Your SlideShare is downloading. ×

Bahia Infraestrutura Existente e Projetada

1,070

Published on

Bahia Infraestrutura Econômica

Bahia Infraestrutura Econômica

Published in: Investor Relations
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,070
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
29
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. José Sergio Gabrielli de Azevedo Secretário do Planejamento
  • 2. Nas décadas de 50 a 70, a RMS e o Recôncavo Norte receberam investimentos estruturantes significativos 1 Polo Petroquímico de Camaçari De 1949 à 1980, o PIB do Norte do Recôncavo e da RMS cresceram 8,3% e 10% a.a. respectivamente (vs 7,5% Brasil) Refinaria Landulpho Alves TEMADRE Centro Industrial de Aratu
  • 3. Os novos investimentos na indústria também foram ou serão direcionados para a RMS e Recôncavo Norte 2 Valor total dos investimentos supera R$ 10 bilhões Estaleiro Enseada do Paraguaçú Fábrica BASFRefinaria Landulpho Alves (novos invest.) Fábrica Jac Motors Fábrica Ford Terminal de Regaseificação
  • 4. Conjunto de projetos que levarão a Bahia a novo patamar logístico Hidrovia Rodovias Ferrovias Portos e terminais BR 242 BR 116 BR 101 Complexo portuário RMS- BTS Complexo portuário Ilhéus-Porto Sul Ferrovia de Integração Oeste- Leste (PAC) Hidrovia do São Francisco (PAC) Ferrovias a dinamizar com novo marco regulatório (FCA) Desenvolvimento Socioeconômico da área de influência da Ponte Salvador-Itaparica
  • 5. 44 A ponte está inserida em uma grande intervenção rodoviária que aumentará a integração regional e melhorará a mobilidade urbana FONTE: Análise da equipe O projeto contempla a construção de uma ponte de 12km integrando a cidade de Salvador à Ilha de Itaparica... ...e a reformulação de 150km de rodovias que criarão um anel rodoviário integrando o Recôncavo e Baixo Sul à RMS Construção Duplicação/Reforma BR-242 BR-116 BR-101 BR-101 BR-324 Nazaré Lauro de Freitas Camaçari Feira de Santana S.A. de Jesus Castro Alves Salvador 1 2 3 Praça de pedágio Trocar com foto da OAS
  • 6. 5FONTE: Google, SEPLAN, SEDUR/CONDER, análise da equipe VLT Calçada Subúrbio Porto Via Expressa Comércio Ampliação do porto  Feira de São Joaquim Estação Calçada  A chegada em Salvador está em discussão - Hipótese de chegada em “Y” 1 2
  • 7. Via Expressa Portuária
  • 8. 7 Nas décadas de 50 a 70, a RMS e o Recôncavo Norte receberam investimentos estruturantes significativos Os novos investimentos na indústria1 também foram ou serão direcionados para a RMS e Recôncavo Norte Houve um deslocamento populacional de Salvador para o norte Refinaria Landulpho Alves TEMADRE Fábrica FordFábrica BASFFábrica Jac Motors Centro Indust. de Aratu Polo Petroquím. de Camaçari Refinaria Landulpho Alves (novos invest.) Estaleiro Enseada do Paraguaçú Terminal de Regaseificação Crescimento populacional % a.a, 2000-2010 Unidades residenciais lançadas Total de unid./ mil habitantes Mil. de hab RMS Norte 3.2 Salvador 0.9 26 4 Lauro de Freitas Salvador 2.675 1631 Com exceção do Estaleiro Enseada do Paraguaçu FONTE: Press clipping A Região Metropolitana de Salvador se expandiu para o Norte nas últimas décadas
  • 9. 8 Recôncavo Sul RMS Baixo Sul Recôncavo Norte Objetivos Promoção do desenvolvimento socioeconômico na macroárea, com foco na Ilha, Recôncavo Sul e Baixo Sul Aumento da eficiência logística na Região Metropolitana de Salvador, facilitando o fluxo de mercadorias e serviços Melhoria das condições de vida da população da RMS, que ganhará novo eixo de expansão urbana e melhores condições de mobilidade Macroárea sobre influência da ponte A Ponte Salvador-Ilha de Itaparica é um investimento para promover a reconfiguração urbana e o desenvolvimento regional em uma região com 4,4 milhões de habitantes Recôncavo Norte População: 176 mil PIB/capita: R$ 7,5 mil Baixo Sul População: 359 mil PIB/capita: R$ 6,2 mil Ilha de Itaparica População: 58 mil PIB/capita: R$ 6,2 mil Região Metro. de Salvador População: 3.381 mil PIB/capita: R$ 18,8 mil O projeto impacta 45 municípios Projeto rodoviário Recôncavo Sul População: 400 mil PIB/capita: R$ 6,6 mil FONTE: IBGE
