Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: ARelatório de Auto Avaliação da Biblioteca Escolar           Bibliot...
Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: AA. Apoio ao desenvolvimento curricularA.1 Articulação curricular da...
Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: ABibliotecária, sempre 33,3% regularmente 44,4%; ocasionalmente 22,2...
Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: APontos fortes identificadosFoi assegurado a inclusão dos recursos d...
Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: Aeducativos. Os professores também utilizam os computadores da BE co...
Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: AA BE tem um blogue com vários recursos educativosPontos fracos iden...
Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: AA.1.6 Colaboração da BE com os docentes na concretização das activi...
Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: A66,7% diz frequentar a BE 1 ou 2 vezes por semana, 33,3% uma ou dua...
Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: AA BE apresentou em Conselho Pedagógico um guião de pesquisa (Big6) ...
Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: AOs questionários aplicados aos docentes 100% dizem ter participado ...
Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: Aalunos que afluíram à BE para utilização destes meios, quer em cont...
Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: Alongo do ano uma evolução no seu comportamento e atitudes perante a...
Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: ANo que toca à selecção de modalidades de apresentação da informação...
Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: AVerifica-se, por parte dos alunos, um bom cumprimento das regras de...
Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: A46,2% dos alunos situam-se no nível 4, 38,5% no nível 3 e 15,4% no ...
Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: APromover mais reuniões com os responsáveis de Programas e Projectos...
Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: AFundamentação da escolha do domínioO papel fundamental da BE é, em ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Biblioteca EB1 Mãe Soberana - Auto avaliação - Dominio A - 2010/2011

937 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Biblioteca EB1 Mãe Soberana - Auto avaliação - Dominio A - 2010/2011

  1. 1. Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: ARelatório de Auto Avaliação da Biblioteca Escolar Biblioteca EB1 Mãe Soberana Ano Lectivo 2010/2011 Professora Bibliotecária Paula Rute Correia dos Santos Biblioteca EB1 Mãe Soberana - 2010/2011
  2. 2. Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: AA. Apoio ao desenvolvimento curricularA.1 Articulação curricular da BE com as estruturas de coordenação educativa esupervisão pedagógica e os docentesA.1.1 Cooperação da BE com as estruturas de coordenação educativa esupervisão pedagógicaEvidências- A BE articulou regularmente com as estruturas de coordenação educativa esupervisão pedagógica da escola/agrupamento: Conselho Pedagógico,Departamentos Curriculares e Conselho Geral. A professora bibliotecária,representante das BE do Agrupamento, compareceu em todas as reuniões deConselho Pedagógico, e a professora bibliotecária do 1º ciclo, esteve presente emtodas as reuniões de Departamento do 1º ciclo, algumas do Pré – escolar e em todasdo Conselho Geral. Os documentos gerais do Agrupamento, Projecto Educativo eRegulamento Interno, fazem referência à BE. O Plano de Acção e o Plano deActividades da BE, são elaborados de acordo com as linhas orientadoras daquelesdocumentos.A professora bibliotecária reforçou a importância da rentabilização do espaço BE paraactividades de desenvolvimento curricular bem como informou do potencial que a BErepresenta devido ao fundo documental existente em vários suportes e possibilidadede exploração do mesmo. Colaborou com o coordenador de estabelecimento deensino, docentes titulares de turma com o objectivo de conhecer os diferentesprojectos curriculares. Os docentes procuraram articular com a BE, desenvolvendo umtrabalho de planificação colaborativo, de forma a promover a integração da BE nodesenvolvimento curricular. A utilização da BE foi rentabilizada pelos professores (1 ou2 vezes por semana (66,7); 1 ou 2 vezes por mês (33,3%), há aqui a realçar que setrata de uma escola do 1º ciclo com 9 professores.Saliente-se que a propósito, que nos questionários aplicados aos docentes, referemque no âmbito das suas funções docentes, costumam articular com a Professora Biblioteca EB1 Mãe Soberana - 2010/2011
