Caderno - Gestão e Contabilidade de Custos

14,972 views

Published on

Gestão e Contabilidade de Custos -

Published in: Education
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
14,972
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
606
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Caderno - Gestão e Contabilidade de Custos

  1. 1. CADERNO Gestão eContabilidade de Custos 4º semestre Luan Guerra
  2. 2. FACEBOOK Não curtir? Por quê? SUGESTÕES cadernosppt@gmail.com.br
  3. 3. AvisoEsse material foi criado a partir do cadernode um aluno do curso de administração.Sendo assim, não substituirá nenhuma fontedidática como: livros, artigos científicos, etc.ObservaçãoO objetivo dessa apresentação ésimplesmente ajudar o estudante, nada alémdisso.
  4. 4. Definição Simples e Departamentalizado
  5. 5. DefiniçãoObservação: Tudo que existem dentro da fábrica é custo.
  6. 6. CUSTOS DIRETOS CUSTOS INDIRETOS
  7. 7. CUSTOS VARIÁVEIS CUSTOS FIXOS
  8. 8. Definição
  9. 9. Definição Desperdício Rotineiro Custos Ocasional (Processo fabril) Despesas (Equipamento Quebrou)
  10. 10. Modelo
  11. 11. Custo Direto x Custo Indireto
  12. 12. Exercício
  13. 13. • Salário fabril CustosQual • Compra de máquina Investimento o • Matéria-prima consumidacusto Custo • Salário administrativo ? Despesas • Depreciação industrial Custos
  14. 14. Exemplos• Frete de embalagens consumidas na produção Custo• Aluguel de veículo Administrativo Despesas• Compras de microcomputador Investimento• Consumo de energia industrial Custo
  15. 15. Exemplos• Fretes de entrega Despesa• Consumo de energia da administrativo Despesa• Conta de telefone da área comercial Despesa
  16. 16. Exemplo - Hospital• Horas de médicos gastas com o atendimento de pacientes Custo• Depreciação de equipamentos Administrativo Despesa• Horas de enfermeiros gastas com procedimento pré- cirúrgicos. Custo• Compra de equipamento de raio X Investimento
  17. 17. Exemplo - Transportadora• Compra de óleo lubrificante Custo• Salário motorista Custo• Depreciação de móvel administrativo Despesa• Aluguel de escritório comercial] Despesa
  18. 18. Exercícios Qual e a diferença entre o gaúcho e o pernilongo?Piada Ôche, sei não... O pernilongo, quando você dá um tapa, pára de chupar.
  19. 19. Regra de Três
  20. 20. Exercício Cia. De Botões do CearáA Cia. de Botões do Ceará produz botõescom quatro e dois furos em um únicodepartamento. Segundo suas estatísticas,os seguintes custos foram incorridos:
  21. 21. Tabela
  22. 22. a)Completar o mapa de custodos produtos, utilizando trêsdiferentes critérios de rateio;
  23. 23. ResoluçãoMão-de-Obra
  24. 24. ResoluçãoMão-de-Obra
  25. 25. ResoluçãoCUSTO TOTAL – 4 Furos
  26. 26. ResoluçãoCUSTO TOTAL – 2 Furos
  27. 27. ExercícioMão-de-Obra
  28. 28. ResoluçãoMatéria-Prima
  29. 29. ResoluçãoMatéria-Prima
  30. 30. ExercícioMatéria-Prima
  31. 31. Exercício Tempo de FabricaçãoUTILIZANDO O TEMPO TOTAL DE FABRICAÇÃO
  32. 32. Custo DiretoExercício (M.O. + M.P.)
  33. 33. b)Se o custo fosse tomado como base parafixação do preço de venda, o queaconteceria com cada produto?Seria necessário uma avaliação, poispoderia ter um ERRO grave, sendo amelhor medida a tomada de preço a partirdo começo.
