• A preocupação mais importante da
Organização da Informação é propor
princípios e métodos para representar a
informação.
...
Como organizar a informação para que
o conhecimento fique visível e fruído?
Para entender os sistemas de recuperação
é necessário entender que:
1. Esses são sistemas abertos e dependentes de
sistema...
As linguagens documentárias
são instrumentos de mediação
que tem dupla função:
A.Representar o conhecimento inscrito
B.Pro...
Linguagens Documentárias
• Linguagens documentarias são
linguagens artificiais pois não
apresentam todas as funções, que a...
Linguagem
natural do
documento
Linguagem
documentária
Recuperável
num sistema
de
recuperação
• O fato de as linguagens de representação
de informação serem elaboradas com
fins comunicacionais supõe a necessária
sime...
COMO USAR O GOOGLE!
Linguística e a Ciência da informação
• A linguística está ligada aos sistemas
de recuperaçao diretamente, já que
esta est...
Ferndinand de Saussure
• Linguista e filósofo cujas teorias contribuiram
para o surgimento do estruturalismo e
também da c...
O estruturalismo linguístico
• Considera a língua como um sistema
articulado e solidário.
• A língua tem uma parte social,...
Funcionalismo Linguístico
• O funcionalismo linguístico, constituiu-se
como um modo de pensamento e um modo
de analisar a ...
• Com a virada pragmática no final do século
XX, a linguística começou a estudar a
linguagem no seu contexto de uso na áre...
• Pragmática Linguística e interação Social
• Concepções contemporâneas sobre a
construção de linguagens documentárias
• C...
Ao estar incomodado com a fumaça do cigarro
de um colega de trabalho você pode dizer:
• De forma direta
Pare de fumar
!!
•...
• A intenção do interlocutor a
mesma, mas ele expressa isso com
duas sentenças, semântica e
sintáticamente diferentes. A
p...
Charles Sanders Peirce
• Pierce considerado o pai da
Semiótica, em seus estudos sobre a
linguagem estabeleceu uma tríade
importante. Segundo ele ...
Tríade de Peirce
Bakhtin (1979)
• Marxismo e Filosofia da linguagem
• Sociolingüística – Socioterminologia
• Idéia central – A língua como ...
• Aspectos semânticos e
pragmáticos das linguagens
de representação e as
relações entre os termos nas
linguagens de repres...
Semântica
• A semântica é a parte da língua que se ocupa
dos sentidos da língua. Destacaremos apenas
os aspectos que inter...
Pragmática
• A pragmática permite entender a ubiqüidade
do sentido, ou seja pela grande variação da
língua, existem ‘N’for...
Sintática, semântica e Pragmática
• As linguagens documentárias são constituídas
de unidades específicas.
• Unidades que designam fenômenos e objetos
de cam...
• A linguagem documentária permite
transformar unidades de conhecimento em
unidades de informação ao codificar o
referente...
Considerações finais
• A elaboração dos instrumentos de representação é
dependente de fundamentos teóricos complexos.
• As...
• As visões filosóficas sobre a linguagem e a informação
continuam tendo influência notável sobre os estudos da
representa...
Fundamentos Semânticos e Pragmáticos da Construção de Instrumentos de Representação da Informação
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Fundamentos Semânticos e Pragmáticos da Construção de Instrumentos de Representação da Informação

871 views

Published on

Trabalho apresentado na disciplina: Análise da Informação

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
871
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
23
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Fundamentos Semânticos e Pragmáticos da Construção de Instrumentos de Representação da Informação

