Coordenadora: Maria Cristina da Rosa Fonseca da Silva Responsáveis pelos Conteúdos: Adriane C. Kirst, Cristiane H. Simó, M...
Na arte os jogos foram representados ao longo dos tempos em diversas formas: por meio de
semideuses de corpos perfeitos do...
1- Míron
Discóbolo, 450 AC
Escultura
4- Gabriel Orozco
Mesa de ping-pong, 1998
Objeto instalação
5- Nike
Antes e depois de...
1- Míron
Discóbolo (O lançador de discos), aproximada-
mente do ano 450 antes de Cristo
Escultura em mármore, 1m e 55cm.
P...
1- Míron
Discóbolo (O lançador de discos),
aproximadamente do ano 450 antes de Cristo
Escultura em mármore, 1 m e 55cm.
Mí...
2- Pieter Brugel the Elder
Jogos de Crianças, 1560
Pintura
O pintor nasceu em Breda, em 1525 e faleceu em Bruxelas em 1569...
3- Maurizio Catellan
Estádio, 1991
Instalação e performance
Nasceu em Pádua na Itália em 1960, hoje mora em Nova York. Est...
4- Gabriel Orozco
Mesa de ping-pong, 1998
Objeto instalação
O artista nasceu no México em 1962 e atualmente é um dos mais ...
5- Nike
Antes e depois de Ronaldo, 2011
Vídeo
Este vídeo foi criado pela F/Nazca, agência de publicidade fundada em 1994 e...
CAMINHOS POSSÍVEIS
Objetivos
- Refletir sobre alguns aspectos que envolvem o jogo na sociedade e na arte, por meio das ima...
Temas relacionados
Corpo, Cidades e Fotografia
Temas articuladores
- Diversidade cultural – nas diferentes questões trazid...
REFERÊNCIAS
1- Míron
GRAHAM-DIXON, Andrew. Art, the definitive guide. London: Ed. DK, 2008.
Catálogo. 30,000 years fo art....
Jogos
Jogos
Jogos
Jogos
Jogos
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Jogos

954 views

Published on

Material didático usado no Moodle, para professoras de arte.
LELA - UDESC.
Laboratório de Educação, Liguagem e Arte
2013.