  34. 34. Exercício - Só Sabão S.A.Na linha de produção da “Só Sabão S.A.”, foram produzidas, durante o mêsde agosto 20.000 caixas de sabão em pó e 14.800 litros de sabão líquido.Para esta produção foram utilizados 12.000 kg e 7.400 kg respectivamentede matéria-prima, no valor global de $485.000. Sabe-se que, para produzir20.000 caixas de sabão em pó, gasta-se o dobro de mão-de-obra diretaque para produzir 14.800 litros de sabão líquido. O total de mão-de-obradireta foi de $34.500.Esta empresa utiliza uma máquina que, por problemas de corrosão, temsua depreciação alocada em função da matéria-prima utlizada; foi adquiridapor $456.960 e tem sua vida útil limitada ao processamento de 268.800 kgde matéria-prima. Existem ainda os custos indiretos de fabricação, dosquais $11.100 são a supervisão da fábrica no mês, $144.000 são oconsumo de energia elétrica, $140.000 são a depreciação das outrasmáquinas e outros custos diversos somam $161.860.Todos esses custos indiretos são apropriados de acordo com as horasdispensadas na fabricação de um e outro produto, sabendo-se que sãonecessários 36 minutos para produzir uma caixa de sabão em pó e 24minutos para produzir um litro de sabão líquido.
  35. 35. Só Sabão S.A.Faça um quadro de apropriação doscustos totais aos produtos:
  36. 36. Tabela
  37. 37. Resolução
  38. 38. b)Qual o lucro bruto, seforam vendidas 70% dopó por 900.000 e 80% dolíquido por 700.000?
  39. 39.
  40. 40. Líquido
  41. 41. Exercício
  42. 42. Dados• Outros Gastos Fabril 12000 CI• Salário ADM 9437 D• Depreciação Fabril 8000 CI• Comissão de Vendas 7655 D de dores CI = Custo Indireto D = Despesas
  43. 43. QuestãoPreencha o quadro de custos totais ecalcule o valor do Lucro Bruto de cadaproduto.Rateie os custos indiretosproporcionalmente à MP.
  44. 44. Resolução
  45. 45. Calculando o CI
  46. 46. CI
  47. 47. TOTAL
  48. 48. Lucro Bruto TOTAL
  49. 49. Departamentalização Exercícios
  50. 50. Departamentalização Distribuição dos gastos da MANUTENÇÃO entre Distribuição dos gastos o processo produtivo. ADM entre outros Departamentos
  51. 51. ResoluçãoOBS: Os valores dos custos diretos foram criados pelos professor.
  52. 52. GenovevaA Companhia Pasteurizadora e DistribuidoraGenoveva processa e distribui leite tipo C e tipoB, conhecidos por Genoveva e GenovevaSuper, respectivamente.Os custos diretos referentes a esses produtos,em certo mês, foram: Genoveva, $4.390.000 eGenoveva Super, $2.520.000. Os custosindiretos foram os seguintes: Aluguel $425.000;Materiais indiretos $260.000; Energia $365.750;Depreciação $240.000 e outros custos indiretos$330.000.
  53. 53. Sabe-se que:a) O aluguel é distribuído aos departamentos de acordo com suas áreas.b) O consumo de energia é medido por departamento.c) Os materiais indiretos, a depreciação e os demais custos indiretos têm como base de rateio o número de horas de mão-de-obra total utilizada em cada departamento.d) A pasteurização e a embalagem recebem cada um 40% dos custos da administração da produção e 20% dos custos deste último departamento são apropriados à manutenção.e) A manutenção é realizada sistematicamente e conforme se tem apurado, cabe à embalagem uma quinta parte do total de seus custos.f) A distribuição dos custos indiretos aos produtos é feita em função do material direto utilizado. Este foi o seguinte no período: Genoveva = 556.575 litros e Genoveva Super = 185.525 litros
  54. 54. Dados
  55. 55. Pede-se:a) Elaborar o mapa de rateio dos custos indiretos de fabricação.b) Apurar o custo total de cada produto.c) Contabilizar a apropriação dos custos.d) Comparar com o custo que seria apropriado a cada produto, sem departamentalização, se o rateio fosse à base do material direto utilizado. Explique a diferença eventualmente encontrada.
  56. 56. Resolução - Tabela
  57. 57. Resolução - Produção
  58. 58. Resolução Custos
  59. 59. Mais fácil...OBS: Somatória dos SUB-TOTAIS (Slide 57)
  60. 60. Resolução + Simples
  61. 61. DepartamentalizaçãoNão é necessário departamentalização, pois o valor está sendo utilizado pela quantidade de produto produzido.
