Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Organização de Eventos Esportivos: Marketing e Jornalismo Basileu Rodrigo Tavares
Eu, o intrometido <ul><li>Formação </li></ul><ul><li>Primeiros eventos – Academia de Comércio </li></ul><ul><li>Faculdade ...
Organização de Eventos Esportivos <ul><li>Teoria ou prática </li></ul><ul><li>O diferencial do profissional de comunicação...
História dos eventos esportivos <ul><li>A fonte clássica de referência – Jogos Olímpicos – Foram 1170 anos de Jogos, que c...
Tipologia de eventos esportivos <ul><li>Olimpíadas  – evento suis generis – ao mesmo tempo gênero e espécie (tipo) de even...
Tipologia de eventos esportivos <ul><li>Taça ou Copa   - uma variável dos torneios ou campeonatos; com exceção dos eventos...
Os Jogos Universitários de Juiz de Fora – JUJF  <ul><li>História; </li></ul><ul><li>Resgate; </li></ul><ul><li>O JUJF Mode...
Etapas da organização esportiva <ul><li>Planejamento (pesquisa) </li></ul><ul><li>Pré-evento (organização)  </li></ul><ul>...
Planejamento esportivo – CALENDÁRIO <ul><li>Critérios relacionados ao sucesso do evento:  período do ano, data específica,...
Planejamento esportivo – LOCAL <ul><li>Localização e estrutura são fundamentais; </li></ul><ul><li>Possibilidades:  arenas...
Planejamento esportivo – PÚBLICO <ul><li>Definição do público-alvo a partir do mercado. Qual segmento será focado?  Pesqui...
Planejamento esportivo – PÚBLICO <ul><li>Uma das técnicas que ajuda na hora do sucesso de um evento é a você saber do seu ...
Planejamento esportivo – REGULAMENTO <ul><li>Fundamental para uma competição justa, organizada e dinâmica. Deve observar a...
Planejamento esportivo – REGULAMENTO <ul><li>Estrutura básica de um regulamento: </li></ul><ul><ul><li>Histórico ou justif...
Planejamento esportivo – REGULAMENTO <ul><li>Estrutura básica de um regulamento (cont.): </li></ul><ul><ul><li>Normas disc...
Etapas da organização <ul><li>O Lead esportivo </li></ul><ul><ul><li>O que:   qual ação vai ser desenvolvida? </li></ul></...
Etapas da organização – análise de viabilidade <ul><li>Pesquisa de mercado é necessária para se saber o panorama  macro e ...
Etapas da organização – análise de viabilidade <ul><li>Para avaliar a viabilidade do evento, um dos principais métodos ado...
Análise SWOT
Levantamento de recursos <ul><li>Técnicos e desportivos; </li></ul><ul><li>Recursos materiais – material de expediente e s...
Organograma de um evento esportivo Direção Técnica Secretaria Geral Coordenadores de modalidades Coordenadores de arbitrag...
Comitê de Comunicação e Marketing <ul><li>Elaborar as estratégias e o plano de comunicação;  </li></ul><ul><li>Estabelecer...
E a verba? <ul><li>Vender – o mais difícil – a primeira edição então...; </li></ul><ul><li>Trabalho aliado do Comitê de Co...
Acabou. E aí? Pós-evento <ul><li>Uma das características mais interessantes dos eventos esportivos é a possibilidade do pa...
Acabou. E aí? Pós-evento <ul><li>Elaboração de relatórios: </li></ul><ul><ul><li>Relatório Geral:  Pesquisa inicial; Memor...
Avaliação de Qualidade <ul><li>Reuniões Técnicas pós-evento internas e externas – críticas e sugestões; </li></ul><ul><li>...
Referências bibliográficas <ul><li>MARIN, Edward Robinson; LOPES, Evandro Luís; PIZZINATTO, Nadia Kassouf.  Segmentação ps...
Oficina <ul><li>Montagem de um evento a partir do Lead Esportivo </li></ul><ul><ul><ul><li>O que:  qual ação vai ser desen...
Basileu Rodrigo Tavares [email_address] twitter.com/basileutavares facebook.com.br/zileutavares msn: basilajf@hotmail.com
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Organização de eventos esportivos: Marketing e Jornalismo

15,759 views

Published on

Oficina apresentada por Basileu Rodrigo Tavares na Semana de Comunicação do CES em maio de 2011 que trata sobre a comunicação na organização de eventos esportivos.

