Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

A EUROPA NO SÉCULO XIX

299,729 views

Published on

A EUROPA NO SÉCULO XIX

Published in: Education
  • Be the first to comment

A EUROPA NO SÉCULO XIX

  1. 1. HISTÓRIA A EUROPA NO SÉCULO XIX – CAP.16 ISABEL AGUIAR 8EF MANHÃ DIONÍSIO TORRES A EUROPA NO SÉCULO XIX Palácio de Versalhes - França
  2. 2. A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL (século XIX)  trouxe grandes transformações  aumento da população (1ª metade do séc. XIX, a pop. aumentou 43%)  crescimento das cidades (medo de faltar alimento)  utilização de máquinas no trabalho  mudança no modo de vida das pessoas (muitas pessoas se mudaram para outros continentes e do campo para a cidade)
  3. 3. TEORIA MALTHUSIANA QUEM FOI THOMAS MALTHUS?  Economista inglês ( 1766-1834)  Afirmava que a pop. cresce mais do que a produção de alimentos  Essa seria a causa da fome
  4. 4. O VIVER NAS CIDADES  cidades cresciam de forma acelerada  crescia os problemas urbanos  sujeira nas ruas  fumaça das chaminés das fábricas  falta de água  falta de esgotos sanitários  falta de praças  muitas doenças respiratórias  epidemias (cólera e febre tifóide) Criança com cólera: diarreia aguda pela bactéria vibrião colérico que se multiplica no intestino
  5. 5. ASSOCIAÇÕES DE OPERÁRIOS  lutavam por melhores condições de trabalho  organizavam partidos, sindicatos e associações  luta por direitos trabalhistas e políticos  surgem : o Liberalismo, o Socialismo e o Anarquismo
  6. 6. O LIBERALISMO  Origem: iluminismo (John Look, Montesquieu e Adam Smith)  Defendia divisão de poderes  Defendia direito à vida  Defendia a propriedade privada  Defendia a liberdade de expressão  Não intervenção do Estado na economia  Livre comércio  Livre concorrência  O Estado não deveria intervir entre patrão e empregado Adam Smith
  7. 7. SOCIALISMO UTÓPICO acreditavam que poderiam acabar com as desigualdades sociais transformas a sociedade capitalista de forma pacífica Nomes importantes: Charles Fourrier e Robert Owen Charles Fourrier:(francês) criticava o individualismo, a sociedade ideal seria organizada em FALANSTÉRIOS Robert Owen : (inglês) defendia a cooperação para a tingir a felicidade
  8. 8. FALANSTÉRIOS FALANSTÉRIOS: comunidades com cerca de 1800 pessoas, onde cada uma trabalharia com o que desejasse e o fruto do trabalho seria dividido com quem precisasse. Com a multiplicação dos falanstérios o país se tornaria socialista. Fachada do Familistério de Godin em Guise (COMUNA FRANCESA).
  9. 9. SOCIALISMO CIENTÍFICO  Nomes importantes: Karl Marxs e Friedrich Engels  Apoiavam-se em estudos de Filosofia, História e Economia  Publicaram em 1848 - O Manifesto do Partido Comunista  Para eles somente a REVOLTA levaria à REVOLUÇÃO  Com a REVOLUÇÃO, os trabalhadores tomariam o poder da BURGUESIA  Surgiria a DITADURA DO PROLETARIADO (até que as desigualdades acabassem)  O SOCIALISMO seria substituído pelo COMUNISMO (sociedade sem classes)  Outra obra de Marxs: O CAPITAL (critica o capitalismo e prevê crises, e mais-valia )
  10. 10. O ANARQUISMO (ANARQUIA, do grego, significa AUSÊNCIA DE PODER)  Criticavam a existência de classe sociais  Criticavam a exploração do trabalhador  Criticavam a concentração de riquezas nas mãos de poucos  Somente a igualdade poderia desenvolver as potencialidades das pessoas  Destruição imediata do Estado (eram contra qualquer tipo de governo)  A ideia se espalhou pelo mundo  Chegou ao Brasil através dos imigrantes europeus  Influenciou movimentos operários brasileiros no início da República
  11. 11. A FRANÇA NO SÉCULO XIX  Estudantes, trabalhadores e burgueses contra o rei Carlos X (absolutista)  O rei: privilegiou clero e nobreza / censurou a imprensa / dissolveu a Câmara de Deputados  O rei perdeu e se exilou na Grã-Bretanha  REVOLUÇÃO LIBERAL DE 1830 (burguesia continuou com a Monarquia)  Luis Felipe assume o poder da França (primeiro-ministro)  Governou de 1830-1848  favoreceu a burguesia  excluiu os trabalhadores  1846- crise econômica, inflação e fome  socialistas e republicanos se unem (campanha pelo voto universal masculino)  ofereciam comida ao povo e pediam que gritassem : " ABAIXO O REI E VIVA A REPÚBLICA!" - (política dos banquetes) FIQUEM RICOS, E ENTÃO PODERÃO VOTAR! (Dizia Luis Felipe) Luis Felipe
