Your SlideShare is downloading. ×
Marx e a sociologia contemporânea
Marx e a sociologia contemporânea
Marx e a sociologia contemporânea
Marx e a sociologia contemporânea
Marx e a sociologia contemporânea
Marx e a sociologia contemporânea
Marx e a sociologia contemporânea
Marx e a sociologia contemporânea
Marx e a sociologia contemporânea
Marx e a sociologia contemporânea
Marx e a sociologia contemporânea
Marx e a sociologia contemporânea
Marx e a sociologia contemporânea
Marx e a sociologia contemporânea
Marx e a sociologia contemporânea
Marx e a sociologia contemporânea
Marx e a sociologia contemporânea
Marx e a sociologia contemporânea
Marx e a sociologia contemporânea
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Marx e a sociologia contemporânea

471

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
471
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. 1Colégio DouradoMarx e a Sociologia ContemporâneaMarx e a Sociologia Contemporânea..
  • 2. 2
  • 3. 3Raízes de Marx:Karl Marx recebe a influência de trêsgrandes áreas do saber:1-A Economia Liberal Inglesa: DavidRicardo e Adam Smith.2-A Historiografia e revolução Francesaalém dos Socialistas Utópicos: Proudhon,Babeuf e outros.3-A Filosofia Alemã e Grega: Hegel, Kant,Aristóteles e outros.
  • 4. 4Marx e a Sociologia:Marx e a Sociologia:• Índice:Índice:• Parte I:Parte I:• Materialismo Histórico e suas três Leis.• Conceito de Comunismo para Marx.
  • 5. 5Materialismo Histórico:1º Lei do MH: “A produção de ideias, derepresentações, da consciência, está, de início,diretamente entrelaçada com a atividade material ecom o intercâmbio material dos homens, como alinguagem da vida real.” Marx, Karl. Ideologia Alemã.Pg. 36.
  • 6. 6Materialismo Histórico:2º Lei do MH: “Não é a consciência que determinaa vida, mas a vida que determina a consciência.”Op. Cit. Pg. 37.2º Lei do MH: “As ideias da classe dominante são,em cada época, as ideias dominantes; isto é, aclasse que é a força material dominante dasociedade é, ao mesmo tempo, sua forçaespiritual dominante.” Op. Cit. Pg. 72.
  • 7. 7
  • 8. 8Materialismo Histórico:3º Lei do MH: “Como o Estado é a forma naqual os indivíduos de uma classe dominantefazem valer seus interesses comuns e naqual se resume toda a sociedade civil deuma época, segue-se que todas asinstituições comuns são mediadas peloEstado e adquirem através dele uma formapolítica.” Op. Cit. Pg. 98.
  • 9. 9
  • 10. 10Marx e a Sociologia:O sonho da sociedade perfeita para Marx, asociedade Comunista:“Com efeito, desde o momento em que o trabalhocomeça a ser repartido, cada indivíduo tem umaesfera de atividade exclusiva que lhe é imposta e daqual não pode sair; é caçador, pescador, pastor oucrítico e não pode deixar de o ser se não quiserperder os seus meios de subsistência. Na sociedadecomunista, porém, onde cada indivíduo podeaperfeiçoar-se no campo que lhe aprouver, não tendopor isso uma esfera de atividade exclusiva, é asociedade que regula a produção geral e mepossibilita fazer hoje uma coisa, amanhã outra, caçarda manhã, pescar à tarde, pastorear à noite, fazercrítica depois da refeição, e tudo isto a meu bel-prazer, sem por isso me tornar exclusivamentecaçador, pescador ou crítico”. Op. Cit. Pg. 47.
  • 11. 11Muito Obrigado!Muito Obrigado!Prof. Fernando Monteiro.Prof. Fernando Monteiro.
  • 12. 12Marx e a Sociologia:Marx e a Sociologia:• Índice:Índice:• Parte II:Parte II:• Revolução.• A mais valia.• O indivíduo.• Pátria e nação.
  • 13. 13Receita de bolo: Revolução:“Os elementos materiais de uma subversãototal são, de um lado, as forças produtivasexistentes e, de outro, a formação de umamassa revolucionária que se revolte, não sócontra as condições particulares dasociedade existente até então, mas tambémcontra a própria ‘produção da vida’ vigente,contra a ‘atividade total’ sobre a qual sebaseia.” Op. Cit. Pg. 57.Marx e a Sociologia:
  • 14. 14• A Mais valiaA Mais valia: Conceito importante daCiência Econômica, trabalhado por Marx,define a diferença paga para otrabalhador em forma de salário e aquiloque o trabalhador produz durante umdeterminado período de tempo. O quesobra para o patrão é a base do lucro,portanto a mais valia.Marx e a Sociologia:
  • 15. 15
  • 16. 16Marx e a Sociologia:Indivíduo:“Apenas na coletividade é que cadaindivíduo encontra os meios de desenvolversuas capacidades em todos os sentidos;somente na coletividade, portanto, torna-sepossível a liberdade pessoal.” Op. Cit. Pg.117.
  • 17. 17• Pátria ou NaçãoPátria ou Nação: para a conceituaçãodas Ciências na sociedade capitalista, aideia de pátria e nação nos remete a umterritório bem delineado, com umapopulação em seu interior, comdeterminados costumes, língua e culturaque o diferencia das demais nações. ParaMarx e os Anarquistas, o conceito denação é outro...Marx e a Sociologia:
  • 18. 18• Pátria ou NaçãoPátria ou Nação: Para Anarquistas eMarxistas, só existe uma pátria ou umanação que é o mundo e toda a classetrabalhadora mundial. Não existem fronteirasde Estados Nacionais que dividam os sereshumanos e os mantenham oprimidos porseus governos. Os povos devem se ajudar eviverem numa sociedade livre, onde ocomércio não vise o lucro, mas a auto-ajudaentre os povos da Terra.Marx e a Sociologia:
  • 19. 19Muito Obrigado!Prof. Fernando Monteiro.

×