Published in: Entertainment & Humor
  • Be the first to comment

Organização de eventos esportivos: Marketing e Jornalismo

  1. 1. Organização de Eventos Esportivos: Marketing e Jornalismo Basileu Rodrigo Tavares
  2. 2. Eu, o intrometido <ul><li>Formação </li></ul><ul><li>Primeiros eventos – Academia de Comércio </li></ul><ul><li>Faculdade de Comunicação – Atlética-UFJF </li></ul><ul><li>Jogos Universitários de Juiz de Fora </li></ul><ul><li>Phormar Formaturas e Eventos </li></ul><ul><li>Wadson Ribeiro </li></ul><ul><li>Elaboração de projetos – DUO e AUJE </li></ul>
  3. 3. Organização de Eventos Esportivos <ul><li>Teoria ou prática </li></ul><ul><li>O diferencial do profissional de comunicação – ver como evento e não somente como competição esportiva </li></ul><ul><li>Quem pode fazer? </li></ul><ul><li>Imprescindível saber administrar </li></ul><ul><ul><ul><li>Planejamento </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Organização </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Direção </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Controle </li></ul></ul></ul><ul><li>Empreendedorismo </li></ul><ul><ul><ul><li>É preciso ter técnica, criatividade, bom senso, dedicação, comprometimento, visão e acompanhamento </li></ul></ul></ul>
  4. 4. História dos eventos esportivos <ul><li>A fonte clássica de referência – Jogos Olímpicos – Foram 1170 anos de Jogos, que começaram em 776 a.C e só terminaram no ano 393 d.C, quando a Grécia foi conquistada pelos Romanos; </li></ul><ul><li>O esporte, quando conceituado como empreendimento, é produto de séculos de história. Gestores de todos os tempos buscaram maneiras de fazer do esporte uma atração para as massas: </li></ul><ul><ul><ul><li>Egito – Lutas (1.850 a.C) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Roma – Coliseu (1.500 a.C) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Irlanda – Arremesso peso (1.160 a.C) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>China – Arco (530 a.C) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Pérsia – Pólo (651) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Japão – Sumô (754) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Inglaterra – Críquete (1520) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>França – Tênis (1635) </li></ul></ul></ul>
  5. 5. Tipologia de eventos esportivos <ul><li>Olimpíadas – evento suis generis – ao mesmo tempo gênero e espécie (tipo) de evento, dado o seu caráter singular. Competição que reúne várias modalidades esportivas e consome alguns dias na realização das diversas categorias. Tem periodicidade própria (na origem é das mais antigas); </li></ul><ul><li>Campeonato – evento em que os concorrentes se enfrentam pelo menos uma vez e tem uma duração relativamente longa. Recomendável quando há disponibilidade de tempo e de recursos; </li></ul><ul><li>Torneio – competição de caráter eliminatório, que é realizada em um curto espaço de tempo. Dificilmente ocorre o confronto entre todos os participantes. Recomendável quando se tem pouco tempo e um grande número de participantes; </li></ul>
  6. 6. Tipologia de eventos esportivos <ul><li>Taça ou Copa - uma variável dos torneios ou campeonatos; com exceção dos eventos mais tradicionais (como a Copa do Mundo de Futebol), normalmente é utilizada para prestar algum tipo de homenagem ou promover algum patrocinador, associando sua marca ou produto ao nome do evento; </li></ul><ul><li>Festival – atividade esportiva participativa e informal. Visa a integração e a promoção da modalidade, além de motivar os participantes e familiares; </li></ul><ul><li>Gincana – evento recreativo que conta com diversas estações criativas e/ou objetivos a serem atingidos. Voltada para o lazer; </li></ul><ul><li>Desafios – atividade normalmente individual, que tem os processos de escala como referência. </li></ul><ul><li>Exibição – evento de performance individual ou coletiva, em que são valorizadas as destrezas do(s) participante(s), sem finalidade competitiva. </li></ul>
  7. 7. Os Jogos Universitários de Juiz de Fora – JUJF <ul><li>História; </li></ul><ul><li>Resgate; </li></ul><ul><li>O JUJF Moderno; </li></ul><ul><li>Iniciativa pública e privada; </li></ul><ul><li>Reconhecimento da CBDU; </li></ul><ul><li>Plano gestor de três anos – retomada, expansão e confirmação; </li></ul><ul><li>Desafios. </li></ul>
  8. 8. Etapas da organização esportiva <ul><li>Planejamento (pesquisa) </li></ul><ul><li>Pré-evento (organização) </li></ul><ul><li>Desenvolvimento (execução) </li></ul><ul><li>Pós-Evento (avaliação) </li></ul>
