Your SlideShare is downloading. ×
PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO
PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO
     1 - Fase aguda (inflamação)

     2 - Fase subaguda (reparo fibroblástico)

     3 - Fase de...
PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO

          Funções da inflamação :

          1 – Protege o corpo contra a infecção

          2 ...
PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO
 1 - Fase Aguda / inflamação (vascular):


          Este tipo de inflamação dura tipicamente 24 ...
PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO
     Formação de coágulo:
         - Evento inicial que forma o coágulo é uma complexa conversão
...
PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO
       Consequências neuromusculares da inflamação:

       - A inflamação leva à estimulação dos...
PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO
   2 - Regeneração e reparação:

            O processo de regeneração e reparação inicia-se de 2...
PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO
      Fibrose

        - A fase normal de eventos na fase de reparação leva à formação de
       ...
PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO
3 - Maturação / remodelação:

O processo de remodelação vai do 21º ao 60º dia

         - Nos est...
PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO
   Factores que impedem o processo de cicatrização:

    Extensão da lesão

              - As mi...
PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO
   Factores que impedem o processo de cicatrização:

    Suprimento vascular pobre

             ...
PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO
   Factores que impedem o processo de cicatrização:

      Cicatrizes hipertróficas

            ...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Processo de cicatrizacao

77,073

Published on

Documento de apoio aos cursos de Massagem Terapêutica, com descrição resumida do processo de cicatrização característico de uma lesão nos tecidos moles.

Published in: Education
3 Comments
35 Likes
Statistics
Notes
  • mto bomm
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • esses slide nem da pra gente pergar , tem mt trabalho legal , mais agente nao consegui baixar e nem mandar pelo emil , que xato ;@@@@@@2 , fassa alguma coisa ;@@@
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • ALIVIE SUAS DORES
    http://www.slideshare.net/AdriBernardes/massoterapia-alivie-suas-dores

    Adriano Bernardes
    Contate-me: adribernardes@gmail.com
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total Views
77,073
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
7
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
3
Likes
35
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Processo de cicatrizacao"