  3. 3. Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: ABibliotecária, sempre 33,3% regularmente 44,4%; ocasionalmente 22,2% e nunca 0%.Mais se acrescenta que enquanto docente titular de turma/ grupo de disciplina/áreacurricular essa articulação é de 46,2% e no âmbito de determinadosprojectos/programas PNL 53,8%. Há que referir também que 100% dos docentes diz játer colaborado com a BE na selecção ou na produção de materiais de apoiosnecessários à condução de actividades na BE ou na sala de aula. As actas dosConselhos Pedagógicos, as actas dos departamentos, o blogue da biblioteca, o PlanoAnual de Actividades são suportes de registos que evidenciam o referido.Pontos fortes identificados- A BE colaborou com as estruturas de coordenação educativa e supervisãopedagógica da escola e docentes no sentido de programar e desenvolver actividadesconjuntas e rentabilizar os seus recursos.A BE rentabilizou os seus recursos colaborando com os docentes na selecção eprodução de materiais de apoio ao desenvolvimento curricular.As professoras bibliotecárias do agrupamento reuniram semanalmente paraplanificação e avaliação das actividades que iam decorrendo.Pontos fracos identificados-A BE deve ser rentabilizada pelos docentes no âmbito das suas actividades lectivasde forma mais autónomaA.1.2 Parceria da BE com os docentes responsáveis pelas áreas curriculares nãodisciplinares (ACND)Evidências- A BE colaborou e envolveu-se, sempre que solicitada, nos projectos das turmas,tendo facultado às actividades lectivas e à realização de projectos, documentos,espaço e equipamentos, nomeadamente, os computadores que constituíram umsuporte de trabalho fundamental, para os alunos. Os docentes recorrem à BE, parautilização do espaço e equipamento multimédia e audiovisual, e outros recursosdocumentais, em contexto de sala de aula, ou para participarem em projectosconjuntos com a BE, Escola Activa, Preaa, Agenda 21, Maio Mês do coração,Alimentação saudável, Horta Biológica, Hora do conto, semana da leitura. (trata - sede uma escola do 1º ciclo) Biblioteca EB1 Mãe Soberana - 2010/2011
  4. 4. Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: APontos fortes identificadosFoi assegurado a inclusão dos recursos da BE na concepção e realização deactividades conjuntasOs professores titulares de turma na sua maioria consideram os recursos da BE MuitoBons e BonsPontos fracos identificadosApesar da BE participar na maioria dos projectos das turmas/ escola, esta por vezesnão é referida nas planificações.A.1.3 Articulação da BE com os docentes responsáveis pelos serviços de apoiosespecializados e educativos (SAE)EvidênciasA BE foi utilizada semanalmente em actividades de apoio educativo, Os suportesdigitais e o fundo documental foram utilizados pelos professores dos apoioseducativos. A BE é um suporte importante na actividade desenvolvida pelos ApoiosEducativos e educação especial não só ao nível de recursos disponibilizados, mastambém na utilização de forma autónoma, do espaço, por parte destes professorescom os alunos.Pontos fortes identificadosA rentabilização da BE para as actividades de apoio educativo e de educaçãoespecial.Pontos fracos identificadosAusência de reuniões entre a biblioteca e os professores de apoio, de forma a facilitara actualização e adequação de recursos às suas necessidadesA.1.4 Ligação da BE ao Plano Tecnológico da Educação (PTE) e a outrosprogramas e projectos curriculares de acção, inovação pedagógica e formaçãoEvidênciasA BE integrou, com dois elementos, a equipa do PT: a professora bibliotecária dasescolas do 1º ciclo e professora da equipa, tendo sido desenvolvidas acções conjuntascom o coordenador do PTE, no âmbito do Dia da Internet Segura.A BE disponibilizou um serviço na área das TIC a toda a escola para realização de todo o tipode trabalhos sendo o local mais utilizado pelos alunos para realização de tarefas.Os computadores da BE foram utilizados diariamente pelos alunos, tendo sidodesenvolvidos trabalhos de pesquisa, trabalhos em Word, power point e jogos Biblioteca EB1 Mãe Soberana - 2010/2011