  9. 9. Planejamento esportivo – CALENDÁRIO <ul><li>Critérios relacionados ao sucesso do evento: período do ano, data específica, horário, frequência, duração e intensidade; </li></ul><ul><li>Riscos ou oportunidades? </li></ul><ul><ul><ul><li>coincidir com eventos cívicos ou religiosos, locais, regionais ou nacionais; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>coincidir com outros eventos similares; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>coincidir com outros eventos de grande porte; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>coincidir com a grade de programação dos meios de comunicação; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>não desafiar hábitos, costumes e práticas locais. </li></ul></ul></ul>
  10. 10. Planejamento esportivo – LOCAL <ul><li>Localização e estrutura são fundamentais; </li></ul><ul><li>Possibilidades: arenas, estádios, ginásios, quadras, piscinas, pistas, parques, ruas; </li></ul><ul><li>Pontos a se levar em conta: </li></ul><ul><ul><ul><li>Objetivos e porte do evento; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Condições econômicas dos participantes; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Facilidades de acesso; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Condições turísticas; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Condições de hospedagem; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Concentração local dos participantes; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Custo x benefício. </li></ul></ul></ul>
  11. 11. Planejamento esportivo – PÚBLICO <ul><li>Definição do público-alvo a partir do mercado. Qual segmento será focado? Pesquisa deve se basear em critérios: geográfico, demográfico, comportamental, psicográfico (fatores psicológicos, sociológicos e antropológicos, assim como benefícios desejados, auto-imagem e estilo de vida, que vislumbram identificar como o mercado é segmentado para tomar decisões particulares sobre um produto, pessoa, ideologia); </li></ul><ul><li>Os eventos esportivos têm como característica alcançar vários tipos de segmentos interessados e potenciais formadores de opinião, como : organizações (acionistas, fornecedores e revendedores), lideranças comunitárias, governo e políticos, associações e sindicatos, veículos de comunicação, funcionários. </li></ul>
  12. 12. Planejamento esportivo – PÚBLICO <ul><li>Uma das técnicas que ajuda na hora do sucesso de um evento é a você saber do seu target primário se ele gosta da proposta do evento. Se ele não gostar, quem irá competir? </li></ul>
  13. 13. Planejamento esportivo – REGULAMENTO <ul><li>Fundamental para uma competição justa, organizada e dinâmica. Deve observar as seguintes características: </li></ul><ul><ul><ul><li>Objetividade </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Precisão </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Clareza </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Abrangência </li></ul></ul></ul>
  14. 14. Planejamento esportivo – REGULAMENTO <ul><li>Estrutura básica de um regulamento: </li></ul><ul><ul><li>Histórico ou justificativa; </li></ul></ul><ul><ul><li>Descrição da competição </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Objetivo; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Participantes; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Categorias; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Programa; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Direção (do evento); </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Datas, locais e horários; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Fases e sistemas de disputa; </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Inscrições </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Data e local; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Número de inscritos por modalidade; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Especificações para cada modalidade; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Condições para inscrição; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Valor da inscrição; </li></ul></ul></ul>