  1. 1. PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO
  2. 2. PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO 1 - Fase aguda (inflamação) 2 - Fase subaguda (reparo fibroblástico) 3 - Fase de maturação (remodelação) Observações: Fases contínuas … sobrepõem-se … não têm pontos iniciais ou finais Quatro sinais da inflamação: Rubor Calor Inchaço Dor
  3. 3. PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO Funções da inflamação : 1 – Protege o corpo contra a infecção 2 – Repara o tecido lesionado ao estimular o crescimento de novas células, as quais sintetizam novas fibras para a reparação. Dois tipos de traumatismo: 1 Directo – Traumatismo não penetrante em desportos de contacto. 2 Indirecto a) agudo – ocorre com a sobrecarga súbita b) crónico ou de uso excessivo – ocorre em consequência da sobrecarga repetida e/ou resistência ao atrito. 3 Agudo sobre o crónico – Ocorre como resultante de um trauma sobre uma lesão persistente.
  4. 4. PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO 1 - Fase Aguda / inflamação (vascular): Este tipo de inflamação dura tipicamente 24 a 48 horas. Em alguns casos, pode durar 4 a 6 dias. - Dilatação das artérias, veias e capilares, causando rubor e calor. - Saída do plasma sanguíneo, gerando edema. - Aumento do número de fibroblastos e macrófagos. Os fibroblastos aumentam em tamanho e sintetizam substância fundamental e colagénio. Este processo começa 4 horas depois da lesão e pode durar de 4 a 6 dias. A princípio, o colagénio forma uma rede de fibras fraca e com arranjo aleatório. - A dor é produzida pela pressão a partir do edema e pela irritação química que estimula os receptores da dor (nociceptores).
  5. 5. PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO Formação de coágulo: - Evento inicial que forma o coágulo é uma complexa conversão molecular. - A formação de coágulo começa pouco tempo após a lesão e é concluída em cerca de 48 horas. - A área lesionada fica desprotegida durante o estágio inflamatório de cicatrização.
  6. 6. PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO Consequências neuromusculares da inflamação: - A inflamação leva à estimulação dos receptores de dor que causam adaptações compensatórias que facilitam os músculos, gerando hipertonicidade, ou inibem os músculos, provocando fraqueza. - A inflamação crónica pode causar sensibilização dos mecanoreceptores, de tal forma que estímulos mecânicos normais (exemplo, movimento de uma articulação dentro da sua amplitude normal) fazem o mecanoreceptor desenvolver dor.
  7. 7. PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO 2 - Regeneração e reparação: O processo de regeneração e reparação inicia-se de 2 a 6 dias após a lesão e dura cerca de 3 semanas. - Novos capilares são formados no tecido cicatricial. Os capilares são dispostos numa orientação aleatória, a menos que a área seja mobilizada. - A actividade fibroblástica e a formação de colagénio aumentam. O tecido conjuntivo imaturo é menos denso e, desta forma, lesionado com maior facilidade. A dor não indica o nível de reparação, de modo que se deve ter cuidado com a quantidade de pressão aplicada numa massagem. - Nestes estágios iniciais, o colagénio é depositado num padrão aleatório e desorganizado, geralmente num plano perpendicular ao eixo longitudinal, tendo, portanto, pouca força. O colagénio desenvolve ligações cruzadas anormais que deixam o tecido menos flexível. - O paciente pode ainda sentir sensibilidade ao toque ou mesmo dor, embora estas queixas tenham tendência para desaparecer.
  8. 8. PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO Fibrose - A fase normal de eventos na fase de reparação leva à formação de tecido de cicatriz mínimo. - Ocasionalmente uma resposta inflamatória persistente e a libertação continuada dos produtos inflamatórios pode promover uma fibroplasia estendida o que pode levar a lesão tecidual irreversível.
  9. 9. PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO 3 - Maturação / remodelação: O processo de remodelação vai do 21º ao 60º dia - Nos estágios iniciais desta fase, o colagénio amadurece numa rede completamente desorganizada numa estrutura em gel. Esta estrutura pode ser palpada como tecido espesso ou fibroso. A diminuição relativa na vascularização ocorre à medida que aumenta a densidade de colagénio. - Cerca de 2 meses depois, a actividade fibroblástica diminui e há menor síntese de colagénio. - A orientação aleatória do colagénio fornece pouca sustentação contra a tracção. - De 2 meses a 2 anos depois, o colagénio pode desenvolver um alinhamento linear funcional em resposta aos estímulos e pode ser reorientado até à linha de tensão. - A imobilização leva à formação de aderências significativas, à osteoporose ou perda da densidade óssea, bem como à atrofia dos músculos, das cápsulas e dos ligamentos. - A inflamação crónica pode resultar a partir de episódios repetidos de microtraumatismos ou da irritação crónica dos tecidos.
  10. 10. PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO Factores que impedem o processo de cicatrização: Extensão da lesão - As microrupturas do tecido mole envolvem somente dano menor e mais frequentemente estão associadas com o uso repetido. - As macrorupturas são geralmente ocasionadas por trauma agudo e envolvem destruição significativamente maior do tecido mole, resultando em sintomas clínicos e alterações funcionais. Edema - A pressão aumentada ocasionada pelo inchaço retarda o processo de cicatrização, dificulta a reparação dos tecidos, inibe o controle neuromuscular, produz mudanças neurofisiológicas reflexas e impede a nutrição na parte lesionada. Hemorragia - O sangramento produz os mesmos efeitos negativos na cicatrização da acumulação do edema. A presença de sangue produz um dano adicional ao tecido e exacerba a lesão.
  11. 11. PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO Factores que impedem o processo de cicatrização: Suprimento vascular pobre - Lesões nos tecidos com suprimento vascular pobre cicatrizam fraca e lentamente. Separação do tecido - A separação mecânica do tecido pode atrasar significativamente o curso de cicatrização Espasmo muscular - O espasmo muscular tracciona o tecido rompido, separa as duas extremidades e impede a aproximação. A isquémia local e generalizada pode originar-se do espasmo. Atrofia - A atrofia do tecido muscular começa imediatamente após a lesão. O fortalecimento e a mobilização precoce da estrutura lesionada retardam a atrofia.
  12. 12. PROCESSO DE CICATRIZAÇÃO Factores que impedem o processo de cicatrização: Cicatrizes hipertróficas - Aparecem no caso de a produção de colagénio ser excessiva durante a fase de maturação de cicatrização. Este processo leva à hipertrofia do tecido cicatricial, particularmente em volta da periferia da ferida. Infecção A presença de bactérias na ferida pode retardar a cicatrização. Saúde, idade e nutrição - As qualidades elásticas da pele diminuem com o envelhecimento. Doenças degenerativas, como diabetes e ateroesclerose também podem afectar a cicatrização. A nutrição é importante para este processo. Em particular as vitaminas k (coagulação) e A e E (síntese de colagénio).

×