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Jogos

  1. 1. Coordenadora: Maria Cristina da Rosa Fonseca da Silva Responsáveis pelos Conteúdos: Adriane C. Kirst, Cristiane H. Simó, Milka L. Plaza, Rodrigo Born, Maria Cristina da Rosa F. da Silva Revisão Gramatical: Miriam C. C. M. Mattos Projeto Gráfico e Diagramação: Luiza C. Magajewski ALGUMAS REPRESENTAÇÕES DOS JOGOS NA ARTE Universidade Federal do Rio GrandeFURG
  2. 2. Na arte os jogos foram representados ao longo dos tempos em diversas formas: por meio de semideuses de corpos perfeitos do atletismo, brincadeiras de crianças, crítica social, e também, como meio de propagação e consumo de grandes eventos esportivos. Isto para citar apenas alguns modos como os artistas trabalharam este tema. O que move o jogo pode ser o domínio de uma técnica, uma habilidade, uma busca pela melhor performance, independente se o jogo é jogado por um jogador profissional, ou por uma pessoa qualquer em um lugar qualquer do planeta, todos buscam uma melhora naquilo que estão se dedicando. O jogo traz para o jogador a satisfação na superação e também a frustração na perda, afinal não se pode ganhar sempre.
  3. 3. 1- Míron Discóbolo, 450 AC Escultura 4- Gabriel Orozco Mesa de ping-pong, 1998 Objeto instalação 5- Nike Antes e depois de Ronaldo, 2011 Vídeo 2- Pieter Brugel the Elder Jogos de Crianças, 1560 Pintura3- Maurizio Catellan Estádio, 1991 Instalação e performance
  4. 4. 1- Míron Discóbolo (O lançador de discos), aproximada- mente do ano 450 antes de Cristo Escultura em mármore, 1m e 55cm. Pode-se dizer que esta escultura repre- senta bem a transição histórica do período Severo para o Clássico grego. Nesta época os escultores, com a evolução e crescimento de outras áreas do saber, também ganharam conhecimento sobre a estrutura do corpo e simetria, procurando atingir um ideal de beleza. A imagem de Discóbolo que apresentamos, é uma cópia do original em bronze produzida em 455 a.c. por Míron e que se perdeu ao longo do tempo. A escultura retrata o exato momento em que o jogador vai lançar o disco, portanto é quase uma ação. Perceba os movimentos. Como era a vida na época do artista e como os atletas eram tratados na sociedade? 4- Gabriel Orozco Mesa de ping-pong, 1998 Objeto instalação Uma mesa de ping-pong para ser jogada com 4 jogadores, e se não bastasse isto, ainda tem um aquário no meio com plantas, água e peixes. Reconhecemos que é uma mesa de ping-pong, e sabemos que podemos tentar jogar nela, contudo temos certeza que vai ser uma experiência que causará estranhamento e gerar dificul- dades. O artista também modifica outras coisas tais como: carros, bicicletas, mesas de jogos, frutas e outros. Por que Orozco modifica e rearranja as coisas que encontra? Pesquise outras obras do artista para entender melhor sua poética. 3- Maurizio Cattelan Estádio, 1991 Performance e instalação A obra de Cattelan é provocativa e controversa, em “Estádio”, coloca em uma mesa de pebolim, adaptada para 11 jogadores, um time de brancos contra um time de negros. A mensagem é direta. Não há como escapar aquilo que o artista quer nos mostrar. O racismo é ironizado pelo artista, ao confrontar negros e brancos em um ato considerado politicamente incorreto. No entanto, sabemos que o racismo ainda está presente na sociedade só que de modo, mais contido e velado. Neste trabalho que é uma performance, o que fica como registro para depois é a mesa, como objeto que pode ser exposto sozinho. O ato do jogo, ou seja, a performance, que aconteceu em determinado momento fica registrado em vídeos e fotos. Que mais podemos debater sobre as relações sociais, a partir das questões trazidas pela obra? 5- Nike Antes e depois de Ronaldo, 2011 Vídeo A Nike homenageou o ex-jogador Ronaldo em seu jogo de despedida, o amistoso contra a Romênia em 2011 em um filme com o nome de "Antes e Depois de Ronaldo“. O enredo mostra como o jogador dividiu o mundo do futebol em duas épocas: antes (a.R.) e depois (d.R.) de Ronaldo. Nele é possível ver o estilo de jogo e a técnica, juntamente com jogadas consideradas fenomenais do atleta. A divulgação da homenagem aconteceu pela inter- net com a hashtag #prasemprefenomeno, criada pela Nike no início do ano, quando o “fenômeno” anunciou sua aposentadoria. Como é a carreira de um jogador de futebol? 2- Pieter Brugel the Elder Jogos de Crianças, 1560 Pintura Este quadro nos mostra uma série de atividades esportivas e jogos praticados pelas crianças do período da Renascença. O bambolê, as três Marias, entre muitas outras brincadeiras são reveladas quando observamos a imagem com atenção. Esta tela pode ser considerada intrigante, pois não há registros sobre as intenções de seu autor ao pintá-la. Será que este era um cenário comum daquela época, com crianças se divertindo nas ruas? Sabemos que este era um período difícil nas cidades, sem a menor intra estrutura, neste sentido, outra possibilidade é de que o autor use as crianças como metáfora para as irresponsabibidades presen- tes no mundo adulto. Pesquise mais sobre o período, ou seja, como era a vida na época das cidades da Renascença? Que brincadeiras as crianças estão brincando o quadro e quais delas ainda persistem hoje?
  5. 5. 1- Míron Discóbolo (O lançador de discos), aproximadamente do ano 450 antes de Cristo Escultura em mármore, 1 m e 55cm. Míron foi um escultor Grego que viveu no século V a.d., por este motivo, praticamente não há regis- tros sobre sua vida, no entanto, deixou uma obra referência na história da arte. Introduziu uma abordagem anatômica mais próxima do natural, e resumiu em arte um ideal de beleza física, de equilíbrio dinâmico e de harmonia entre mente e corpo, antecipando em muitos as- pectos a produção de seus contemporâneos.
