Teorias Pedagógicas Modernas

2,275 views

Published on

Esta apresentação faz um apanhado das principais correntes pedagógicas contemporâneas com base no texto de José Carlos Libâneo.

Published in: Education
  • Be the first to comment

Teorias Pedagógicas Modernas

  1. 1. Texto de: José Carlos Libâneo Síntese: Rodrigo Gabriel da Silva
  2. 2. Compilação das correntes pedagógicas contemporâneas Esta apresentação faz um apanhado das principais correntes pedagógicas contemporâneas com base no texto de José Carlos Libâneo. Os quadros comparativos trazem diferenças e semelhantes entre as correntes contemporâneas. E foram organizados da seguinte forma: •Racional-tecnológica •Neocognitivista •Sociocrítica •Holística •Pós-moderna Pressupostos Competências e Habilidades Fundamentação teórica Modalidade de ensino Traços principais da corrente
  3. 3. Correntes pedagógicas contemporâneas Surgem com base na(o)... Releitura das Teorias Modernas Pensamento pós- moderno (escola e trabalho do professor) Discurso pós-moderno (desmontagem das propostas existentes)
  4. 4. Classificação: instrumentos mediacionais Por classificação de conhecimentos; Reducionismo Simplificações e; Fragmentações; Ajudam organizar o pensamento; Pontos positivos: Teorias, conteúdos e métodos (colaboram com a formação intelectual e profissional); Formação de esquemas mentais.
  5. 5. 1. Racional-tecnológica Pressupõe: Formulação de objetivos e conteúdos, padrões de desempenho; Competências e Habilidades: Baseados em critérios científicos e técnicos; Fundamentada: Racionalidade técnica e instrumental. Formação de técnicos Modalidades: Ensino de Excelência e Formação de mão de obra; Traços da corrente: Transformação da educação em ciência. Utilização intensiva de aparatos tecnológicos;
  6. 6. 2. Neocognitivista Pressupõe: Incluem correntes que introduzem novos aportes a aprendizagem: desenvolvimento, cognição e inteligência; Competências e Habilidades: É resultado da ação sobre o mundo e na interação com os outros; Fundamentada: Socioconstrutivismo – Introduz com mais vigor o componente social na aprendizagem; Modalidades: Preocupação com novos modelos para avançar nos processos cognitivos; Traços da corrente: Analogias entre mente e computador. Construção de programas de I.A.
  7. 7. 3. Sociocrítica Pressupõe: Características neomarxistas acentuada nos fatores sociais e culturais. Incluem cultura, ideologia, currículo oculto e linguagem; Competências e Habilidades: O aluno aprende na inserção crítica e participativa na sociedade em função da cidadania; Fundamentada: Educação como função de transmissão cultural. Uma escola mais informal centrada na valorização de elementos experienciais; Modalidades: Integra políticas de integração da minorias sociais, éticas e culturais; Traços da corrente: Compreendem as “significações” que os sujeitos fazem de si mesmos e dos outros.
  8. 8. 1 • Teoria Curricular crítica (Característica Neomarxistas) 2 • Teoria histórico Cultural (Interação sujeito-objeto de Vygotsky) 3 • Teoria sócio cultural (Condições culturais e sociais da aprendizagem) Teorias sociocríticas 4 • Teoria ação comunicativa (Interação de sujeitos por meio do diálogo – J. Habermas)
  9. 9. 4. Holísticas Pressupõe: Uma realidade como uma totalidade de integração entre o todo e as partes compreendendo a dinâmica e os processos desta integração. Competências e Habilidades: Busca-se um equilíbrio dinâmico entre o homem e o seu meio biofísico; Fundamentada: Holístico – tem sentido total, de um conjunto, de inteiro – interpenetrantes. Há distinção entre o observador e o objeto; Modalidades: Conscientização dos sujeitos para que entendam que fazem parte do universo e devem preservar a vida. Traços da corrente: A consciência da pessoa só pode ser comunitária, ecológica e cósmica.
  10. 10. 1 • Holismo (Visão holística – Não rejeita o conhecimento racional) 2 • Pensamento Complexo (Integração pedagógica de múltiplas dimensões - Morin) 3 • Naturalista (Conhecimento ligado ao plano biológico e bio-indivual – Varela e Maturana) Teorias Holísticas 4 • Ecopedagogia (Promove a aprendizagem do sentido das coisas a partir da vida cotidiana)
  11. 11. 5 • Conhecimento em Rede (Conhecimento tecido em redes relacionados à visão cotidiana). Compartilhamento de significados. A escola é um “espaço/tempo das relações”
  12. 12. 5. Pós-moderna Por não se determinarem ramificação da pedagogia, traça-se de forma geral, um panorama da corrente. 1 • Pós-estruturalismo (Relações entre o saber e o poder nas instituições educativas - Foucault). Linguagem e cultura. 2 • Neo-pragmatismo (Valorização no processo educativo as experiências pessoais do indivíduo, a interação dialógica). Rejeita imposições e valoriza atitudes dos professores. Transformador e Transformado.
  13. 13. Considerações Finais Nas palavras de José Carlos Libâneo, considera-se que:  O trabalho pedagógico pressupõe intencionalidades políticas, éticas, didáticas em relação às qualidades humanas, sociais, cognitivas esperadas dos alunos que passam pela escola;  Em face aos velhos temas da didática, a aposta na universalidade da cultura escolar de modo que à escola caberia transmitir saberes públicos a todos, que apresentam um valor, independentemente de circunstâncias e interesses particulares, em função da formação geral.  Considerar a diversidade cultural, a coexistência das diferenças, a interação entre indivíduos de identidades culturais distintas, incorporando noções de “prática”, de cultura, de comunidade de aprendizagem.

×