  12. 12. A REVOLUÇÃO DE 1848  causa: o governo proíbe os "banquetes"  estudantes, trabalhadores e políticos vão às ruas e obrigam Luis Felipe a fugir  é proclamada a SEGUNDA REPÚBLICA (provisória)  líderes: republicanos moderados e socialistas  direito ao voto a homens adultos  fim da censura  criou empresas nacionais que davam emprego a desocupados  a burguesia não gostou  1848- é eleito um conservador para presidente: LUÍS BONAPARTE (sobrinho de Napoleão)
  13. 13. O GOVERNO DE LUIS BONAPARTE  dizia ser herdeiro político de seu tio (Napoleão)  deu um golpe de Estado (dezembro de 1851)  fez um plebiscito  foi eleito cônsul por 10 anos  1852- novo plebiscito  foi eleito com 95% dos votos  torna-se imperador da França com o título de Napoleão III O que é PLEBISCITO? Plebiscito é uma manifestação popular expressa através de voto, que ocorre quando há algum assunto de interesse político ou social.
  14. 14. O SEGUNDO IMPÉRIO DE NAPOLEÃO III  incentivou a indústria e transportes  investiu em obras públicas  diminui o desemprego  apoiado pelo Exército e burguesia - poder quase absoluto  conquistou na África (Argélia e Senegal)  conquistou na Ásia (Síria, Indochina e parte da China)  na América (México)  guerra França X Prússia (Alemanha)  Napoleão III foi vencido e preso  instalou-se a Terceira República
  15. 15. A COMUNA DE PARIS COMUNA DE PARIS: (1ª experiência de autogoverno popular no Ocidente)  Thiers: novo governo da França  aceitou a paz imposta pelos prussianos (alemães)  o povo de Paris se revolta e toma a prefeitura  Thiers e seus auxiliares fogem para Versalhes (palácio à 20km de Paris)  o novo governo foi chamado : COMUNA DE PARIS  socialista e popular(seus membros eram formados por 25 operários)  Medidas da COMUNA: ensino gratuito e obrigatório / creches e jardim da infância para filhos de trabalhadores / congelou preços de aluguéis a gêneros de primeira necessidade  Thiers pede ajuda a Otto Von Bismark da Prússia  fuzilou 20 mil trabalhadores e deportou 13 ml trabalhadores para colônias francesas Thiers Bismark
  16. 16. A ITÁLIA NO SÉCULO XIX  Início do século XIX- Itália era um território todo dividido  costumes e dialetos diferentes  Congresso de Viena (1814-1815)  O congresso decide que os territórios italianos seriam dominados pela Áustria  Giuseppe Mazzini fundou A JOVEM ITÁLIA (1830)  A Jovem Itália era secreta e defendia a unificação, independência e República na Itália  Itália X Áustria  Em Milão houve boicote a produtos austríacos  Milão X Áustria - Milão perdeu  Surge o RESORGIMENTO (para a Itália voltar aos tempos de glória)  Líderes: Victor Emanuel II e o conde de Cavour (1º ministro) Victor Emanuel II Conde de Cavour
  17. 17. A ITÁLIA NO SÉCULO XIX E A QUESTÃO ROMANA  Defendiam a unificação da Itália e uma monarquia constitucional  Modernização da economia  pede ajuda a França de Napoleão III X Áustria  Vencem a guerra  Áustria foi obrigada a devolver territórios aos italianos  Novo plebiscito: Emanuel II proclamado Rei da Itália (1861)  1866- Veneza é anexada a Itália  1870- Roma anexada ( passou a ser capital em 1871) A QUESTÃO ROMANA  O Papa Pio IX não aceitou perder territórios da Igreja  rompe relações com o governo italiano  fecha-se no Vaticano  Surge a Questão Romana  1929- assinam o Tratado de Latrão (acordo entre o Papa Pio IX e Benito Mussolini)  Com esse tratado, cria-se o Estado do Vaticano, dirigido pela Igreja Católica ( o menor país do mundo) Papa Pio IX
  18. 18. A ALEMANHA NO SÉCULO XIX  1815 - Congresso de Viena  Criada a Confederação Germânica (39 Estados independentes)  Áustria (contra a unificação) e Prússia(a favor da unificação) disputavam a liderança política  1834- a Prússia criou uma união alfandegária para a livre circulação de mercadorias(ZOLLVEREIN)  aumentou o comércio entre estados alemães, impulsionou a indústria e as ferrovias.  a Prússia se tornou o Estado mais industrializado da Confederação Germânica  1860- assume a Unificação alemã  as mercadorias circulavam livremente , exceto na Áustria  A Áustria enfraqueceu BISMARCK: O CHANCELER DE FERRO  1862- nomeado 1º ministro, Bismarck (nomeado pelo rei Guilherme I, rei da Prússia)  Bismarck incentivou a indústria, modernizou o exército e fez uso de guerra para a unificação (3 guerras)  1871- a Alemanha tem um progresso extraordinário. Duas décadas depois, já era a 1ª potência industrial da Europa Congresso de Viena

×