  62. 62. Exercício 10 – CIA BetaA Cia. Beta iniciou suas atividades em 01/01/19X6 e, em 31/12/19X6 o seubalancete era formado pelas seguintes contas:
  63. 63. Compras de matérias-primas: $ 12.000.000• Vendas: $ 15.500.000• M.O.I: $ 3.000.000• Despesas de entrega: $ 200.000• Despesas administrativas: $ 1.800.000• Materiais diversos consumidos na fábrica: $ 4.000.000• Despesas de materiais de escritório: $ 240.000• Equipamentos de entrega: $ 1.000.000• Duplicatas a receber: $ 2.500.000• Depreciação de equipamentos de entrega: $ 100.000• Depreciação de equipamentos da produção: $ 200.000• Caixa: $ 1.500.000• Despesas financeiras: $ 260.000• Depreciação acumulada de equipamentos de produção: $ 200.000• Depreciação acumulada de equipamentos de entrega: $ 100.000• Empréstimos bancários: $ 4.000.000• Capital: $ 15.000.000• Equipamentos de produção: $ 2.000.000• Mão-de-obra direta: $ 6.000.000
  64. 64. A empresa fabricou os produtos X, Y, Z nas seguintesquantidades: X = 50.000 kg; Y = 30.000 kg e Z = 20.000kg. A matéria-prima é a mesma para cada produto. Oapontamento de mão-de-obra direta mostrou que segasta o mesmo tempo tanto para produzir 1,0 Kg de Xcomo 0,5 kg de Y ou 0,4 kg de Z. Os custos indiretos defabricação (CIF) são alocados proporcionalmente àmatéria-prima.Dados para ajustes:O estoque final de matérias-primas foi avaliado em $5.000.000O estoque final de produtos acabados era igual a 40%do total fabricado de cada um.
  65. 65. Pede-se:Determinar o valor da produção de cadaum dos três produtos;Determinar o valor do estoque final e olucro bruto para cada um dos produtos,sabendo-se que as vendas foram de: $8.500.000 para X; $ 4.000.000 para Y e $$ 3.000.000 para Z .
  66. 66. Resolução
  67. 67. Quantidade / Hora
  68. 68. Lucro Bruto
  69. 69. Avaliação dos Materiais Diretos• Integram o custo do materiais diretos + Impostos não recuperáveis + Frete + Seguro + Armazenagem + Desembaraço (Entrega no Brasil) + Despachante - Desconto institucionais - Abatimentos
  70. 70. Não integram os custos:• Juros• Variações• Monetários• Descontos Financeiros
  71. 71. Governo Brasileiro Despesas
  72. 72. Como funciona:170000 Salário para Empresa do Funcionário(37000) Contribuições133.000 Salário Bruto(33000) IR100000 Salário Líquido(25000) IPI(18000) ICMS(9000) PIS/CONFINS(4000) IPVA Seguro obrigatório Licenciamento44000 Preço Veículo Seguro Carro
  73. 73. Pede-seCalcular o EP, o CMV e o Lucro Bruto,pelos métodos PEPS, UEPS e customédio.PEPSPrimeiro que entra primeiro que saiUEPSÚltimo que entra primeiro que sai
  74. 74. Modelo• Desenvolvimento
  75. 75. Exercício• Sabendo que em junho foram vendidas 6 unidades a R$ 600 cada, calcule o resultado empregado os critérios PEPS, UEPS e Custo Médio.
  76. 76. Tabela
  77. 77. Resolução PEPS
  78. 78. Resolução UEPS
  79. 79. Resolução – Custo Médio
  80. 80. Resultado
  81. 81. Exercício
  82. 82. Estoque – Compras
  83. 83. Resolução - Vendas PEPS
  84. 84. Resultado - Lucro Bruto PEPS • Receita de Vendas • CMV Gastos com a compra subtraído com o estoque restante. • Receita de Vendas subtraído do CMV resulta o Lucro Bruto.