  5. 5. Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: Aeducativos. Os professores também utilizam os computadores da BE com os alunosno âmbito das suas actividades lectivas. No âmbito do desenvolvimento do Programade Literacia Digital, Tecnológica e da Informação os alunos fizeram formação com aprofessora bibliotecária, no programa Word, (todas as turmas do 1º / 2º ano) Power –point , Photo story( todas as turmas do 3º/4º ano) utilizando o Magalhães. Todasestas actividades foram planificadas com professor da turma.Os questionários aplicados aos docentes revelam que 66.7% considera Boas e 22,2%Médias, as competências apresentadas pelos alunos ao nível do uso autónomo da BEou dos seus recursos e no que se refere, às competências apresentadas por estes, nouso das TIC, 33,3% considera Boas e 55,6% Médias. Na exploração de diferentesmateriais (livros, DVD, CD, Internet) 44,4% considera Boas e 44,4% Médias. Paraconcluir, 88,9% considera Muito Bom, 11,1% Bom, o contributo dado pela BE comvista ao desenvolvimento deste tipo de competências nos alunos.Os professores não utilizam muito os computadores da biblioteca para a realização detrabalho pessoal e profissional pois cada sala de aula possui um computador cominternet, retirando-lhe assim a necessidade de se dirigir à BE.A BE actualizou durante todo o ano o seu Blogue onde estão disponíveis váriosrecursos para docentes/ alunos/ encarregados de educação e toda a comunidade.Foram feitos 223 posts no blogue durante o ano lectivo 2010/2011A BE apoiou a 100% os docentes do Pré – escolar e 1º ciclo no desenvolvimento doPlano Nacional de Leitura. Foram trabalhadas 45 obra, que dá uma média de 5 títulospor turma.Apoiou o Projecto “ Quem conta um conto”, “Leitura vai e Vem”, “Semana da Leitura” e“ Já sei Ler”. A BE colaborou com 53,8% dos docentes no desenvolvimento deactividades de Programas e Projectos.Foram vários os projectos em que a biblioteca esteve envolvida com as turmas: DiaMundial da Alimentação, Agenda 21 – Horta Biológica, Programa Regional deEducação pela Arte, Escola Activa, Educação para a Saúde, Dançar e Ajudar entreoutros.Pontos fortes identificadosA BE colaborou e desenvolveu actividades no contexto do PTE (ensino do uso dopower point, word, e photo story)A BE disponibilizou, prestou e garantiu um serviço de utilização das TIC a toda aComunidade Educativa para a realização de todo o tipo de trabalhos dentro fora doseu do seu espaço físico.A BE promoveu e desenvolveu o Plano Nacional de Leitura no pré – escolar e 1º ciclo Biblioteca EB1 Mãe Soberana - 2010/2011
  6. 6. Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: AA BE tem um blogue com vários recursos educativosPontos fracos identificadosApesar de a Biblioteca participar na maioria dos projectos da Escola/Agrupamento osdocentes por vezes não o mencionam nas suas planificaçõesA.1.5 Integração da BE no plano de ocupação dos tempos escolares (OTE)EvidênciasOs alunos recorreram, de forma constante, à BE para utilização dos seus recursosquer por sugestão dos docentes, quer de forma autónoma, para pesquisa, organizaçãoe execução de trabalhos solicitando, quando necessário, o apoio da equipa da BE.Relativamente à utilização da BE para ocupação de tempos livres, ou seja no períododas actividades de enriquecimento curricular, pois no 1º Ciclo não existem muitasaulas de substituição, mas sim actividades fora do horário curricular, e no intervalo damanhã e no período do almoço, registou-se, num total de 208 alunos, uma média de102 presenças individuais por dia, para leitura informal/por prazer, para realização detrabalhos, para visionamento de filmes, para utilização de equipamento informático epara efectuar pesquisa em suporte escrito, entre outras actividades programadas.No entanto, muitas vezes, a biblioteca esteve fechada por algum período de tempo,uma vez que não tem funcionária a tempo inteiro destacada para a biblioteca e aprofessora bibliotecária coordena duas bibliotecas escolares. As funcionáriasdestacadas para biblioteca são POCs e a sua colocação ocorre por vezes em meadosde Outubro e vai até finais de Junho. No entanto, por vezes ficam pouco tempo e háque aguardar nova colocação o que dificulta o apoio aos alunos/professores bemcomo o funcionamento dos serviços da biblioteca. Por exemplo este ano lectivo afuncionária só foi colocada no final de Outubro e a professora bibliotecária prestavaserviço em duas bibliotecas sem funcionária, em nenhuma delas, até essa data.Há a salientar que este Sub domínio não está muito adequado à realidade do 1º ciclo.Pontos fortes identificadosA BE garantiu os seus recursos/espaço na realização de actividades relacionadas coma OTE.Pontos fracos identificadosA falta de funcionária efectiva na biblioteca Biblioteca EB1 Mãe Soberana - 2010/2011
