Seminário MCMM Prof. Fernando Ramos

963 views
860 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
963
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
7
Actions
Shares
0
Downloads
55
Comments
0
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Seminário MCMM Prof. Fernando Ramos

  1. 1. Investigação emComunicação Multimédia Fernando Ramos Seminário de Investigação | Mestrado em Comunicação Multimédia | 12 Outubro 2012
  2. 2. Epistemologia da Comunicação Multimédia Redes sociais Digital Second Life Indivíduo Usabilidade IPTV User Generated Content Universidade Globalização Sociedade de Informação Comunicações Móveis New Media Organizações Colaboração Web 2.0 Open Source Cidadania Comunicação Bibliotecas Digitais Sociedade Educação Conhecimento Ciberjornalismo Media participativos Comunidades Realidade Virtual Internet Informação Future Internet Repositórios Digital divide Ensino Superior Open Access Televisão Interactiva Cibercultura ......................................MCMM | © 2010, Fernando Ramos 2
  3. 3. Investigação em Comunicação Multimédia l  Investigar Seguir os vestígios, as pistas de; Fazer diligências para descobrir (algo); inquirir, indagar; Procurar metódica e conscientemente descobrir (algo), através de exame e observação minuciosos; pesquisar Houaiss, Dicionário da Língua Portuguesa l  Investigação científica Investigar com o objectivo de produzir conhecimento novo sobre um dado tópicoMCMM | © 2010, Fernando Ramos 3
  4. 4. Investigação em Comunicação Multimédia l  Comunicação •  Processo intersubjectivo de partilha de informação* entre agentes que utilizam um mesmo conjunto de signos e de regras semióticas (sintácticas, pragmáticas e semânticas) tendo por objectivo a construção de sentido. *Informação: “Conjunto estruturado de representações mentais e emocionais codificadas … e modeladas com/pela interacção social, passíveis de serem registadas num qualquer suporte material e, portanto, comunicadas de forma assíncrona e multi-direccionada.” Silva, Armando; Ribeiro, Fernanda. Das “Ciências Documentais” à Ciência da Informação: ensaio epistemológico para um novo modelo curricular. Edições Afrontamento, 2002.MCMM | © 2010, Fernando Ramos 4
  5. 5. Investigação em Comunicação Multimédia l  Multimédia •  Tecnologias da informação que permitem a utilização simultânea de vários tipos de dados digitais (textuais, visuais e sonoros) no interior de uma mesma aplicação ou de um mesmo suporte. q  Nota 1: O multimédia é o encontro do audiovisual, da informática e das telecomunicações. q  Nota 2: A interactividade é um elemento chave do multimédia. Glossário da Sociedade da Informação. APDSI. 2007 •  Área transdisciplinar que recebe contributos de múltiplas ciências e tecnologias, cujo objectivo é a disponibilização de sistemas que mimetizem e amplifiquem a forma natural de comunicação humana (sentidos) usando mediação tecnológica através da utilização de dispositivos (electrónicos e mecânicos) de variado tipo:   Dispositivos de recolha, codificação e armazenamento de informação   Dispositivos de reprodução da informaçãoMCMM | © 2010, Fernando Ramos 5
  6. 6. Epistemologia da Comunicação Multimédia l  Níveis da Comunicação •  Indivíduo (e do grupo de indivíduos) •  Organização •  Sociedade •  Internacional/Intercultural Rosengren, K.. Communication. SAGE, 2000.MCMM | © 2010, Fernando Ramos 6
  7. 7. Epistemologia da Comunicação Multimédia Ciência da Tecnologias Informação Multimédia Ciências da Tecnologias Comunicação CMM Comunicação Psicologia SociologiaMCMM | © 2010, Fernando Ramos 7
  8. 8. Organizações de referência l  Organizações internacionais na área da investigação em Comunicação •  ICA:International Communication Association •  ECREA:European Communication Research and Education Association •  IAMCR:International Association for Media and Communication Research l  Organizações nacionais •  SOPCOM: Sociedade Portuguesa de Ciências da Comunicação •  OberCOM:Observatório da ComunicaçãoMCMM | © 2010, Fernando Ramos 8
