (1859-1917) • Médico polonês poliglota. • “Primeiro Livro” 1887 • Primeiro Congresso: França, 1905 • “Academia de Esperanto” • A “Idéia Interna” do Esperanto
  12. 12. HISTÓRIA DO ESPERANTO Unua LibroUnua Libro (1887)(1887)
  13. 13. HISTÓRIA DO ESPERANTO ● Desde o lançamento do Esperanto, Zamenhof se preocupou em traduzir obras primas da literatura universal, para demonstrar a capacidade expressiva do idioma. ● Zamenhof deu também ao Esperanto uma ideologia: paz e fraternidade entre todos os povos.
  14. 14. No mundo existem cerca de 6 mil línguas e o Esperanto está entre as 100 línguas mais faladas.  Apesar de não existir um país que fale apenas Esperanto, ele está presente em 115 países.
  15. 15. O que é o esperanto? ● Língua ● Rede de contatos ● Comunidade Internacional ● Um mercado em desenvolvimento ● Educação ● Aprendizado de outras línguas
  16. 16. O que tem isso a ver com o SL? SL Eo Livre, não pertence a ninguém e a todos ao mesmo tempo. Estimula a difusão do conhecimento. Existe uma comunidade voltada para ajuda e compartilhamento de ideias Executá-lo para qualquer propósito. Grupo de trabalho, pesquisa e estudo internacional. Na maioria das vezes não visa nenhum lucro. Para a maioria das pessoas é algo simples e não requer grandes esforços para seu aprendizado. Não é imposto a ninguém. Sofre críticas vazias de pessoas desinformadas.
  17. 17. Um novo fenômeno linguístico Cada povo tem sua cultura e língua. A língua esperanto criou seu povo e sua cultura.
  18. 18. Esperanto e as redes sociais
  19. 19. Esperanto e as redes sociais
  20. 20. Esperanto e as redes sociais
  21. 21. Esperanto e as redes sociais
  22. 22. Esperanto e as redes sociais
  23. 23. Google Tradutor
  24. 24. Google Tradutor
  25. 25. http://pt.lernu.net/
  26. 26. Esperanto e o Software Livre
  27. 27. Esperanto e o Software LivreAndroid
  28. 28. Esperanto e o Software Livre
  29. 29. Ubuntu Phone
  30. 30. Firefox OS
  31. 31. Esperanto e Software Livre
  32. 32. Esperanto e Software LivreUbuntu
  33. 33. Esperanto e Software Livre Mint
  34. 34. Outras distros
  35. 35. Distros Unix
  36. 36. Suítes de escritório
  37. 37. Mozilla Firefox
  38. 38. http://softwarelivre.org/fisl15/?lang=eo
  39. 39. A CULTURA DO ESPERANTO ● A “Idéia Interna” ● O conceito de neutralidade ● A preservação das culturas e das línguas nacionais ● O respeito a todos os seres humanos ● Pacifismo e democracia
  40. 40. Existem 30 mil títulos diferentes de livros publicados em esperanto. Praticamente, todas as grandes obras literárias já foram traduzidas para o Esperanto. Desde a Bíblia, o Alcorão até as obras como as de Shakespeare, Goethe, Garcia Lorca e Jorge Amado, e a biografia de Pelé. Praticamente, todas as grandes obras literárias já foram traduzidas para o Esperanto. Desde a Bíblia, o Alcorão até as obras como as de Shakespeare, Goethe, Garcia Lorca e Jorge Amado, e a biografia de Pelé. Praticamente, todas as grandes obras literárias já foram traduzidas para o Esperanto. Desde a Bíblia, o Alcorão até as obras como as de Shakespeare, Goethe, Garcia Lorca e Jorge Amado, e a biografia de Pelé. Há muitos trabalhos originais em Esperanto também. Algumas obras escritas originalmente nesse idioma se tornaram tão importantes que foram traduzidas para vários outros idiomas.