  7. 7. Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: AA.1.6 Colaboração da BE com os docentes na concretização das actividadescurriculares desenvolvidas no espaço da BE ou tendo por base os seusrecursos.EvidênciasA BE programou um conjunto diversificado de actividades de apoio aodesenvolvimento curricular, que foram desenvolvidas por iniciativa da professorabibliotecária ou na continuidade da cooperação com os docentes. Os recursos dabiblioteca são cada vez mais, fundamentais para o desempenho das actividadesescolares, tanto para alunos como para professores.Todas as actividades desenvolvidas procuraram ir ao encontro das necessidades einteresses dos alunos. Os questionários aplicados aos docentes revelam que 100%dos docentes já colaborou com o professor bibliotecário na realização de actividadesna BE ou em sala de aula com alguma turma, 100% já colaborou com a BE naselecção e produção de materiais de apoio necessário à condução de actividades naBE ou em sala de aula e 88,9% considera que o balanço que fazem da suaexperiencia de trabalho e de colaboração com a BE é Muito positivo e 11,1%(corresponde a 1 professor) considera positivo. A BE participou em algumasactividades desenvolvidas na sala de aula, solicitadas pelos docentes ou pelaprofessora bibliotecária. No entanto, nas planificações de alguns docentes, estaarticulação não vem referida.Estas actividades foram ao nível do desenvolvimento de literacias da informação,animação da leitura e da escrita (ex. hora do conto) e formação de utilizadores.A BE fez aprovar, em Conselho pedagógico, a utilização de um guião de pesquisapara ser utilizado pelos alunos do 1º Ciclo.A BE promoveu a utilização dos seus recursos com sessões de formação deutilizadores para todos os alunos. Nos inquéritos aos alunos (QA1) 100% diz já terparticipado em actividades para aprender a usar a BE, localização de livros, fazerpesquisas e outros.A BE realizou acções de formação sobre programa Word, Power – point e Photo storyutilizando o Magalhães . A BE prestou a pesquisas diversas no âmbito do Apoio aodesenvolvimento curricular. Nos inquéritos aos alunos, na questão em quen situaçãomais utilizas a BE ou os seus recursos nas tuas actividades escolares, 33,3% diz queutiliza com a turma e o professor, em actividades das disciplinas, 28,6%, sozinho oucom os colegas, para fazer trabalhos, 25,2% noutra situação, 8,2% com o professorem actividades das áreas curriculares não disciplinares. Nos inquéritos aos docentes Biblioteca EB1 Mãe Soberana - 2010/2011
  8. 8. Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: A66,7% diz frequentar a BE 1 ou 2 vezes por semana, 33,3% uma ou duas vezes pormês (escola com 9 professores). Na questão 7, os docentes dizem que promovem nasua pratica lectiva a utilização da BE ou dos seus recursos nos trabalhos de pesquisaefectuados pelos alunos, 66,7%regularmente, 22,2% ocasionalmente e 11,1% sempre.Todos os docentes utilizaram o espaço da biblioteca em actividades solicitadas porestes ou promovidas pela BE. Apoiou os docentes no desenvolvimento do PNL,através da cedência de instrumentos pedagógicos e de livros para a leitura orientadaem sala de aula. Em relação ao PLNM também facultou fundo documental de acordocom as solicitações do respectivo docente. Através do blogue e da plataforma Moodle,a BE também difunde um conjunto de informações úteis, muitas delas acessíveis,directamente, através de links, sendo assim uma forma de incentivar a leitura emambiente digitais explorando as possibilidades facultadas pela Web 2.0 e algumasferramentas como o diigo.A BE divulgou as actividades que realizou no Blogue da Biblioteca, no Facebook daBiblioteca e no site do agrupamento.Quanto aos resultados dos questionários aos docentes, 66,7% referem que osrecursos da BE para apoio à sua pratica educativa/lectivo são Muito Bons; 33,3%consideram-nos Bons.Os resultados dos inquéritos aos alunos (QA1) revelam que 50,8% dos alunosfrequenta a BE, todos os dias, 41,5%, uma ou duas vezes por semana.Apesar de todo o trabalho que foi realizado na biblioteca à que salientar que porvezes, a biblioteca esteve fechada por algum período de tempo, uma vez que não temfuncionária a tempo inteiro destacada para a biblioteca e a professora bibliotecáriacoordena duas bibliotecas escolares. As funcionárias destacadas para biblioteca sãoPOCs e a sua colocação ocorre por vezes em meados de Outubro e vai até finais deJunho. No entanto, por vezes ficam pouco tempo e há que aguardar nova colocação oque dificulta o apoio aos alunos/professores bem como o funcionamento dos serviçosda biblioteca. Por exemplo este ano lectivo a funcionária só foi colocada no final deOutubro e a professora bibliotecária prestava serviço em duas bibliotecas semfuncionária, em nenhuma delas, até essa data.Pontos fortes identificadosA BE divulga um leque variado de recursos educativos, através do blogue e daplataforma Moodle.A BE utiliza funcionalidades da web 2.0 ao serviço das aprendizagens dos alunos.A BE regista um elevado nível de utilização, por alunos e professores. Biblioteca EB1 Mãe Soberana - 2010/2011