  9. 9. Organizações de referência l  Outras organizações internacionais de referência •  Comissão Europeia •  United Nations, Information and Communication Sector •  ACM: Association for Computer Machinery •  IEEE: Institute of Electrical and Electronic Engineering l  Outras organizações nacionais de referência •  ANACOM: Autoridade Nacional de Comunicações •  ERC: Entidade Reguladora para a Comunicação Social •  UMIC: Agência para a Sociedade do Conhecimento •  INE Instituto Nacional de EstatísticaMCMM | © 2010, Fernando Ramos 9
  10. 10. Investigação em Comunicação l  ICA Sections •  Communication and Technology •  Communication Law and Policy •  Ethnicity and Race in Communication •  Feminist Scholarship •  Global Communication and Social Change •  Health Communication •  Information Systems •  Instructional/Developmental Communication •  Intercultural Communication •  Interpersonal Communication •  Journalism Studies •  Language and Social Interaction •  Mass Communication •  Organizational Communication •  Philosophy of Communication •  Political Communication •  Popular Communication •  Public Relations •  Visual Communication StudiesMCMM | © 2010, Fernando Ramos 10
  11. 11. Investigação em Comunicação l  ECREA Sections •  Audience and Reception Studies •  Communication and Democracy •  Communication Law and Policy •  Diaspora, Migration and the Media •  Digital Culture and Communication •  Film Studies •  Gender and Communication •  International and Intercultural Communication •  Journalism Studies •  Organisational and Strategic Communication •  Philosophy of Communication •  Political Communication •  Radio Research •  Interpersonal Communication and Social Interaction •  Science and Environment CommunicationMCMM | © 2010, Fernando Ramos 11
  12. 12. Investigação em Comunicação l  IAMCR thematic areas •  Media Production & Consumption •  Media, Communication, Participation & Community •  Media and Communication Policy & Law •  Education & Journalism •  Cross-Cutting Theme –  History Section –  International Communication Section –  Political Economy Section –  Working Group on Ethics of Society & Ethics of Communication –  Junior Scholars NetworkMCMM | © 2010, Fernando Ramos 12
  13. 13. Investigação em Comunicação l  Grupos de trabalho SOPCOM •  Comunicação Organizacional e Institucional •  Jornalismo e Comunicação •  Economia e Políticas da Comunicação •  Estudos Fílmicos •  Publicidade e Comunicação •  Comunicação e Política •  RetóricaMCMM | © 2010, Fernando Ramos 13
  14. 14. Investigação em Comunicação l  Áreas de pesquisa OberCOM •  Redes e mobilidade na vida quotidiana •  Inovação nos Media e nas Telecomunicações •  Economia das redes, empresas e tecnologias de informaçãoMCMM | © 2010, Fernando Ramos 14
  15. 15. Investigação em Comunicação l  UNESCO Communication and Information Sector •  Access to Information •  Capacity Building •  Content Development •  Freedom of Expression •  Media Development •  Memory of the WorldMCMM | © 2010, Fernando Ramos 15
  16. 16. Contributos para uma agenda de I +D+I em Comunicação MM l  Agenda UNESCO •  Programas estratégicos –  Enhancing universal access to information and knowledge; –  Fostering pluralistic, free and independent media and infostructures •  Linhas de acção –  Promoting an enabling environment for freedom of expression and freedom of information –  Fostering universal access to information and the development of infostructures, including preservation of information; –  Promoting development of free, independent and pluralistic media and community participation in sustainable development through community media; –  Strengthening the role of communication and information in fostering mutual understanding, peace and reconciliation, particularly in conflict- and postconflict areas.MCMM | © 2010, Fernando Ramos 16