  6. 6. 2- Pieter Brugel the Elder Jogos de Crianças, 1560 Pintura O pintor nasceu em Breda, em 1525 e faleceu em Bruxelas em 1569. Foi um dos primeiros a retratar como era a vida rural em pinturas. Sendo um artista do início do século XVI, é considerado do Período da Renascença e como os artistas do mesmo período, viajou para a Itália, berço do estilo, no entanto, a peculiaridade de seus tra- balhos está na experiência que viveu na viagem, nas paisagens que viu pelo caminho nos Alpes.
  7. 7. 3- Maurizio Catellan Estádio, 1991 Instalação e performance Nasceu em Pádua na Itália em 1960, hoje mora em Nova York. Este artista gosta de explorar o limite da liberdade artística, tentando desestabilizar as regras que mantém a realidade. Faz uma crítica aos princípios nos quais a sociedade está baseada. Seus personagens são ao mesmo tempo, caricatos e trágicos. Joga com ícones da história e heróis de todo o dia. Não toma nenhuma posição moral ou ideológica, mas reproduz a realidade em toda a sua com- plexidade. Apesar de não oferecer soluções, ele mostra que é possível sobreviver e usar o sistema sem ser consumido por ele.
  8. 8. 4- Gabriel Orozco Mesa de ping-pong, 1998 Objeto instalação O artista nasceu no México em 1962 e atualmente é um dos mais influentes nomes da arte con- temporânea. Em grande parte dos seus trabalhos, explora o efêmero encontrado no dia a dia, direcio- nando sua atenção para materiais e situações, combinando e reconfigurando. Podemos perceber isto em “Mesa de ping-pong” onde explora zonas da percepção, mudando o ponto de vista do espectador. Ao coletar e modificar os objetos que encontra ele potencializa o lado artístico e estético deles. Podemos considerar que Orozco é um tipo de artista nômade, que passa o tempo viajando pelo mundo, coletando materiais e situações em diferentes culturas. Trabalha com diversas mídias, tais como instalações, fotografia, objetos, performances entre outros.
  9. 9. 5- Nike Antes e depois de Ronaldo, 2011 Vídeo Este vídeo foi criado pela F/Nazca, agência de publicidade fundada em 1994 em São Paulo. A produção do vídeo é de Eduardo Lima, João Linneu e Theo Rocha, com direção de criação de Fabio Fer- nandes, Eduardo Lima e Theo Rocha. A ação pretendeu  mobilizar os usuários nos diversos canais da Nike – YouTube, Twitter e Facebook – como uma homenagem mundial ao jogador. Como se dão as diferentes abordagens de comunicação atualmente? Qual o poder das grandes corporações, sejam as agências de publicidade, as marcas mundialmente conhecidas, a indústria do esporte, no mercado econômico?
  10. 10. CAMINHOS POSSÍVEIS Objetivos - Refletir sobre alguns aspectos que envolvem o jogo na sociedade e na arte, por meio das imagens apresentadas. - Pesquisar sobre o jogo, o esporte, o jogador, o atleta, por meio das questões presentes nas obras. - Produzir uma revista ou blog baseado nas pesquisas, que foram desenvolvidas. Estratégias - Observar as imagens, assistir o vídeo. Pensar nas perguntas que podem ser feitas para instigar as leituras das obras pelos alunos. - Dialogar a respeito dos aspectos presentes em cada obra, de cada artista, ou seja, quais suportes foram usados? Qual a participação do público? O que estava acontecendo na sociedade da época em que o artista fez as obras? - Dialogue com todos a respeito das injustiças e conflitos velados que existem no mundo do esporte bem como da sociedade. - Quais competições importantes ocorrem no mundo? O que difere um profissional de um amador? - Pesquise com seus alunos como ocorrem as transações de compra e venda de jogadores, os contra- tos publicitários. Que tipo de vida leva um grande atleta nos dias de hoje? Como a indústria vende, trata e divulga jogadores e outros? - Pode ser produzida com os alunos uma revista de papel, ou um blog sobre como é a vida de um atleta, sob vários aspectos. Cada grupo ou turma pode previamente escolher que categorias e assuntos vão conter o blog.
  11. 11. Temas relacionados Corpo, Cidades e Fotografia Temas articuladores - Diversidade cultural – nas diferentes questões trazidas pelas obras de arte apresentadas. - Ética - através das regras dos jogos, da indústria do patrocínio, dos dirigentes e todas as relações presentes quando pensamos no esporte. Para refletir O que é performance? Disponível em: <http://www.itaucultural.org.br/aplicexternas/enciclopedia_ic/index.cfm?fuseaction= termos_texto&cd_verbete=3646>. Acesso em: jan, 2012
  12. 12. REFERÊNCIAS 1- Míron GRAHAM-DIXON, Andrew. Art, the definitive guide. London: Ed. DK, 2008. Catálogo. 30,000 years fo art. London: Phaidon, 2007. 2- Pieter Brugel the Elder GRAHAM-DIXON, Andrew. Art, the definitive guide. London: Ed. DK, 2008. 3- Maurizio Catellan GROSENICK, Uta. Art Now. Cologne: Taschen, 2005. BOURRIAUD, Nicolas. Post produccion. Buenos Aires: Adriana Hidalgo, 2004. Disponível em: <www.basicfacts.com>. Acesso em: 16 jun 2010. 4- Gabriel Orozco GROSENICK, Uta. Art Now. Cologne: Taschen, 2005 Disponível em: <http://www.artdaily.org>. Acesso em: 16 jun 2010. Disponível em: <http://www.moma.org>. Acesso em: 16 jun 2010. 5- Vídeo Nike Disponível em: <http://inside.nike.com/blogs/nikefootball-pt_BR/2011/06/06/antes-e-depois-do-ronaldo>. Acesso em: jan, 2012. Disponível em: <http://www.fnazca.com.br/>. Acesso em: jan, 2012.

×