  9. 9. Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: AA BE apresentou em Conselho Pedagógico um guião de pesquisa (Big6) e umPrograma de desenvolvimento de literacias de informação tecnológica e digital paraser utilizado em todo o Agrupamento e foi aprovado.A equipa da BE auxilia no acompanhamento de alunos em trabalho orientado nabibliotecaOs docentes avaliam positivamente o trabalho que realizam com a BE.Pontos fracos identificadosFalta de funcionária efectiva nas bibliotecas do 1º cicloMuitos professores continuam a ignorar o guião de pesquisa aprovado, continuando adar indicações verbais aos alunos.Apesar da maioria dos professores utilizarem, diariamente, os recursos da BE, talcontinua a não ser referido por vezes nas planificações.A.2 Promoção das literacias da informação, tecnológica e digitalA.2.1 Organização de actividades de formação de utilizadoresEvidênciasO Plano anual de Actividades e o Plano de Acção da BE incluíram actividades deFormação de Utilizadores com turmas do 1º ao 4º ano, motivando-os e formando-ospara a sua utilização, esclarecer sobre as formas como está organizada e ensinar autilizar os diferentes serviços, nomeadamente como está organizado o fundodocumental e como poderá ser consultado online. Nestas sessões era apresentadoaos alunos um powerpoint sobre regras e funcionamento da BE, zonas funcionais,forma de arrumação dos livros de acordo com a CDU e foi apresentado um pequenofilme sobre a mesma. Na segunda parte da sessão os alunos, em grupo, e de umaforma lúdica, foram convidados a pôr em prática, os conhecimentos adquiridos a nívelda utilização dos recursos da BE. No final da sessão todos receberam o Guia doUtilizador. Na BE também está exposto um cartaz com a explicação das várias classesque compõe a CDU. Os questionários aplicados aos alunos mostram que 100% jáparticipou em actividades para aprender a utilizar a BE, tendo 100% afirmado quedepois destas actividades se sentem mais capacitados para usar a BE.Nos questionários, 100% dos alunos afirmou que à medida que vai realizando maistrabalhos na BE ou utilizando os seus recursos, nas várias disciplinas, os seustrabalhos de pesquisa vão melhorando e vão fazendo progressos. Biblioteca EB1 Mãe Soberana - 2010/2011
  10. 10. Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: AOs questionários aplicados aos docentes 100% dizem ter participado em actividadesde formação de utilizadores e 55,6% classificou os seus conhecimentos dos recursosda BE como Bom e 44,4% como Muito Bom.De acordo com a grelha de observação (GO2) 53.8% dos alunos situam-se no nível 4,34.6% no nível 3 e 11,5% no nível 2, relativamente à sua capacidade de pesquisa deinformação na internet e noutros suportes digitais.Pontos fortes identificadosA BE planificou a sua acção para formação de utilizadores.Os docentes evidenciaram um elevado conhecimento sobre os recursos da BE.É grande a capacidade dos alunos para utilizarem autonomamente os recursos da BE.A BE possui e distribui materiais informativos para a formação de utilizadores.Pontos fracos identificadosHá ainda professores pouco habituados à pesquisa no catálogo da BibliotecaA.2.2 Promoção do ensino em contexto de competências de informaçãoEvidênciasA BE procedeu, em ligação com o Departamento Curricular do 1º Ciclo, aolevantamento das competências de informação e transversais adequadas a cada anode escolaridade. Assim, promoveu com todas as turmas do 3º/4ºanos, em cooperaçãocom os docentes, acções de formação sobre o Photo Story e Power Point para arealização e apresentação de trabalhos de pesquisa nestes formatos. Promoveu comtodas as turmas do 1º/2ºanos, em cooperação com os docentes, acções de formaçãosobre o programa Word. A BE divulgou o Modelo de Pesquisa Big Six aprovado empedagógico junto dos professores, no entanto no questionário dos docentes só 7,1%afirma utilizar este guião de pesquisa, 42,9% utiliza um guião produzido por si e 50,0%orientações que dá oralmente aos alunos. A BE divulga sites de interesse, recursoseducativos relacionados com as temáticas dos programas curriculares do 1º ciclo epré-escolar. A BE apoiou os alunos e professores na realização de trabalhos depesquisa e promove a utilização das TIC, tendo elaborado um Programa de LiteraciaTecnológica e Digital. Nos questionários aos alunos 100% dos alunos refere que otrabalho na BE contribui para que se sinta mais seguro e confiante nas tarefas depesquisa, consulta e produção de informação. É muito significativo o número de Biblioteca EB1 Mãe Soberana - 2010/2011