  17. 17. Contributos para uma agenda de I +D+I em Comunicação MM l  Comissão Europeia/7FP •  ICT applications –  e-Health –  Work environments –  Knowledge sharing & management systems –  Digital media •  Network technologies –  Internet applications –  Future and emerging technologiesMCMM | © 2010, Fernando Ramos 17
  18. 18. Contributos para uma agenda de I +D+I em Comunicação MM l  Investigação em Comunicação Multimédia no DeCA/ CETAC.MEDIAMCMM | © 2010, Fernando Ramos 18
  19. 19. Contributos para uma agenda de I +D+I em Comunicação MM l  Áreas de investigação CETAC.MEDIA •  Organização e representação de informação •  Comportamento informacional •  Processos de comunicação em novos media •  Aplicações de medias participativosMCMM | © 2010, Fernando Ramos 19
  20. 20. Contributos para uma agenda de I +D+I em Comunicação MM l  Principais áreas temáticas da agenda DeCA/ CETAC.MEDIA •  Novos Media, Educação e Formação –  Novos cenários colaborativos de ensino/aprendizagem •  Novos Media, Património e Turismo –  Preservação digital e acesso ubíquo •  Novos Media e Saúde –  Novos serviços de proximidade •  Televisão Interactiva –  Social iTV e novas formas de produção e distribuiçãoMCMM | © 2010, Fernando Ramos 20
  21. 21. Contributos para uma agenda de I +D+I em Comunicação MM l  Alguns dos principais motores da investigação actual •  Novos domínios de aplicação, serviços e negócios da Internet (Future Internet) – Trabalho colaborativo em rede – Redes sociais – Internet das coisas – Ambientes virtuais imersivos 3D •  Serviços para redes e terminais móveis – Georeferenciação •  Serviços multiplataforma •  Combate à infoexclusão (Digital Divide)MCMM | © 2010, Fernando Ramos 21
  22. 22. Contributos para uma agenda de I+D +I em Comunicação MM •  Estudo do impacte social e económico dos novos serviços –  Estudo sobre o uso das TC no Ensino Superior em Portugal http://wsl2.cemed.ua.pt/tcsa/ –  http://www.facebook.com/pages/TCES-Tecnologias-da- Comunicacao-no-Ensino-Superior/170400776303927MCMM | © 2010, Fernando Ramos 22
  23. 23. Contributos para uma agenda de I +D+I em Comunicação MM l  Temas de investigação no programa doutoral ICPD (1ª edição) Fernando António Dias Zamith Silva Do  Jornalismo  ao  Ciberjornalismo:  entraves  à  contextualização Luis Miguel da Cruz Pato A  dinâmica  da  produção  de  programas  de  informação  na  TV  móvel Nídia Salomé Nina de Morais O  género  e  o  uso  das  Tecnologias  da  Comunicação  no  Ensino  Superior  público  Português João Carlos Lopes Batista O  uso  das  Tecnologias  da  Comunicação  nas  instituições  de  Ensino  Superior  públicas  Portuguesas Virginia Barbara de Aguiar Alves A  influência  do  open  access  nas  comunidades  acadêmicas  da  área  de  Biblioteconomia  no  nordeste  do  Brasil Sérgio Paulo Maravilhas Lopes O  impacto  das  bibliotecas  digitais  de  patentes  no  processo  de  inovação  em  Portugal Enoí Dagô Liedke  Informação  orgânica  espontânea  em  Plataformas  Digitais  nas  Organizações Maria Inês Peixoto Braga  Literacia  da  Informação  no  Ensino  Superior  Politécnico:  o  caso  da  Escola  Superior  de  Estudos  Industriais  e  de  Gestão Filipe Manuel dos Santos Bento Integração,  participação  e  comunidades  na  descoberta  de  Informação   Cassia Cordeiro Furtado Rede  social  de  leitores  juniores-­‐Portal  Biblon Manuel António Moimenta Salselas Novas  literacias  mediáticas  e  novas  tendências  do  documentário:  relações  e  rupturas Pedro Manuel Reis Amado A  participação  activa  em  comunidades  online:  produção  de  Type  Design Pedro Miguel dos Santos Beça Pereira A  tecnologia  RFID  no  contexto  do  m-­‐Tourism Carlos Francisco Lopes Canelas A  evolução  da  intervenção  dos  Jornalistas  na  edição  de  imagem  de  conteúdos  noticiosos  televisivos Mário Jorge Rodrigues Martins Vairinhos Media  tangível,  estratégias  de  naturalização  do  fenómeno  digital António José Oliveira Fernandes O  papel  das  redes  sociais  na  campanha  eleitoral  das  Legislativas  2009  em  Portugal Ana Rita Costa Bonifácio Selores dos Santos Implicações  das  Práticas  Participativas  na  Aprendizagem Ana Cristina Fernandes Cortês Santana Justino Organização  e  representação  da  informação  num  repositório  digitalMCMM | © 2010, Fernando Ramos 23
