Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Raiz, caule e folha aula alex ppt

18,123 views

Published on

Raiz, caule e folha aula alex ppt

  1. 1. Raiz Biologia. Prof. Alexandre
  2. 2. Raiz <ul><li>Geralmente subterrâneo, função: fixação , absorção de água e sais minerais e condução da seiva. </li></ul>A primeira raiz é a primária, a partir da radícula.
  3. 3. Regiões da raiz <ul><li>Colo - entre raiz e caule; </li></ul><ul><li>Zona suberosa – parte mais velha, não tem absorção de água; Partem raízes laterais. </li></ul><ul><li>Zona pilífera – possui pêlos, absorção de água e sais; </li></ul><ul><li>Zona lisa – Mais jovem, crescimento da raiz. </li></ul><ul><li>Coifa – Serve como proteção, impedindo entrada de microorganismos. </li></ul>
  4. 4. Zona lisa <ul><li>Possui três áreas: </li></ul><ul><li>Meristemática – Capaz de realizar divisão celular; </li></ul><ul><li>Alongamento: Acima da meristemática, crescimento da raiz; </li></ul><ul><li>Maturação – As células se tornam adultas; </li></ul>
  5. 5. Classificação das Raízes <ul><li>De acordo com a função e o ambiente que vivem. </li></ul>Raízes subterrâneas Axiais ou pivotantes – Têm uma raiz primária do qual partem raízes laterais; Ex: Gimnospermas e dicotiledôneas
  6. 6. Raiz Fasciculada ou Cabeleira Não têm raiz principal, surgem apenas adventícias e ramificadas; Não atinge grandes profundidades; Ex: monocotiledôneas
  7. 7. Raízes aéreas São raízes que se desenvolvem acima do solo, são raízes adventícias.
  8. 8. Tuberosas: Armazenam substâncias nutritivas .
  9. 9. Cintura ou velame Típica de epífitas (bromélias, orquídeas) usam apenas para fixação; Conseguem reter água da chuva;
  10. 10. Suportes ou escora: P artem do caule e atingem o solo, e sua principal função é aumentar a fixação do vegetal.
  11. 11. Respiratórias ou pneumatóforas Raízes de plantas que vivem em locais alagadiços(mangues). Servem para absorver o ar.
  12. 12. Estrangulantes: Raiz que se enrola nas árvores que lhe serve de suporte provocando posteriormente o estrangulamento delas. São exemplos os cipós-mata-pau ( Ficus sp.).
  13. 13. Tabulares : são achatadas, e encontradas em florestas densas, sendo responsáveis pela fixação, podendo também serem respiratórias .
  14. 14. Grampiformes São curtas semelhantes a grampos. São as trepadeiras Ex hera.
  15. 15. Sugadora ou Haustório: erva de passarinho
  16. 16. Raízes aquáticas: Apresentam parênquima aerífero bem desenvolvido. Não apresentam coifa. Ex: raízes do aguapé e vitória-régia .
  17. 17. Anatomia das Raízes <ul><li>Estrutura primária das raízes </li></ul>
  18. 18. Estrutura secundária das raízes
  19. 19. Caules
  20. 20. Caules <ul><li>Órgão geralmente aéreo com função de condução , sustentação , reserva alimentar e fotossíntese (jovem). </li></ul>Origem Formado a partir do caulículo presente na semente.
  21. 21. Os caules geralmente possuem nó, Entrenó e gemas
  22. 22. Classificação dos Caules Caules aéreos Tronco – é lenhoso, bem desenvolvido e ramificado. Plantas de grande porte.
  23. 23. Haste – É pouco desenvolvido, clorofilado e pouco lignificado. Ex. couve, feijão. Estipe – Caule cilíndrico, não ramificado, com folhas somente nas extremidades. Não engrossa. Ex coqueiros
  24. 24. Colmo – Dividido em nós e entrenos. Pode ser oco ou fazer reservas. Ex. bambu, cana. Caules Trepadores São caules que se apóiam em outras estruturas.
  25. 25. Sarmentosos – São caules de plantas trepadeiras e usam gavinhas ou raízes grampiformes. Ex. videira, maracujá Volúveis – São de plantas trepadeiras, porém usam o próprio caule para se apoiarem. Ex. feijão
  26. 26. Caule rastejante Estolão ou estolho – Caules que crescem horizontalmente sobre o solo. Ex. morangueiro, melancia.
  27. 27. Caules Subterrâneos Rizomas – Desenvolvem-se horizontalmente de onde partem raízes adventícias. Ex. samambaia, bananeira, gengibre Tubérculos – Caules ricos em reserva de substância nutritiva. Possui brotos. Ex. batatinha
  28. 28. Bulbos – Caules protegidos por folhas modificadas, que acumulam substância nutritiva. Escamoso – As folhas se sobrepõem. Ex. lírio Tunicados – As folhas envolvem completamente uma as outras. Ex. cebola e alho Sólidos – A região do prato é maior que as escamas. Ex tulipa
  29. 29. Caules aquáticos – São aqueles adaptados a vida submersa. Elódea, vitória régia.
  30. 30. Caules modificados <ul><li>Suculentos –Especializados em armazenar água, geralmente de regiões áridas. Ex. Barriguda </li></ul>Cladódios – Caules suculentos, achatados e verdes com função fotossintetizante. Ex cacto, carqueja.
  31. 31. Gavinha – Modificações caulinares. Servem para fixação. Ex. maracujá, videira.
  32. 32. Xilopódio - Típicos de plantas do cerrado e da caatinga, ricos em substância de reserva. Ex. maniçoba.
  33. 33. <ul><li>Espinhos </li></ul><ul><li>Curtos e resistentes </li></ul><ul><li>Difíceis de destacar </li></ul><ul><li>(limoeiro) </li></ul><ul><li>Roseiras - acúleos </li></ul>
  34. 34. Anatomia do Caule Feixe liberolenhoso (Organizado)
  35. 35. Feixes liberolenhosos desorganizados
  36. 37. folha
  37. 38. funções <ul><li>Fotossíntese </li></ul><ul><li>Transpiração </li></ul><ul><li>Respiração </li></ul><ul><li>Gutação </li></ul><ul><li>Pode ser completa ou incompleta </li></ul>
  38. 39. Folha completa Possuem: limbo, pecíolo e bainha
  39. 40. Folha incompleta Podem ser: sésseis (fumo) e invagi nantes (milho).

×