  11. 11. Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: Aalunos que afluíram à BE para utilização destes meios, quer em contexto de aula quercomo ocupação de tempos livres. Cada vez mais cedo, os alunos incluem nas suasrotinas de estudo e realização de trabalhos, as novas competências tecnológicasdigitais e de informação, em qualquer área curricular. Este ano lectivo também foiaprovado em Pedagógico o Programa de desenvolvimento de literacias de informaçãotecnológica e digital para ser utilizado em todo o Agrupamento.Pontos fortes identificadosA BE promoveu o uso das TIC junto dos alunos na realização dos seus trabalhos eelaborou um Programa articulado e progressivo para o desenvolvimento decompetências de informação, tecnológica e digital.A BE promoveu acções de formação para os alunos, em articulação com docentes, deum suporte digital para a realização e apresentação dos trabalhos destes.Os alunos têm uma muito boa capacidade do uso dos suportes digitais na realizaçãodos seus trabalhos.Há um bom registo de rentabilização dos computadores da BE pelos alunos narealização dos trabalhos escolaresPontos fracos identificadosSomente 7,1% dos docentes utiliza o modelo de pesquisa BIG 6A.2.3 Promoção do ensino em contexto de competências tecnológicas e digitaisEvidênciasA BE promoveu actividades de pesquisa, produção de informação, e comunicaçãoatravés das TIC, apoiando os alunos individualmente e em grupo, de acordo com assuas necessidades.A BE disponibilizou e rentabilizou os seus recursos tendo sido uma mais-valia no apoioaos trabalhos de pesquisa dos alunos que a frequentaram.Os alunos utilizavam diariamente os computadores da BE para a realização dos seustrabalhos.A BE produziu, materiais informativos e de apoio à adequada utilização da internet –Guião Internet Segura.Os alunos demonstraram ao longo do ano e de acordo com o ano que frequentamuma cada vez maior compreensão sobre os problemas éticos e de responsabilidadeno acesso e utilização da informação e das novas tecnologias. Demonstraram ao Biblioteca EB1 Mãe Soberana - 2010/2011
  12. 12. Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: Alongo do ano uma evolução no seu comportamento e atitudes perante a forma deutilização da informação. Na grelha de observação (GO1) 55,8% dos alunos estão nonível 4, 25,0% no nível 3 e 19,2% no nível 2, no que se refere à interacção comambientes em linha, no cumprimento de regras de utilização e adopção decomportamentos de segurança na utilização da internet. No que se refere ao respeitopelos direitos de autor, identificando a autoria das fontes de informação utilizadas erecusando o plagio, 21,2% está no nível 4, 42,3% no nível 3 e 36,55% no nível 2.A BE colabora na concepção e dinamização de actividades de educação com osmédia também através da actualização do bloguePontos fortes identificadosA BE promoveu o uso das TIC junto dos alunos na realização dos seus trabalhos,correspondendo às suas necessidades e elaborou um Programa articulado eprogressivo para o desenvolvimento de competências de informação, tecnológica edigital.A Professora Bibliotecária desenvolveu os seus conhecimentos na área das TIC,nomeadamente em algumas ferramentas da WEB 2.0.Há um bom registo de rentabilização dos computadores da BE pelos alunos narealização dos trabalhos escolares.Pontos fracos identificadosA necessidade de uma funcionária na BE com formação na utilização dos recursostecnológicos e digitaisA.2.4 Impacto da BE nas competências tecnológicas, digitais e de informaçãodos alunosEvidênciasOs alunos utilizaram suportes e modalidades de produção de informação e decomunicação variadas e adequados à sua idade e anos de escolaridade, salientandoque se trata de uma escola do 1º ciclo e quem mais utiliza este tipo de ferramentassão os alunos do 3º/4ºanos. A BE possibilitou a estes alunos o recurso a ferramentasque os ajudaram a realizar trabalhos de maior qualidade. Os alunos demonstraram, aolongo do ano, uma evolução no seu comportamento e atitudes perante a forma deutilização da informação.Quanto à sua capacidade de identificação de fontes de informação potenciais e formasde lhes aceder 40,4% dos alunos situam-se no nível 4, 44,2% no nível 3,15,4% nonível 2.Relativamente à sua capacidade de pesquisa de informação na internet e noutrossuportes digitais 53,8% dos alunos situam-se no nível 4,34,6% no nível 3 e 11,5% nonível 2. Biblioteca EB1 Mãe Soberana - 2010/2011