  24. 24. Contributos para uma agenda de I +D+I em Comunicação MM l  Temas de investigação no programa doutoral ICPD (2ª edição) Ana Catarina Vieira Rodrigues da Silva O  Design  do  livro  num  contexto  editorial  hibrido Ana Margarida Botelho da Silva A  biblioteca  Escolar  |  Inclusão  Digital  e  Literacia  Informacional Ana Maria Assunção Carvalho Materialidade  do  Efémero  na  Performance  AV  em  tempo  Real Ana Patrícia Silva Oliveira Scratchando  com  o  Sapo Catarina Franco Lélis da Cruz Comunicação  visual  de  "marca"  no  interior  das  instituições Elisabete Ferraz da Cunha Escalabilidade  e  eficiência  em  repositórios  digitais  usando  organização  semântica  de  dados Joana Maria Costa da Silva Oliveira Novos  Paradigmas  dos  agentes  criativos  em  ambientes  virtuais João Pedro Leite da Costa Fluxos  Vídeo  Musicais João Vitor Vieira Gelinski Importância  da  socialização  para  a  partilha  de  info/conhecimento  no  international  assignment:  estudo  de  caso  no  se Lúcia Maria Figueiredo Mateus de Freitas Moreira Concepção  e  validação  de  um  Modelo  de  Comunicação  para  um  Portal  LO Maria Cristina Gonçalves Guardado produção  e  disseminação  de  conhecimento  científico  entre  os  historiadores  portugueses Mário André Assis Ventura Videojogos  como  instrumentos  educativos Moisés Rockembach Biblioteca  Escolar  2.0 Nicolau Ribeiro Governação  Autarquica  na  Web Pedro Jerónimo Pedrosa imprensa  regional  digital  |  adaptação,  práticas  e  estratégias Rita Alexandra Silva Oliveira Acessibilidade  em  TV  digital  terrestre Samuel de Jesus Almeida Método  de  Avaliação  Comunicação  Visual  em  videojogos Telmo Eduardo Miranda Castelão da Silva IPTVMCMM | © 2010, Fernando Ramos 24
  25. 25. Contributos para uma agenda de I +D+I em Comunicação MM l  O que há de comum entre todos estes agentes? Investigação em COMUNICAÇÃO l  O que há de distinto? CONTEXTO da investigaçãoMCMM | © 2010, Fernando Ramos 25
  26. 26. Contributos para uma agenda de I +D+I em Comunicação MM Contextos de investigação indivíduo grupo organização sociedade HumanidadeMCMM | © 2010, Fernando Ramos 26
  27. 27. Notas sobre organização da investigação Projecto de investigação Identificação de interesse genuíno em produzir conhecimento novo sobre um assunto Formulação das questões de investigação Formulação de hipóteses Modelo de análise e plano de recolha de dados Revisão de literatura Estratégia e plano de implementação Implementação/Prototipagem Recolha e análise dos dados Discussão da validade das hipóteses ConclusõesMCMM | © 2010, Fernando Ramos 27
  28. 28. PUBLICAÇÃO de resultadosMCMM | © 2010, Fernando Ramos 28
  29. 29. Notas sobre organização da investigação l  Recomendações •  Evitar reinventar a roda! –  Revistas de referência –  Sítios web de grupos e projectos de investigação –  Blogosfera •  Investigação fundamental vs investigação aplicada –  Investigação fundamentada!!* * Tribolet, José. http://www.inesc.pt/files/pages/destaques.php?destaque_id=2MCMM | © 2010, Fernando Ramos 29
  30. 30. Notas sobre organização da investigação l  Recomendações •  Focalizar tema tendo em conta os recursos disponíveis –  Tempo –  Recursos materiais –  Recursos humanos •  Construir e manter um cronograma de actividades –  Decomposição em tarefas –  Avaliação dos recursos indispensáveis –  Avaliação realizações vs previsõesMCMM | © 2010, Fernando Ramos 30

×