  15. 15. Planejamento esportivo – REGULAMENTO <ul><li>Estrutura básica de um regulamento (cont.): </li></ul><ul><ul><li>Normas disciplinares </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Arbitragem; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Penalidades; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Recursos; </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Premiação </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Direitos dos participantes; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Relação de prêmios; </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Disposições gerais </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Cerimônia de abertura e encerramento; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Atividades especiais. </li></ul></ul></ul>
  16. 16. Etapas da organização <ul><li>O Lead esportivo </li></ul><ul><ul><li>O que: qual ação vai ser desenvolvida? </li></ul></ul><ul><ul><li>Quem: quem será o responsável pela sua implantação? Qual o público-alvo (target primário e secundário)? </li></ul></ul><ul><ul><li>Quando: quando a ação será realizada (calendário)? </li></ul></ul><ul><ul><li>Como: como a ação vai ser implementada (passos da ação)? Quais modalidades? Qual a premiação? </li></ul></ul><ul><ul><li>Onde: onde a ação será desenvolvida? Qual a abrangência? </li></ul></ul><ul><ul><li>Por que: quais objetivos? por que foi definida esta solução (resultado esperado)? Por que pode dar certo? </li></ul></ul><ul><ul><li>Quanto: quanto será gasto? </li></ul></ul>
  17. 17. Etapas da organização – análise de viabilidade <ul><li>Pesquisa de mercado é necessária para se saber o panorama macro e micro ambiental do mercado em que se está operando; </li></ul><ul><li>Ênfase deve ser principalmente sobre: </li></ul><ul><ul><ul><li>Proposta temática do evento (ideal); </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Definição de data e local mais adequados; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Perfil dos participantes potenciais. </li></ul></ul></ul>
  18. 18. Etapas da organização – análise de viabilidade <ul><li>Para avaliar a viabilidade do evento, um dos principais métodos adotados é a análise SWOT – Strenghts (forças), Weaknesses (fraquezas), Opportunities (oportunidades) e Threats (ameaças) </li></ul><ul><li>Sun Tzu, autor de “A Arte da Guerra”, em um de seus principais conselhos, fala: “Concentre-se nos pontos fortes, reconheça as fraquezas, agarre as oportunidades e proteja-se contra as ameaças”. </li></ul>
  19. 19. Análise SWOT
  20. 20. Levantamento de recursos <ul><li>Técnicos e desportivos; </li></ul><ul><li>Recursos materiais – material de expediente e secretaria, de participante, gráfico, para a imprensa, sonorização e iluminação; </li></ul><ul><li>Infraestrutura; </li></ul><ul><li>Recursos humanos; </li></ul>
  21. 21. Organograma de um evento esportivo Direção Técnica Secretaria Geral Coordenadores de modalidades Coordenadores de arbitragem Supervisor geral dos boletins técn. Direção Operacional Comissão Científica; Comissão de Comunicação e Marketing* Comissão de Cerimônias e Eventos Culturais* Comissão de Segurança Comissão de Voluntários Comissão Médica Comissão de Transporte Comissão de Hospedagem e Alimentação Comissão Disciplinar Coordenação Geral Coordenador Geral Comissão de Honra Comitê Organizador Coordenação Geral Comissão de Finanças Assessoria de Imprensa* Assessoria Jurídica Comissão de Controle
  22. 22. Comitê de Comunicação e Marketing <ul><li>Elaborar as estratégias e o plano de comunicação; </li></ul><ul><li>Estabelecer a programação visual da competição bem como cuidar da imagem e das marcas envolvidas com o evento; </li></ul><ul><li>Estabelecer contatos pessoais com patrocinadores e convidados; </li></ul><ul><li>Escolha adequada de meios de divulgação; </li></ul><ul><li>Estabelecer relações comerciais com os patrocinadores, apoiadores e provedores; </li></ul><ul><li>Coordenação das assessorias de imprensa e relações públicas; </li></ul><ul><li>Produção de cartazes, mala direta, mailing; </li></ul><ul><li>Construção de site; </li></ul><ul><li>Perfis nas mídias sociais; </li></ul><ul><li>Supervisionar o merchandising do evento. </li></ul>
  23. 23. E a verba? <ul><li>Vender – o mais difícil – a primeira edição então...; </li></ul><ul><li>Trabalho aliado do Comitê de Comunicação e Marketing com o Comercial do evento (Comercial interno x Agentes Comerciais); </li></ul><ul><li>Leis de Incentivo ao Esporte; </li></ul><ul><li>Como ir ao mercado?; </li></ul><ul><li>Desenvolver: </li></ul><ul><ul><ul><li>Prospecções de mercado; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Elaboração de propostas; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Formalização de contratos; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Delineamento de parcerias . </li></ul></ul></ul>
