Palestra Inclusão

1,765 views

Published on

INCLUSÃO

Published in: Education, Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,765
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
78
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Palestra Inclusão

  1. 1. INCLUSÃO NAS ESCOLAS Por: Patricia Almada
  2. 2. <ul><li>&quot;Na verdade, o que o homem vê e teme é a sua própria fragilidade perante a vida, a sua própria finitude. O conflito originado do confronto do que ele é com o que ele pode vir a ser provoca no homem toda repulsa em relação à diferença.&quot; Marques in MANTOAN (1997, p. 19). </li></ul>
  3. 3. PERSPECTIVA HISTÓRICA <ul><li>Segregação </li></ul><ul><li>Endemoniados </li></ul><ul><li>Doentes </li></ul><ul><li>Loucos </li></ul><ul><li>Integração </li></ul><ul><li>Inclusão </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Necessidades Educativas Especiais </li></ul><ul><li>x </li></ul><ul><li>Necessidades Educacionais Especiais </li></ul><ul><li>Integrada x Integradora x Inclusiva </li></ul>TERMINOLOGIA
  5. 5. LEGISLAÇÃO <ul><li>LDBEN 9394/96 </li></ul><ul><li>Art. 58. Entende-se por educação especial, para os efeitos desta Lei, a modalidade de educação escolar, oferecida preferencialmente na rede regular de ensino, para educandos portadores de necessidades especiais . </li></ul><ul><li>ECA Art. 11 </li></ul><ul><li>§ 1º A criança e o adolescente portadores de deficiência receberão atendimento especializado. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Lei 6571/08 </li></ul>Art. 1 o   A União prestará apoio técnico e financeiro aos sistemas públicos de ensino dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, com a finalidade de ampliar a oferta do atendimento educacional especializado aos alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação, matriculados na rede pública de ensino regular. “ § 1º  Considera-se atendimento educacional especializado o conjunto de atividades, recursos de acessibilidade e pedagógicos organizados institucionalmente, prestado de forma complementar ou suplementar à formação dos alunos no ensino regular. § 2 o   O atendimento educacional especializado deve integrar a proposta pedagógica da escola, envolver a participação da família e ser realizado em articulação com as demais políticas públicas.”
  7. 7. FLEXIBILIDADE <ul><li>Art. 2 o   </li></ul><ul><li>“ São objetivos do atendimento educacional especializado: </li></ul><ul><li>I - prover condições de acesso, participação e aprendizagem no ensino regular aos alunos referidos no art. 1º; </li></ul><ul><li>II - garantir a transversalidade das ações da educação especial no ensino regular; </li></ul><ul><li>III - fomentar o desenvolvimento de recursos didáticos e pedagógicos que eliminem as barreiras no processo de ensino e aprendizagem; e </li></ul><ul><li>IV - assegurar condições para a continuidade de estudos nos demais níveis de ensino.” </li></ul>
  8. 8. ART. 3 <ul><li>§ 1 o   As salas de recursos multifuncionais são ambientes dotados de equipamentos, mobiliários e materiais didáticos e pedagógicos para a oferta do atendimento educacional especializado. </li></ul><ul><li>§ 2 o   A produção e distribuição de recursos educacionais para a acessibilidade incluem livros didáticos e paradidáticos em braile, áudio e Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS, laptops com sintetizador de voz, softwares para comunicação alternativa e outras ajudas técnicas que possibilitam o acesso ao currículo. </li></ul><ul><li>§ 3 o   Os núcleos de acessibilidade nas instituições federais de educação superior visam eliminar barreiras físicas, de comunicação e de informação que restringem a participação e o desenvolvimento acadêmico e social de alunos com deficiência. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>A chegada do aluno na UE </li></ul><ul><li>Adaptação </li></ul><ul><li>Observação/sondagem </li></ul><ul><li>Atendimento </li></ul><ul><li>Intervenções </li></ul>
  10. 10. As modalidades da Ed. Especial <ul><li>Classe Especial </li></ul><ul><li>Sala de Recursos </li></ul><ul><li>Ensino Domiciliar </li></ul><ul><li>Classe Hospitalar </li></ul><ul><li>Escola profissionalizante </li></ul>
  11. 11. ASPECTO PEDAGÓGICO <ul><li>Todos os alunos, em determinado momento de sua vida escolar, podem apresentar necessidades educacionais, e seus professores, em geral, conhecem diferentes estratégias para dar respostas a elas. No entanto, existem necessidades educacionais que requerem, da escola, uma série de recursos e apoios de caráter mais especializado, que proporcionem ao aluno meios para acesso ao currículo. Essas são as chamadas necessidades educacionais especiai s. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>&quot;Se uma pessoa não pode aprender da maneira que lhe é ensinada, é melhor ensiná-la da maneira que possa aprender.” Mario Welchmann </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Alexander Graham Bell </li></ul><ul><li>Bell é conhecido e considerado historicamente como o inventor do telefone. </li></ul>
  14. 14. <ul><li>Lou Ferrigno </li></ul>Ator  estadunidense e um fisiculturista. Ficou mundialmente famoso por participar da série de TV O Incrível Hulk.
  15. 15. <ul><li>Nelson Ned d'Ávila Pinto </li></ul><ul><li>Cantor e compositor de apenas 1,12m de altura, ele superou todas as limitações e alcançou uma posição no show business internacional que poucos seres humanos, com condições físicas normais, conseguiram atingir. </li></ul>
  16. 16. <ul><li>Ludwig Van Beethoven </li></ul>O fato foi que nem mesmo a surdez impediu Beethoven de se tornar um dos maiores compositores consagrados da história.
  17. 17. <ul><li>Thomas Edison </li></ul><ul><li>Entre as suas contribuições mais universais para o desenvolvimento tecnológico e científico encontra-se a lâmpada elétrica incandescente. </li></ul>
  18. 18. <ul><li>ALEJADINHO </li></ul><ul><li>Antônio Francisco Lisboa, tinha esse apelido devido a uma doença degenerativa que provoca a perda dos membros – discute-se se sífilis, lepra, tromboangeíte obliterante ou ulceração gangrenosa das mãos e dos pés. </li></ul>
  19. 19. <ul><li>ROBERTO CARLOS BRAGA </li></ul><ul><li>Aos seis anos de idade foi atropelado por uma locomotiva a vapor e sua perna direita teve de ser amputada até pouco abaixo do joelho . </li></ul>
  20. 20. <ul><li>Georgette Vidor </li></ul><ul><li>Treinadora de ginástica olímpica e ex-deputada federal, sofreu um acidente que a tornou paraplégica. </li></ul>
  21. 21. <ul><li>Andrea Bocelli </li></ul><ul><li>Tenor, compositor e produtor musical italiano. Ganhador de cinco BRIT Awards, três GRAMMYS e gravou quatro óperas completas (La bohéme, ll trovatore, Werther, Tosca), além de vários álbuns clássicos e populares. </li></ul>
  22. 22. SALA DE RECURSOS
  23. 23. ACESSIBILIDADE
  24. 24. INFORMÁTICA EDUCATIVA
  25. 25. PARCERIA
  26. 26. AFETIVIDADE
  27. 27. <ul><li>PATRICIA ALMADA </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul><ul><li>Tel.21 9943-8843 </li></ul>

×