  • 10. 9
  • 11. Mapele Araújo Lima Feira de Santana Ipojuca (PE)Feira de Santana – Juazeiro Petrolina (PE) Parnamirim (PE) Camaçari Aratu MALHA EXISTENTE E PROPOSTA PIL FCA Belo Horizonte - Feira de Santana - Mapele Alternativa Proposta (Ligação Feira de Santana-Alagoinhas) Porto de Aratu Juazeiro
  • 12. Coração de Maria Santanópolis Irará Ouriçangas Inhambupe Crisópolis Olindina Itapicuru Fátima Tobias Barreto Poço Verde Adustina Coronel João Sá Pedro Alexandre Paripiranga Monte Alegre de Sergipe Porto da Folha Poço Redondo Carira Pão de Açucar São José da Tapera Senador Rui Palmeira Poço das Trincheiras Maravilha Ourobranco Rio Formoso Gameleira Ribeirão Sirinhaém Aramari Nossa Senhora da Glória Juazeiro Parnamirim FERROVIAS MALHA EXISTENTE (FCA) MALHA PROPOSTA (PIL) PROGRAMADEINVESTIMENTOEMLOGÍSTICA Fonte: ANTT
  • 13. Candeias(Aratu) Ilhéus (Porto Sul) Rafael Jambeiro Castro Alves Boa Vista do Tupim Maracás Sebastião Laranjeiras Espinosa Vespasiano Capitão Eduardo ProgramadeInvestimentosemLogística (PIL) Fonte: ANTT, Google, Seplan Bahia Barreiras Manoel Vitorino Figueirópolis (TO) LEGENDA PIL FIOL Figueirópopis Campinorte Campinorte (GO)
  • 14. TERRITÓRIO SERTÃO PRODUTIVO FERROVIA DE INTEGRAÇÃO OESTE – LESTE Porto Sul Principais Investimentos: • Ferrovia de Integração Oeste-Leste: US3,6 bilhões • Porto Sul : US$ 961 milhões • Novo Aeroporto Internacional de Ilhéus : US$ 131 milhões
  • 15. Investimento de R$ 3,5 bilhões, com a seguinte estrutura: • Porto Público – Constituído por terminais para armazenamento e movimentação de cargas diversas. • Zona de Apoio Logístico – Área com pátios de armazenamento de cargas e minério • Terminal de Uso Privativo para exportação de minério – Destinado ao minério de ferro da Bahia Mineração. Porto Sul
  • 16. Portos – Novos investimentos Porto de Salvador | US$ 355 milhões  Modernização e expansão do terminal para 375m, com aumento de capacidade de 250 mil para 530 mil TEUs | US$ 112 milhões  Construção e concessão de um novo terminal com 375m US$ 243 milhões (a ser licitado) Porto de Aratu | US$ 4,34 bilhões  Bahia Terminais | US$ 4 bilhões (a ser implementado)  Investimento Federal | US$ 340 milhões (a ser implementado)
  • 17. Eixos Rodoviários BR-101 BR-324 BR-110 BR-116 BR-116 BR-407 BR-324BR-242 BR-020 BR-407 Aumento da Capacidade de Tráfego
  • 18. Área de Influência do Corredor Multimodal do Rio são Francisco
  • 19. Aeroportos – Novos investimentos Novas Concessões Internacionais Ilhéus | US$ 50 milhões | Novo aeroporto (em andamento) Porto Seguro | US$ 125 milhões | Novo aeroporto (underway) Regional Vitória da Conquista | US$ 75 milhões | Novo aeroporto Barreiras | US$ 17 milhões | Expansão (em andamento) Feira de Santana | US$ 30 milhões | Expansão (concedido) Aeroportos Existentes Companhia Frequência Semanal Destino TAP 6 Lisboa / Salvador American Airlines 7 Miami / Salvador Air Europa 3 Madri / Salvador Sata 1 Lisboa / Salvador Air Condor 1 Frankfurt / Salvador TOTAL 18 Salvador | Voos INternacionais Fonte: Infraero, Seinfra
  • 20. BR-324 A RMS enfrenta um estrangulamento logístico que limita o seu desenvolvimento Velocidade Km/h Fluxo diário Mil veículos Tráfego atual já representa cerca de 90% da capacidade viária da BR-324 BR-324 na chegada em Salvador: 40 mil por dia 10 mil veículos por dia 28 mil veículos por dia 11 mil veículos por dia  Ausência de conexão direta entre a RMS e a região Sul do Estado  Acesso à RMS concentrado em uma única rodovia, a BR-324 240 mil veículos por dia BR 116 BR 101 BR 324 Paralela Sem os picos de trânsito, a velocidade média na via poderia ser o dobro da atual