  41. 41. Uma língua nova com uma cultura cosmopolita Literatura Música
  42. 42. Uma língua nova com uma cultura cosmopolita Revistas Filmes
  43. 43. O Esperanto é praticado em cerca de 300 congressos que ocorrem todos os anos. A ONU, através da UNESCO, recomenda o ensino do Esperanto aos seus paises membros.                                                                                            
  44. 44. Rede internacional de hospedagem
  45. 45. O Senado Federal aprovou o PLS - PROJETO DE LEI DO SENADO, Nº 27 de 2008 do Senador Cristovam Buarque sobre a inclusão facultativa do ensino do Esperanto no ensino médio. O PL seguiu para a Câmara dos Deputados. http://www.senado.gov.br/sf/atividade/Materia/D etalhes.asp?p_cod_mate=83989                                                                                           
  46. 46. LIGA BRASILEIRA DE ESPERANTO ● Sede: Brasília. ● Fundada em 1907. ● Edita a revista “Brazila Esperantisto” ● Promove Congressos Brasileiros. ● Edita material didático e literário. ● Juventude Esperantista Brasileira. ● Filiada à Associação Universal. www.esperanto.org.br
  47. 47. Associação Universal de Esperanto ● Sede: Roterdã, Holanda. ● Fundada em 1908. ● Membros em 117 países. ● Edita a Revista “Esperanto” ● Rede Mundial de Delegados. ● Promove Congressos Universais. ● Juventude Esperantista Mundial. ● Relações oficiais com a ONU e Unesco www.uea.org
  48. 48. OS CONGRESSOS DE ESPERANTO ● Os congressos universais ● Os congressos continentais: Ásia, Europa, América, África. ● Os congressos nacionais. ● Os congressos brasileiros. ● Congressos temáticos: Medicina, Jornalismo, Ferroviários, Juventude, etc. ● Os encontros regionais.
  49. 49. Boulogne-sur-Mer, França, 1905 1a Universala Kongreso de Esperanto
  50. 50. Jokohama, Japão, 2007
  51. 51. Reykjavik, Islândia, 2013
  52. 52. São Paulo, Brasil, 2011
  53. 53. Florianópolis, Brasil, 2014
  54. 54. A ESTRUTURA DO ESPERANTO ● Gramática ● Fonética ● Vocabulário ● Estrutura aglutinante; afixos
  55. 55. Os radicais das palavras em Esperanto vêm de diversas línguas: aproximadamente 75% das línguas descendentes do latim, 20% das germânicas e 5% das outras línguas. Zamenhof tentou escolher os radicais que já eram conhecidos nas grandes línguas europeias. Eis alguns exemplos: ◆ do latim: sed (mas), tamen (entretanto), okulo (olho), akvo (água) ◆ do francês: dimanĉo (domingo), fermi (fechar), ĉevalo (cavalo), ◆ do italiano: ĉielo (céu), fari (fazer), voĉo (voz) ◆ de várias línguas neolatinas: facila (fácil), fero (ferro), tra (através) ◆ do alemão: baldaŭ (em breve), bedaŭri (lamentar), jaro (ano), nur (apenas) ◆ do inglês: birdo (ave), suno (sol), ŝarko (tubarão), teamo (time) ◆ de várias germânicas: bildo (figura), fremda (estrangeiro), halti (parar), ofta (frequente)
  56. 56. Aprender Esperanto é 10 vezesMAIS FÁCIL e RÁPIDO do que aprender Inglês, ou qualquer outra língua natural.
  57. 57. BO - Parentesco que se ganha com o casamento. IN - Marca o sexo feminino. GE - Parentesco que se ganha com o casamento. PATR - Radical. O - Final de substantivos. A - Final de adjetivos.