  1. 1. • A preocupação mais importante da Organização da Informação é propor princípios e métodos para representar a informação. - Indexar - Resumir - Construir linguagens de representação
  2. 2. Como organizar a informação para que o conhecimento fique visível e fruído?
  3. 3. Para entender os sistemas de recuperação é necessário entender que: 1. Esses são sistemas abertos e dependentes de sistemas de regulação de diferentes naturezas. 2. O conhecimento se expressa através da linguagem, por isso um sistema de informação deve considerar primariamente a criação de linguagens operar em contexto de produção e busca de informação.
  4. 4. As linguagens documentárias são instrumentos de mediação que tem dupla função: A.Representar o conhecimento inscrito B.Promover a interação entre o usuário e o dispositvo
  5. 5. Linguagens Documentárias • Linguagens documentarias são linguagens artificiais pois não apresentam todas as funções, que a linguagem natural do documento. • Tem a funçao de traduzir a linguagem natural do documento em uma linguagem recuperável por um sitema de recuperação
  6. 6. Linguagem natural do documento Linguagem documentária Recuperável num sistema de recuperação
  7. 7. • O fato de as linguagens de representação de informação serem elaboradas com fins comunicacionais supõe a necessária simetria entre a enunciação da produção de informação e da busca da mesma. • O retorno só será possível caso haja compatibilidade entre sistema e usuário.
  8. 8. COMO USAR O GOOGLE!
  9. 9. Linguística e a Ciência da informação • A linguística está ligada aos sistemas de recuperaçao diretamente, já que esta estuda a linguagem de forma científica. Sendo indispensável para a criação de instrumentos de representação, e a evolução dos mesmos.
  10. 10. Ferndinand de Saussure • Linguista e filósofo cujas teorias contribuiram para o surgimento do estruturalismo e também da constituição de novos campos autonômos como o funcionalismo linguístico, terminologia, Psicolinguística, Soci olinguístico, análise do discurso e etc.
  11. 11. O estruturalismo linguístico • Considera a língua como um sistema articulado e solidário. • A língua tem uma parte social, o signo línguistico e estabelece uma distinção entre os elementos diacrônicos e sincrônico da língua.
  12. 12. Funcionalismo Linguístico • O funcionalismo linguístico, constituiu-se como um modo de pensamento e um modo de analisar a linguagem e suas relações com o mundo. • Supõe o funcionalismo que a estrutura da língua é determinada por suas funções características.
  13. 13. • Com a virada pragmática no final do século XX, a linguística começou a estudar a linguagem no seu contexto de uso na área da ciência da informação. • É pensado agora como as palavras assumem diferentes sentidos de acordo com o uso da língua.
  14. 14. • Pragmática Linguística e interação Social • Concepções contemporâneas sobre a construção de linguagens documentárias • Comunicabilidade entre sistemas • Variação e equivalência semântica • 1 termo = diferentes campos funcionais
  15. 15. Ao estar incomodado com a fumaça do cigarro de um colega de trabalho você pode dizer: • De forma direta Pare de fumar !! • DiscretamenteEsta sala precisa de um purificador!
  16. 16. • A intenção do interlocutor a mesma, mas ele expressa isso com duas sentenças, semântica e sintáticamente diferentes. A pragmática envolve um estudo social da comunicação, na estrutura abstrata da língua.
  17. 17. Charles Sanders Peirce
  18. 18. • Pierce considerado o pai da Semiótica, em seus estudos sobre a linguagem estabeleceu uma tríade importante. Segundo ele a linguagem era composto pelo signo, o objeto e a interpretação.
  19. 19. Tríade de Peirce
  20. 20. Bakhtin (1979) • Marxismo e Filosofia da linguagem • Sociolingüística – Socioterminologia • Idéia central – A língua como atividade social, fundada nas necessidades de comunicação. • “As instâncias enunciativas são indissociáveis no processo de produção de sentido.” • Linguagens documentárias funcionais: Territorializadas, Locais.
  21. 21. • Aspectos semânticos e pragmáticos das linguagens de representação e as relações entre os termos nas linguagens de representação.
  22. 22. Semântica • A semântica é a parte da língua que se ocupa dos sentidos da língua. Destacaremos apenas os aspectos que interessam as linguagens de representação. • A teoria dos campos semânticos considera o vocabulário de uma língua como subconjuntos estruturados de campos.
  23. 23. Pragmática • A pragmática permite entender a ubiqüidade do sentido, ou seja pela grande variação da língua, existem ‘N’formas de se comunicar utilizando as mesmas palavras. • É preciso entender que as unidades polixeicais são manifestações próprias da criação de termos em campos especializados.
  24. 24. Sintática, semântica e Pragmática
  25. 25. • As linguagens documentárias são constituídas de unidades específicas. • Unidades que designam fenômenos e objetos de campos especializados. • O sentido dessas unidades advém do sistema a qual elas pertencem. • Logo as relações entre os termos são determinadas por um campo nocional.
  26. 26. • A linguagem documentária permite transformar unidades de conhecimento em unidades de informação ao codificar o referente de forma funcional, pragmática. • É preciso reconhecer, no entanto, que as Linguagens documentárias, embora úteis, são imperfeitas. Sua atualização permanente é sempre um desafio.
  27. 27. Considerações finais • A elaboração dos instrumentos de representação é dependente de fundamentos teóricos complexos. • As representações para serem funcionais devem exibir atributos, obtidos por extração de informação textual • Os sistemas inteligentes são capazes de compreender textos, selecionar informações e as representar o que convenhamos não são tarefas triviais.
  28. 28. • As visões filosóficas sobre a linguagem e a informação continuam tendo influência notável sobre os estudos da representação da informação. • O paradoxo dos sistemas é continuar operante, mantendo sua condição de sistema, na tensão que se estabelece nos processos de troca contínua de informação com o exterior. • No contexto da organização da informação, informação é, sobretudo, elemento de sentido a ser comunicado e interpretado.

×