Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
ESCOLA SECUNDÁRIA JAIME MONIZ      11º ANO                   CRITÉRIOS DE CORREÇÃO DO TESTE DE AVALIAÇÃO SUMATIVO DE BIOLO...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×
Upcoming SlideShare
Ocupação antrópica 11ºbg
Next
Download to read offline and view in fullscreen.

0

Share

Download to read offline

Critérios c do tt de bg 11º-2 (teste a e teste b)2 p-2013

Download to read offline

  • Be the first to like this

Critérios c do tt de bg 11º-2 (teste a e teste b)2 p-2013

  1. 1. ESCOLA SECUNDÁRIA JAIME MONIZ 11º ANO CRITÉRIOS DE CORREÇÃO DO TESTE DE AVALIAÇÃO SUMATIVO DE BIOLOGIA – GEOLOGIA 2012/2013GRUPO I1 (Teste A e Teste B) – O açúcar, porque é um composto produzido por um ser vivo, logo, não é inorgânico.Teste A 2 – Sequencia correta: I – D; II – C; III – A; IV – B. 2.1 – Na escala de Mohs, a dureza do mineral é superior a 3 e inferior a 7. 2.2 -Porque não traduz a verdadeira dureza dos minerais, antes os posiciona numa escala simples, de 1 a 10, em função do seu valor de dureza absoluta. Em termos de dureza absoluta, do talco (1 na escala de Mohs), a progressão não é linear, verificando-se que a diferença de dureza entre o corindo e o diamante é muito superior à diferença entre o talco e o gesso.Teste B 2.1.1 – Brilho não metálico – vítreo. 2.1.2 – Na dureza do mineral, determinada pelo teste do risco e recorrendo à escala de Mohs. 2.1.3 – A clivagem. 2.1.4 – Mineral que pode apresentar cores variáveis. 2.1.5 – Sobre a indicação B o aluno teve que determinar a dureza usando uma escala de Mohs e sobre a indicação C pode concluir-se pela observação do mineral quando este foi fragmentado. 2.1.6 – O Quartzo.3 (Teste A e Teste B) – Correspondencia correta: A – F; B – F; C – V; D – F; E – V; F – F.GRUPO II Teste A e Teste B4.1 – Opção correta: a).4.2 – Opção correta: c).4.3 – Opção correta: b).4.4 – Os magmas que deram origem à rocha A formam-se em limites convergentes de placas, onde ocorre a subdução de fundosoceânicos. Os magmas que deram origem à rocha B, formam-se a grande profundidade, no manto superior, estando associados azonas de divergencia de placas.Os magamas que deram origem à rocha C têm origem em zonas de colisão de placas continentais.5.1 – Apresentam a mesma composição química mas estruturas cristalinas e formas externas diferentes.5.2 -A sua estrutura resulta de ligações fracas entre os elementos químicos que a constituem segundo uma direção.5.3 – O diamante. Tem um valor de dureza muito superior ao da grafite, apresentando uma estrutura mais compacta, fruto dasmaiores pressões.6.1 – As duas rochas diferem na textura, uma vez que o ambiente em que ocorre a cristalização não é o mesmo. O processo decrsitalização em que ocorre o granito dá-se a temperaturas mais elevadas em profundidade, que permitem uma cristalização maislenta.6.2 – O Gabro e o Basalto, devido à elevada percentagem de minerais máficos.6.3 – O Andesito.7.1 –A piroxena e a olivina.7.2 – A anfíbola e a biotite.7.3 – O andesito resulta da consolidação do magma à superfície ou próximo dela e o diorito resulta da consolidação do magma emprofundidade.8.1 – O ganito é uma rocha leucocrata porque apresenta uma elevada quantidade de SiO 2 e Al2O3 e uma reduzida percentagem deFe2O3, FeO e MgO.8.2 – É uma rocha com alto teor de sílica, rocha ácida.8.3 – O ríolito.9.1 - A – Diferenciação magmática; B – Cristalização fracionada.9.2 – Os minerais formados por esses elemenyos químicos cristalizam a temperaturas mais elevadas que os restantes, sendoremovidos do magma nos estádios iniciais de cristalização (a sua concentração diminui ao longo do processo indicado pela seta I).9.3 – Ocorre cristalização em primeiro lugar de minerais ricos em óxidos de ferro, magnésio e cálcio (piroxenas, olivinas eplagioclases). Estes minerais separam-se do magma residual por diferenciação gravítica e depositam-se no fundo da camaramagmática dando origem a gabros, em profundidade e por processos de cristalização que ocorrem a elevadas temperaturas e porlongos períodos de tempo.9.4 – Se houver separação da fase sólida composta pelos minerais ferromagnesianos do magma residual, este torna-se mais ácidoe pode evoluir independentemente em profundidade e originar uma rocha plutónica ácida, o granito.Funchal, 02 de Março de 2013. A Docente: Cecília Ferreira.Critérios de Correção do Teste Sumativo de Biologia – Geologia Página 1

Views

Total views

824

On Slideshare

0

From embeds

0

Number of embeds

333

Actions

Downloads

7

Shares

0

Comments

0

Likes

0

×