  58. 58. A magia da construção das palavras em Esperanto PATR O - pai PATR O - mãeIN (radical da palavra) (sufixo para formar o “feminino”) (substantivo)
  59. 59. FRAT O - cunhado FRAT O - cunhadaIN BO - Prefixo que marca o parentesco que se ganha com o casamento. BO BO
  60. 60. HUND O INHUND O ARHUND O (sufixo para formar o “coletivo”)
  61. 61. 71
  62. 62. Exemplos de palavras formadas pelo radical SAN- (saúde) 1 sana são, bom (de saúde), sadio, válido; 47 malsanejo hospital, enfermaria; 2 sane sãmente, de modo são; 48 malsanema achacado, enfermiço, doentio, valetudinário; 3 sani i. estar com saúde, estar bom; 49 malsanemecoestado doentio; 4 sano saúde; 50 malsanemulo pessoa enfermiça; 5 sanaĵo parte sã; 51 malsaneraroconjunto das partes constituintes da doença; 6 sanecosanidade, estado sanitário; 52 malsanero uma das partes constituintes da doença; 7 sanega saúde vigorosa; 53 malsaneta indisposto; 8 sanejo lugar bom para saúde; 54 malsaneto achaque, indisposição; 9 sanema são, de bom temperamento; 55 malsanetulejo enfermaria (em comunidades, colégios, casernas etc.); 10 saneta com saúde fraca; 56 malsani i. estar doente; 11 saniga salubre, salutar, sanitário, benéfico; 57 malsaniga insalubre; 12 sanigado a higiene; 58 malsanigi tomar doente; 13 sanigaĵo substância curativa; 59 malsaniĝi adoecer, cair doente, enfermar, 14 sanigebla sanável; 60 malsano doença; 15 sanigeco salubridade; 61 malsanularo conjunto de doentes; 16 sanigejo sanatório; 62 malsanulejo hospital; 17 sanigi sanear; 63 malsanulido filo de doente; 18 sanigilejo farmácia; 64 malsanulino uma doente; 19 sanigilista a. de "sanigilisto"; 65 malsanulista do enfermeiro; 20 sanigilisto preparador de remédios; 66 malsanulisto enfermeiro; 21 sanigilo remédio, medica mento; 67 malsanulo um doente; mar 22 sanigilujo caixa com medicamento; 68 malsanema sujeito a enjôo (no mar);
  63. 63. 23 saniginda que merece ser curado; 69 nesana indisposto; 24 sanigista a. de "sanigisto"; 70 neresanigebla incurável; 25 sanigistaro funcionários do serviço de saúde; 71 porsana higiênico; 26 sanigisto higienista; 72 prisana sanitário; 27 sanigo saneamento; 73 resanigantejo lugar para convalescentes; 28 saniĝi tornar-se são; 74 resanigebla curável, sanável; 29 saniĝo cura; 75 resanigebleco curabilidade; 30 sanilaĵo (v. sanilo); 76 resanigejo casa de saúde; 31 sanilaro meios higiênicos de saúde; 77 resanigi curar, sarar, sanar, 32 sanilista a. de "sanilisto"; 78 resanigilo remédio; 33 sanilo meios de conservação da saúde: ar puro, higiene; 79 resanigo cura; 34 sanilujo caixa com objetos de higiene; 80 resaniĝado convalescença; 35 sanisto higienista; 81 resaniĝanto convalescente; 36 sanulo pessoa sã; 82 resaniĝi curar-se, sanar; 37 sanodomo casa de saúde; 83 remalsaniĝo recaída; 38 elmalsaniĝi cair doente; 84 remalsano recaída, recidiva. 39 ekresaniĝi entrar em convalescência; 85 sanstato = farto estado de saúde de alguém; 40 malsana doente; 86 dormomalsano doença do sono ou tripanossomíase; 41 malsanado doença prolongada; 87 flavmalsano = iktero; 42 malsanaro grupo de doenças; 88 mankomalsano = karenco; 43 malsane com doença; 89 marmalsano enjôo marítimo; 44 malsaneca mórbido; 90 mortmalsana que morrerá em breve por doença; 45 malsaneco doença; 91 ŝtonmalsano = litiazo; 46 malsanegi i. estar muito doente; 92 veturmalsano enjôo (durante viagem).
  64. 64. Onde aprender? ● Em associações, em várias cidades do Brasil e do mundo. ● Pela internet, kurso.com.br, lernu.net, entre outros.
  65. 65. O que é o esperanto? ● Simpla ponto. ● Medio, neniam fino. ● Funkcia komunikilo.