  • 21. 2121 Tempo médio de deslocamento até o trabalho Minutos, 2010 Velocidade média nas principais artérias de Salvador FONTE: IBGE - Censo Demográfico 2010, Pesquisa Mensal do Emprego; Press clipping; SMAC, EMBRAPA, Ciclocidade, CBTU, Grande Recife 2010, Prefeitura do Km/h Velocidade na Paralela Km/h Velocidade na BR-324 80 40 Velocidade máxima da via Média nos horários de pico 80 Velocidade máxima da via Média nos horários de pico <10 Belo Horizonte 40 Manaus 41 Salvador 45 Rio de Janeiro 48 São Paulo 53 Infraestrutura de transporte de alta capacidade 2010 Salvador Recife 4,5 25,7 0,9 1,9 2,9 4,0 Metrô (km/milhões hab.) Ônibus (frota mil/milhões hab.) Taxi (frota mil/milhões hab.) Como a taxa de motorização em Salvador cresce a 6,4% a.a., há risco de piora significativa da situação de mobilidade Operação prevista até 2014 Salvador e a região Norte enfrentam um grande desafio de mobilidade que se reflete no 3º maior tempo de viagem do país
  • 22. O projeto se articula com soluções de tráfego atuais e potenciais vias futuras
  • 23. O projeto se articula com soluções de tráfego atuais e potenciais vias futuras Brasilgás Águas Claras Cajazeiras Pirajá Juá Retiro Acesso Norte Campo da Pólvora Lapa Brotas Detran Bonocô Rodoviária Pernambués Imbuí CAB PItuaçu Flamboyant Bairro da Paz Tamburugi Mussurunga Aeroporto Lauro de Freitas Linha 1, Trecho Lapa Acesso Norte (implantado) 6,6 Km Linha 1, Trecho A. Norte – Pirajá 5,6 Km Linha 1, Trecho Pirajá Águas Claras Cajazeiras 5,0 Km Linha 2, Bonocô – Lauro de Freitas 24,2 Km Estações da Linha 1, Trecho Lapa Acesso Norte 4 estações Estações da Linha 1, Trecho Ac. Norte – Pirajá 3 estações Estações da Linha 1, Trecho Pirajá Águas Claras Cajazeiras 2 estações Estações da Linha 2 13 estações Terminais de integração ônibus-metrô (a implantar) Terminais de integração ônibus-metrô (existentes)
  • 24. NOVOS PROJETOS DE MOBILIDADE URBANA Viadutos do Imbui
  • 25. NOVOS PROJETOS DE MOBILIDADE URBANA Viaduto Narandiba
  • 26. NOVOS PROJETOS DE MOBILIDADE URBANA Duplicação Avenida Pinto de Aguiar
  • 27. NOVOS PROJETOS DE MOBILIDADE URBANA Investimento em Mobilidade Urbana: Av 29 de março, duplicação da Av. Orlando Gomes e Pinto de Aguiar, Viadutos do Imbui, Av Gal Costa e construção do METRO
  • 28. Intervenções remediadoras Sistemas simplificados de abastecimento Cisternas Carros pipa Distribuição de alimentos Crédito Intervenções estruturantes Estímulos a atividades econômicas mais resistentes a seca Sistemas de acumulação de agua em grande escala Criação de alternativas econômicas locais Politicas pós estiagem Reposição de rebanho Ampliacao da estocagem Convivência com a seca é o desafio Seca é um fenomeno climático ciclico e temos que estar preparado para superar as dificuldades da estiagem prolongada Convivência com a seca
  • 29. INFOVIAS 26 Projetos de Irrigação Source: Codevasf Integração de Bacias Eixo Norte Eixo Sul Source: Ana Eixo Leste Projetos que requerem Atenção Hidrovia doSão Francisco Ferrovia Juazeiro-Feira de Santana Integração de Bacias Eixo Sul Linhas de transmissão de energia
  • 30. FIOL FCA Aceleração dos fluxos econômicos e informacionais Maior importância do mercado interno Redistribuição da renda Maior pressão sobre a infraestrutura Limitações do poder municipal POLÍTICAS PÚBLICAS Fonte: SEI/Seplan PIL HIDROVIA S.F. Juazeiro Feira de Santana Poço Redondo
  • 31. Investimentos previstos Total de investimentos industriais previstos para Bahia 2013-2016 Fonte: SDE/SICM Dados até janeiro 2013 Taxa de câmbio R$ 1,9883 (comercial venda fim período) Investimentos Realizados | 2007-2012 | US$ 8,2 bi Investimentos totais (previstos + realizados) | 2007-2016 | US$ 45,3 bi Investimentos Previstos (em realização e a realizar) 555 Empreendimentos US$ 37,1 bi Investimentos 92 mil empregos Energia Mineração Celulose e Papel Naval e Náutica Veículos Automotores Químicos e Petroquímicos Petróleo e Biocombustíveis Alimentos e Bebidas Minerais Não-Metálicos Comércio e Serviços Outros Setores** 23.425% 25.624% 14.156% 11.034% 6.602% 6.193% 5.172% 2.915% 1.720% 2.926% 3.936%
  • 32. Salvador, 08/08/2013’ José Sergio Gabrielli Secretário do Planejamento

×