Cordel e Comunicação de Massa

2,242 views

Published on

Extraído do trabalho realizado no Curso de Pós-Graduação em Gestão Ambiental da UFRPE, para a disciplina de Comunicação Ambiental.

Published in: Education, Technology
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,242
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
119
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Cordel e Comunicação de Massa

  1. 1. Literatura de Cordel e Comunicação de Massa
  2. 2. <ul><li>A comunicação de massa é resultado de uma complexa rede de interações sociais e culturais. Assim ela pode significar um mecanismo de reconfiguração do cenário social, de recriação de vários aspectos da cultura, como é o caso da Literatura de Cordel. Adaptada às novas tecnologias e à programação das emissoras de rádio e televisão é possível manter a cultura popular presente e atual, como tem feito a televisão brasileira no início deste novo século. (MEDEIROS, Hélcio Pacheco) </li></ul>Literatura de Cordel e Comunicação de Massa
  3. 3. CORDEL <ul><li>As origens do cordel começa na Europa, na Idade Média, num tempo em que não existia televisão, cinema e teatro para divertir o povo. A imprensa ainda não tinha sido inventada e pouquíssima gente sabia ler e escrever. </li></ul><ul><li>A literatura de cordel é assim chamada pela forma como são vendidos os folhetos, dependurados em barbantes (cordão), nas feiras, mercados, praças e bancas de jornal, principalmente das cidades do interior e nos subúrbios das grandes cidades. </li></ul><ul><li>Essa denominação foi dada pelos intelectuais e é como aparece em alguns dicionários. O povo se refere à literatura de cordel apenas como folheto .  </li></ul><ul><li>Fonte: Associação Pe. Cícero -Juazeiro </li></ul>
  4. 4. Xilogravuras <ul><li>O cordel é muitas vezes ilustrado com xilogravuras do próprio autor </li></ul>
  5. 5. O CORDEL E A INTERNET <ul><li>A união entre a Literatura de Cordel e Internet vem se consolidando, mostrando a grande versatilidade desse gênero literário. </li></ul><ul><li>Para fazer os meus versos </li></ul><ul><li>Não falta inspiração </li></ul><ul><li>Principalmente agora </li></ul><ul><li>Com a globalização </li></ul><ul><li>É tanta coisa que chega </li></ul><ul><li>No folheto virtual </li></ul><ul><li>Essa tal de internet </li></ul><ul><li>É mesmo fenomenal </li></ul><ul><li>O mundo ficou pequeno </li></ul><ul><li>Com a era virtual (Leônia simões) </li></ul>
  6. 6. COMUNICAÇÃO NO VERSO E NA RIMA De qualquer ponto da terra local ou regional Nosso planeta saltou Para uma dimensão global Com auxílio de satélites E redes de comunicação Logo ficamos sabendo Um monte de informação Da Sociedade e da natureza De toda a população (Leônia Simões)
  7. 7. PARÓDIA – NATUREZA SUFOCADA MÚSICA – SUFOCO: ALCIONE <ul><li>Não sei se vou agüentar </li></ul><ul><li>Esses seus abusos </li></ul><ul><li>Não sei se vou suportar </li></ul><ul><li>Tantos absurdos </li></ul><ul><li>Você polui tudo </li></ul><ul><li>No nosso planeta </li></ul><ul><li>Vai espalhando lixo </li></ul><ul><li>Desmatando </li></ul><ul><li>E queimando o que é meu </li></ul><ul><li>Você não me ama </li></ul><ul><li>Você só reclama </li></ul><ul><li>Dessa maravilha </li></ul><ul><li>Já destruída </li></ul><ul><li>Por caprichos seus </li></ul><ul><li>Não posso mais admitir </li></ul><ul><li>Essa agressão de louco </li></ul><ul><li>Que sufoco </li></ul><ul><li>Eu sei que tenho mil razões para </li></ul><ul><li>Poder tudo acabar </li></ul><ul><li>Não, mas eu não quero agir assim, </li></ul><ul><li>Meu predador </li></ul><ul><li>Uma chance vou lhe dar </li></ul><ul><li>Para você mudar. </li></ul><ul><li>(Leônia Simões) </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Criação: </li></ul><ul><li>Leônia Simões </li></ul><ul><li>(Extraído do trabalho realizado no Curso de Pós-Graduação em Gestão Ambiental da UFRPE, para a disciplina de Comunicação Ambiental) </li></ul><ul><li>Desenvolvimento: </li></ul><ul><li>João Paulo Simões de Almeida </li></ul><ul><li>Fonte: </li></ul><ul><li>Música: O pulo da Gaita (do filme: “O Alto da Compadecida” </li></ul><ul><li>Imagens e demais informações: Internet </li></ul><ul><li>Recife – PE </li></ul><ul><li>2009. </li></ul>

×