Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Renascimento artístico e científico

28 views

Published on

Renascimento, inspirado em texto tirado do material didático do SESI de 2016. Aborda aspecto artístico e científico desse movimento do final da Idade Média.

Published in: Education
  • Be the first to comment

Renascimento artístico e científico

  1. 1. Muito além das artes, o Renascimento transformou a vida social e o comportamento do homem comum Inspirado em texto do prof. Ângelo Adriano Faria Assis (Slide feito pelo prof. Júlio César)
  2. 2. • Em geral o Renascimento é celebrado por suas grandes obras na pintura, na escultura e na arquitetura. Michelângelo Rafael Sanzio Da Vinci Botticelli • Esses artistas reinventaram a arte com novas concepções de dimensão espacial, emprego de cores, contrastes (chiaroescuro). Assim, estão contados como grandes artistas do Renascimento:
  3. 3. El Greco Van Eick Hieronymus Bosch
  4. 4. • O conceito de renascença seria estendido à literatura, a filosofia e ciência com nomes como: Willian Shakespeare Miguel de Cervantes Luís de Camões Nicolau Maquiavel
  5. 5. • Cientistas como Nicolau Copérnico, Galileu Galilei, Kepler e Giordano Bruno ajudaram a compreender os fenômenos da natureza pela própria natureza, e não mais por vontade divina. O homem, e não mais Deus, passava a ocupar o centro das atenções.
  6. 6. • Foi, assim, despertado o interesse pelo conhecimento do corpo, sendo definidas maneiras de pensar a política e o sagrado, permitindo a descoberta de terras.
  7. 7. • Toda essa renovação, resultado em parte do florescimento de novas cidades, ascensão da burguesia e novas normas de convivência com fortalecimento do individualismo, levou a mudanças sociais até mesmo, por exemplo, nos casamentos, tendo fim o casamento arranjado entre famílias; • A imprensa, na Europa começada por Gutemberg no século XV, acelerou e expandiu a circulação de novas ideias para um público cada vez mais extenso; • Embora muitos fossem analfabetos, as informações eram repassadas pelos que liam e repetidas oralmente aos demais.
  8. 8. • Microscópios desvendavam seres desconhecidos ao olho humano; • Dissecação de cadáveres permitiram o desenvolvimento de pinturas e esculturas de corpos humanos, além do conhecimento de nossa fisiologia; • Surgiram também o termômetro assim como uma série de novos instrumentos e técnicas cirúrgicas, e também membros artificiais como pernas e braços mecânicos.
  9. 9. • Nos campos: • Aperfeiçoamento de arados, alavancas de rosca e moinhos hidráulicos; • Métodos organizados de plantio e experiências vindas de outras regiões e continentes; • Assim foi aumentada a produção de alimentos e, consequentemente, sua oferta, sendo diminuído o trabalho árduo na lavoura.
  10. 10. • Surgiu o relógio mecânico. Assim, o tempo passou a ser contado de forma mais eficiente do que com relógios de sol, ampulhetas, clepsidras ou mesmo os sinos das igrejas; • Também símbolos matemáticos como + e o – deram lugar a sua escritura por extenso; • Foi inventada uma máquina de calcular por Blaise Pascal em 1642; • Ocorreu também uma padronização de pesos, medidas e valores monetários. Relógio mecânico de Salisbury (UK), do século XIV, não tem mostrador nem ponteiros, mas bate as horas. É considerado o relógio mecânico mais antigo em funcionamento.
  11. 11. • Face triste da época renascentista: • Guerras religiosas e também pela formação dos Estados modernos; • Criação de armas de fogo mais potentes; • Conquista de novas terras gerando a escravidão de muitos povos; • Intensificação da Inquisição. De cima, da esquerda para a direita: Batalha de La Rochelle; Batalha de Azincourt; Batalha de Patay e Joana d'Arc no Cerco de Orleães.

×