  85. 85. Resolução – VENDAS UPES
  86. 86. Resultado – Lucro Bruto UEPS
  87. 87. Resolução – Custo Médio
  88. 88. Resultado – Lucro Bruto Custo Médio
  89. 89. wi Exercício th Taxas do GovernoSobre as compras incide ICMS 18%recuperável. O ICMS sobre as vendas éde 12%.Pede-se:Calcular o EF, o CMV e o Lucro Bruto
  90. 90. TABELA Inicial
  91. 91. COMPRA IMPORTANTE
  92. 92. AlteraçõesNova Tabela
  93. 93. Como foi feito? TOTAL VENDAS R$ 21.120
  94. 94. PEPS(Primeiro que entra, primeiro que sai)
  95. 95. UEPS(Último que entra, primeiro que sai)
  96. 96. Custo Médio(Sem adicionar TAXAS do Governo no estoque interno)
  97. 97. Custo Médio(Adicionado taxas do governo no estoque interno)
  98. 98. Analisando a Margem de ContribuiçãoO restaurante Bom de Grafo apresenta dados seguintes:• Pratos servidos: 3000 por mês• Custo Fixo: $12.000• Custo variáveis: $15000• Preço de venda $ 10 por prato• Capacidade: 5000 por mêsCalcule o custo do prato:
  99. 99. Cálculo
  100. 100. E agora?Sabendo que o estabelecimento recebeuuma proposta para fornecimento de 1000refeições mensais a $ 6,00 por pratos Custo do prato R$ 9,00
  101. 101. Exemplo - Resolução
  102. 102. MétodoLONGO PRAZO E CURTO PRAZO GASTOS CONJUNTOS
  103. 103. Exemplo – Estúdio ParamountGastos Conjuntos - ABSORÇÃO MÉTODO CORRETO PARA LONGO PRAZO INCORRETOA LONGO PRAZO
  104. 104. Exercício - Exemplo
  105. 105. Margem de Contribuição Fator Limitante
  106. 106. Exemplo Carro Veículos com 2 portas terá melhor resultadoOBS: Após calcular a MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO, o próximo passo é dividir pela RESTRIÇÃO.
  107. 107. Exercício• Uma industria fabrica três produtos, nos quais são utilizados rolamentos com os seguintes custos (próximo slide).• Em determinada semana a empresa esta com falta de rolamentos, existindo apenas 200 unidades em estoque.• Sabendo que a empresa tem despesas fixas de $ 10.000/semana e Despesas variáveis de 10% do preço de venda, e sabendo ainda que o mercado consome 20 unidade de cada produto por semana. Decida quais produtos deverão ser feitos nessa semana, e em que quantidade, de forma a maximizar o lucro nesses períodos.
  108. 108. Dados
  109. 109. QuadroOrdem de melhor MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO por RESTRIÇÃOC, B e A
  110. 110. Resolução Máximo de quantidade produzida
  111. 111. Resolução Multiplicar o número de unidades com a MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO de cada produto.Soma-se o resultado das MARGENS DE CONTRIÇÕES de cada produto e subtrai peloGASTOS FIXOS, obtendo o LUCRO OPERACIONAL.
  112. 112. ExercícioSuponhamos que uma determinada industriaautomobilística fabrique dois modelos de veículos comas seguintes características (Próximo Slide).Todas as maçanetas usadas em qualquer dos modelossão iguais, quer nas portas dianteiras quer nas traseiras.Determinado mês a empresa só consegue com umfornecedor 8.000 maçanetas, 6.000 a menos do quenecessitava para atender a demanda de mercado que éde 3.000 unidades o modelo de duas portas e 2.000unidades o modelo 4 portas.Se os custos fixos totalizaram $ 6.000 (MM). Qual o seulucro máximo?
  113. 113. Dados
  114. 114. Resolução Veículos com 2 portas terá melhor resultadoOBS: Após calculara MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO, o próximo passo é dividir pela RESTRIÇÃO.
  115. 115. Resolução
  116. 116. Resolução
  117. 117. Ponto de EquilíbrioPV = 30GV = 18Aluguel - R$1800Depreciação – R$ 200
  118. 118. Ponto de EquilíbrioPV = 30GV = 18Aluguel - R$1800Depreciação – R$ 200Dívidas – R$3000
  119. 119. DemonstrativoPonto de Equilíbrio Econômico - PEE R$ 8000 de LUCRO SEM IMPOSTO ACRÉSCIMO DE 20% DE IMPOSTO
  120. 120. Ponto de Equilíbrio Financeiro
  121. 121. Margem de Segurança
  122. 122. Análise• Margem de Segurança O quanto se pode perder em vendas sem incorrer em prejuízos.• MSquantidade Vendas (Q) – PEC (Q)• MS$ Vendas ($) – PEC ($)• MS% MS (Q) / Vendas(Q) ou MS($) / Vendas($)
  123. 123. Exercício – Perfumes Cheiro Bom• Para produzir 1000 unidades/mês – Embalagens: $2000 – Essência: $8000 – Salários e Encargos fixos: $10000 – Preço unitário $30• Sabendo que a empresa está produzindo 800 unidades, calcule as margens de segurança.
  124. 124. Resolução• MSquantidade • MS% Vendas (Q) – PEC(Q) 300 / 800 = 37,50% 800 – 500 = 300 kg• MS$ Vendas ($) – PEC($) 300 – $30 = $9000
  125. 125. OBSERVAÇÃO Provas• Levar calculadora GOOD LUCK FOR ALL

×