  66. 66. “Sou favorável a um calendário único para todo o mundo, como também a uma moeda única para todos os países e uma língua auxiliar como o Esperanto para todos os povos.” (Gandhi)
  67. 67. “Que uma única fé e um único amor os ajudem a unir o mundo alquebrado num só rebanho, com um só Pastor. Que uma língua supranacional – o Esperanto – sirva também para este elevado ideal.” (João Paulo II)
  68. 68. “E é essa língua, de grande simplicidade e rara beleza, que está naturalmente predestinada a veicular e divulgar as obras literárias do futuro.” (João Guimarães Rosa)
  69. 69. Semelhanças entre o Linux e o Esperanto • Ambos foram criados por jovens idealistas: a primeira versão do Esperanto por Zamenhof quando tinha 18 anos para unir os povos sob a égide da Paz e da Fraternidade e a versão 0.01 do que viria a ser o Linux por Linus Torvalds com 19 anos para ser utilizado por qualquer um; • Ambos foram bem recebidos pela comunidade internacional. Zamenhof comprova isto no primeiro Congresso que realiza e Linus Torvalds nas mensagens eletrônicas vinda de várias partes do planeta oferecendo colaboração voluntária; • Em ambos, a divulgação do mesmo modo que já havia ocorrido com o Cristianismo é feita um a um. As pessoas que tomam contato com o Esperanto se apaixonam pela ideia e as pessoas que tomam contato com o Linux se surpreendem com o grau de maturidade tecnológica de um dos maiores projetos colaborativos mundiais; • Esperantistas do mundo inteiro ajudam o Esperanto a se desenvolver traduzindo obras-primas da cultura universal para o Esperanto. Programadores do mundo inteiro ajudam o Linux a ser melhor aperfeiçoando os programas oferecidos e criando novos programas que são incorporados às novas versões e redistribuídos gratuitamente para todos; • Zamenhof cria o Esperanto para ser falado por qualquer um para unir os Povos sob a égide da Fraternidade! Linus Torvalds cria o Linux para ser utilizado, copiado e melhorado por qualquer um unindo os programadores do mundo inteiro; • O Esperanto favorece uma democracia lingüística. O Linux favorece uma democracia na escolha do sistema operacional e seus aplicativos; • O Esperanto é ensinado gratuitamente, o Linux é distribuído gratuitamente. Não precisa ser rico para aprender o Esperanto. Não precisa dobrar o preço de um micro para utilizar um sistema operacional e alguns programas nele;
  70. 70. Semelhanças entre o Linux e o Esperanto • Pessoas beneficiadas pela imposição linguística de países economicamente fortes menosprezam o Esperanto por terem seus interesses ameaçados. Empresas monopolizadoras na área de informática acostumadas a lucros exagerados criticam e combatem o Linux e o Software Livre de forma feroz; • Os Esperantistas foram perseguidos durante a grande guerra. Os defensores do Linux e do Software Livre foram durante muito tempo desprezados pelos setores de RH das empresas e chacoteados pelo público em geral; • O idioma que tentam impor ao mundo como idioma internacional é o idioma pátrio do mesmo país onde está localizada a empresa de informática que tenta monopolizar os programas de todos os computadores existentes no mundo. Um quer eliminar todos os outros idiomas a outra quer eliminar todas as concorrentes; • A adoção do Esperanto pela Comunidade Europeia proporcioná uma economia de mais de 1,5 bilhão de euros por ano em traduções. A adoção do Software Livre em todo o Brasil proporcionará uma economia de mais de R$ 3,6 bilhões por ano só em licenças de programas. Mais do que duas vezes o orçamento anual da Campanha do Fome Zero que é de 1,7 bilhões e quase o dobro do orçamento do Ministério da Ciência e Tecnologia. • O Esperanto representa uma solução extraordinária na solução do grave problema da Comunicação Internacional. O Software Livre uma solução extraordinária para o problema da Inclusão Digital; • Ambos são alimentados pelos sentimentos de paz, fraternidade, solidariedade, esperança e muita persistência daqueles que acreditam que um novo mundo é possível! http://www.kke.org.br/palestras/que_o_pinguim_esteja_com_voce
  71. 71. Dankon!Dankon! Alex CesárioAlex Cesário http://alexcesario.blogspot.com.br/ alexsandro.cesario@gmail.com http://www.facebook.com/alexcesario
  72. 72. Referências ● Projekto GNU http://www.gnu.org/philosophy/free-sw.eo.html ● Portal do Software Público Brasileiro http://www.softwarepublico.gov.br/ ● Fundação Software Livre América Latina http://www.fsfla.org/ikiwiki/about/what-is-free-software.pt.html ● Liga Brasileira de Esperanto http://www.esperanto.org.br

×