  13. 13. Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: ANo que toca à selecção de modalidades de apresentação da informação em diferentesformatos, seleccionado a forma mais adequada aos fins a que se propõem 20% dosalunos situam-se no nível 19,2% no nível 3, 40,4 % no nível 2 e 40,4% no nível 1.Na capacidade de seleccionar informação relevante, de acordo com a tarefa/temaabordado 38,5% dos alunos situam-se no nível 4, 40,4% no nível 3 e 21,2% no nível 2.Quanto à forma adequada como combinam a informação recolhida em diferentesfontes, 28,8% dos alunos situam-se no nível 4, 30,8% no nível 3,38,5% no nível 2 e1,9% no nível 1.Relativamente à sua capacidade de utilização de diferentes fontes na pesquisa deinformação 61,5% dos alunos utiliza a internet e 23,1% vai às estantes ver os livroscom interesse e 15,4 pede ajuda a algum professor ou funcionário da BE.No que concerne à sua capacidade de utilização de estratégias adequadas pararegisto de informação 28,8% dos alunos situam-se no nível 4, 40,4% no nível 3 e30,8% no nível 2.Quanto à sua capacidade para usar os dados informativos de um texto ou obra para aescolher/rejeitar de acordo com o seu conteúdo e utilidade, 21,2% dos alunos situam-se no nível 4, 51.9% no nível 3, 25,0 no nível 2 e 1,9% no nível 1.Quanto à sua capacidade para avaliar a relevância, fiabilidade e validade dainformação nos diferentes recursos, 19,2% dos alunos situam-se no nível 4, 25,0 nonível 3, 34,6 no nível 2 e 21,2% no nível 1Na capacidade de organizar um documento de acordo com um índice ordenado, deque fazem parte uma introdução, um desenvolvimento e uma conclusão, 9,6% dosalunos situam-se no nível 4, 25,0% no nível 3, 46,2% no nível 2 e 19,2% no nível 1.Quanto à sua capacidade de registo das referências bibliográficas, 19, % encontram-se no nível 4, 36,5% no nível 3, 40,4 no nível 2 e 3,8% no nível 1.100% dos alunos revelaram que sentiam que os seus trabalhos de pesquisamelhoraram muito e que fizeram progressos à medida que iam realizando maistrabalhos na BE ou utilizando os seus recursos.100% dos alunos afirmaram que o trabalho na BE ou tendo por base os seus recursos,contribuiu para que se fossem sentindo muito mais seguros econfiantes nas tarefas de pesquisa, consulta e produção de informação que tinham derealizar.Pontos fortes identificadosOs alunos, em geral, revelam boas competências tecnológicas e um elevado grau deautonomia na utilização das TIC.A BE disponibilizou e rentabilizou os seus recursos, tendo sido uma mais valia para osalunos na realização dos seus trabalhos de pesquisa. Biblioteca EB1 Mãe Soberana - 2010/2011
  14. 14. Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: AVerifica-se, por parte dos alunos, um bom cumprimento das regras de funcionamentodos recursos tecnológicos.Pontos fracos identificadosAtravés dos registos de observação constatou-se que os alunos possuem boascompetências tecnológicas, mas revelam dificuldades em organizar, sintetizar ecomunicar a informação tratada e avaliar o trabalho realizadoA.2.5 Impacto da BE no desenvolvimento de valores e atitudes indispensáveis àformação da cidadania e à aprendizagem ao longo da vida.EvidênciasA BE, através das suas Normas de Funcionamento, incute e estimula os alunos adesenvolverem atitudes de respeito, cooperação, responsabilidade e autonomia,atitudes e valores estes, considerados indispensáveis à formação de cidadãosautónomos e conscientes e à aprendizagem ao longo da vida. Os alunos conhecem ecumprem as regras da BE, divulgadas através do Guia do Utilizador, nas sessões deFormação de Utilizadores.Os alunos aplicam modalidades de trabalho diversificado (individual, em pares ou emgrupo) e realizam tarefas diferenciadas, de acordo com a estrutura espacial e funcionalda BE.Os alunos revelam valores de cooperação, autonomia e responsabilidade, conformesa uma aprendizagem autónoma, activa e colaborativa.100% dos professores inquiridos revelaram que a BE influencia muito nos seus alunoso desenvolvimento de valores e atitudes de convivência, cooperação e autonomia (questionário a todos os docentes da escola – 9) .42,3% dos alunos situam-se no nível 4, 46.2% no nível 3 e 11,5% no nível 2 quandotrabalham de forma adequada em grupo, ajudando os colegas.50% dos alunos situam-se no nível 4, 38,5% no nível 3 e 11,5% no nível 2 no acto departilhar ideias e conhecimentos com os outros colegas.32,7% dos alunos situam-se no nível 4, 46,2% no nível 3 e 21,2% no nível 2 quanto àsua capacidade de autonomia no trabalho.61,5% dos alunos situam-se no nível 4, 26,9% no nível 3 e 11,5% no nível 2 quanto àmotivação e interesse pelas tarefas atribuídas.53,8% dos alunos situam-se no nível 4, 34,6% no nível 3 e 11,5% no nível 2 no ponto– segue as orientações e sugestões dadas pelo docente ou equipa da BE. Biblioteca EB1 Mãe Soberana - 2010/2011