  24. 24. Acabou. E aí? Pós-evento <ul><li>Uma das características mais interessantes dos eventos esportivos é a possibilidade do patrocinador, sua marca ou seu produto tornarem-se partes integrantes da experiência, da identificação e das emoções vividas pelos torcedores e atletas, fazendo com que os patrocinadores/parceiros dividam da mesma avaliação do evento; </li></ul><ul><li>Fundamental que os organizadores consagrem tempo e esforços à tarefa de consolidação final do evento, promovendo atividades de encerramento das ações desenvolvidas. Ex.: Cerimônia de Encerramento. </li></ul>
  25. 25. Acabou. E aí? Pós-evento <ul><li>Elaboração de relatórios: </li></ul><ul><ul><li>Relatório Geral: Pesquisa inicial; Memorial do projeto; Membros do comitê organizador; Patrocínios e convênios; Relação de participantes; Regulamento; Locais das competições e demais atividades; Tabela de jogos e resultados; Relação de vencedores e premiados; Classificação final; Estimativa de público; Registro de cerimonial e apresentações artísticas; Material gráfico e outros formatos de divulgação; Prestação de contas; Custo estimado e final; Bens adquiridos; Cronograma e execução; Ofícios e cartas de agradecimento; Clipping (eletrônico e impresso); Pesquisas de avaliação (satisfação, recall); </li></ul></ul><ul><ul><li>Prestação de Contas: Entradas e saídas; Saldo bancário; Contas a receber; Contas a pagar; Notas fiscais; Tributos; Resumo financeiro (balanço); </li></ul></ul><ul><ul><li>Cartas de Agradecimento: Autoridades; Participantes Organização de Eventos Esportivos; Colaboradores (equipes de trabalho); Prestadores de serviço; Patrocinadores, apoiadores e demais parceiros; Imprensa. </li></ul></ul>
  26. 26. Avaliação de Qualidade <ul><li>Reuniões Técnicas pós-evento internas e externas – críticas e sugestões; </li></ul><ul><li>Pesquisas internas apenas não retratam fielmente o retorno do evento; </li></ul><ul><li>Ouvir o cliente mostra que tem uma voz ativa no mercado; </li></ul><ul><li>Ferramenta para estimular a melhoria do evento. </li></ul>
  27. 27. Referências bibliográficas <ul><li>MARIN, Edward Robinson; LOPES, Evandro Luís; PIZZINATTO, Nadia Kassouf. Segmentação psicográfica de consumidores de produtos de marca própria:Uma aplicação da escala VALS no varejo paulistano. Universidade de São Paulo. Ago.2008. Disponível em: <http://www.ead.fea.usp.br/semead/11semead/resultado/trabalhosPDF/670.pdf>. Acesso em: 27 abr. 2011. </li></ul><ul><li>MENDES, Ricardo. Organização de Eventos. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia Campus Porto Seguro, mar.2009. Disponível em: <http://www.portoseguro.cefetba.br/doc_professores/educacao_fisica_ricardo/2%C2%BA%20Ano/Apostila%20-%20Eventos%20Esportivos%20-%202o.%20ano.pdf>. Acesso em: 25 abr. 2011. </li></ul><ul><li>NÓBREGA, Renato Garcia. Organização de Eventos Esportivos. In: AZEVÊDO, Paulo Henrique. Terminologia da organização de eventos esportivos. Universidade de Brasília. Disponível em: <http://vsites.unb.br/fef/downloads/paulo-henrique/linguagem_esportiva-ph.pdf>. Acesso em: 26 abr. 2011 </li></ul><ul><li>POIT, Davi Rodrigues. Organização de Eventos Esportivos. São Paulo: Phorte Editora, 2005. </li></ul><ul><li>REZENDE, José Ricardo. Manual Completo da Lei de Incentivo ao Esporte. São Paulo: All Print Editora, 2008. </li></ul>
  28. 28. Oficina <ul><li>Montagem de um evento a partir do Lead Esportivo </li></ul><ul><ul><ul><li>O que: qual ação vai ser desenvolvida? </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Quem: quem será o responsável pela sua implantação? Qual o público-alvo (target primário e secundário)? </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Quando: quando a ação será realizada (calendário)? </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Como: como a ação vai ser implementada (passos da ação)? Quais modalidades? Qual a premiação? </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Onde: onde a ação será desenvolvida? Qual a abrangência? </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Por que: quais objetivos? por que foi definida esta solução (resultado esperado)? Por que pode dar certo? </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Quanto: quanto será gasto? </li></ul></ul></ul>
  29. 29. Basileu Rodrigo Tavares [email_address] twitter.com/basileutavares facebook.com.br/zileutavares msn: basilajf@hotmail.com

×