Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
BANHEIRO SECO
economia de água e transformação de dejetos em VIDA
Concepção, Textos e Revisão:
Marcos José de Abreu <marcos@cepagro.org.br>
Luciano Tommasi <luc73tom@yahoo.com.br>
Ilustraç...
• Não utiliza água, deixando-a
para outras necessidades como
beber, cozinhar e lavar-se.
• Uma alternativa barata para
tra...
UM ERRO QUE DEVEMOS EVITAR
A CONTAMINAÇÃO DA ÁGUA
USAR O BANHEIRO SECO
LAVAR AS MÃOS ANTES DE
PREPARARACOMIDAEANTES
DECOMER
COBRIR A COMIDA EVITANDO
MOSCAS E OUTROS ANIMAIS...
MICTÓRIO
CHUVEIRO
CÍRCULO
DE BANANEIRAS
PIA
T A M P O
SUPERIOR
O Banheiro Seco
ASSENTO COM TAMPA
BOMBONA
BALDE COM
MISTURA...
Uso diário
1
2
3
Usar o banheiro seco:
fezes, urina (apenas no
caso das mulheres) e
papel higiênico
Dar a “descarga”,
colo...
cartilha do BANHEIRO SECO 8
Cuidados com o Banheiro Seco
E QUANDO A BOMBONA ESTIVER CHEIA?
Não coloque as mãos sobre o
material dentro da bombona.
Se possível, utilize luvas
Não u...
Método para quem utiliza a
MISTURA 1 no BANHEIRO SECO
As condições para que
uma boa compostagem
aconteça são:
• Boa mistur...
Macroorganismos como as minhocas es-
tão presentes na pilha e ajudarão a de-
compor os materiais orgânicos e arejá-la
Pó d...
Pilha com 1 ano de idade. A diminuição do volume
é resultado da compostagem, mas o COMPOSTO
DEVERÁ FICAR PARADO POR MAIS 6...
cartilha do BANHEIRO SECO 13
grandes
seca
Falta de
Método para quem utiliza a MISTURA 2 no BANHEIRO SECO
Desidratação e Alcalinização
O local da desidratação não deve ser ba...
O CICLO NATURAL DOS RESÍDUOS
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Cartilha para capacitar usuários

8,148 views

Published on

Esta cartilha foi criada pelo CEPAGRO para cpacitar usuários para os programas de implantação de banheiro seco

Cartilha para capacitar usuários

  1. 1. BANHEIRO SECO economia de água e transformação de dejetos em VIDA
  2. 2. Concepção, Textos e Revisão: Marcos José de Abreu <marcos@cepagro.org.br> Luciano Tommasi <luc73tom@yahoo.com.br> Ilustrações Hatsi Rio Apa <harioapa@gmail.com> Projeto gráfico e Editoração Fernando Angeoletto <comunicacao@cepagro.org.br> cartilha do BANHEIRO SECO
  3. 3. • Não utiliza água, deixando-a para outras necessidades como beber, cozinhar e lavar-se. • Uma alternativa barata para tratamento dos dejetos humanos (fezes e urina) • Quando bem manejado não produz odores, nem moscas • Evita a propagação de doenças • Permite, após o tratamento, retornar ao solo os nutrientes contidos em nossos dejetos BANHEIRO SECO
  4. 4. UM ERRO QUE DEVEMOS EVITAR A CONTAMINAÇÃO DA ÁGUA
  5. 5. USAR O BANHEIRO SECO LAVAR AS MÃOS ANTES DE PREPARARACOMIDAEANTES DECOMER COBRIR A COMIDA EVITANDO MOSCAS E OUTROS ANIMAIS LAVAR AS MÃOS DEPOIS DE IR AO BANHEIRO LAVAR VERDURAS E FRUTAS ANTES DE PREPARÁ-LOS BEBER ÁGUA POTÁVEL ! COMO EVITAR DOENÇAS? SIGA ESTES PASSOS PARA UMA VIDA SAUDÁVEL
  6. 6. MICTÓRIO CHUVEIRO CÍRCULO DE BANANEIRAS PIA T A M P O SUPERIOR O Banheiro Seco ASSENTO COM TAMPA BOMBONA BALDE COM MISTURA DE DESCARGA CONECTOR CHAMINÉ
  7. 7. Uso diário 1 2 3 Usar o banheiro seco: fezes, urina (apenas no caso das mulheres) e papel higiênico Dar a “descarga”, colocando duas ou mais canecas de MISTURA 1 ou MISTURA 2 Lavar bem as mãos após utilizar o Banheiro
  8. 8. cartilha do BANHEIRO SECO 8 Cuidados com o Banheiro Seco
  9. 9. E QUANDO A BOMBONA ESTIVER CHEIA? Não coloque as mãos sobre o material dentro da bombona. Se possível, utilize luvas Não utilizar a bombona vazia para armazenar outras substâncias Lavar bem as mãos após a troca da bombona COMPOSTAGEM DESIDRATAÇÃO/ ALCALINIZAÇÃO
  10. 10. Método para quem utiliza a MISTURA 1 no BANHEIRO SECO As condições para que uma boa compostagem aconteça são: • Boa mistura de materiais • 50 a 60% de umidade, •Oxigênio (pilha arejada) A Compostagem como montar a PILHA DE COMPOSTAGEM? 1 2 3 4
  11. 11. Macroorganismos como as minhocas es- tão presentes na pilha e ajudarão a de- compor os materiais orgânicos e arejá-la Pó de serra Folhas e outros materiais orgânicos Palhadas, cascas de culturas MATERIAIS SECOS MATERIAIS ÚMIDOS Restos de alimentos Folhas verdes de podas Estercos e material do banheiro seco Aatividadedecomposito- ra dos microorganismos produz calor (até 50°C), destruindo seres nocivos e seus esporos e ovos A palhada ajuda a evitar a perda de calor e umi- dade da pilha de compostagem A PILHA DE COMPOSTAGEM
  12. 12. Pilha com 1 ano de idade. A diminuição do volume é resultado da compostagem, mas o COMPOSTO DEVERÁ FICAR PARADO POR MAIS 6 MESES, TOTALIZANDO 1 ANO DE REPOUSO Pilha com 6 me- ses, em processo de compostagem. A partir daí, esta Pilha entra em re- pouso de 1 ANO, e iniciamos uma nova Nova Pilha sendo iniciada. Adi- cionamos todos os resíduos orgânicos,inclusivedoBanheiro Seco, durante 6 meses 1 3 A IMPORTÂNCIA DO TEMPO DE CURA NA COMPOSTAGEM 2
  13. 13. cartilha do BANHEIRO SECO 13 grandes seca Falta de
  14. 14. Método para quem utiliza a MISTURA 2 no BANHEIRO SECO Desidratação e Alcalinização O local da desidratação não deve ser baixo ou sofrer alagamento. Deve estar afastado pelo menos 30 metros de córregos, barreiros ou outras fontes de água, e próximo do Banheiro Secoparafacilitarotransportedabombona. Devemos providenciar uma tampa para evitar a aproximação de animais, o risco deacidenteseaumidificaçãoporexcesso dechuvas Sempre lavar as mãos após manipular a bombona. ATENÇÃO 1 2 3 4
  15. 15. O CICLO NATURAL DOS RESÍDUOS

×