DNA -estrutura e função
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

DNA -estrutura e função

on

  • 42,148 views

 

Statistics

Views

Total Views
42,148
Views on SlideShare
40,822
Embed Views
1,326

Actions

Likes
5
Downloads
342
Comments
0

1 Embed 1,326

http://bg11esc.wordpress.com 1326

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

DNA -estrutura e função DNA -estrutura e função Presentation Transcript

  • DNA estrutura e função IL 2011 http://bg11esc.wordpress.com/
  • As células são unidades estruturais e funcionais dos organismos. A informação genética nelas contida, permite a produção de moléculas específicas, que permitem o crescimento e renovação celulares. Entre estas estão as proteínas (sequências de aminoácidos) essenciais à vida.2 IL 2011
  • Que processos são responsáveis pela unidade e variabilidade celular? Como explicam o crescimento dos seres vivos? • Onde se encontra armazenada a informação genética? • O que são genes? • Que relação existe entre os genes e as proteínas? • Como é que a informação genética è traduzida de forma a originar uma determinada característica? • Que processos são responsáveis pela unidade e variabilidade celular? • Como é possível a partir de uma célula inicial originar diferentes tecidos? • Como explicar o crescimento dos seres vivos? • Que relação entre o cancro e a divisão celular?3 IL 2011
  • Semelhanças e diferenças entre os membros de uma família…4 IL 2011
  • Semelhanças e diferenças entre os membros de uma família…5 IL 2011
  • Semelhanças e diferenças entre os membros de uma família… Programa genético herdado, mas não repetido! DNA (ácido desoxirribonucleico) Molécula que coordena toda a actividade celular Livro : p.14-p.156 IL 2011
  • Descoberta do DNA James Watson e Francis Crick Dra. Rosalind Elsie Franklin7 IL 2011 premio Nobel de Medicina em 1962
  • Unidade do DNA - nucleótidos Existem duas classes de bases azotadas: • purinas (estruturas aneladas duplas) - adenina (A) e guanina (G) • pirimidinas (estruturas aneladas simples - citosina (C) e timina (T)8 IL 2011
  • Estrutura em cadeia dupla Pontes de hidrogénio9 IL 2011
  • Importância do DNA O DNA tinha sido ignorado durante muitos anos, após a sua descoberta, uma vez que se pensava que eram as proteínas nucleares que continham a informação genética. O DNA comparado com a Considerado material complexidade e diversidade das genético só na década proteínas parecia uma molécula de 40 do século XX demasiado simples para tanta10 IL 2011 importância.
  • Experiência de Frederick Griffith (1928) – importância DNA Utilizou pneumococos, bactéria que causa a pneumonia. Existem dois tipos de bactérias: -Tipo S (patogénica), com cápsula que lhe confere um aspecto liso (smooth) e resistência à fagocitose. Por reprodução originam bactérias do tipo S. - Tipo R (não patogénica), sem cápsula, com um aspecto rugoso (rough) e por isso, destruídas por fagocitose. Quando se reproduzem originam bactérias do tipo R.11 IL 2011
  • Interpreta os resultados obtidos em cada uma das experiências.12 IL 2011
  • 13 IL 2011
  • Experiência de Avery, MacLeod e Mc Carty (1944) – importância DNA14 IL 2011
  • Experiência de Avery, MacLeod e Mc Carty (1944) – importância DNA Outra versão da experiência: Identifica o componente do extracto celular que constitui a substância química responsável pela transformação dos pneumococos. Justifica a tua resposta.15 IL 2011
  • Experiência de Hershey e Chase (1952) – importância DNA Utilizaram bacteriófagos (vírus que infectam bactérias). Os vírus são constituídos pela cabeça (invólucro proteico que contém no seu interior o DNA) e pela cauda que permite a sua fixação à bactéria. As suas experiências têm como base os seguintes pressupostos: - as proteínas da cápsula possuem enxofre e não têm fósforo. - o DNA possui fósforo mas não tem enxofre16 IL 2011
  • Bacteriófago17 IL 2011
  • Experiência de Hershey e Chase (1952)18 IL 2011
  • Experiência de Hershey e Chase (1952) Os bacteriófagos fixam-se na parede da bactéria, perfuram-na e introduzem nela o seu DNA. As proteínas da cápsula ficam no exterior O DNA do vírus multiplica-se várias vezes no interior das bactérias A bactéria “ao serviço do vírus” passa a produzir proteínas virais.19 IL 2011
  • Experiência de Hershey e Chase (1952)20 IL 2011
  • Experiência de Hershey e Chase (1952) O bacteriófago agarrou-se à membrana bacteriana e injectou para o seu citoplasma o DNA que se localiza na sua cabeça. Esse ácido nucleico comandou, a partir do citoplasma bacteriano, a produção de mais vírus. A parte proteica do vírus nunca penetrou na bactéria. Assim pode concluir-se que o DNA é o responsável pela informação que conduz á formação de novos vírus. Estes novos vírus adquirem cápsula utilizando os aminoácidos que a bactéria possui.21 IL 2011
  • Universalidade e Variabilidade do DNA Universalidade na constituição química Variabilidade no número e tamanho das moléculas (informação)22 IL 2011
  • DNA: Células Procarióticas vs Eucarióticas23 IL 2011
  • Actividade prática: Como extrair e visualizar moléculas de DNA? Material para a próxima aula: •1 Kiwi •Detergente •Sal24 IL 2011
  • 1. A molécula de ADN é constituída por… A. uma cadeia de polipéptidos unidos por pontes de hidrogénio. B. duas cadeias de polipéptidos formando uma dupla hélice. C. uma cadeia de nucleótidos que tem a capacidade de se replicar. D. duas cadeias de nucleótidos unidas por pontes de hidrogénio. E. duas cadeias de bases azotadas unidas por polipéptidos. Assinala a opção correcta25 IL 2011
  • 2. Numa molécula de ADN, a quantidade de … A. adenina mais timina é igual à de citosina mais guanina. B. citosina mais uracilo é igual à de timina mais adenina. C. uracilo mais adenina é igual à de citosina mais guanina. D. guanina mais timina é igual à de citosina mais uracilo. E. adenina mais citosina é igual à de guanina mais timina. Assinala a opção correcta26 IL 2011
  • 3. O esquema seguinte é referente à estrutura do ADN. Os algarismos 1, 2 e 3 representam, respectivamente... A. base azotada, desoxirribose e fosfato. B. base azotada, fosfato e desoxirribose. C. fosfato, desoxirribose e base azotada. D. fosfato, base azotada e desoxirribose. E. desoxirribose, fosfato e base azotada.27 IL 2011 Assinala a opção correcta
  • 4. Observa a imagem… A. Identifica a molécula. B. Quantos nucleótidos estão representados? C. Quais as semelhanças entre os nucleótidos representados? D. Quais as diferenças entre os nucleótidos representados? E. Porque se chamam às cadeias antiparalelas?28 IL 2011
  • Cada organismo é único!29 IL 2011
  • Concluindo…  O DNA é o suporte universal da informação genética organizado numa molécula com duas cadeias de nucleótidos.  Cada uma das cadeias tem uma sequência de nucleótidos de apenas 4 tipos diferentes: A, T, C e G.  Cada base tem complementaridade com outra base através de pontes de hidrogénio: adenina (A) com timina (t) e citosina (C) com guanina (G).  As duas cadeias polinucleotídicas são antiparalelas.  A mensagem informativa está codificada pela sequência de nucleótidos em cada gene.  A variabilidade da molécula de DNA está na diversidade que pode apresentar em termos de sequência e número de nucleótidos.30 IL 2011