  15. 15. Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: A46,2% dos alunos situam-se no nível 4, 38,5% no nível 3 e 15,4% no nível 2 assumeum comportamento adequado na BE.55,8% dos alunos situam-se no nível 4, 25,0% no nível 3 e 19,2% no nível 2 quanto àinteracção com ambientes em linha , cumprindo regras de utilização e adopção decomportamentos de segurança na utilização da internet.Pontos fortes identificadosDe um modo geral aos alunos cumprem as regras estabelecidas, no que respeita aouso de equipamentos e documentos escritos.Dos professores inquiridos, cerca de 60% na escola sede e 100% no 1º cicloconsidera que a BE tem muita influência no desenvolvimento de convivência, iniciativa,cooperação e autonomia, nos alunos.Pontos fracos identificadosA necessidade de uma funcionária na BE com formação na área das bibliotecasSuficiente capacidade dos alunos de utilização de outras fontes de informação além dainternet.Suficiente utilização dos alunos do fundo documental, como meio de pesquisaA.1. Articulação curricular da BE com as estruturas de coordenação educativa esupervisão pedagógica e os docentesAcções para melhoriaContinuar a desenvolver acções que promovam o trabalho colaborativo / cooperativoentre os docentes e a BE. Continuar a apoiar os docentes e alunos na concretização das actividadescurriculares.A BE deve continuar a investir nas planificações com todos os docentes, para melhorpoder articular com elesA BE deve ser rentabilizada pelos docentes no âmbito dos projectos/ actividades deforma mais autónomaMelhorar o sistema de registo da participação/cooperação da BE com os docentes.Melhorar o sistema de registo da participação/cooperação da BE com os docentesresponsáveis pelo SAE.Reformular o sistema de registo de utilização dos computadores da BE. Biblioteca EB1 Mãe Soberana - 2010/2011
  16. 16. Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: APromover mais reuniões com os responsáveis de Programas e Projectos no sentido dedesenvolver mais parcerias de trabalho.Colocação de uma funcionária a tempo inteiro na BE e propor formação na área da BEPromover acções de formação informais na área das bibliotecas, do livro e da leitura.Planear com os docentes o trabalho de pesquisa a realizar na BE para uma maiorutilização das competências de informaçãoA.2. Promoção das literacias da informação, tecnológica e digitalNível obtidoAcções de melhoriaPromover a utilização orientada de diferentes fontes de informação menosrentabilizadas pelos alunos.Reforçar o uso do fundo documental como meio de pesquisa.Melhorar a comunicação entre a BE, os docentes e os alunos no sentido de facilitar aactualização e adequação dos recursos do fundo documental às necessidades detodos.Promover a aquisição de novos recursos educativos de acordo com as necessidades einteresses dos alunos.Reforçar as capacidades dos alunos em realizarem o seu trabalho autonomamente,introduzindo uma política orientada para a aprendizagem sistemática.Reforçar a capacidade crítica nos alunos quanto à forma e avaliação do seu trabalho.Promover acções de formação informais para docentes, sobre o papel da bibliotecaescolar na escola.Accionar a aplicação do plano de desenvolvimento de competências da informaçãotecnológica e digital já aprovado em Conselho Pedagógico.Envolver a equipa PTE e os docentes de TIC num trabalho de parceria com a BE, paraa produção de mais guiões e outros materiais de apoio aos alunos sobre acesso e autilização da informação.Incentivar a utilização do Modelo de pesquisa do agrupamento aprovado empedagógico – BIG 6. Biblioteca EB1 Mãe Soberana - 2010/2011
  17. 17. Relatório de Auto-Avaliação da BE - Domínio avaliado: AFundamentação da escolha do domínioO papel fundamental da BE é, em nosso entender, fazer leitores e apoiar o currículo. Noano lectivo anterior optámos pelo domínio B. No presente ano, a escolha recaiu sobre odomínio A, visto que no projecto educativo e no plano anual de actividades doagrupamento, bem como noutros documentos orientadores da vida daescola/agrupamento, há uma clara preocupação pela gestão curricular e uma atençãocrescente pela melhoria das práticas lectivas que contribuam para o sucesso educativo,para a formação para a cidadania e para a aprendizagem ao longo da vida. Porconsiderarmos que a BE pode ter um papel determinante nas aprendizagens e namelhoria dos resultados dos alunos, indo, assim, ao encontro das grandes metas doProjecto Educativo, caminhar para uma escola de excelência, foi nossa opção avaliar otrabalho que se tem vindo a desenvolver neste domínio, uma vez que temos consciênciaque havia limitações que poderiam comprometer o desempenho da BE em prol dosucesso educativo. Consideramos, por isso, fundamental identificar, sobretudo, ospontos fracos de modo a podermos, em tempo útil, superá-los. A Professora Bibliotecária Paula Rute Correia dos Santos Biblioteca EB1 Mãe Soberana - 2010/2011

×